Balsa Nova vira praça de guerra em ação de bandidos

17 novembro, 2014 às 05:44  |  por João Carlos Frigério

A pacata cidade de Balsa Nova, com seus 11 mil habitantes, localizada a 45 km de Curitiba, virou uma praça de guerra na madrugada desta segunda-feira (17). Um grupo fortemente armado cercou uma agência da Caixa Econômica Federal por volta das 3h30, e iniciou uma operação de guerra.
O grupo fechou a rua e iniciou uma série de disparos de fuzil 556, 762 e metralhadora 9mm. Foram muitos disparos em direção ao destacamento da Polícia Militar localizado a 300 metros da agência. Os bandidos também atiraram em câmeras de seguranças localizadas na Câmara Municipal da cidade. Após duas explosões em dois caixas eletrônicos, os bandidos fugiram com o dinheiro.
Na entrada principal da cidade o grupo jogou na pista “miguelitos”, que acabaram furando o pneu de duas viaturas. Até o momento ninguém foi preso.

A Polícia Federal deve investigar o caso.

Vigilante sofre há quase 2 meses com o braço quebrado à espera de cirurgia

14 novembro, 2014 às 22:25  |  por João Carlos Frigério

O vigilante Luiz, 31 anos, vive um drama à espera de uma cirurgia. No dia 17 de setembro deste ano, ele sofreu um acidente durante o trabalho e foi socorrido pelo Siate até o Hospital Evangélico de Curitiba. No hospital, após um exame de raio-x foi constado que ele sofreu uma fratura no braço, no osso úmero. O que era para ser uma simples cirurgia e colocação de gesso se tornou um drama. Na madrugada, de acordo com informações do vigilante não foi realizada a cirurgia pois não havia anestesista naquele momento. Ele informa que foi colocada uma tala em seu braço e o mandaram para casa.

Após 45 dias de tratamento, a cirurgia estava marcada para o dia 4, porém ao chegar lá ele foi surpreendido dizendo que a cirurgia havia sido remarcada para esta sexta-feira (14), porém, mais uma vez hoje, desmarcaram a cirurgia e agora não há previsão para realização da mesma.

Veja o vídeo da situação em que o vigilante se encontra neste momento:

PRF apreende mais de meia tonelada de maconha no Paraná

14 novembro, 2014 às 11:43  |  por João Carlos Frigério

Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 575 quilos de maconha na tarde desta quinta-feira (13) em Lindoeste, região oeste do Paraná. A droga era transportada em um veículo Ford EcoSport. A equipe da PRF que fazia ronda na altura do km 173 da BR 163 desconfiou do veículo ao cruzar com ele, e imediatamente executou operação de retorno para abordá-lo. Ao perceber a aproximação da viatura, o condutor fugiu e, após efetuar uma série de ultrapassagens proibidas e transitar pelo acostamento, acabou por abandonar o veículo, três quilômetros à frente. Ele não foi localizado.

Além da maconha, dividida em 751 tabletes, havia no carro 200 gramas de haxixe e 26 gramas de cocaína. O veículo e as drogas foram encaminhados pela PRF à 15ª Subdivisão da Polícia Civil em Cascavel.

Polícia Civil prende irmãos com R$ 2 milhões em joias furtadas

14 novembro, 2014 às 11:39  |  por João Carlos Frigério

Cerca de R$ 2 milhões em joias furtadas de residências no Batel, em Curitiba, foram recuperados numa casa no Bairro Alto, também na capital, na noite da última quarta-feira (12), por policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). Os irmãos Elias, 32 anos, e Adriano, 36 anos, foram presos. Um Cruze e um Vectra foram apreendidos. Com Adriano, os policiais também encontraram uma pistola 380.

O delegado Rodrigo Souza, da DFR, explicou que a ação criminosa vinha sendo investigada pela especializada há pelo menos três meses. “Eles eram especializados em furto, que é subtrair objetos ou dinheiro sem o uso da violência. Estima-se que eles tenham praticados no mínimo cerca de dez atos criminosos em residências do Batel e algumas do Centro da cidade”, contou o delegado.”Eles andavam armados, mas o desejo deles sempre era furtar. A arma era só para o caso de algo sair errado. Aí eles migravam para o roubo. Num dos casos em que eles foram furtar e a família estava lá eles fizeram isso”, explicou.

Souza destacou que a investigação segue para encontrar os receptadores do bens furtados e para averiguar a participação de vigilantes que podem ter facilitado a vida dos irmãos criminosos.

A PRISÃO – No começo da noite de quarta, conhecendo a dupla, os policiais da DFR abordaram Elias em um Vectra praticamente 0KM numa rua do Bairro Alto. “Ele apresentou documentação falsa, mas logo foi descoberto e conduzido até a delegacia. Na delegacia foi encontrada uma chave com alarme de uma casa, que ele insistia em dizer que era da casa da mãe, onde morava em Piraquara. Descobrimos que a casa onde junto como irmão ele guardava os objetos furtados, no Bairro Alto”, explicou Souza.

Na sequência, uma equipe da DFR se deslocou até a casa e lá encontrou Adriano, numa casa luxuosa conquistada na base de muitos furtos. Com ele foi apreendida a pistola e dezenas de brincos, pulseiras, braceletes, anéis, correntes, gargantilhas, relógios, pingentes entre outras joias, tudo de ouro e brilhantes. Inicialmente avalia-se que as joias apreendidas valem em torno de R$ 2 milhões. “Agora vamos chamar as vítimas para fazer o reconhecimento das joias e para podermos devolvê-las”, concluiu o delegado, destacando que será pedido judicialmente o sequestro dos bens dos irmãos.

Policial militar morre em assalto a posto de combustível em São José dos Pinhais

14 novembro, 2014 às 11:04  |  por João Carlos Frigério

Dois homens mataram um policial militar na noite desta quinta-feira (13), durante um assalto a um posto de combustível em São José dos Pinhais. A situação aconteceu quando a dupla entrou na conveniência de um posto localizado na Rua Alameda Arpo, bem próximo do quartel do 17° Batalhão, e deu voz de assalto. Eles levaram o dinheiro e alguns produtos da loja. Em seguida saíram do estabelecimento a pé.
O soldado do serviço reservado do 17° Batalhão Leandro Souza Ferst havia acabado de sair do quartel e parou o seu veículo para abastecer. Ao perceber a ação dos marginais correu atrás deles. Em seguida houve uma intensa troca de tiros e o policial foi baleado no braço e no peito.

Socorristas do Siate e o médico foram até o local e prestaram socorro ao policial que no momento do atendimento já estava em choque devido a uma hemorragia interna. Ele foi encaminhado rapidamente ao Hospital de São José, onde foi constatado que o disparo no peito desceu e atingiu o fígado. Leandro passou por uma cirurgia e logo em seguida não resistiu e morreu.

Um dos suspeitos pode ter sido baleado já que no caminho que eles fizeram fugindo a pé foi encontrado um rastro de sangue.
Durante toda a noite e madrugada um grande cerco policial foi montado atrás da dupla, porém até o momento eles não foram localizados. As imagens do circuito de câmeras do posto deve ajudar a polícia a encontrá-los.

Veja o vídeo da ação dos marginais:

Carro voa sobre rio e colide em barranco em São José dos Pinhais

13 novembro, 2014 às 12:17  |  por João Carlos Frigério

Um jovem de 19 anos ficou ferido após voar sobre um rio e colidir contra um barranco. A situação aconteceu na madrugada desta quinta-feira (13) na Rua Wenceslau Marek, Jardim Aeroporto em São José dos Pinhais.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o rapaz seguia pela via em alta velocidade quando perdeu o controle do carro em uma curva. O veículo saiu da pista e voou sobre um rio e colidiu na margem oposta. O motorista ficou enclausurado no veículo e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital São José sem risco de morte.

Denarc prende dentista “armada até os dentes”

13 novembro, 2014 às 11:35  |  por João Carlos Frigério

O “sorriso amarelo” de Marina, 26 anos, ao ser abordada e presa em flagrante por policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), na tarde da última terça-feira (12), pouco combinava com sua profissão: dentista. A odontóloga e seu comparsa Ronaldo, 25 anos, o “Roni”, foram abordados em um Megane na garagem do consultório de Marina, no Xaxim, no momento em que ele iria entregar uma espingarda calibre 12 e uma pistola 9 milímetros municiada para mulher. Na sequência da abordagem, outras armas pesadas, munições e drogas foram encontradas com a ela.

Segundo a delegada Camila Ceconello, titular do Núcleo de Curitiba da Denarc, as investigações se iniciaram a partir de denúncias de que a dentista armazenava drogas em seu consultório dentário. “A denúncia também dizia que ela contava com o auxílio de “Roni”, que costumava fazer algumas entregas de drogas para ela, além do transporte de armas”, contou a delegada.

Com a informação de que “Roni” levaria uma arma para o consultório, na tarde de terça, os policias da Denarc fizeram uma campana no local e flagraram o momento em que ele chegou ao local no Megane, placas AJQ-8321, e estacionou na garagem do consultório. “Assim que Marina foi até o veículo, os policias fizeram a abordagem e em revista ao automóvel localizaram uma espingarda calibre 12 no porta-malas, além de uma pistola 9 milímetros municiada, escondida na parte traseira do banco do passageiro”, contou a delegada.

“Até os dentes” – Nunca foi tão próxima do literal a expressão “armada até os dentes”. Em revista ao consultório, foram localizadas 30 munições de fuzil. Na residência da dentista, também no Xaxim, foram encontrados uma submetralhadora 9 milímetros, um carregador municiado com munições de 9 milímetros, 1, 3 quilos de crack, 2 quilos de maconha e uma balança. Em outra residência mantida pela dentista para armazenagem de entorpecentes, localizada no Campo do Santana, foram encontrados mais 13,5 quilos de maconha, uma balança de precisão e 4 munições calibre 38. “No total apreendemos uma submetralhadora Calico 9 milímetros, uma espingarda semiautomática calibre 12, L. Franchi, uma pistola 9 milímetros Cherokee com numeração raspada, uma pistola 9 milímetros, Read Warning, uma garrucha calibre 22, 72 munições, sendo 30 munições para fuzil calibre 7.62, 28 munições calibre 9 milímetros e 4 munição calibre 38, 15,5 quilos de maconha, 1,35 quilos de crack e duas balanças de precisão”, elencou a delegada.

A dupla foi autuada por porte ilegal de arma de uso restrito. Marina também foi autuada por tráfico de drogas. “Roni” já tinha antecedentes criminais por receptação.

Suposto padre é preso com pistola e distintivo falso em Curitiba

12 novembro, 2014 às 11:53  |  por João Carlos Frigério

Um suposto padre foi preso por volta das 19h00 desta terça-feira (11) por policiais militares do serviço reservado do 13° Batalhão. Ao ser abordado na rua após denúncias, foram encontradas com ele uma pistola de airsoft idêntica a uma pistola Taurus e um falso distintivo da polícia. O homem que não teve a identidade revelada relatou aos policiais ser padre. Em seu celular foram encontradas fotos inclusive dele celebrando uma missa. Ele não soube se explicar porque estava andando com aquela falsa arma e o distintivo.

O homem, que já tinha um histórico de falsidade ideológica, enganou toda uma comunidade católica do Rio de Janeiro se fazendo passar por padre, situação que só começou a gerar desconfiança dos fiéis a partir do momento em que postou de forma estranha suas celebrações nas redes sociais.
Porém, essa não foi a primeira vez que o rapaz dramatizou na vida real, seu primeiro termo circunstanciado havia sido foi feito por tentar assumir o papel de Policial Civil no ano passado.

O padre foi encaminhado ao Ciac Sul onde o delegado de plantão fez um termo circunstanciado. Ele foi liberado logo em seguida.

Rapaz é preso após furtar e bater carro de telemensagem

12 novembro, 2014 às 05:38  |  por João Carlos Frigério

Um rapaz levou a pior na madrugada desta quarta-feira (12), após furtar um carro de telemensagem. O furto aconteceu no Sítio Cercado e logo após o carro ser levado, uma viatura da Polícia Militar do 13° Batalhão avistou o veículo e iniciou acompanhamento tático. Na Rua Leopoldo Knaut Romanovski, ele perdeu o controle do carro e colidiu contra o muro de uma residência. Ele abandonou o carro e saiu pulando muros de residências e se escondeu.

Um grande cerco policial foi montado na região e ele foi localizado em uma obra em cima de uma farmácia. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. O que chamou a atenção da polícia é o que teria motivado ele a roubar um veículo tão chamativo.

Mulher é brutalmente assassinada no Campo do Santana

12 novembro, 2014 às 05:30  |  por João Carlos Frigério

Uma mulher foi brutalmente assassinada na noite desta terça-feira (11). O crime aconteceu no final da Rua Angelo Tozin, no Campo do Santana, em um carreiro.
A vítima foi identificada por Daiane do Nascimento, e foi assassinada no início da noite. De acordo com informações da perita Jussara Joeckel, ela foi morta com mais de 10 facadas na região do tórax e ainda cortaram a garganta dela.
A arma do crime seria uma faca de cozinha sem fio. O crime ainda é um mistério já que nenhum morador viu movimentação por ali.
O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba.