22-09-14 MRV Eduardo Fisher

Presidente da MRV Engenharia comemora recorde de caixa em 2015, sendo R$ 87,7 milhões com os novos residenciais no Paraná

28 março, 2016 às 12:00  |  por Maximilian Santos

Eduardo Fischer, presidente da MRV Engenharia, anuncia que a companhia obteve geração recorde de caixa de R$ 806 milhões em 2015. A estratégia da construtora é a de reduzir custos e aumentar a produtividade das operações distribuídas em 140 cidades e investir em sustentabilidade. As perspectivas para 2016 continuam , tanto que o executivo destaca que pretende aumentar o número de lançamentos em cidades populosas, entre elas Curitiba. Ainda de acordo com ele, o mix atual de investimentos da construtora no Estado está voltado cerca de 70% para o interior e 30% para a capital, e que eles pretendem equilibrar esta equação.

Cenário da MRV no Paraná – O mercado imobiliário paranaense tem se tornado cada vez mais promissor e estratégico para a MRV Engenharia. A companhia registrou o terceiro melhor resultado em vendas contratadas no país, durante o último trimestre de 2015, superando a marca de R$ 103 milhões. Em lançamentos no Paraná, no mesmo período, a construtora alcançou nada menos do que R$ 87,7 milhões com os novos residenciais.

Segundo o gestor executivo de vendas da MRV Engenharia, da regional Sul, Marcelo Alves, em todo o Paraná há 21 empreendimentos à venda. “Nossa performance está muito positiva, para se ter ideia, vendemos quase todas as unidades ainda na planta”, conta. Para exemplificar o ritmo de vendas, ele conta que a construtora possui no Estado um estoque de 1,5 mil unidades à venda e apenas 30 delas prontas.

De acordo com Alves, exemplos emblemáticos da velocidade de venda podem ser vistos em diversos empreendimentos. “Em Londrina, por exemplo, temos o Spazio Leopoldina, o maior da construtora no Sul do país e que estamos prestes a entregar, com nada menos do que 896 unidades, e que foi totalmente vendido na planta”, comemora.

Alves salienta que há uma grande demanda por imóveis das linhas supereconômicos e econômicos. “Ainda temos um alto déficit habitacional que, somado ao aumento de renda da população nos últimos anos, alavanca estes segmentos de mercado”, explica.

“A expectativa da companhia é a de que 2016 será um ano promissor”, adiantou Alves. Segundo o gestor, um dos motivos que podem impulsionar ainda mais as vendas durante o ano está no aumento do limite de financiamento do programa Minha Casa Minha Vida, que em sua terceira fase acabou abrangendo os produtos da linha Premium da construtora, que têm diferenciais como, por exemplo, churrasqueira na sacada, outros com três quartos ou ainda duas vagas de garagem.

 

Crédito da foto: Divulgação.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>