Auxiliar de Oswaldo escapa da demissão no Galo e comanda time neste sábado

09/02/18 às 13:21 - Atualizado às 13:59 Folhapress

THIAGO FERNANDES E VICTOR MARTINS BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Além do técnico Oswaldo de Oliveira, outros quatro membros da comissão técnica do Atlético-MG foram demitidos na manhã desta sexta-feira (9). O auxiliar técnico Luiz Alberto da Silva, o preparador físico Paulo Paixão, o auxiliar de preparação física Leandro Cardoso e o analista de desempenho Marcelo Xavier estão fora do clube. O único que segue na Cidade do Galo é o auxiliar Thiago Larghi, que inclusive vai comandar o time no duelo com a Caldense, neste sábado (10), às 16h30, pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro, no Independência. "Sai praticamente toda a comissão. Quem continuar como auxiliar fixo é o Thiago Larghi. Kaio [Fonseca] como auxiliar e [Luís Otávio] Kalil como preparador físico vão para o jogo amanhã [sábado]", informou o diretor de futebol do Atlético, Alexandre Gallo. Enquanto o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, e o diretor Alexandre Gallo davam entrevista coletiva na sala de imprensa, o auxiliar Thiago Larghi comandava o último treino antes do duelo com a Caldense. O time que deve enfrentar a equipe de Poços de Caldas pode ser bem diferente daquele que vinha jogando com Oswaldo de Oliveira. Como alguns jogadores não treinaram no campo, fizeram um trabalho na academia, o time escalado durante a atividade foi formado por Victor, Carlos César, Felipe Santana, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias, Otero e Cazares; Erik e Ricardo Oliveira. Em comparação com a equipe considerada titular e que atuou nas primeiras partidas do ano, as mudanças foram as saídas de Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel, Arouca e Róger Guedes, para as entradas de Carlos César, Felipe Santana, Iago Maidana, Adilson e a volta de Cazares, barrado no duelo com o Atlético-AC, pela Copa do Brasil.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop