Visita guiada no Memorial de Curitiba é gratuita

08/02/18 às 15:16 - Atualizado às 15:16
(foto: Divulgação)

Uma das curadoras da exposição “Porque o mundo nunca deve perder seus afetos”, Dannys Montes de Oca (Cuba), oferecerá uma visita guiada gratuita pela exposição, em inglês/espanhol com tradução simultânea. O evento será neste domingo, dia 11 de fevereiro, das 14h às 15h no Memorial de Curitiba, seguindo às 15h para o Museu Paranaense, locais onde se encontram as obras da mostra.

A mostra questiona disparidades econômicas, a corrupção de longa data e a inclusão do binário “eu” versus “outro”, que reacende as chamas da misoginia, homofobia, racismo e classismo, além de uma cultura voltada para si e um isolacionismo que promete o retorno às serenas paisagens políticas que não (e nunca) existiram.

A exposição reúne obras de artistas dos mais diferentes países: Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Egito, Estados Unidos, França, Israel, Paraguai, Taiwan e Uruguai. São nomes como Ale Mazzarolo, Avi Sabah, Bill Burns, Christina Z. Anderson, Daniela Busarello, Ed Pien, Elvo Benito Damo, Enrique Chagoya, Enrique Tente Miralles, Eron Zeni, German Tagle, Glenda Salazar, Gonzalo Garcia, Ian Van Coller, Javier Calvo Sandi, Javier Vanegas, Jeremy Hatch, Julia Isidrez, Khaled Hafez, Luis Manuel Alcántara, Miles Neidinger, Nestor Siré, Omar Estrada, Pedro Tyler, ReinierNande e Theo Lipfert.

Dannys Montes de Oca - Curadora, crítica de arte, conferencista, pesquisadora de arte contemporânea e escritora cubana; tendo publicado diversos livros sobre arte. Participou como jurada em eventos de artes visuais. Desde 2016 é Diretora Geral e Curadora da Bienal de Havana e diretora do Wilfredo Lam Contemporary Art Center, em Havana, Cuba.

Sobre a Bienal – A Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba ocorre há 25 anos na cidade de Curitiba e é reconhecida como o maior evento de arte contemporânea da América do Sul e um dos principais eventos de arte do circuito mundial. A edição atual conta com a participação de 435 artistas de 43 países dos cinco continentes, sendo a China o país homenageado. A edição de 2015 recebeu um público de aproximadamente um milhão de visitantes, ocupando mais de cem espaços pela cidade.

A Bienal de Curitiba é uma realização do Ministério da Cultura do Governo Federal, Secretaria de Estado da Cultura do Paraná e Fundação Cultural de Curitiba/Prefeitura Municipal de Curitiba. Patrocínio: Copel, Fomento Paraná, Sanepar, Elejor, Huawei, Horizons, Eletrobras Furnas, Velsis, Rumo, Itaipu. Apoio: Universidade Estatal de Montana (EUA).

As vagas para participar da visita guiada são limitadas. Para se inscrever é necessário mandar um e-mail para contato@bienaldecuritiba.org, com nome completo e telefone, com o assunto “Visita Mediada Royce Smith | Bienal de Curitiba”, e aguardar a confirmação.

Para mais informações acessar o site da Bienal aqui ou o Facebook aqui

 

Visita mediada na exposição “Porque o mundo nunca deve perder seus afetos” com Dannys Montes de Oca

Data: 11 de fevereiro de 2018 (domingo)
Horário: 14h
Local: Memorial de Curitiba
Ponto de encontro: sala Paranaguá 1º andar
Endereço: R. Dr. Claudino dos Santos, 79 - São Francisco, Curitiba
Gratuito

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop