Operação Saturação resulta em apreensões de drogas na Vila Torres e Parolin

1 fevereiro, 2016 às 18:27  |  por João Carlos Frigério

A operação Saturação que acontece na Vila Torres e no bairro Parolin em Curitiba já resultou em apreensão de drogas, arma e carros.
Policiais da 5ª Companhia do 12° Batalhão intensificaram as abordagens e até o momento já foram apreendidos 115 invólucros de maconha, 88 invólucros de cocaína, 10 pedras de crack, um revólver Taurus calibre 38 com cinco munições, 2 carregadores de pistola Taurus e um Ford EcoSport com alerta de roubo.
A operação deve continuar nos próximos dias na região.

Briga assusta moradores de Piraquara

31 janeiro, 2016 às 14:47  |  por João Carlos Frigério

Uma briga envolvendo jovens assustou moradores do Jardim Bela Vista em Piraquara na tarde deste domingo (31). Um morador que filmou a briga relatou que a confusão começou na Avenida Centenário do Paraná e que além dos socos, tapas e pedras, houve disparos de arma de fogo.
Após os tiros os moradores se abrigaram e ligaram para a polícia. O grupo continuou brigando em direção à Planta Araçatuba.
Um morador ainda relatou que havia muito sangue no chão, mas os feridos se dispersaram. Ainda não se sabe o estado de saúde deles. Os moradores afirmaram que se tratava de torcedores de organizadas, porém não foi confirmado oficialmente.
Até o momento ninguém foi preso.

Veja o vídeo da confusão:

‘Batman’ se explode manuseando explosivos e está entre a vida e a morte

29 janeiro, 2016 às 17:54  |  por João Carlos Frigério

Um dos homens mais conhecidos pela polícia no Paraná e no Brasil, está entre a vida e a morte após ter cerca de 70% do corpo queimado.
De acordo com informações da polícia civil, Rogério Mattos da Luz, 38 anos, estaria em uma chácara manuseando explosivos quando aconteceu uma detonação inesperada da carga.
Ele foi levado por amigos até o Hospital Angelina Caron em Campina Grande do Sul onde permanece internado em estado gravíssimo respirando com ajuda de aparelhos.

Os policiais ainda relataram que apesar da extensa ficha criminal, ele estava em liberdade condicional.
Conhecido por Batman, Rogério possui passagens pelo 7.ºDP, Delegacia de Furtos Roubos (DFR), Delegacia de Colombo, Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), Delegacias de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) e Cope. Ele é suspeito de roubos no Paraná e em Santa Catarina. “Batman” é apontado como autor de furtos em Enéas Marques em 1998; roubo a uma agência dos Correios e a uma loja do Baú da Felicidade, em Curitiba, em 1999; e roubo em Pinhais, em 2002 e em 2007, quando foi preso com uma metralhadora .30.
Ele também é suspeito de diversos furtos a caixas eletrônicos. Também é o principal suspeito a assaltar um comboio de carros-fortes na Serra da Dona Francisca, em Santa Catarina, em 8 de dezembro de 2012, quando uma quadrilha bloqueou a SC-301 e utilizando explosivos e armamento de guerra, como um fuzil AK-47, roubaram os malotes de dinheiro dos caminhões.

Em 2006 ele foi preso pelo Cope em uma operação conjunta com a Polícia de Santa Catarina com com três fuzis, uma espingarda calibre 12, pistolas .40 e .380, três granadas, quinze carregadores, quatro rádios comunicadores, duas insígnias da Polícia Civil de São Paulo, dois jalecos da Polícia Federal, quatro coletes balísticos, e diversas munições.
No dia 27 de agosto de 2012, após uma abordagem a suspeitos no bairro Santa Terezinha, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), o investigador Novalski, da Delegacia do Alto Maracanã, foi baleado com um tiro de metralhadora no ombro durante confronto com a quadrilha de “Batman”. Foram presos na ocasião a mulher do “Batman” e outros dois marginais. Foram aprendidos oito bananas de dinamite, rádio comunicador, um fuzil, uma metralhadora, cinco coletes balísticos, cordel detonante, diversas munições e carregadores.

Sua penúltima prisão foi no dia 18 dezembro de 2012, por policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), numa casa de luxo, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Nesta prisão, os policiais do COPE montaram uma mega operação para prendê-lo. A caçada durou um mês contando com o apoio das polícias da Bahia, Espirito Santo e Rio de Janeiro, estados por onde “Batman” passou.
A ultima ação registrada por “Batman” e seu grupo foi quando assaltaram um carro-forte da Prossegur, na divisa entre o Alto Boqueirão e o Sítio Cercado, em Curitiba. Na ocasião, eles levaram um malote com R$ 147 mil. No local do crime, a polícia encontrou cápsulas de pistola calibre 9 milímetros, de espingarda calibre 12 e de fuzil 762.

A última prisão de Rogério teria sido em outubro de 2014, quando a Polícia Rodoviária Federal o deteve em um posto na BR-376/101 próximo a Garuva, em Santa Catarina.

A Polícia Civil ainda não tem informações se Rogério já estava agindo novamente em roubos a caixas eletrônicos ou se apenas estaria preparando os explosivos para uma nova ação. O Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), está no hospital e deve investigar o caso.

Mulher encontra caixas embaixo da cama e se assusta ao descobrir o que era

29 janeiro, 2016 às 05:41  |  por João Carlos Frigério

Policiais do 23° Batalhão foram acionados para uma situação que acabou surpreendendo a equipe. Através do 190, a polícia recebeu uma ligação que uma mulher havia chego em casa e encontrou várias caixas embaixo de sua cama. Assustada, ela ligou para a polícia pois não sabia o que havia nelas.
Ao chegar no local, os policiais abriram as caixas e o que aparentava ser apenas extintores, guardavam cerca de 65 quilos de maconha.
A mulher relatou que seu marido é catador de recicláveis e teria guardado as caixas a pedido de outra pessoa.
O homem não foi encontrado no local. Toda a droga que estava nos extintores foi encaminhada ao Ciac Sul.
Após ser ouvida, a mulher foi abrigada em um lugar sigiloso já que os policiais se preocupam com o que pode acontecer com ela.
A Polícia Civil deve investigar o caso para tentar descobrir quem é o proprietário da droga e quem enviou, já que nas caixas havia um código indicando que a mercadoria foi enviada através de uma transportadora de Foz do Iguaçu.

Denarc apreende 25 kg de crack e captura um dos maiores traficantes do PR

28 janeiro, 2016 às 11:51  |  por João Carlos Frigério

A Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC) – Núcleo Ponta Grossa, da Polícia Civil do Paraná, apreendeu no início da manhã de hoje (27.01) 25,6 quilos de crack e prendeu duas pessoas por tráfico de drogas e associação ao tráfico.
Os policiais civis da DENARC possuíam a informação de que um grande carregamento de entorpecentes estava prestes a chegar em Ponta Grossa para posteriormente ser distribuído para demais cidades dos Campos Gerais.
Assim, os investigadores realizaram abordagem ao veículo suspeito de ser o transportador da droga na BR 277, no caminho entre a região oeste do Estado e Ponta Grossa. Em buscas no veículo marca/modelo VW Fox, com placas de Ponta Grossa-Pr, os policiais encontraram 29 tabletes de crack escondidos em um compartimento no painel do veículo. O motorista, identificado como Raudinir (31) foi preso em flagrante.
Em continuidade nas diligências, os policiais prenderam na cidade de Prudentópolis Vinicius (34), que atuava como “batedor” do carro com a droga. Mais conhecido como “Taz”, Vinicius é apontado como um dos principais traficantes do Estado.
Natural de Ponta Grossa e foragido da justiça desde 2013, Vinicius possui condenações por tráfico e homicídio e foi preso no ano de 2006 em Ponta Grossa com um verdadeiro arsenal de guerra, após matar de um traficante rival em plena luz do dia.
Segundo o delegado titular do Núcleo de Ponta Grossa da DENARC, Vinicius é um criminoso de alta periculosidade e atuava na distribuição de grandes quantias de drogas nos Campos Gerais: “Inicialmente ele se apresentou com documentos falsos em nome de Vinicius Hartman. O suspeito também portava documentos de origem paraguaia, o que nos leva a crer que estava escondido naquele país”.
Machado de Oliveira ressalta que há elementos suficientes que comprovam que Vinicius atuava como “batedor” deste carregamento de crack apreendido e, por isso, além do mandado de prisão que já possuía por ser foragido da Justiça, também responderá por mais esse crime de tráfico de drogas e pelo uso de documento falso.
Diante dos fatos, a dupla foi presa em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico, além do uso do documento falso e o cumprimento do mandado de prisão vigente. Eles foram encaminhados à Cadeia Pública Hildebrando de Souza.

Jovem abandona recém nascido na garagem de casa e família encontra o bebê

28 janeiro, 2016 às 11:16  |  por João Carlos Frigério
Soldado Fabio Bomm do Siate prestou socorro ao pequenino que passa bem.

Soldado Fabio Bomm do Siate prestou socorro ao pequenino que passa bem.

Socorristas do Siate do Bairro Alto foram acionados na tarde de quarta-feira (27) para uma situação inusitada em Colombo.
Foi na Rua Olívia Ferraz, no Alto Maracanã, quando de acordo com os socorristas, uma criança recém nascida havia sido abandonada na garagem de uma residência.
Os familiares que haviam saído deixando apenas a filha jovem em casa ao abrirem o portão da casa, ouviram um barulho de choro que parecia um miado de um filhote de gato. Eles fizeram uma busca na garagem e encontraram o bebê abandonado. Imediatamente ligaram para o Siate que chegou rapidamente no local e prestou atendimento ao bebezinho que estava bem.
Não demorou muito para descobrirem o que havia acontecido. A jovem estava grávida e escondeu a gravidez da família. Quando estava sozinha em casa, ela entrou em trabalho de parto e no banheiro deu à luz sozinha. Em seguida utilizando uma tesoura a garota cortou o cordão umbilical e levou o bebê até a garagem, para que a família acreditasse que alguém tinha abandonado ali.
Mãe e filho foram encaminhados até a maternidade de Colombo e passam bem. Ela irá responder por abandono de incapaz.

Três são assassinados a tiros no Cajuru

28 janeiro, 2016 às 04:51  |  por João Carlos Frigério

DSC_0066

Três pessoas foram assassinadas a tiros no início da noite desta quarta-feira (27) no bairro Cajuru em Curitiba. O triplo homicídio foi registrado na Rua Engenheira Edina Alves Marques ao lado de um colégio. Moradores relataram que ouviram os disparos e em seguida um veículo de cor prata saindo em alta velocidade do local.
Entre os mortos está um adolescente de 16 anos. Espalhados pelo chão foram encontrados estojos de calibre 9mm.
Alguns moradores da região relataram que o crime possa estar ligado a uma vingança pela morte de um rapaz conhecido no bairro por Micose.
A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Homem morre atropelado na Avenida das Torres

28 janeiro, 2016 às 04:41  |  por João Carlos Frigério

IMG-20160127-WA0997

Um homem de aproximadamente 60 anos morreu após ser atropelado na Avenida Comendador Franco, na Vila Torres em Curitiba na noite desta quarta-feira (28).
A vítima que não portava documentos estaria atravessando na faixa de pedestres em um ponto onde há radares, quando foi atropelada por um celta conduzido por uma jovem de 19 anos.
O Siate e médico foram acionados, mas ao chegar no local nada puderam fazer, ele morreu na hora.
De acordo com informações da polícia militar a jovem não apresentava sinais de embriaguez.
O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba onde aguarda identificação.

Quadrilha é presa em Campina Grande do Sul com 300 kg de maconha

27 janeiro, 2016 às 06:55  |  por João Carlos Frigério

DSC_0059

Policiais civis da Força Especial de Repressão Antitóxico (FERA) da DENARC prenderam no início da madrugada desta quarta-feira (27) uma quadrilha com dois carros lotados de drogas.

Após receberem informações de que os marginais estaria chegando com um grande carregamento de drogas em Campina Grande do Sul e Quatro Barras, os policiais fizeram um grande cerco.

Os bandidos foram surpreendidos pelos policiais que invadiram a casa e efetuaram as prisões.

DSC_0056

Nos veículos foram encontrados aproximadamente 300 quilos de maconha e uma pistola . 40 com dois carregadores.

O grupo foi encaminhado à DENARC de Curitiba. Veja o vídeo do momento da prisão da quadrilha:

Quadrilha é presa em Campina Grande do Sul com 300 kg de maconha

EXCLUSIVO !!!Policiais civis da Força Especial de Repressão Antitóxico (FERA) da DENARC prenderam no início da madrugada desta quarta-feira (27) uma quadrilha com dois carros lotados de drogas.Após receberem informações de que os marginais estaria chegando com um grande carregamento de drogas em Campina Grande do Sul e Quatro Barras, os policiais fizeram um grande cerco.Os bandidos foram surpreendidos pelos policiais que invadiram a casa e efetuaram as prisões.Nos veículos foram encontrados aproximadamente 300 quilos de maconha e uma pistola . 40 com dois carregadores.O grupo foi encaminhado à DENARC de Curitiba.Veja a matéria completa:http://www.bemparana.com.br/plantao190/quadrilha-e-presa-em-campina-grande-do-sul-com-300-kg-de-maconha/

Publicado por Plantão 190 em Quarta, 27 de janeiro de 2016

Polícia Civil prende mais uma pessoa envolvida em crime contra PM

26 janeiro, 2016 às 18:35  |  por João Carlos Frigério

Foto: Anderson Martins/RB2

Ana Paula, de 24 anos, se apresentou na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) no fim da tarde de segunda-feira (25), acompanhada de sua advogada. A jovem é suspeita de dar cobertura à fuga dos bandidos pelo crime que vitimou o policial militar, Lizandro Lara de Moraes Júnior, do Batalhão de Operações Policiais (Bope), durante um assalto, em um estabelecimento comercial, no bairro Fazendinha, no dia 05/01.

Ainda continuam foragidos e procurados pela polícia, Luiz Guilherme Batista dos Santos, 21 anos e Eder Eliezer Rodrigues dos Santos, 19 anos. Jhonatan Adriano de Oliveira Sales, 19 anos foi ouvido e indiciado pelo crime, a DFR já solicitou ao Poder Judiciário o pedido de sua prisão preventiva. Todos responderão pelo crime de latrocínio e associação criminosa.

Ana Paula aparece nas imagens de câmeras de segurança, de uma Unidade de Pronto-Atendimento da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), local onde Henri Felipe dos Santos, de 22 anos, ferido no braço, durante o tiroteio, foi preso em flagrante no dia 15/01 por policias da DFR.

Segundo o delegado-titular da DFR, Rafael Vianna, a equipe de investigação da especializada fez um intenso trabalho de busca nas últimas semanas. “Se não fosse o empenho dos policiais, Ana Paula ainda estaria solta. Ela contribuiu para a fuga dos suspeitos. Contra ela havia sido expedido um mandado de prisão pelo crime de latrocínio, e ainda tinha, em aberto, outro mandado de prisão por outro roubo”, falou Vianna.

De acordo com a polícia todos os envolvidos no crime tinham passagens pela polícia. A quadrilha realizava assaltos em diversos estabelecimentos comerciais de Curitiba. “A DFR segue trabalhando intensamente para capturar os outros dois suspeitos envolvidos no crime” finaliza o delegado.

Ana Paula foi transferido para o Sistema Penitenciário Feminino ainda na manhã desta terça-feira (26).