Casa Bauducco aterrissa no Sul

11 julho, 2017 às 17:59  |  por Rafaela Salomon

A Casa Bauducco, unidade de negócios da Bauducco que combina empório com cafeteria, inaugura sua primeira unidade no Sul do Brasil. A loja está localizada em Curitiba, no Park Shopping Barigüi. O espaço é ideal para quem tem, entre uma compra e outra, um tempinho para saborear uma fatia de panettone quentinha polvilhada com açúcar e canela. Dentre as diversas comidinhas que a marca oferece, estão os brownies, biscottis, palmieres, muffins, sanduíches e croissants que podem ser acompanhados de uma bela xícara de café ou cappuccino. Os produtos da Casa Bauducco são feitos de maneira artesanal em fabrica dedicada a operação e com ingredientes selecionados.

Atualmente, a Casa Bauducco possui mais de 20 unidades espalhadas pelo estado São Paulo. A loja de Curitiba é a primeira fora dessa região e promete conquistar o paladar dos curitibanos.

Serviço

Casa Bauducco – Park Shopping Barigüi
Endereço: R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600. Piso L1, Curitiba – PR, CEP: 81200-100
Horário de funcionamento: De segunda a sábado: das 10h às 22h – Domingos e feriados: das 14h às 20h

 

Sobre a Casa Bauducco

Criada em 2012, no ano em que a família Bauducco comemorou os 60 anos no Brasil, a Casa Bauducco resgata valores típicos de um negócio de família. É um espaço diferenciado, que combina empório com cafeteria, onde as pessoas podem se sentar e saborear uma fatia de panettone quentinha polvilhada com açúcar e canela, um croissant ou um palmier entre outras delícias, acompanhada de uma bela xícara de café ou cappuccino. Com 18 unidades distribuídas em São Paulo capital, ABC, Campinas, São José dos Campos, Piracicaba, Guarulhos e São José do Rio Preto, o espaço traz na decoração a história da Família Bauducco. Ao todo, são mais de 70 itens deliciosos à disposição. Saiba mais em http://www.bauducco.com.br/casabauducco

 

luiz Benite (Créd. Divulgação)

Massa FM ocupa a posição de líder no Ibope há mais de 50 meses

11 julho, 2017 às 17:46  |  por Rafaela Salomon

A Massa FM, rede de emissora de rádios do Grupo Massa, está em festa. Desde fevereiro de 2013, a rádio do apresentador Ratinho ocupa a posição de líder absoluta no Ibope de Curitiba. Este é o período mais longo de liderança geral entre as rádios pesquisadas em todo o Brasil, considerando o período 05h-00h (todos os dias). São mais de 50 meses na liderança de audiência entre as rádios da capital paranaense e região metropolitana, ocupando a sintonia 97.7 FM.  A Massa FM é geradora de uma rede interestadual sediada em Curitiba, que distribui sua programação para emissoras instaladas no interior do Paraná, São Paulo e agora em Santa Catarina. De acordo com Luiz Benite, diretor da Massa FM , isso é resultado de uma programação focada nos interesses dos ouvintes e que busca um relacionamento duradouro com sua audiência. “A Massa FM está fazendo história no Paraná e no Brasil. São 50 meses ininterruptos no topo do Ibope. Tudo isso é resultado de uma programação que acompanha o ouvinte nas atividades do seu dia a dia, com uma programação leve, de qualidade e dentro do que os curitibanos querem ouvir. Além disso, procuramos estender o nosso relacionamento das ondas do rádio com várias ações. Isso fortalece o nosso vínculo e gera esse resultado de liderança”, comenta.
Os dados são do Kantar Ibope Media – Software Easy Media 4 – Praça: Curitiba, Período: fevereiro de 2013 a abril de 2017.

Sobre a Massa FM – A Massa FM é líder de audiência no Ibope em Curitiba e está presente, também, em Londrina, Maringá, Litoral, Campos Gerais (na cidade de Telêmaco Borba), Foz do Iguaçu e Campinas (São Paulo), atingindo um universo potencial de 11.494.335 habitantes. Sendo assim, é a maior rede de rádios do Paraná. Já equipada para a era digital do FM, tem excelente qualidade de sinal no Rádio, Internet e Redes sociais, contando com uma equipe extremamente capacitada. Bom gosto e uma marca moderna que unem estas qualidades aos anunciantes.

Postado por Rafaela Salomon

Startup08

Startup de Curitiba vence prêmio internacional da Microsoft

3 julho, 2017 às 20:09  |  por Rafaela Salomon

No próximo dia 11 de julho, os três idealizadores da Big Brain Education partem para Washington DC receber o prêmio pelo melhor case na categoria Colaboração e Conteúdo, no Microsoft Inspire - principal evento internacional dedicado a parceiros da companhia que reúne empresas de tecnologia do mundo todo. Nessa edição foram mais de 100 países inscritos em 34 categorias.

Sidnei Drobnievski, Tiago Araújo e Ronei Pasquetto fundaram a startup há três anos para unir duas paixões, a tecnologia e a educação. De lá pra cá, eles já transformaram a rotina de instituições de ensino pelo Brasil, apontando caminhos e desenvolvendo soluções para construir a Educação do Futuro.

Idealizada em Curitiba, a Big Brain Education é especializada em inovações tecnológicas e oferece consultoria, assessoria e capacitação para instituições de ensino, promovendo as vantagens da tecnologia em sala de aula e o uso do Office 365 para alunos e professores.

O case premiado, Intranet da Big Brain Education, foi desenvolvido para aumentar a colaboração entre funcionários, trazendo economia de tempo, simplificação de processos e aumento de eficiência. Totalmente integrada com o Office 365, o portal reúne informações do dia-a-dia da escola, com layout personalizado, central de documentos e linha do tempo inspirada nas redes sociais. Além de trilhas de treinamento e material para capacitação de professores.

Na foto: Sidnei Drobnievski, Ronei Pasquetto, e Tiago Araújo

Foto Artigo Moro

OPINIÃO – A comunicação corporativa e o juiz Sérgio Moro

3 julho, 2017 às 16:12  |  por Maximilian Santos

Por Daniela Barbará

O juiz Sérgio Moro causou um reboliço não só na vida política do Brasil como também nos ambientes corporativos. Palavras como delação premiada, gravação telefônica, empresa offshore, impunidade, doleiros, corrupção, tornaram-se rotina na vida dos telespectadores brasileiros e no linguajar popular. Isso porque grandes e tradicionais empresas brasileiras e seus fornecedores estão sendo chamados a prestar contas sobre trabalhos realizados. Mas o que mudou?

Muito simples. Não se toleram mais contratos falsos, caixas 2 e nem operações bancárias sem comprovação. A revelação de intrincados esquemas de corrupção envolvendo a esfera pública e privada fez com que não se aceite mais malas cheias de dinheiro circulando dentro das empresas, nos porta-malas de carros oficiais e táxis. Agora, empresas de diversos portes e segmentos que são prestadoras de serviços de grandes companhias têm que se justificar ao juiz. “Ah, mas eu sempre fiz tudo direitinho e não tenho nada a ver com isso”. Será?

Recentemente me disseram: ainda não estamos na Lava Jato. E minha resposta foi: prepare-se porque vocês podem ser citados em breve. Toda empresa, mesmo que idônea, pode ter seu nome ventilado na imprensa durante grandes investigações como a Lava Jato. Mais de 40 empresas de diversos portes e setores já foram citadas na operação da Justiça Federal. Com isso, posso dizer que as empresas precisam se preparar para gerenciar essa crise ou terão que arcar também com uma mancha grande na reputação e marca.

Para isso é preciso preparar a casa com todas as informações possíveis. Se respaldar, documentar e manter a transparência nas relações com todos os principais públicos. A imprensa é a primeira que vem à mente, mas deve-se também dar atenção especial aos funcionários e seus próprios fornecedores e clientes.

A preparação para viver uma situação dessas deve ser feita com vários setores internos envolvidos. Um grande espírito de equipe deve ser mantido durante o levantamento dos possíveis cenários de crise e cada uma das respostas. Todos têm que ser chamados para colaborar: do chão de fábrica aos principais executivos, passando pelo departamento jurídico, financeiro e recursos humanos. O foco é minimizar qualquer possível dano à empresa: seja monetário ou mesmo social. Contratos, notas fiscais, trocas de e-mails, boletos bancários, acordos firmados, pagamentos, movimentações financeiras, aditivos contratuais, documentos dos diversos tipos devem estar prontos para servem usados como provas. Prestar esclarecimentos é fundamental neste momento.

A operação Lava Jato é a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve. Os escândalos corporativos podem e devem ser tratados rapidamente e com a maior coerência possível. Assumir a responsabilidade pelo ocorrido, mostrar que está à disposição para esclarecimentos, dar atenção às vítimas diretas e indiretas e ter uma postura humilde em relação ao estrago feito são algumas das posições das empresas que se manterão vivas depois que tudo passar.

Estamos assistindo de camarote ao maior escândalo de corrupção da história do País, que já completa mais de três anos. O que restará do Brasil? Empresas que prestaram seus esclarecimentos, eleições limpas, profissionais treinados e prontos para tomar à frente e uma relação maior de transparência entre empresas e seus fornecedores. A comunicação é a ferramenta necessária para que possamos vislumbrar um país mais limpo e com empresas idôneas.

*Daniela Barbará trabalha há vinte anos com gerenciamento de crise e comunicação corporativa com empresas de diversos portes e segmentos.

 

 

Tem alguma opinião sobre assuntos que movimentam os negócios e a situação no Paraná, Brasil e no Mundo? Envie para peoplesa@bemparana.com.br e compartilhe sua ideia com nossos leitores.

Chieko1

CEO do Grupo Blue Tree Hotels, considerada mulher forte da hotelaria no país, divide sua experiência com curitibanas

30 junho, 2017 às 16:44  |  por Maximilian Santos

Lançado em maio com a presença de Luiza Helena Trajano, executiva do Magazine Luiza, o Núcleo Paraná do Grupo Mulheres do Brasil mantém a postura de apresentar fortes presenças femininas às participantes. No dia 3 de julho, às 17 horas, no auditório da FIEP, será a vez  de Chieko Aoki (foto), fundadora e presidente do grupo Blue Tree Hotels, compartilhar sua vasta experiência.

Formada em Direito pela USP, Administração na Universidade de Sofia, em Tóquio, e Administração Hoteleira na Universidade Cornell nos Estados Unidos, Chieko Aoki fundou a sua empresa em 1992. Em 1997 lançou a bandeira Blue Tree Hotels e em dez anos a transformou em uma das maiores cadeias hoteleiras do país.

Ao longo de sua vida profissional, Chieko trabalhou em diversos lugares do mundo, como Estados Unidos, Ásia e Europa. Iniciou sua atuação em 1982 como diretora de marketing e de vendas do Caesar Park São Paulo e, depois, tornou-se presidente da Caesar Park Hotels & Resorts e da mais antiga e tradicional companhia hoteleira dos Estados Unidos, a Westin Hotels & Resorts.

Em 2013, foi classificada pela revista norte-americana Forbes como “a segunda mulher de negócios mais poderosa do Brasile escolhida pelo jornal Valor Econômico dentre as melhores executivas brasileiras.

O Mulheres do Brasil foi criado há 4 anos por Luiza Helena Trajano, que preside o grupo até hoje. A proposta é ser uma organização apartidária que une engajamento e empreendedorismo em prol de propostas de ações para um Brasil melhor.

No Paraná, o Mulheres do Brasil tem coordenação de Regina Arns, que está à frente do Grupo MEX Brasil – Espaço Mulheres Executivas, e Margaret Groff, Diretora Financeira Executiva da Itaipu Binacional, aposentada, e também uma das fundadoras do MEX.

O Mulheres do Brasil reúne profissionais dos mais diversos segmentos e nasceu com o objetivo de refletir sobre os problemas nacionais para criar uma agenda positiva com um plano de ação. Nesse cenário, a mulher surge como agente de transformação e engajamento na construção de uma sociedade que valoriza o trabalho feminino e não admite preconceitos de sexo ou raça.

A perspectiva do grupo é atuar no Paraná em 5 Comitês Regionais: Políticas, Combate à Violência contra a Mulher, Educação, Empreendedorismo e 80 em 8.

Curitiba, até o momento, foi a maior estreia do grupo em número de presenças no Brasil. Foram confirmadas mais de 600 pessoas para o evento inaugural com Luiza Helena Trajano.

As inscrições devem ser feitas por meio do link televeentos.com.br/MDBParana/Cadastroinfo/

 
Editado por Maximilian Santos.
Crédito da foto: Divulgação

 

 

APP Vegano

Aplicativo curitibano permite que usuários comprem direto de produtores rurais

27 junho, 2017 às 13:20  |  por Maximilian Santos

No final de 2013 surgia em Curitiba o BeVeg, aplicativo que inovou ao permitir que os usuários pudessem encontrar estabelecimentos gastronômicos com boas opções vegetarianas e veganas. Agora, após o sucesso em todo o país, o BeVeg, idealizado por Vivian Schmitz e Tom Barros (foto), passou por uma importante atualização e oferece a função delivery.  O aplicativo, disponível gratuitamente no Google Play e na Apple Store, permite que, além de pedir comida fast food, os usuários façam a feira e o mercado sem sair de casa, tendo contato direto, por exemplo, com produtores de hortifrútis orgânicos. Outra facilidade é poder receber em casa quitutes de produtores locais, como salgadinhos e bolos.

“O BeVeg surgiu para unir consciência e tecnologia, facilitando e incentivando a escolha pelo vegetarianismo por meio de um aplicativo que localiza opções veg por ordem de proximidade do usuário. Além disso, a opção delivery possibilita que o usuário faça pedidos online para entregas em domicílio”, detalha Vivian Schmitz, que lembra que a ferramenta é ideal, também, para quem apenas simpatiza com o estilo de vida e gostaria de adotá-lo, mas não sabe onde encontrar boas opções.

O crescimento do BeVeg coincide com crescimento do número de vegetarianos no Brasil. Segundo dados publicados pelo IBOPE/2012, o país conta com mais de 15 milhões de vegetarianos. As maiores concentrações são encontradas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente com mais de 792 mil e 632 mil. Curitiba, cidade de origem do BeVeg, aparece com mais de 194 mil vegetarianos. De acordo com pesquisa do IPSOS Group, também de 2012, 28% da população brasileira quer consumir menos carne.

“Com o passar dos anos, vemos consumidores cada vez mais antenados, realmente preocupados com a alimentação e, logicamente, com os problemas gerados pelo mercado mundial de produção de carnes. Pesquisas recentes demonstram que o mercado vegetariano tem passado por uma expansão constante, e é cada vez maior o número de pessoas que optaram pelo vegetarianismo e estão sedentos por opções de consumo”, explica Tom Barros.

Feira em casa - Mais do que oferecer empreendimentos gastronômicos e refeições prontas, após sua última atualização o BeVeg sentiu que tinha chegado o momento de trabalhar novas opções e serviços. Na nova aba “Feira”, que acaba de ser adicionada na ferramenta, o usuário encontra empórios e produtores locais que comercializam, entre outros, frutas, orgânicos, hortifrútis, sucos, especiarias, sementes e grãos. Assim como os outros serviços, os resultados aparecem por ordem de proximidade.

“Muita gente reclamava da dificuldade de encontrar produtos especiais frescos, como por exemplo os orgânicos, que geralmente só eram encontrados em mercados e com valores elevados. Com essa parceria com pequenos empórios e produtores locais, conseguimos oferecer uma ferramenta que, acima de tudo, levará saúde para a casa dos brasileiros”, completa Tom.

 

 

Postado por Maximilian Santos.
Crédito da foto: Divulgação.

 

 

 

Pressão no Trabalho

TESTE – Você sabe realmente trabalhar sob pressão?

27 junho, 2017 às 13:07  |  por Maximilian Santos

Saber trabalhar sob pressão é uma habilidade muito valorizada no ambiente empresarial, pois revela os profissionais que têm capacidade de operar e produzir em condições estressantes e adversas, algo comum em grande parte das organizações atuais. Ernesto Berg, consultor de empresas, professor, palestrante, articulista, autor de 16 livros, especialista em desenvolvimento organizacional, negociação, gestão do tempo, criatividade na tomada de decisão, administração de conflitos, preparou um teste para o People S/A. Abra o Bloco de Notas ou pegue um papel e a caneta e vamos lá.

Responda às afirmações baseando-se no que sucede com você atualmente.

 

S = SIM        N = NÃO        AV = ÀS VEZES

 

1. Enfrento dificuldades de forma positiva.

S    N   AV

2. Percebo como meu comportamento afeta às outras pessoas.

S    N   AV

3. Faço uso dos feedbacks e críticas para o meu próprio crescimento.

S    N   AV

4. Tenho facilidade de ouvir argumentos sem fazer prejulgamentos.

S    N   AV

5. Quando os prazos são muito pequenos para concluir um trabalho eu fico nervoso ou ansioso.

S    N   AV

6. Quando cometo um erro eu o admito sem constrangimento.

S    N   AV

7. Não consigo parar de pensar no trabalho mesmo quando estou em casa.

S    N   AV

8. Não tenho atitudes defensivas quando sou criticado.

S    N   AV

9. Quando a pressão no trabalho é muito grande durmo mal à noite.

S    N   AV

10. Mesmo em meio às dificuldades consigo manter o senso de humor.

S    N   AV

11. Posso tornar-me ríspido com as pessoas quando algo me irrita.

S    N   AV

12. Mantenho a calma quando sofro um revés.

S    N   AV

13. Procuro olhar as coisas pelo ponto de vista da outra pessoa.

S    N   AV

14. Quando persigo com afinco meus objetivos sei como administrar o estresse, a irritação e a ansiedade.

S    N   AV

15. Quando a pressão é grande tenho dificuldade de me manter calmo.

S    N   AV

16. Quando a pressão é grande tenho dificuldade de concentrar-me no trabalho.

S    N   AV

17. Sei administrar mal-entendidos e desavenças com habilidade.

S    N   AV

18. Consigo acalmar-me rapidamente mesmo  diante de situações preocupantes que acontecem no trabalho.

S    N   AV

 
Agora faça sua Contagem de Pontos

Marque um ponto para cada resposta SIM dadas às seguintes afirmações:

1, 2, 3, 4, 6, 8, 10, 12, 13, 14, 17, 18

Marque um ponto para cada resposta NÃO dadas às seguintes afirmações:

5, 7, 9, 11, 15, 16

Marque meio ponto para cada resposta ÀS VEZES.
TOTAL DE PONTOS_______

 

 
SEU RESULTADO

De 16 a 18 pontos. Parabéns. Você não apenas sabe trabalhar sob pressão, como também atuar em condições desfavoráveis. Tem habilidade para desenvolver atividades em situações adversas sem se deixar importunar grandemente pelas circunstâncias – o que não significa que não seja afetado por elas -, mas sabe como gerenciá-las adequadamente e dar uma resposta positiva à situação.

 

De 13 a 15,5 pontos. Seu escore é médio. Significa que, por um lado, você sabe lidar em certa medida com situações de pressão e se esforça em manter o equilíbrio e adaptar-se às circunstâncias; mas, em outros momentos, sente-se incomodado e tem dificuldade em atuar e conviver com isso. Veja onde não pontuou ou obteve meio ponto. É o indicativo de onde pode melhorar.

 

Abaixo de 13 pontos. Este resultado indica grande dificuldade em agir em estados de pressão no trabalho. Provavelmente você sente-se tolhido, ou mesmo angustiado, quando a situação ocorre e sua produtividade é muito afetada pelas circunstâncias. Revela também uma tendência a se estressar com certa facilidade. Verifique as questões onde você não pontuou, ou teve meio ponto, pois é onde precisa melhorar.

 

Uma pesquisa da Harvard Business School, dos Estados Unidos, demonstrou que saber agir e dar repostas positivas em situações de alta pressão é um fator determinante que distingue os profissionais de sucesso dos que não são bem-sucedidos. Eles têm o que se chama de inteligência emocional desenvolvida, e sabem conviver e atuar, não apenas em circunstâncias adversas, como também em qualquer outro ambiente em que se encontram.

 

Texto extraído e condensado do livro “35 Testes para Avaliar suas Habilidades Profissionais – VOLUME II”, de Ernesto Artur Berg, Juruá Editora. Para adquirir o livro impresso, ou a versão digital, acesse o site  www.quebrandobarreiras.com.br seção de LIVROS. Veja outros artigos de desenvolvimento profissional, liderança e motivação no site.

 

 

Editado por Maximilian Santos.
Crédito da foto: Divulgação.

Arya 1 - Carolina Aguiar e Ricardo Elias

Investir em imóveis ainda é uma boa alternativa em Curitiba?

13 junho, 2017 às 15:06  |  por Maximilian Santos

Em um cenário atual tão ruim para a economia e para a política brasileira, vários especialistas do mercado imobiliário confirmam que o momento é bom, sim, para investir na área. O principal motivo, além de ser um dos bens mais seguros com a instabilidade financeira, é que a fase complicada permite que ocorram melhores negociações.

Diante deste contexto e das expectativas de 2018, quem investir no segmento ainda neste ano poderá atingir bons resultados nos próximos.

Em cada cidade, o mercado imobiliário é regido pelas leis de zoneamento e as regras de desenvolvimento urbano de cada município. Curitiba, nos últimos anos, apontou uma grande oferta de imóveis, concentrando várias opções em situação de estoque, o que acarretou condições bastante atrativas e facilitando para quem aguardava o momento certo para encontrar negociações de grandes vantagens. Além disso, a boa colocação da capital paranaense em estudos e pesquisas de qualidade de vida e, principalmente, com a volta da cidade ao topo da lista das melhores capitais para se viver no Brasil, ajudarão ainda mais em valorizações futuras.

Além do momento ser favorável em negociações, ajudando no valor do investimento, Curitiba está entre as capitais que desenvolveram a melhor qualidade de vida do País. Hoje, a cidade concentra uma grande quantidade de imóveis bem localizados, com preços competitivos e de ótimas características, que certamente valorizarão nos próximos anos”, explica Carolina Aguiar (foto), sócia-proprietária da Arya 1 Imóveis, uma das principais imobiliárias com opções de imóveis para investimentos da cidade.

Com a consultoria de uma boa imobiliária e de bons profissionais do mercado, as negociações são mais eficientes na compensação do investimento, sobressaindo aplicações com ganhos líquidos de 12%. A contrapartida vem por meio do retorno com locação e, principalmente, por valorização patrimonial.

Muitos clientes, ao comprarem um imóvel de alto-padrão, acabam também adquirindo outros imóveis de valor inferior, tipo apartamentos de 1 quarto, devido ao alto retorno do investimento. Ao adquirir um imóvel com esta característica, no valor aproximado de R$180 mil, em cerca de 24 meses, o imóvel valerá aproximadamente R$230mil. Ou seja, se o cliente locar por R$1.400/ao mês, o retorno conquistado será superior a muita aplicação financeira”, completa Ricardo Elias (foto), também sócio-proprietário da Arya1 Imóveis, e salienta que o cálculo é baseado na soma da rentabilidade patrimonial, acrescido do valor da locação, resultando em um ganho bem superior a 1% ao mês.

O mercado imobiliário curitibano é bastante amplo. Cada bairro possui realidades distintas e existem regiões com uma grande demanda por imóveis que continuam valorizando.

Geralmente compramos dólar e investimos em ações quando estão em baixa, para podermos vender quando chegarem na alta. Levando em consideração não só essa visão de investimento, mas dados precisos do imóvel, da região e da cidade de Curitiba, podemos obter um bom retorno quando o mercado se aquecer novamente, resultando em preços mais elevados e na segurança do dinheiro aplicado”, finaliza Elias.

 

 

 

Editado por Maximilian Santos
Crédito da foto: Divulgação.

 

 

 

 

Print

Equipes engajadas são um diferencial das empresas de sucesso

5 junho, 2017 às 19:03  |  por Maximilian Santos

Uma equipe engajada traz inúmeros benefícios para um negócio. Isso porque funcionários motivados se esforçam mais para atingir os objetivos e metas da empresa melhorando, com isso, sua produtividade. Neste caso, o líder tem um papel fundamental, sendo assertivo em suas decisões e contribuindo para o engajamento da sua equipe. A assertividade nas relações é um dos temas que serão abordados na segunda edição do Intensive Leadership Academy (ILA), que acontece nos dias 9 e 10 de junho, em Curitiba. O seminário é organizado e ministrado por executivos da Dale Carnegie Training, referência mundial em desenvolvimento de competências e habilidades profissionais.

Segundo, Leandro Roth (foto), trainer dos programas Dale Carnegie Course, Advanced Dale Carnegie Course, Sales Advanced e responsável pelas franquias do Noroeste do Rio Grande do Sul e Campinas (SP), aumentar o nível de assertividade, que está relacionado à confiança e respeito, contribui para a melhoria do engajamento. “Há três estilos de comportamento: passivo, agressivo e assertivo. A grande sacada é saber qual a melhor maneira de ser assertivo na hora de tomar decisões”, diz.

Equipes motivadas e engajadas dão o máximo de si para alcançar os resultados. “Não há uma fórmula secreta para convencer as pessoas a colaborarem, mas descobrir e se importar com os objetivos da pessoa, e ter este alinhamento organizado, ajuda muito”, ressalta Roth.

 

 

Editado por Maximilian Santos
Crédito da foto: Divulgação.

 

 

 

A partir de R$ 300 em compras o cliente recebe uma ficha para concorrer a um toy art e a deliciosas experiências gastronômicas

1 junho, 2017 às 17:14  |  por Rafaela Salomon

A partir de R$ 300 em compras o cliente recebe uma ficha para concorrer a um toy art e a deliciosas experiências gastronômicas

 

Para deixar o Dia dos Namorados ainda mais especial, o Pátio Batel realiza a partir do dia primeiro de junho uma campanha divertida, com o objetivo de oferecer uma experiência diferenciada para os casais. Até o dia 12, os clientes que efetuarem compras a partir de R$ 300 nas lojas participantes, poderão trocar suas notas fiscais por uma ficha (limitada a uma unidade por CPF) para brincar em uma das toy machine’s instaladas no piso L1. Alguns desses personagens virão com surpresas e além de levar para casa um dos toy art’s, os clientes podem ganhar deliciosas experiências gastronômicas:

  • Jantar no La Varenne
  • Jantar no Pobre Juan
  • Jantar no Alessandro & Frederico
  • Jantar no La Pasta Gialla
  • Jantar no Madero
  • Aula de preparação de coquetéis no Gards Rooftop Bar

 

Para completar a experiência, o shopping preparou um cenário em sua praça de eventos criado especialmente para a data. Todo ambientando na cor rosa, remetendo ao clima romântico do dia dos namorados, os casais poderão garantir fotos super bacanas e aproveitar para se divertirem nos balanços que serão instalados no cenário.

 

São cinco toy arts, cada um com uma história diferente, confira:

image005image009image011image013

image007