Arquivos da categoria: Varejo

Cristiano Mendes GoDaddy

4 dicas para PMEs saírem na frente no Dia dos Namorados

24 maio, 2017 às 12:41  |  por Maximilian Santos

Datas comemorativas como o dia dos namorados podem ser uma grande oportunidade para alavancar as vendas de um pequeno negócio, desde que se apliquem estratégias certas para atrair novos e atuais clientes. Além de buscar preços acessíveis, hoje em dia o consumidor procura mais do que apenas um produto, ele quer algo especial. Principalmente em datas como o dia dos namorados, as pessoas buscam presentes que sejam únicos e com caráter diferenciado, pois o que está em jogo é fazer o parceiro feliz.

Por isso, apenas aplicar promoções especiais já pode não ser o suficiente. Isso não significa que você precisa investir todo o dinheiro de seu negócio com uma campanha megalomaníaca. Muitas vezes, o sucesso pode estar em ações simples, direcionadas e que podem casar com a data em questão. Para o dia dos namorados, veja algumas dicas de Cristiano Mendes (foto), Diretor de Produtos da GoDaddy para América Latina - maior plataforma de cloud dedicada a pequenos negócios e empreendimentos independentes, para ajudar fazer do seu produto um presente especial:

1. Planeje sua newsletter com antecedência - Para tentar alavancar suas vendas em datas comemorativas, você precisa primeiro preparar o consumidor, deixá-lo animado com o que você oferece e chamar sua atenção de forma positiva. Para poder fazer isso, você deve planejar as mensagens que quer divulgar e que diferentes canais usar e enviar com antecedência para que seus clientes considerem seu produto um presente.

Por exemplo, monte estratégias de newsletter para instigar o interesse com títulos relacionados à data. No dia dos namorados, você pode utilizar palavras como “amor”, “especial para namorados”, “crush”, “coração” e montar títulos que conversem com seu público alvo.

2. Utilize marketing de conteúdo - Se você possui um blog ou uma página no Facebook da sua empresa, não os utilize apenas para divulgar sua marca e produtos. Fale sobre seu mercado, mostre que você é um especialista e sabe do que está falando.

Escreva posts relacionados à data que tenham uma conexão com sua área de atuação e produtos. Por exemplo, se você possui uma loja de roupas, dê dicas de visuais legais para um jantar romântico no dia dos namorados.

3. Aproveite as características especiais da sua PME - Hoje em dia, produtos personalizados estão em alta. Os consumidores estão em busca de presentes especiais com significado pessoal. Pequenas empresas podem oferecer isso, pois possuem caráter criativo e de exclusividade. Muitas pessoas optam por comprar de negócios locais, e isso pode ser seu diferencial: produtos artesanais, orgânicos e sustentáveis, por exemplo, estão cada vez mais atraentes. Tanto que, de acordo com uma pesquisa feita em 2016 pela GoDaddy sobre PMEs, 82% dos proprietários de Pequenas empresas brasileiras preferem ganhar menos dinheiro com um negócio que prioriza a sustentabilidade ambiental do que ganhar mais dinheiro com um negócio que não prioriza isso. Um pequeno negócio pode demonstrar como é sustentável na prática, explicando de onde vêm suas matérias primas e detalhando seus processos.

Inclusive, de acordo com a Pesquisa de Informações Básicas Municipais (2014), conduzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o artesanato é uma atividade econômica presente em 78,6% dos municípios brasileiros e cerca de 8,5 milhões de brasileiros geram sua principal renda a partir dessas vendas.

4. Prepare-se para alta demanda - Aplicar estratégias pré-data comemorativa pode ajudar a aumentar suas vendas naturalmente. Por isso, é necessário que você esteja pronto para atender todos os pedidos. Se você possui um site e-commerce, por exemplo, tenha estoque preparado e certifique-se de que seu site não sairá do ar em caso de muitos acessos simultâneos. Você pode fazer isso aumentando a potência da sua infraestrutura com seu provedor, adicionando capacidade de armazenamento e processamento. Se atende apenas através de mídias sociais, monte um cronograma para controlar sua produção e entrega, para ajudar a garantir que não haverá atrasos ou falta de materiais para que você possa atender aos pedidos de seus clientes.

Se você tem uma loja física, fique atento ao estoque e ao atendimento ao cliente, mesmo com a loja cheia, faça-o sentir-se confortável e em casa.

Datas comemorativas podem ser corridas para pequenas empresas. Porém, também podem ser grandes oportunidades de se destacar e atrair clientes, principalmente se aplicar estratégias inteligentes e eficazes que mostram que você entende seu mercado e oferece aos seus clientes o que eles precisam.

 

 

Editado por Maximilian Santos.
Crédito da foto: Divulgação.

 

 

 

 

Cida Foto

Palladium Curitiba comemora 9 anos e celebra bons resultados

9 maio, 2017 às 20:38  |  por Maximilian Santos

O Palladium Curitiba completa nove anos e comemora bons resultados. Diversas vezes apontado como o preferido dos paranaenses e dos curitibanos pelo Prêmio Impar/Ibope, e eleito em 2015 o Shopping Mais Querido do Brasil pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), o Palladium Curitiba tem um fluxo de mais de um milhão de pessoas por mês. Para celebrar o sucesso, nesta segunda e terça-feira (8 e 9 de maio), o Palladium realiza ações especiais para lojistas e consumidores em comemoração ao aniversário.

“Há nove anos Curitiba ganhou o maior shopping do Sul do Brasil. Naquele momento, o Palladium mudou o conceito de compras e lazer e o bairro Portão ganhou um espaço que foi um divisor de águas para a região. Um empreendimento dessa grandiosidade chamou a atenção de um lado da cidade bastante populoso, mas ainda pouco explorado. Em pouco tempo o Palladium conquistou o coração dos curitibanos e logo dos brasileiros, sendo eleito o Shopping Mais Querido do Brasil pela Abrasce, em 2015. Os grandes desafios iniciais nos fizeram ter mais foco, nos fizeram mais fortes”, comenta a gerente de marketing Maria Aparecida de Oliveira.

Existe uma grande mudança no cenário de shopping centers. Originalmente os empreendimentos foram construídos para a venda de produtos e serviços, mas hoje, cada vez mais, os shoppings assumem muitas outras funções. Estacionamento,  ar condicionado, além de um ambiente protegido das variações climáticas, proporcionam mais conforto e segurança e as  famílias acabam  utilizando os shoppings como centros de convivência e socialização da população. “É extraordinário observar que, mesmo nesse período menos favorecido do varejo, o Palladium não  teve reflexos negativos. Não tivemos a vacância que a maioria do segmento sofreu e, não temos dúvida, isso é resultado de investimento, planejamento estratégico e, principalmente, preparo por parte dos nossos lojistas, sempre parceiros em todas as ações  que realizamos”, revela a gerente de marketing.

Nestes nove anos, o Palladium celebra a consolidação de uma marca. O shopping ganhou notoriedade, especialmente pelas ações inéditas que realiza e que costumam causar grande impacto. O mall investe em grandes produções natalinas, abertas ao público, com espetáculos que emocionam, encantam e atraem milhares de pessoas. Também aposta em grandes exposições e atividades de lazer para todos os públicos. Além disso, oferece um mix de mais de 350 lojas e muitas opções serviços, gastronomia e entretenimento. Foi o primeiro shopping de Curitiba a implantar um espaço exclusivo para oito restaurantes, o charmoso Boulevard. É o único com unidades do Dapi, Frischmann e Unimed.

As comemorações com os lojistas começaram no último dia 2, quando o shopping realizou mais uma edição do Arena Business Palladium – programa focado nos pilares motivação, incentivo e crescimento profissional – e continua até dia 10 com descontos especiais e ações de mall para consumidores.

Responsabilidade ambiental - Outra iniciativa importante do Palladium Curitiba foi a implementação do treinamento de funcionários e lojistas para a conscientização sobre a poluição do meio ambiente. O empreendimento recebeu o selo “EHCO LIXO ZERO”, concedido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que certifica as empresas ambientalmente responsáveis, estimulando-as a se adequarem aos critérios e níveis estipulados pela entidade, na preservação ambiental e reciclagem correta dos resíduos sólidos e orgânicos. Projeto também premiado pela Abrasce.

 

Editado por Maximilian Santos.
Crédito da foto: Divulgação.

 

 

 

serasa

Serasa Experian apresenta calendário com Datas Comemorativas para os negócios em 2017

3 novembro, 2016 às 13:48  |  por Maximilian Santos

Fernando Rosolem, gerente da Serasa Experian Marketing Services, de forma já tradicional, anunciou que a empresa disponibilizará gratuitamente o Calendário de Datas Comemorativas para Campanhas Sazonais. O material alia datas tradicionais, como Dia das Mães e dos Pais, com outras que ganharam importância nos últimos anos, como a Black Friday e sua extensão Cyber Monday. O objetivo é auxiliar os profissionais no planejamento anual de campanhas e ações sazonais.

Em sua sétima edição, o calendário está disponível para download em marketing.serasaexperian.com.br/whitepapers/calendario2017. O documento é considerado o mais completo e atualizado em relação aos eventos e datas comemorativas do Brasil, elementos essenciais para compreender a cultura de compra do consumidor e também oportunidades para o desenvolvimento de ações pontuais.

Com relação aos feriados nacionais, em 2017, serão 11 no total. Há ainda oportunidades regionais com as datas comemorativas estaduais. Em São Paulo, por exemplo, há a Revolução Constitucionalista de 1932, no dia 9 de julho. Já no Rio de Janeiro, são quatro, assim como em Alagoas e Amapá. Já em Tocantins e Amazonas são três os feriados em cada estado durante o ano.

Com o calendário, as empresas podem realizar um planejamento anual e mensal e visualizar ao longo de doze meses onde existe oportunidade de acordo com os objetivos traçados para campanhas de marketing e vendas.

Além disso, há uma série de datas curiosas, ideais para serem trabalhadas a partir de necessidades específicas, como o Dia Internacional do Riso (18 de janeiro), Dia do Orgulho Nerd (25 de maio), o Dia do Blog (31 de agosto), Dia do Cliente (15 de setembro) e o Dia do Internauta (23 de agosto).

“Cada vez mais empresas fazem uso de datas especiais, além do calendário promocional convencional para gerar relacionamento com o público. Disponibilizamos o material gratuitamente para auxiliar as marcas no plano de ações programadas com antecedência e dessa forma otimizarem esforços gerando melhores resultados”, explica o executivo.

 

 

Crédito da foto: Divulgação.
Editado por Maximilian Santos

franquias

Cinco franquias com faturamento mensal acima de R$ 40 mil mensais

28 outubro, 2016 às 13:42  |  por Maximilian Santos

Paulo Alexandre, da Arranjo Express, Luiz Cury Filho da Patroni e Alcides Debus da Rabusch

 
Considerado um dos mercados mais seguros e rentáveis para investir, o franchising tem atraído cada vez mais investidores interessados em ter o próprio negócio. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), estima-se que o faturamento do setor chegue a R$ 150 milhões em 2016. Mas apesar dos bons resultados do mercado, é imprescisdível que o empreendededor avalie a fundo o negócio de sua preferência. Entre muitos pontos importantes, o faturamento mensal da franquia escolhida é um dos itens de atenção. Pensando em auxiliar os potenciais franqueados a escolher seu negócio, selecionamos algumas redes dos mais variados segmentos e que apresentam um  faturamento médio mensal a partir de R$ 40 mil. Veja a seleção:

 

Arranjos Express - Com 13 anos de experiência no mercado e quatro anos de operação no Brasil, a franquia portuguesa especializada em ajustes, reparos e customizações de roupas e acessórios de têxtil lar, conta com 53 lojas no Brasil e 30 em Portugal. O foco do negócio está na transformação estética de roupas e decoração do lar, como tapetes e cortinas. Ou seja, a marca oferece a possibilidade de modificar peças que antes estavam esquecidas no guarda-roupa em novas, indo muito além de ajustes e reparos, que também são oferecidos pela rede. O faturamento médio mensal estimado pela rede para suas unidades é de R$ 40 mil reais.

Franquia1

Investimento inicial: R$ 150 a 180 mil
Prazo de retorno: 8 a 18 meses

 

Brasileirinho Delivery - A rede é pioneira no mercado em servir comida típica brasileira em box. O objetivo do negócio é oferecer refeições de qualidade, por valores acessíveis, contando com a praticidade do serviço de entrega delivery. Atualmente, a marca possui 100 unidades e o faturamento mensal de cada franquia é de R$ 50 mil

Franquia2

Investimento inicial: De R$ 90 mil R$ 130 mil
Prazo de retorno: 60 meses

 

Patroni - A Patroni, rede de franquias especializada no segmento de alimentação, foi fundada há mais de três décadas pelo paulistano Rubens Augusto Junior, e atualmente é a maior rede de pizzarias do Brasil com mais de 192 lojas. A marca oferece três modelos de negócios para quem deseja investir na Patroni: Classic, Premium e Expresso. O faturamento mensal das unidades da marca variam de R$ 60 mil (operação Expresso) a R$ 125 mil.

Franquia3

Investimento inicial: a partir deR$ 150 mil (Expresso) a R$ 450 mil
Prazo de retorno: de 18 a 36 meses

 

Rabusch - Com 30 anos no mercado, a Rabusch é uma rede de franquias especializada em moda feminina.  Atualmente a marca possui 42 unidades, sendo 15 lojas próprias e 27 franquias, e está presente nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Norte. O faturamento médio mensal é estimado em R$ 90 mil.

Franquia4

Investimento médio: a partir de R$ 220 mil
Previsão de retorno: entre 18 a 30meses

 

Tip Top – Referência nacional no mercado infantil há 64 anos, a Tip Top possui dois modelos de negócios: a loja tradicional e a mega store. Com 108 unidades espalhadas por todo o Brasil, sendo nove no formato de super loja, a rede alcançou o rendimento de R$ 116 milhões em 2015. As operações têm faturamento mensal de R$ 85 mil (loja tradicional) a R$ 250 mil (mega store).

Franquia5

Investimento total: R$ 420 mil (loja tradicional) a 1,5 milhões (Mega Store).
Previsão de retorno: 36 a 40 meses.

 

 

Crédito das fotos: Divulgação.
Editado por Maximilian Santos

mi_799965743836289

O empresário Tufi Duek na campanha Outubro Rosa

21 outubro, 2016 às 13:07  |  por Rafaela Salomon

O empresário de moda  Tufi Duek, está mais uma vez na Campanha Think Pink, em parceria com a UNACCAM (União e Apoio no Combate ao Câncer de Mama) e apoio da marca Pandora. Cada vez mais os empresários entendem que a união de forças em campanhas com um objetivo tão bonito quanto o outubro Rosa, são necessários.

Vale destacar que o evento de lançamento da Campanha em Curitiba teve a presença da Top Curitibana Isabeli Fontana e teve 5% do total da venda na loja revertido para o Hospital Erasto Gaertner – especializado em tratamento clínico e cirúrgico de doenças oncológicas.

Think Pink – 3ª edição – O mês de outubro é mundialmente conhecido pela conscientização e luta contra o câncer de mama – o tipo mais frequente entre as mulheres e, no Brasil, o cenário não é diferente. Tufi Duek defende o combate à doença e anuncia mais uma edição do Think Pink – projeto 100% beneficente em parceria com a UNACCAM (União e Apoio no Combate ao Câncer de Mama) e que tem a top Isabeli Fontana como embaixadora. Este ano a ação ganha ainda mais força contando com o apoio da joalheria dinamarquesa Pandora, que também luta em prol desta boa causa. Para endossar essa campanha, a Tufi Duek desenvolveu uma camiseta exclusiva de tiragem limitada que está sendo vendida em todas as lojas da marca durante o mês de outubro. Na compra desta peça, com valor de R$130, a cliente ganha mimo especial da Pandora mas principalmente doa um exame de mamografia às mulheres carentes através da UNACCAM.

 

Crédito da foto: Divulgação.
Editado por Rafaela Salomon

 

mario-mello-paypal

Comemorando cinco anos no Brasil, o PayPal encomendou estudo que desvendou o cenário desse mercado até 2020. Confira algumas conclusões.

9 junho, 2016 às 16:59  |  por Maximilian Santos

O PayPal aposta na tendência do mobile commerce e vai continuar liderando essa revolução – aqui no Brasil, que é um mercado-chave para nós, e lá fora. Temos uma participação representativa nesse movimento e isso é facilmente perceptível quando analisamos os dados do estudo da Euromonitor“. Mario Mello, diretor geral do PayPal para a América Latina

 

Na esteira das comemorações de cinco anos do PayPal no Brasil, a Euromonitor International tabulou um amplo estudo sobre internet móvel e o mercado de pagamentos eletrônicos no País. E chegou a uma série de conclusões. Entre elas, a de que, até 2020, cerca de 4,5 bilhões de pessoas no mundo inteiro serão assinantes de internet móvel. E o Brasil tem e terá um papel importante nesse crescimento: deveremos contar com mais de 250 milhões de usuários de dispositivos móveis com acesso à web até o final da década.

Isso porque vivemos em um mundo totalmente conectado e aberto a incorporar novas tecnologias; e estamos assistindo a uma mudança na maneira com que as pessoas interagem com seu dinheiro. Comprar ingressos para shows, chamar um táxi, adquirir passagens de avião, comprar conteúdo multimídia, pesquisar preços de produtos e serviços são alguns dos muitos exemplos de como certas atividades cotidianas migraram para o universo dos smartphones e do m-commerce, uma tendência que veio para ficar.

Entre 2010 e 2015, mais de 42 milhões de brasileiros passaram a usar a internet (número maior do que a população inteira da Argentina). Hoje, cerca de 116 milhões de pessoas no País estão conectadas. Apesar disso, segundo o estudo da Euromonitor – chamada “Digital Purchase and Internet Retailing Trends” -, ainda há um grande mercado a ser conquistado no Brasil. Diferentemente dos EUA, por exemplo, onde quase 90% da população já têm acesso à internet, aqui o índice é de 60%. Na América Latina? 48%.

Ainda de acordo com o estudo, o mercado de smartphones no Brasil deve crescer cerca de 2% ao ano até 2020, batendo as 70 milhões de unidades. Em 2015, o País registrou a venda de 310 aparelhos para cada 1.000 habitantes, maior índice da América Latina. Outro dado interessante é que os tablets devem se tornar uma alternativa, finalmente e de fato, aos notebooks. O estudo aponta que a venda de notebooks sofrerá queda de 3%, a de tablets terá acréscimo de 4%, e a de smartphones, crescimento de 2%. Já os “velhos” telefones celulares… bom, estes verão suas vendas despencarem 49% no mesmo período.

O futuro é mobile – Atualmente, 59% das pessoas que têm algum tipo de plano de telefonia móvel no País também têm internet móvel. Em 2020, segundo o estudo, esse índice subirá para 66%. O crescimento vem sendo bastante forte desde 2009, quando somente 5,1% dos assinantes de telefonia móvel tinham internet móvel. Também segundo a Euromonitor, hoje 100% da população brasileira está coberta por redes celulares; e 94% contam com alguma cobertura de rede 3G. Aliás, o Brasil é o segundo colocado na América Latina em termos de penetração da tecnologia de internet móvel. Primeira do ranking? A Costa Rica.

O segmento que mais ganhará com o aumento da conectividade móvel será o de alimentação: hoje, ele representa 11% de tudo o que é comprado online no País; em 2020, representará 14%. A compra de ingressos online duplicará de volume (0,1% para 0,2%). O setor de transportes (no qual estão listados cias aéreas, serviços de taxi, passagens de ônibus etc.) passará de 13% para 14%; e o de alojamento (locação de quartos e apartamentos, reservas de hotéis etc.) representará 6% do total das compras via e-commerce – hoje, responde por 7%.

O estudo avaliou também que, até 2020, 10% de tudo o que é vendido online no Brasil será comprado via equipamentos móveis – hoje, esse índice está em 7%; em 2011, eram apenas 2%. Um dos principais motivos para esse crescimento diz respeito ao fato de que os consumidores vêm se sentindo cada vez mais seguros ao comprar via smartphone ou tablet. Aumento motivado, principalmente, segundo o estudo, pelas carteiras digitais (digital wallets).

De acordo com pesquisa Ipsos/PayPal realizada no final do ano passado, 13% do total gasto online no mundo inteiro se deu via smartphone em 2015. Com relação a pagamentos transacionados pelo PayPal globalmente, no ano passado, do total de 4,9 bilhões de transações, 1,4 bilhão (28%) foram realizadas por meio de dispositivos móveis.

Segurança continua sendo o foco – Segundo a Euromonitor, cerca de 47% dos brasileiros entrevistados ainda preferem não compartilhar suas informações financeiras em ambientes virtuais (a média mundial é de 44%). Trata-se de um índice que tende a cair, porque muitas empresas vêm investindo maciçamente para aumentar a segurança dos internautas. Uma das estratégias é oferecer aos seus clientes a opção de pagar por meio de carteiras digitais, em que os dados do usuário não são armazenados no aparelho – eles trafegam criptografados durante todo o fluxo da transação. Isso dá muito mais segurança ao sistema. No PayPal, além de criptografar as informações pessoais e financeiras, as transações são monitoradas 24 horas por dia, sete dias por semana, no intuito de prevenir fraudes e roubo de informações.

Apesar da preocupação remanescente com segurança, o estudo aponta que o comércio eletrônico brasileiro crescerá dos atuais US$ 19,5 bilhões para US$ 28 bilhões em 2020.  Pode-se afirmar, portanto, que os consumidores e varejistas brasileiros compõem um mercado bastante maduro para absorver novas tecnologias para pagamentos eletrônicos. Isso se deve à mudança de comportamento dos consumidores, que estão cada vez mais bem informados e exigentes, à procura de uma experiência de venda completa, que proporcione segurança, rapidez e facilidade. Alinhado a esse movimento está o investimento crescente dos sites em tecnologia e inovação para atender às demandas dos seus clientes.

Este ano, o estudo “Perfil do E-commerce Brasileiro”, encomendado pelo PayPal à BigData Corp., mostrou uma verdadeira virada na tabela: em 2015, apenas 20,68% dos sites usavam tecnologia SSL (Secure Socket Layer) para proporcionar uma navegação segura aos clientes; agora, são 73,85%. E esses varejistas, ao contarem com parceiros de meios de pagamento, como o PayPal, ainda agregam outros benefícios importantes ao seu negócio, como políticas de proteção ao comprador, programa de frete grátis na devolução e a presença global, que incentiva – em tempos de desvalorização do real – a venda entre fronteiras, por exemplo.

Inovação, segurança e tecnologia – Recentemente, o PayPal lançou no País o One Touch, solução que permite ao usuário comprar online em milhões de estabelecimentos sem ter de redigitar seu nome de usuário e senha a cada transação por até 180 dias. Em poucos meses, o One Touch se tornou o serviço de mais rápida adoção na história do PayPal: já são mais de 22 milhões de clientes no mundo. É a prova de que o mercado está, definitivamente, preparado para absorver esse tipo de tecnologia disruptiva.

 

Crédito da foto: Divulgação.

Kalil Chuchene Filho

Presidente da Cenet Jr. S/A inaugura novo centro de compras na região Sul de Curitiba

23 março, 2016 às 18:21  |  por Maximilian Santos

Kalil Chuchene Filho, presidente da Canet Jr. S/A, inaugurou ontem o Neoville Center Mall, o primeiro strip mall da região Sul de Curitiba, que tem o objetivo de atender aos moradores do Plaza Madrid, Astúrias, Valência Village, Vila Tenerife e Barcelona Neoville. O novo espaço está instalado na rua Pedro Gusso e abriga lojas com ar condicionado, estacionamento coberto subterrâneo. O strip mall ainda oferece espaço para panificadoras, bancos, lojas de serviços, centros de estética e academia. O modelo de negócio é bastante difundido nos Estados Unidos e corresponde a cerca de 40% dos shoppings de bairro. Além disso, é tendência no Reino Unido, onde inclusive incorporam bibliotecas e centros comunitários.

De acordo com o executivo, as duas novidades, quartel e centro de compras, ganharam destaque em censo realizado pela incorporadora junto aos 3 mil moradores do Neoville. “Identificamos que 91% da população está satisfeita com o desenvolvimento do bairro, enquanto 93% já recomendaram para amigos e familiares”, compartilha. Ainda segundo o presidente, a área destinada ao quartel foi doada ao Estado e o investimento total na operação, que inclui a construção da unidade, foi superior a R$ 1 milhão.

Localizado em uma das quadras mais nobres do novo bairro, o Neoville Center Mall foi inaugurado com 90% dos espaços locados. “Lançamos um produto que não tem concorrentes na região e a novidade flertou com os comerciantes locais, que viram no mall a oportunidade de conferirem um upgrade aos seus negócios, com a garantia de segurança patrimonial e custo operacional bastante inferior ao de um shopping convencional”, assegura o presidente.

O projeto arquitetônico do Neoville Center Mall é marcado por uma arquitetura limpa e atemporal, que prevê conforto térmico e a praticidade de um estacionamento subterrâneo com 158 vagas. “A análise do mix é muito importante para assegurar o sucesso do negócio. Os lojistas não encontram concorrentes no mesmo espaço”, explica Kalil.

Ainda sobre o mix, o presidente ressalta que a seleção realizada pelo novo espaço prioriza serviços que o público em geral demanda no dia a dia, como panificadora, empório de frutas e verduras, farmácia, pet shop e lotérica. Entre as grandes marcas presentes estão: Salão Marly, Caixa Econômica Federal, através da lotérica, Farma Total e CVC Turismo.

 

Crédito da foto: Divulgação.

Diretores de marcas

Diretores e gerentes de franqueadoras investem em treinamento para driblar a crise

23 março, 2016 às 15:36  |  por Maximilian Santos

Em tempos de crise econômica, é essencial o preparo das empresas para se destacar da concorrência. No segmento de franquias, um dos principais desafios é manter a qualidade do serviço em toda a rede, por isso, a educação corporativa é essencial e deve ser realizada de maneira contínua, com o objetivo de habilitar o empreendedor para a gestão do próprio negócio e na operação do dia a dia. Com esse objetivo, marcas consolidadas estão criando universidades corporativas e ferramentas on-line que oferecem cursos e treinamentos presenciais e à distância com o propósito de oferecer estrutura especializada em desenvolver treinamentos em áreas sensíveis para o negócio. Isso inclui desde cursos de finanças, administração e de especialização com ênfase em mercado até treinamentos de gestão e manuais.

A rede de franquia de óculos solares e de grau Mercadão dos Óculos criou em 2015 a Universidade Corporativa do Mercadão dos Óculos (UCM), para transferir o conhecimento de forma presencial obrigatória por meio dos treinamentos presenciais na instituição que fica em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, onde é realizada a capacitação dos novos franqueados, as convenções nacionais com apresentações de desempenho e as reciclagens dos colaboradores para envolver eles entre si e, mantê-los informados sobre as novidades da marca, e à distância, que não é obrigatória, por meio da ferramenta on-line que foi desenvolvida para os franqueados, gerentes das lojas e equipes de vendas terem acesso a cursos como gestão comercial, liderança e empreendedorismo.

No final de cada aprendizado, o participante é submetido a uma avaliação que lhe concede um certificado da organização, comprovando assim sua aptidão para a função dentro dos padrões da marca. Além disso, por meio da ferramenta, a franqueadora tem acesso a todos os conteúdos que os parceiros acessam e o tempo destinado ao ensinamento, permitindo o acompanhamento do aprendizado em tempo real e controle de quem participa dos treinamentos garantindo assim uma forma eficaz de detectar possíveis problemas. Por meio do sistema também são realizadas conferências periódicas.

De acordo com o sócio-diretor de marketing da rede, Fábio Nadruz, o principal canal de comunicação hoje em dia entre a franqueadora e toda a rede é a UCM. “Atualmente 190 pessoas das 280 que compõem a organização já participaram das capacitações que oferecemos, e desde que implantamos a ferramenta, o faturamento da rede melhorou em 10%. Em 2016 vamos investir mais de R$ 70 mil reais em tecnologia para aperfeiçoar as pessoas, que é o nosso bem mais precioso”, ressalta.

Neste cenário, a rede de vestuário infantil Tip Top também está investindo na área e criou um setor de treinamento muito forte na empresa, que continuamente atualiza os processos junto aos franqueados e toda a equipe das lojas com focos em várias áreas como gestão, atendimento, controle de estoque, finanças, entre outros pontos importantes para o andamento de uma franquia. “Além de habilitar novos colaboradores, achamos essencial manter a casa em ordem e sempre capacitar e fazer uma reciclagem com nossos franqueados, assim a excelência sempre será o padrão da rede”, afirma o gerente de expansão da marca, Ricardo Marcondes. Isso explica a redução do turn over de funcionários nas lojas da rede e a melhora constante no atendimento prestado ao consumidor, o que gera consequentemente um crescimento de vendas para o negócio em um período de crise como vivemos.

Uma rede que também aposta em um sistema de treinamentos, para agregar conhecimentos aos novos franqueados e reciclar o que foi absorvido pelos que já fazem parte da rede, é a Jan-Pro – rede de franquia especializada em serviços de limpeza comercial. Dividida em cinco módulos, a primeira etapa da formação oferecida aos empreendedores que ingressam na rede compreende assuntos para o melhor entendimento do negócio e para ajudar a garantir o sucesso da unidade como, por exemplo, capacitação dos prestadores, realização de orçamentos e sobre como aplicar os métodos de limpeza da marca. “Todos os treinamentos são certificados e reconhecidos. Nosso objetivo é oferecer um suporte completo para que o franqueado se sinta apto e preparado para colocar sua unidade em funcionamento”, afirma o diretor executivo da Jan-Pro no Brasil, Renato Ticoulat.

Após iniciarem as operações, os franqueados da rede ainda contam com um suporte de reciclagem de conhecimentos e mais cinco módulos de treinamentos complementares, que podem ser feitos ao longo de um ano, com o intuito de prepará-lo para o atendimento de contratos de grande porte e para lidar com o crescimento autossustentável de sua unidade. “A formação avançada compreende assuntos como marketing, departamento pessoal e relacionamento com o cliente. Além disso, mensalmente promovemos dois encontros para oferecer suporte sobre algum problema ou tema que esteja presente no dia a dia das nossas franquias, por exemplo, para falar sobre conservação de cozinhas comerciais, pensando nos contratos que estamos fechando com grandes redes de alimentação”, explica Ticoulat.

Abradilan

Diretor da Abradilan anuncia abertura da 12ª Abradilan Farma em Curitiba

15 março, 2016 às 16:19  |  por Maximilian Santos

Geraldo Monteiro, diretor da Abradilan – Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos, aguarda com boas expectativas a 12ª edição da Abradilan Farma, feira que ocorre durante os dias 16,17 e 18 de março, das 14h às 21h, no ExpoTrade, em Pinhais.

Quando o assunto é beleza e bem-estar, o Brasil é considerado um dos maiores mercados do mundo. O brasileiro destina 2% do seu orçamento à compra de produtos de higiene e beleza, movimentando US$ 43,5 bilhões em 2014, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). Um dos destaques é o mercado de nutracêuticos (probióticos, proteínas, extratos de plantas, minerais, vitaminas, fibras, bebidas funcionais, suplementos, cuidados pessoais), que está crescendo a cada ano e por isso, as empresas investem cada vez mais em produtos dessa categoria para atender a demanda dos consumidores por mais qualidade de vida. De acordo com o relatório publicado pela MarketsandMarkets, estima-se que o mercado de ingredientes nutracêuticos crescerá de $23,8 bilhões (2013) para $33,6 bilhões em 2018. Já o mercado de fitness deve movimentar R$ 27 bilhões até 2020 no Brasil, segundos dados de pesquisa da Euromonitor.

Portanto, mesmo em época de crise, para manter as vendas e despertar a curiosidade dos consumidores, as grandes empresas investem em tecnologia e inovação para os segmentos de nutracêuticos e fitness. Exemplo disso, é a participação de mais de 100 empresas durante a 12ª edição da Abradilan Farma (http://abradilan.com.br/farma2016/afeira.php), feira organizada pela Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan), em Curitiba (PR), durante os dias 16,17 e 18 de março, das 14h às 21h.

 

Crédito da foto: Youtube/Divulgação.

Everton Didone - Diretor de Expansão e Porta Voz (3)

Brasileirinho Delivery investe em mais uma unidade no Paraná

15 março, 2016 às 15:17  |  por Maximilian Santos

Everton Didone, diretor de expansão da rede de franquias Brasileirinho Delivery, pioneira no segmento de restaurantes de comida típica brasileira em box, reforça sua presença no Paraná e anuncia a chegada da primeira loja da rede em Ponta Grossa. Localizada no centro paranaense, a 103 km da capital, a cidade está entre as regiões mais populosas de seu estado com aproximadamente 337 mil habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e vem se destacando nos últimos anos pelo seu crescimento econômico. Além disso, o Paraná é o terceiro estado do Brasil com mais redes franqueadoras, de acordo com dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising).

“Nosso plano de expansão contempla explorar mais pontos na região Sul do país, tendo como foco cidades com mais de 50 mil habitantes. No Paraná, contamos com oito lojas em funcionamento e até o final do ano esse número deve crescer em 30%”, conta o executivo.

Com um modelo de negócio inovador no mercado, a rede vem se destacando pela praticidade que proporciona aos seus consumidores, já que o alimento é embalado em box e pode ser consumido em qualquer local, além do sabor da refeição que leva um toque caseiro. “Atualmente, oferecemos 20 pratos, desde o Baião de Dois e Feijoada a opções mais leves, como Integral, Fitness e Salada Premium, além de dois tamanhos de boxes, o pequeno de 400 gramas e o grande que contém 700 gramas. Utilizamos no preparo, apenas materiais de primeira linha para garantir a qualidade de cada refeição”, completa Didone.

O Brasileirinho Delivery está presente em 22 estados do Brasil com 140 unidades em operação e para este ano prevê um faturamento médio de R$ 94 milhões. Para investir na franquia, o valor é a partir de R$ 80 mil e a projeção de retorno é de 12 a 16 meses.

 

Crédito da foto: Divulgação.