Vigilante recupera veículo roubado no Lindóia

29 julho, 2015 às 22:54  |  por João Carlos Frigério

Um vigilante estranhou a presença de um veículo Parati estacionado de forma suspeita no bairro Lindóia em Curitiba durante a madrugada, porém o mesmo não constava com alerta de furto ou roubo. Ele resolveu então esperar até que o dono aparecesse. Até que na Rua Américo Vespúcio, um veículo Mercedes Benz estacionar e três rapazes desembarcarem do carro. O vigilante resolveu então abordar os rapazes porém não encontrou nada de ilícito com o grupo. Em seguida o grupo andou pouco mais de uma quadra e entrou no veículo Parati e fugiu.
Ao puxar a placa do veículo Mercedez, o vigilante conseguiu constar que o mesmo estava com alerta de roubo. Ele pediu ajuda à Guarda Municipal que informou que o carro havia sido roubado em Santa Felicidade. O veículo foi encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. O trio não foi localizado.

Atiradores abrem fogo em moradores de rua que dormiam em carrinho de papelão

29 julho, 2015 às 07:10  |  por João Carlos Frigério

Uma barbárie foi registrada por volta das 2h30 da madrugada desta quarta-feira (29) na Rua João Budel esquina com Rua Manoel Ribas, no Butiatuvinha em Santa Felicidade. Vivendo na extrema pobreza, um casal dormia dentro de um carrinho de papelão, quando três homens vestidos de preto em um veículo opala antigos passaram pelo local. O veículo deu meia volta e retornou, parando um pouco a frente de onde se encontrava o casal. Dois desembarcaram, foram até o carrinho de papelão e efetuaram quatro disparos. Três atingiram Jorge Giovani Teixeira, 44 anos e um dos disparos acertou a nádega de Maria Lourdes Gonçalves, 33 anos. A mulher saiu do carrinho e pediu ajuda a um morador que ligou para o Siate. O Siate chegou rapidamente, mas Jorge não resistiu e morreu dentro do carrinho de papelão. Os socorristas prestaram atendimento à Maria que não quis ser encaminhada a um hospital, já que não queria deixar os dois cachorrinhos ali abandonados junto com as coisas dela.

Maria relatou que estava amasiada com Jorge há 12 anos, que ele apenas bebida cachaça e esporadicamente fumava maconha, mas ela nunca presenciou isso. Ela ainda disse que eles nunca receberam ameaça e que só trabalham na coleta de recicláveis. Assustada ela não sabe para onde ir e tem medo que os atiradores voltem.
Policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa estiveram no local e encaminharam Maria até a delegacia. Eles deixaram um amigo responsável pelas coisas dela e os animaizinhos, para que não ficassem abandonados.
O crime chocou até os policiais que deram o atendimento na ocorrência, já que aparentemente não há nenhuma motivação para esse crime. Até o momento os atiradores não foram identificados.

Bandidos fazem arrastão em restaurante e matam policial civil

29 julho, 2015 às 06:57  |  por João Carlos Frigério

Clientes e funcionários estavam tranquilos dentro de um restaurante de comida japonesa localizado na rua Tabajaras, no bairro Vila Izabel, em Curitiba, quando por volta das 22h00 desta terça-feira (28), foram surpreendidos por quatro homens que invadiram o local anunciando o assalto.
Os bandidos iniciaram um arrastão pegando todos objetos de valor dos clientes e funcionários. Foi quando um investigador da Polícia Civil Nielsen Custódio da Silva, 36 anos, que jantava com sua namorada teria tentado reagir.

Ele não conseguiu sacar a tempo a pistola .40 que carregava na cintura e acabou sendo baleado no peito por um dos assaltantes que estava com um revólver calibre 38 e morreu na hora. Os bandidos ainda levaram sua arma e celulares de clientes e fugiram.
Nielsen era natural do Rio de Janeiro e se mudou para Curitiba após passar no concurso da polícia. Atualmente estava lotado na Delegacia de Furtos e Roubos.
Uma força tarefa composta por policiais militares e policiais civis foi feita ainda de madrugada para tentar identificar e capturar os assaltantes. No momento do assalto eles vestiam camisetas da torcida organizada Fúria Independente.

Dupla tenta assaltar família em São José dos Pinhais e leva a pior

29 julho, 2015 às 06:40  |  por João Carlos Frigério

Dois jovens levaram a pior na noite desta terça-feira (28) ao tentar assaltar uma família na Rua Dom Pedro II no Jardim Independência em São José dos Pinhais. Os assaltantes renderam os quatro membros de uma família que resolveram reagir, vendo que a dupla estava armada de facas. Os familiares entraram em luta corporal com os marginais e todos ficaram feridos. Um dos suspeito saiu correndo pela BR-277, mas tombou morto à beira da rodovia. O outro conseguiu fugir.
Socorristas do Siate prestaram atendimento à família que foi encaminhada sem risco de morte ao Hospital São José.
O que a família não esperava é que cerca de 1 hora depois do ocorrido, o outro assaltante apareceria para pedir ajuda no hospital. Revoltados três membros da família foram pra cima do rapaz que é menor de idade. Ele foi medicado e encaminhado à Delegacia do Adolescente.
O corpo do suspeito morto foi encaminhado sem identificação ao Instituto Médico Legal de Curitiba.

Moradores encontram corpo em chamas em Piraquara

29 julho, 2015 às 06:32  |  por João Carlos Frigério

Moradores que passavam pelas margens do canal extravasor, na rua Pastor Adolfo Weidman, entre os bairros Planta Catarina e Jardim Tropical, no município de Piraquara, estranharam uma pequena fogueira na noite desta terça-feira (28).
Ao se aproximarem do local, perceberam que um corpo estava completamente em chamas nas margens do rio. Assustados acionaram a Policia Militar rapidamente para tentar controlar o fogo.
Na chegada da equipe o corpo estava completamente carbonizado, impossibilitando até mesmo os peritos da criminalística de apontar o sexo do cadáver.
Os restos do corpo carbonizado foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba para posterior identificação oficial através de exames de DNA e arcada dentaria.
Apesar do horário de bastante movimento de carros na região, ninguém soube informar como o corpo teria ido parar no canal e quem teria ateado fogo no cadáver.
A delegacia de Piraquara agora passa a investigar a mais este crime misterioso ocorrido no município.

Brasil não está preparado para conter ataques bioterroristas, diz especialista

28 julho, 2015 às 14:39  |  por João Carlos Frigério

Ao contrário de potências como Rússia, Estados Unidos e Japão, o Brasil não possui sequer laboratórios com a segurança necessária para a manipulação de micro-organismos como Ebola, Varíola, Antraz, entre outros que podem ser utilizados como armas de destruição em massa. A afirmação da coordenadora do Mestrado em Biotecnologia da Universidade Positivo, Leila Teresinha Maranho, foi feita durante o primeiro dia de treinamento sobre bioterrorismo para policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em Curitiba (PR).

De acordo com a especialista, o Brasil ainda sofre com instalações mal preparadas para atender a surtos, pouca variedade de vacinas para conter micro-organismos e agentes de saúde mal preparados para o atendimento e o fornecimento de informações à população. Segundo o Capitão Oliveira, do Batalhão Antibombas da Polícia Militar do Paraná, o mundo só começou a se atentar para ataques terroristas civis após o 11 de setembro. “Isso é muito novo. Apenas após o incidente nos Estados Unidos que passamos a considerar que os próximos atentados terroristas serão com a utilização de armas de destruição em massa, seja com agentes químicos, biológicos ou nucleares”, admite.

E para quem pensa que o terrorismo passa longe, Leila garante que há mais casos de bioterrorismo no Brasil do que se imagina. “Entenda-se por bioterrorismo o uso de armas biológicas visando a criar pânico, insegurança, medo e traumas coletivos”, explica. Para combater esse tipo de evento, a especialista afirma que é preciso uma série de medidas – entre as principais estão a socialização de informações, a disseminação de conhecimento e a capacitação de todos os profissionais envolvidos em situações de primeira resposta.

“O processo é um caminhar – e nós estamos dando os primeiros passos. Estamos procurando algumas respostas para perguntas que exigiam uma fundamentação teórica. Não adianta termos toda uma estrutura de resposta sem conhecer o básico. Por isso, viemos à universidade em busca da construção do conhecimento científico”, afirma o Tenente Lauro Sperka Júnior.

Inédito no brasil, o curso é composto por exposição dos conceitos teóricos específicos e demais informações relacionadas ao bioterrorismo; produção e exposição de sugestões e ideias; atividades expositivo-participativas; expansão do conhecimento e análise crítica e ações práticas no laboratório. Todas as aulas são ministradas no câmpus Ecoville da Universidade Positivo, em Curitiba.

Operação prende duas quadrilhas que explodiam caixas eletrônicos no PR

28 julho, 2015 às 12:26  |  por João Carlos Frigério

A Secretaria da Segurança deflagrou nesta segunda-feira (27) a Operação Partenon que prendeu integrantes de duas quadrilhas especializadas em explosão de caixas eletrônicos. Até o momento, foram presas 19 pessoas e outras três morreram em confronto com a polícia. Também foram apreendidos um fuzil, uma pistola 9mm, uma pistola calibre 45, munições, colete balístico, máscara de gás e R$ 3 mil.

A operação é feita simultaneamente nos municípios de Campo Mourão, Barbosa Ferraz, Cianorte, Umuarama, Engenheiro Beltrão, Jussara, Cidade Gaúcha, Araruna e Maringá. Mais de 170 policiais civis e militares estão nas ruas cumprindo 24 mandados de prisão e outros 35 de busca e apreensão que foram expedidos pela Justiça de Paraíso do Norte.
A investigação começou em março deste ano. As duas quadrilhas teriam explodido 16 caixas eletrônicos no Paraná. Também seriam responsáveis por assaltos em Terra Boa, Cianorte e Urupês (São Paulo). As explosões ocorreram nos municípios de São Carlos do Ivaí, Tamboara, Mirador, Paraíso do Norte, Iretama, Quinta do Sol, Douradina, Jussara, Corumbataí do Sul e Araruna.

Segundo a polícia, antes desta operação, outros 13 integrantes da quadrilha já tinham sido presos, dentre eles o suspeito de comandar o grupo, detido por roubar um carro em Curitiba em março deste ano. A operação conta com equipes do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), Batalhão de Operações Especiais (Bope), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) e Força Especial de Repressão Antitóxico (Fera).

Adolescente de 15 anos é assassinado a tiros em Araucária

28 julho, 2015 às 12:23  |  por João Carlos Frigério

Um adolescente foi assassinado e outro ficou ferido na noite desta segunda-feira (27) em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. O homicídio foi registrado na Rua João Haliski esquina com Rua Don Manoel Del Box, no Jardim Alvorada.
De acordo com informações da polícia, um rapaz em uma motocicleta abordou os dois jovens na rua e efetuou vários disparos.
Um adolescente de 15 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Um outro rapaz que estava com ele foi atingido nas costas e foi socorrido ao Hospital Municipal de Araucária.
A motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas.

Após perseguição policial e acidente suspeito morre em confronto com a RONE

28 julho, 2015 às 12:03  |  por João Carlos Frigério

Um rapaz não identificado foi surpreendido na tarde desta segunda-feira (27), quando furtava objetos de um veículo no bairro Bigorrilho em Curitiba. Uma pessoa percebeu a ação do rapaz que com a chegada da polícia entrou em um veículo Uno e fugiu em alta velocidade.
Na Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, no Ecoville, eles perderam o controle do carro durante o acompanhamento das viaturas e colidiram contra dois carros estacionados.
Um dos ocupantes ficou encarcerado no veículo e foi socorrido pelo Siate. Já o outro suspeito correu para um matagal.
Várias viaturas da RONE com apoio do helicóptero Falcão da Polícia Militar chegaram de apoio e fizeram um grande cerco na região.
Após duas horas, já a noite, o suspeito foi encontrado e atirou contra os policiais para tentar fugir, mas acabou sendo baleado.
O Siate foi acionado novamente, mas o suspeito morreu antes da chegada do socorro. Com ele foi encontrada uma pistola .380. Ele não portava documentos e seu corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba.

Policia prende rapaz com drogas em São José dos Pinhais

27 julho, 2015 às 14:59  |  por João Carlos Frigério

IMG-20150727-WA0227

Durante patrulhamento pela Rua Adir Pedro, Vila Iná em São José dos Pinhais na tarde desta segunda-feira (27), policiais militares do Tático 1° Cia do 17° Batalhão avistaram um rapaz em atitude suspeita pela via. Em abordagem ao Lucas Roberto, 18 anos foi encontrada uma pequena quantidade de maconha. Questionado se ele teria mais drogas, ele disse que sim em seu apartamento.
Os policiais pediram apoio a uma equipe do Serviço Reservado da 1° Cia foi até o condomínio Moradias do Arvoredo IV. No local os policiais encontraram meio tablete de maconha e algumas porções menores, quatro frascos de lança perfume e uma balança de precisão.
Ele confessou que estava traficando drogas e foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de São José dos Pinhais.