Dez locais para curtir a 35ª Oficina de Música

07/02/18 às 16:11 - Atualizado às 16:11

Durante os dias 27 de janeiro a 8 de fevereiro Curitiba se transformará na capital da música do Brasil. A 35ª edição da Oficina de Música vai movimentar a cidade inteira. São esperados mais de 1.300 alunos de todo o país. A oficina também terá estrangeiros, vindos da Argentina, Paraguai, Bolívia, Holanda, Alemanha, Reino Unido, Espanha e Lituânia.

Serão 96 cursos de música erudita e popular brasileira, com aproximadamente 125 eventos, entre concertos, palestras, feiras, workshops, oficina verde, além do “circuito off” em 13 bares da cidade. Veja toda a programação AQUI. 

Além de todo o repertório musical diversificado, seguem abaixo algumas dicas para aproveitar a cidade durante a Oficina de Música.

Memorial de Curitiba

No Memorial de Curitiba vai ter samba e música erudita distribuídos em oito dias de programação. O espaço fica no meio do Centro Histórico, próximo das igrejas mais antigas da cidade – Igreja da Ordem e Igreja do Rosário. Aos domingos, o local recebe o Pavilhão Étnico. No dia 28 de janeiro, a Escola de Samba Mocidade Azul se apresenta às 12h.

No dia 4 de fevereiro é a vez da Escola de Samba Enamorados, no mesmo horário. Ao lado, o Palacete Wolf (Praça Garibaldi, nº 7) tem um Posto de Informação ao Turista, com várias informações, dicas e roteiros.

Teatro Guaíra

O Centro Cultural Teatro Guaíra vai ter diversos dias de programação, sendo 12 no Guairão e 14 no Guairinha. O teatro é um dos mais tradicionais do Brasil e um dos marcos da arquitetura modernista no Paraná, valendo, por si só, uma visita.

Do outro lado da Praça Santos Andrade está o prédio histórico da Universidade Federal do Paraná (agendamentos pelo telefone 3360-5000). A uma quadra dali está o Passeio Público, o mais antigo parque municipal de Curitiba, inaugurado em 1886. Fica aberto de terça-feira a domingo, das 6h às 20h.

Capela Santa Maria

A Capela Santa Maria vai receber diversos concertos, recitais e apresentações musicais durante a Oficina Musical. Ali também acontecem a Oficina Verde e a Feira do Vinil. Localizada no Centro da cidade, a capela em estilo neoclássico foi construída pela Congregação Marista, em 1939. É hoje a sede da Camerata Antiqua de Curitiba, grupo de coro e orquestra fundado em 1974 e mantido pela Prefeitura de Curitiba. Após participar dos eventos na capela, aproveite para passear pelo calçadão da Rua XV de Novembro, também conhecida como Rua das Flores.

Teatro do Paiol

O antigo paiol de pólvora, transformado em teatro em 1972, é um símbolo cultural e histórico de Curitiba. O espaço, que mantém as características originais da edificação, com a configuração de construção romana em forma circular, abriga importantes espetáculos de música e teatro.

Ao lado do teatro, uma ciclovia leva ao Centro e para o Centro Cívico, bairro que reúne os prédios públicos do estado, marcante por sua concepção urbanística. Pedalando um pouco mais, chega-se ao Bosque João Paulo II e, mais a frente, ao Parque São Lourenço. O Teatro do Paiol também fica próximo do Jardim Botânico, cartão-postal de Curitiba.

Bicicletando na Oficina

Um passeio ciclístico musical é a proposta do Bicicletando na Oficina, organizado com o Ciclo Iguaçu – Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu. O passeio sairá da Praça de Bolso do Ciclista às 16h no dia 3 de fevereiro (sábado) e passará pelo Bosque do Papa em direção ao Parque São Lourenço, onde haverá shows musicais.

Adultos e crianças podem participar do passeio, que será acompanhado por agentes da Setran – Secretaria Municipal de Trânsito. Os ciclistas terão música o tempo todo, já que duas rikshas levarão instrumentistas para tocar durante o trajeto.

Linha Turismo

No próximo domingo (28/1), quem pegar o ônibus da Linha Turismo, que sai às 15h da Praça Tiradentes, poderá apreciar o repertório de música celta do grupo Gaiteiros de Lume. O grupo tocará durante o trajeto até o Memorial Ucraniano, no Parque Tingui, e depois fará um show especial no palco que estará montado no local. Com a aquisição da cartela com cinco tíquetes, no valor de R$ 45,00, é permitido desembarcar em quatro dos atrativos turísticos de sua preferência.

Parque Tanguá

Um passeio musical de motociclistas está programado para o dia 4 de fevereiro (domingo), saindo da Capela Santa Maria em direção ao Parque Tanguá. A ideia é que os músicos peguem carona com os motoqueiros até o parque, onde haverá apresentação da Banda Sinfônica da 35ª Oficina de Música. A apresentação terá um repertório bem popular, com clássicos do rock e da MPB, segundo o maestro Edivaldo Chiquini.

Unilivre

No dia 4 de fevereiro (domingo), na Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre ) haverá shows, a partir das 15h, dos grupos Clan Mac Norse, de música nórdica, e Gargul, de música neomedieval. A universidade está no Bosque Zaninelli, que tem como atrações a mata nativa e o ar puro.

Bosque Alemão

No Oratório de Bach, no Bosque Alemão, um recital de cravo e violino com Fernando Cordella e Emmanuele Baldini. A apresentação será no dia 4 de fevereiro (domingo) às 15h.

O bosque conta com elementos relacionados à cultura germânica, uma homenagem do prefeito Rafael Greca e da cidade de Curitiba à etnia que aqui se estabeleceu no século 19, a partir de 1833. Além do oratório, a Torre dos Filósofos, uma torre com 15 metros permite visualizar o bosque.

No meio do percurso, que conta a história de "João e Maria" dos irmãos Grimm através de painéis de azulejo, situa-se uma biblioteca denominada Casa da Bruxa (ou Casa de Contos), que é um espaço reservado para desenvolver o interesse pela leitura no público infantil. Ao final da trilha, chega-se ao pórtico que reconstitui o frontão da Casa Milla, um dos principais exemplares da arquitetura da imigração alemã.

Sociedade Thalia

O belo edifício, declarado de interesse histórico pelo município, marcou a vida cultural da capital com grandes bailes e imperdíveis carnavais dos anos 1950 a 1980 e o inesquecível Balé Thalia, conduzidos pelos talentos de Tadeu Morozowicz e sua filha Milena. O local vai abrigar o Baile da Sociedade Thalia, no dia 3 de fevereiro (sábado). A rua onde está a sociedade, a Comendador Araújo, é uma das mais bonitas da cidade. Seguindo pela rua chega-se à Avenida do Batel, um dos polos da vida noturna de Curitiba.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop