Cão que pega ônibus está pra adoção

25 outubro, 2017 às 20:49  |  por Fabiana Ferreira

 

 

2017-10-25 (2)

O vira-lata que ganhou notoriedade por andar de ônibus em Curitiba está para adoção. O cachorro Leleco, que vivia no Terminal do Portão ao lado da Princesa, aguarda em um hotel por um adotante. “A decisão foi difícil, mas necessária para preservar a vida dele”, conta a protetora independente, Fernanda Dias. De uns tempos pra cá, o Leleco ampliou seu percurso pela cidade, antes do Terminal do Portão para o Capão Raso, passou a circular pelo Terminal do Fazendinha, CIC, Cabral…

IMG-20171023-WA0013

Leleco chegou ao Terminal do Portão em novembro de 2016, onde já vivia a cachorra Princesa. A vira-lata morava ali com o Totó e durante muito tempo após a morte de seu par, se recusou a deixar outro cachorro se aproximar. Mudou de ideia quando conheceu o Leleco, que também recebeu a proteção e os cuidados de Fernanda, principalmente após ser atacado por outros cães e precisar ser internado numa clínica veterinária. Ganhou placa de identificação com o contato da protetora. De lá pra cá, começou a percorrer os terminais de ônibus, o que levou a muitos telefonemas para Fernanda.

IMG_20170612_203709_186

O cachorro começou a implicar com motos e ciclistas e a sair disparado em direção a eles. Numa dessas corridas, machucou a pata. Recentemente, teve que ser internado de novo após comer algo estragado. Pensando no bem-estar e segurança do animal, Fernanda procura um lar para o “meliante”, apelido bem-humorado que Leleco ganhou após se meter em várias roubadas. Princesa, segue com residência fixa no Terminal do Portão, onde já vive há seis anos. Mais velha, a cachorrinha já está muito adaptada ao local e diferente do amigo, prefere não se aventurar em outros terminais.

Os interessados podem conhecer o Leleco no sábado (11/11), em um evento de adoção no Hospital Levet, no Água Verde. Fernanda conta que o cachorro, de cerca de três anos, é dócil. E que as experiências em lares temporários, durante a recuperação após os internamentos, mostraram que ele se adaptou bem à rotina de uma casa. Apesar do espírito livre, Leleco terá condições de se adaptar a um lar.  Mais informações: (41) 99899-4018 com Fernanda.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>