ATUAÇÕES: Ribamar, Santos e Carleto foram os piores do Atlético

30/01/18 às 23:33 - Atualizado às 23:35 Silvio Rauth Filho
O goleiro Santos: falhas na saída de bola e ao tentar cortar cruzamentos (foto: Divulgação/Miguel Locatelli/Site Oficial do Atlético-PR)

O Atlético Paranaense empatou em 0 a 0 com o Caxias, nesta terça-feira (dia 30) à noite, em Caxias do Sul (RS), pela primeira fase da Copa do Brasil. Veja uma análise do desempenho individual dos jogadores do Atlético na partida.

Santos (4,5)
Saiu mal em dois lances. Errou passe na defesa. Fraco na reposição.

Paulo André (6,0)
Seguro na marcação e na saída de bola. Bom posicionamento.

Wanderson (5,5)
Bem na marcação, mas alguma dificuldade na saída de bola.

Thiago Heleno (6,0)
Eficiente na defesa e na saída de bola. Bem nas bolas altas.

Jonathan (5,0)
Um bom cruzamento. Fora isso, errou demais no início. Fraco na marcação.

Rossetto (6,0)
Tentou ser o motor do meio-campo, mas o resto da equipe não ajudou.

Bruno Guimarães (sem nota)
Entrou aos 42-2º. Jogou pouco tempo.

Raphael Veiga (6,0)
Um bom chute. Jogou ao lado de Rossetto e teve intensidade (atacou e defendeu).

Carleto (4,5)
Fraco na marcação e pouco útil na bola parada. Não foi bem no apoio.

Nikão (5,0)
Apagado no 1º tempo. Puxou bons contra-ataques no fim.

Pablo (sem nota)
Entrou aos 45-2º. Jogou pouco tempo.

Guilherme (5,0)
Produziu pouco com a bola e teve dificuldades na marcação.

Bergson (6,0)
Entrou aos 25-2º. Deu mais velocidade ao lado esquerdo.

Ribamar (3,0)
Perdeu três chances de gol. Fora isso, produziu pouco.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop