Primeiro caso de roubo de bitcoins a mão armada não é no Brasil

31/01/18 às 21:51 - Atualizado às 09:26 Josianne Ritz- josianne@bemparana.com.br

Um casal britânico de operadores de câmbio especializados em moedas virtuais foi forçado sob a mira de uma arma a transferir seus bitcoins, no que a imprensa britânica apresentou como um assalto sem precedentes no país. O roubo ocorreu no dia 22 de janeiro na cidade de Moulsford, no sul da Inglaterra. De acordo com o “Daily Mail”, quatro indivíduos encapuzados entraram na casa de Amy Jay, de 31 anos, e Danny Aston, 30, obrigando este último a fazer uma transferência em bitcoins pelo computador. O valor não foi revelado. Suspeita-se que os ladrões sabiam que Aston era um operador de câmbio virtual. Na internet, ele trabalhava sob condição de anonimato, mas, durante o assalto, mencionaram sua confiabilidade online usando seu nome real. O bitcoin é uma moeda virtual não regulamentada pelos Estados ou bancos centrais que valia apenas alguns centavos quando foi criado em fevereiro de 2009 por vários cientistas da computação que se esconderam sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Em dezembro de 2016 atingiu o máximo de US$ 19.511, embora desde então tenha caído abaixo de US$ 10 mil.

Google empregos
O Google passa a mostrar no Brasil nesta semanauma lista de vagas de trabalho ofertas em diversos sites sempre que o internauta fizer buscas por ofertas de trabalho no Google. Para ativar o recurso, basta digitar, por exemplo, “trabalhos em restaurantes”, “empregos em São Paulo” ou mesmo “trabalhos próximo a mim” na caixa de pesquisa do Google; osso faz a ferramenta de busca rastrear as oportunidades disponíveis no site de diversos parceiros; as vagas encontradas são listadas diretamente no resultado de buscas, em forma de cartões.

Você pode ser os olhos de um sego
Empreste os seus olhos para uma pessoa cega em necessidade através de uma conexão de vídeo ao vivo, ou seja auxiliado pela rede de usuários com visão. O aplicativo Be My Eyes consiste em ajudar e beneficiar-se de pequenos gestos de bondade, então suba a bordo e participe. Quem baixou e participou é só elogios. Usuários cegos ou com deficiência visual podem solicitar ajuda de um voluntário com visão, que será notificado no telefone. Assim que o primeiro usuário com visão aceitar a solicitação de ajuda, uma conexão de áudio e vídeo ao vivo será configurada entre as duas partes. Através da conexão de vídeo da câmera traseira do usuário cego ou com deficiência visual, o voluntário pode auxiliar o usuário cego ou com deficiência visual.

Como um usuário sem deficiência visual, você faz parte da grande rede de voluntários Be My Eyes, então não se preocupe em deixar alguém cego esperando caso você não consiga responder a um pedido. Nós simplesmente encaminharemos o pedido e encontraremos o próximo voluntário disponível. A pessoa cega ou com deficiência visual pode precisar de ajuda com qualquer coisa, desde saber o prazo de validade no leite, até se certificar de que suas roupas combinam.

Nota: Incentivamos os usuários com deficiência visual a serem pacientes ao solicitar ajuda, pois dependemos de pessoas reais para auxiliá-los. A maioria das chamadas é respondida dentro de 60 segundos.
- Conexão de áudio e vídeo em tempo real entre usuários cegos e usuários sem deficiência visual
- Adicione os idiomas que você fala nas configurações
- Uma maneira fácil de fazer a diferença para pessoas cegas ou com deficiência visual


BIZARRICES

Poças de água ‘mágicas’

Um artista de Chicago, Michael Austinm resolver fazer oças de falsificação falsas fotografadas nas ruas da cidade que efletem belos céus, nuvens e estrelas. As nstalações de arte de ‘Fake Puddles’ viraram moda e tem muita gente tentando fazer por conta própria. Saiba mais em www.toxel.com

 

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop