Jovem é morto a facadas no viaduto do Colorado

24 julho, 2014 às 15:06  |  por João Carlos Frigério

 

IMG_4138

Um rapaz não identificado de aproximadamente 20 anos foi morto com várias facadas no final da noite desta quarta-feira (23). O crime aconteceu em cima do viaduto do Colorado no Rebouças em Curitiba.

Não houve testemunhas do crime, motoristas apenas encontraram o rapaz caído na pista. A vítima deixou um rastro de sangue de cerca de 6 metros, sendo possível notar que o ataque aconteceu na travessia de pedestres do viaduto.

Após o ataque ele deve ter tentado fugir pulando a mureta de proteção, mas acabou caindo na pista e morrendo antes da chegada do socorro.

Há 30 dias outro rapaz foi esfaqueado no mesmo viaduto e foi socorrido em estado grave ao Hospital Cajuru.

Policiais relataram que a vítima pode ser usuário de drogas. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba onde aguarda identificação.

 

Rapaz é assassinado no Sítio Cercado

23 julho, 2014 às 12:50  |  por João Carlos Frigério

unnamed

 

Um rapaz sem identificação foi assassinado com vários tiros por volta das 4h30 na madrugada desta quarta-feira (23). O crime aconteceu na Rua Otávio Afonso da Silva no Sítio Cercado. De acordo com informações de um morador, foram ouvidos 5 disparos e quando saíram para ver o que havia acontecido, já encontraram o rapaz caído.

O Siate foi acionado, porém ao chegar no local já encontrou o rapaz sem vida. Ele vestia avental de uma pizzaria da região e não portava documentos.

BPMA efetua a prisão de 15 pessoas e a apreensão de 22 armas, durante a “Operação 3 Planaltos”

23 julho, 2014 às 12:45  |  por João Carlos Frigério

armas3planaltos1

 

Durante a “Operação 3 Planaltos”, desencadeada em todo o estado paranaense, o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) apreendeu, por meio de suas cinco Companhias, 22 armas de fogo, munições de diversos calibres, 8 Kg de carne de capivara, 25 pássaros silvestres, 190 metros de rede e embalagens de agrotóxicos. Nas ações 15 pessoas foram presas. De acordo com a porta-voz do BPMA, tenente Thaís Becker Lovato, esta foi uma das maiores apreensões de armas feitas pelo BPMA durante este tipo de operação que é desencadeada periodicamente.

No decorrer da operação as equipes da 1ª companhia apreenderam, na Represa do Capivari e Paranaguá, três armas de fogo, sendo duas espingardas calibre 20 e outra calibre 36, além de materiais utilizados para a pesca predatória. Nesta ação duas pessoas foram presas.

Na cidade de Jandaia do Sul, os policiais da 2ª Companhia, em cumprimento a mandado, efetuaram a apreensão de cinco espingardas, um revolver calibre 38, munições de diferentes calibres, apetrechos para recarga de munições, materiais para caça e 8 Kg de carne de capivara. Na ação três pessoas foram presas. Em Cianorte a 3ª Companhia apreendeu duas espingardas.

As equipes da 4ª Companhia efetuaram a prisão de duas pessoas, um por posse irregular de arma de fogo e outra por pesca predatória. Nestas ações, que ocorreram em Guarapuava, uma carabina calibre 22 e 190 metros de rede foram apreendidos.

Os policiais da 5ª Companhia deram cumprimento a cinco Mandados de Busca em Apreensão na cidade de Nova Aurora e atendimento a nove ocorrências de caráter ambiental nos municípios de Toledo, Cascavel e Quedas do Iguaçu. As ações resultaram na prisão de oito pessoas, a apreensão de 10 armas de fogo, 576 munições de diferentes calibres, 98 embalagens de agrotóxicos classe III e IV, os quais são potencialmente tóxicos ao Meio Ambiente e foram localizados jogados diretamente em contato como o solo e expostos ao clima.

Nas ações os policiais ambientais também apreenderam 25 pássaros silvestres que estavam sendo mantidos em cativeiro, espécies como canário-terra, azulão e trinca-ferro, além de localizar duas carnes de Paca (Cunniculus paca) que estavam congeladas. Segundo o capitão Valdecir Gonçalves Capelli, Comandante da 5ª Companhia do BPMA, a Paca é um dos animais que está na lista de animais ameaçados de extinção.

“Estamos empenhados na continuidade de operações que busquem identificar e prender aquelas pessoas que insistem em prejudicar o frágil e já combalido meio ambiente. A participação da comunidade é fundamental, a qual tem um canal aberto de comunicação com a Polícia Ambiental, a qualquer hora do dia e de forma anônima”, informa o Comandante da 5ª Companhia do BPMA, capitão Valdecir Gonçalves Capelli.

 

armas3planaltos2

Por: PMPR

Homem é preso com maconha durante ação do Serviço reservado de batalhão da área central de Curitiba

23 julho, 2014 às 12:40  |  por João Carlos Frigério

No início da noite desta terça-feira (22/07) policiais militares do Serviço Reservado do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), efetuaram a prisão de um homem após o mesmo ser flagrado com droga. Na ação, que ocorreu em Curitiba (PR), capital do estado, 50 gramas de maconha foram apreendidas.

“Recebemos uma denúncia anônima, através do 181 (Narcodenúncia), de que na rua Martha Cruz Lima Ratton, no Campina do Siqueira, um homem estaria comercializando drogas. De posse das informações e das características do envolvido iniciamos patrulhamento na região e localizamos o suspeito próximo a um matagal”, conta o tenente Éder de Souza.

Durante busca pessoal a equipe encontrou com o homem certa quantia de maconha. “Ele relatou que na sua residência, localizada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), teria mais do entorpecente. Fomos até o endereço onde, dentro da geladeira, encontramos mais 50 gramas de maconha e R$ 1.100,00 em dinheiro trocado”, explica o tenente Éder.

O homem, de 27 anos, foi levado, juntamente com a droga apreendida, ao 9º Distrito Policial para serem tomadas as providências cabíveis.

Por: PMPR

Perseguição a veículo roubado termina em acidente e morte

23 julho, 2014 às 12:27  |  por João Carlos Frigério

IMG_4131

Uma perseguição policial a um veículo roubado na madrugada desta quarta-feira (23), culminou em acidente com uma viatura e um suspeito morto. A situação começou no Boqueirão quando policiais do 13° Batalhão avistaram um veículo gol de cor branca em atitude suspeita. Ao tentar abordar o carro os dois ocupantes fugiram em alta velocidade. A perseguição passou por vários bairros e na Rua Humberto Ciccarino na esquina com Hipólito da Costa no Xaxim, os suspeitos jogaram o carro em cima da viatura da PM. Houve uma colisão e o condutor foi abordado ali. O suspeito que estava no banco do passageiro fugiu a pé, porém foi alcançado há duas quadras dali onde trocou tiros com policiais. Ele foi baleado e morreu a caminho do Hospital do Trabalhador após ser socorrido pelo Siate. Os policiais que estavam na viatura que colidiu contra o gol ficaram feridos sem gravidade e não quiseram ser encaminhados ao hospital.

IMG_4124

PM fica ferido em capotamento no Contorno Sul

23 julho, 2014 às 12:18  |  por João Carlos Frigério

IMG_4112

Um soldado da Polícia Militar identificado por Paulo Roberto lotado no Comando Geral, ficou ferido na madrugada desta quarta-feira (23), após capotar seu veículo um Citroen C3 no Contorno Sul.
O PM perdeu o controle ao sair da via marginal e entrar no Contorno Sul. O carro foi para o canteiro central, capotou e ainda colidiu contra um poste.
Homens do Siate e Corpo de Bombeiros foram até o local e prestaram socorro ao soldado que foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador sem risco de morte.

DFR deflagra Operação Ostentação e coloca 14 ladrões de lojas em shoppings atrás das grades

22 julho, 2014 às 19:50  |  por João Carlos Frigério

DSC02466

Depois de cinco meses de investigação, policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) desmantelaram uma quadrilha de jovens de Curitiba que costumava praticar assaltos em lojas de shoppings da cidade. Na manhã desta terça-feira ( 22), foi deflagrada a Operação Ostentação, que levou para trás das grades 14 pessoas. Destes, três são adolescentes. Quasse todos são moradores do Cajuru, em Curitiba. Durante período de investigação, um outro membro da quadrilha acabou morto em confronto com os policiais civis.

Segundo o delegado Rodrigo Souza, da DFR, a operação leva este nome justamente porque esse sentimento de poder sair ostentando é que levava os jovens a praticar os crimes. “Cerca de 90% dos presos já tinha passagens anteriores pela polícia, inclusive os menores”, contou, destacando que com as imagens dos assaltos e as fichas dos criminosos foi feito um cruzamento que chegou até os pedidos de mandados de prisão. “A investigação segue, agora também para prendermos os receptadores”,contou Souza. Para ele, os ladrões agiam em shoppings por terem uma sensação de impunidade. “Eles entravam nos shoppings como jovens normais de classe média, daí esperavam o momento certo e sacavam as armas”, explicou.

Somente nos últimos dois anos, foram registradas 40 ocorrências envolvendo o mesmo bando. Eles costumavam agir sempre em grupos de três. “Eles roubavam shoppings, mas não perdiam oportunidades também. Roubavam lojas de rua, levavam celulares, roupas, joias, eletroeletrônicos, etc”, contou o delegado Marcelo Magalhães, da DFR, que também teve participação efetiva no trabalho de investigação da quadrilha.

Além de 50 policiais civis da DFR, participaram da operação deflagrada às 6h desta terça-feira, policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC), Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) e 1.º Distrito Policial.

Trio preso em quarto de hotel com 100 quilos de maconha

22 julho, 2014 às 18:05  |  por João Carlos Frigério

Investigadores do Núcleo de Foz do Iguaçu da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), sob comando do delegado Willian da Rocha Assunção, com o apoio de servidores da Receita Federal, apreenderam, na tarde da última sexta-feira (18), aproximadamente 100 quilos de maconha que estavam em um quarto de hotel na região da Vila Portes. Após diligências no local, os policiais da Denarc localizaram a droga que estava com Hilário, Luciano, Rafael, todos hospedados no hotel e presos em flagrante suspeitos de tráfico de drogas. Um adolescente que estava junto com trio foi apreendido, além de um Siena e um valor de R$10 mil em dinheiro.

Os policiais da Denarc começaram as investigações após uma denúncia anônima. Todos estão à disposição da Justiça.

Cope prende casal que estava com documentos falsos

22 julho, 2014 às 17:57  |  por João Carlos Frigério

Na madrugada do último sábado (19), policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam um casal que estava foragido da Justiça e estava com documento falso.
Depois de investigação, policiais do Cope prenderam Márcia, 20 anos, e Peter, 30 anos.

Peter, ao ser abordado, apresentou um documento em nome de outra pessoa, visando não ser identificado para não ser preso, já que contra ele havia mandado de prisão em aberto por roubo.
Ele foi autuado em flagrante pela prática de uso de documento falso e se condenado poderá ser apenado em até seis anos de prisão.

Márcia já havia sido presa anteriormente pela prática de roubo e o mandado de prisão contra ela era por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Empresário preso por extorsão por policiais civis do 1.º DP

21 julho, 2014 às 23:06  |  por João Carlos Frigério

2107primeiro

Policiais do 1.º Distrito Policial da Capital, coordenados pelo delegado Alcimar de Almeida Garrett, prenderam, na última sexta-feira (18), Sebastião, 49 anos, pelo crime de extorsão.

Sebastião é dono de uma loja de celulares na Rua Comendador Araújo. Ele havia comprado em sua loja, um iPhone roubado, e ao manusear o aparelho, em sua tela apareceu uma mensagem, com os dizeres “este telefone foi perdido” e o número de telefone da mãe da vítima.

Com o telefone da vítima em mãos, o empresário resolveu “ajudar” a dona do celular, devolvendo o mesmo, só que em troca resolveu exigir a quantia de R$250,00 (duzentos e cinquenta reais), segundo ele para ressarcir o valor pago pelo aparelho.

Começou então a negociação, Sebastião ligou para a mãe da vítima e começou a negociar a devolução do aparelho, pediu inclusive que não fosse acionada a polícia. Foi marcado então um encontro em um shopping da capital, para que a troca fosse feita, o aparelho, pelo dinheiro.

A tia da vítima, se passou por dona do aparelho e foi ao encontro. Sebastião também compareceu, cerca de meia hora após o combinado, ligou para a “vítima” para dizer como estava vestido, e finalmente frente a frente iniciaram uma conversa. Logo os dois se dirigiram até um caixa eletrônico.

Mal sabia o empresário que policiais estavam acompanhando tudo de perto. Quando a troca foi feita, os policiais se apresentaram dando-lhe voz de prisão. Sebastião ainda tentou argumentar aos policiais, que não estava fazendo nada de errado, que inclusive estava só tentando ajudar. Mas a conversa não convenceu os policias, que após prendê-lo, foram fazer uma visita a loja de celulares, já que após preso ele se apresentou como empresário.

Ao visitar a loja, o empresário se complicou ainda mais, pois além de não apresentar alvará de funcionamento, nenhum produto exposto a venda, tinha origem comprovada, ou seja, notas fiscais. “Todos os produtos acabaram sendo apreendidos, e Moreira e toda sua mercadoria foi encaminhado ao distrito para providências da Autoridade Policial”, contou o delegado-adjunto do 1.º DP, Vinícius Borges Martins.