Guarda Municipal pega assaltantes em ônibus da linha Curitiba-Campo Largo

28 março, 2017 às 23:22  |  por Redação Bem Paraná

Quatro assaltantes, sendo três homens e uma mulher, foram presos na noite desta terça-feira pela Guarda Municipal de Curitiba. Os quatro deram voz de assalto em um ônibus que fazia a linha Curitiba-Campo Largo quando acabaram surpreendidos pela Guarda.

Segundo informações da Rede News 24 Horas, uma equipe da Guarda Municipal tinha informações de que três elementos com as características dos assaltantes estavam nas proximidades da passarela do cercadinho próximo à Metalin. Os três já eram procurados por assaltos anteriores.

A equipe da GM acompanhou o veículo. Num ponto de ônibus perto da Metalin, quando uma passageira entrou no coletivo, os elementos novamente deram voz de assalto. Foi quando a GM os surpreendeu.

Foto: Michael Martins / Rede News 24 Horas

Foto: Michael Martins / Rede News 24 Horas

Com idosos desnutridos e vítimas de maus tratos, asilo é interditado

28 março, 2017 às 19:01  |  por Redação Bem Paraná
MPPR

MPPR

Após inspeção feita pelo Ministério Público em uma casa de apoio em Guaratuba, no Litoral paranaense, em que foi constatada precariedade das instalações e situação degradante dos internos, a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca acionou a Polícia Civil, que prendeu em flagrante cinco pessoas no local, incluindo os proprietários do estabelecimento. Os 39 internos, boa parte idosos, foram resgatados e transferidos para um hospital local.

Durante a inspeção, constatou-se que vários idosos estavam trancados em um quintal, no qual, para descanso ou proteção contra o sol ou a chuva, havia apenas uma precária casa de madeira com um pequeno cômodo disponível (sem higienização, luz, comida, água ou ventilação) para todos os 39 residentes, que, ademais, estavam sem assistência especializada. Além da ausência de alimentos na despensa da casa, havia na cozinha produtos vencidos.

Os internos foram avaliados no hospital, constatando-se que estavam desnutridos e desidratados. Quando receberem alta, serão encaminhados às famílias – que estão sendo procuradas – ou a estabelecimentos da rede de assistência social do município. Diversas entidades do município estão envolvidas no trabalho de resgate dos idosos, como as secretarias de Saúde e do Bem Estar e Promoção Social e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Continuar lendo

Operação Fronteira Integrada apreende veículos, embarcação e contrabando

28 março, 2017 às 16:57  |  por Redação Bem Paraná

fronteira

Uma embarcação de oito metros carregada com cigarros contrabandeados foi apreendida na Operação Fronteira Integrada, cidade de São Miguel do Iguaçu, durante patrulhamento aquático.

Equipes do Pelotão de Ações Aquáticas do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), agentes da Polícia Federal do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) e policiais civis do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) também localizaram, na madrugada desta terça-feira (28), um porto clandestino.

No local, havia um caminhão Volkswagen branco, carregado com mais 135 caixas de cigarro contrabandeados, também de origem estrangeira, e um veículo utilitário (pick-up Fiat-Strada). A apreensão ocorreu na comunidade Saquarema.

Os veículos, a embarcação e o contrabando foram encaminhados para a Receita Federal de Foz do Iguaçu para os devidos procedimentos.

Dois foragidos da operação “Pane Seca” se apresentam à Polícia Civil

28 março, 2017 às 16:08  |  por Redação Bem Paraná

Dois homens que estavam foragidos da Operação “Pane Seca” se apresentaram na noite de segunda-feira (27) no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil do Paraná. O empresário Onildo Chaves de Cordova II, de 36 anos, e Cristiano Brunquell, de 42, são suspeitos de envolvimento num esquema criminoso de fraude em abastecimento de combustível. Agora são oito os detidos na ação policial e quatro permanecem foragidos.

No último sábado, o Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) deflagrou a operação “Pane Seca” que prendeu integrantes de duas quadrilhas suspeitas de participação na fraude.

A fraude consistia na instalação de dispositivos nas bombas, os quais são responsáveis por interromper o fluxo de combustível efetivamente expelido pelas bombas, sem que haja interrupção na medição da quantidade de litros a ser paga pelo consumidor.

Assim, a quantia de combustível de fato inserido nos tanques dos veículos de consumidores seria inferior (de 6% a 8%) ao registrado nas bombas, fazendo com que os clientes paguem valores a maior em cada abastecimento. Estes dispositivos, segundo a investigação, poderiam ser ativados remotamente – o que dificultaria a atuação dos órgãos fiscalizadores.

Ainda de acordo com a investigação, Cordova II seria dono de quatro postos de gasolina onde foi detectada a fraude na quantidade de combustível que entrava no tanque dos veículos. Além disso, laudos mostram que foi encontrada metanol na gasolina e uma quantia de álcool superior a permitida em lei.

Ainda segundo o Diep, a organização criminosa deixava de abastecer de 6% a 8% do que era solicitado pelos motoristas. Já Brunquell seria o braço direito de Cordova II e dos responsáveis pelo sistema de adulteração da placa instalada nas bombas.

A prisão deles é temporária e válida por 5 dias, podendo ser prorrogada por igual período ou convertida em preventiva.

Cinco traficantes são presos com quase meia tonelada de maconha

28 março, 2017 às 11:31  |  por Redação Bem Paraná

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 349,4 quilos de maconha na manhã desta terça-feira (28) em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba. A droga era transportada em um utilitário Hyundai Santa Fe, abordado em frente à Unidade Operacional São Luiz do Purunã, na BR-277.

Além do casal que ocupava o veículo, outros três homens, que estavam em um Honda Civic, também foram presos.  O outro carro desempenhava o papel de batedor, avisando o veículo carregado com a droga sobre a eventual presença de policiais ao longo do trajeto.

Aos policiais rodoviários federais, os presos disseram que carregaram a maconha em Foz do Iguaçu e que pretendiam levá-la para São Paulo (SP).

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de reclusão. A PRF encaminhou os cinco presos, os dois carros e a droga para a Delegacia da Polícia Civil em Campo Largo, também na Região Metropolitana de Curitiba.

maconha

Exército fiscaliza explosivos no Paraná e Santa Catarina

28 março, 2017 às 10:22  |  por Redação Bem Paraná

O Exército Brasileiro, por meio do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 5ª Região Militar (SFPC/5), desencadeará a Operação Rastilho III, que tem como objetivo intensificar as atividades de fiscalização de explosivos e produtos correlatos. A ação ocorre no Paraná e em Santa Catarina e em mais 11 estados do território nacional, de forma interagências, com a participação e diversas agências civis e militares.

A operação coordenada pelo Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC) conta com a participação de Órgãos de Segurança Pública e Agências Governamentais e consiste na intensificação da fiscalização e controle de produção, armazenamento, comercialização, transporte, bem como da utilização de explosivos e produtos correlatos, em um esforço conjunto, para a dissuasão de criminosos que utilizam explosivos para a práticas ilícitas.

Na última Operação, realizada em 2016, cerca de 100 empresas foram fiscalizadas e 12 toneladas de explosivos foram apreendidos, juntamente com 11.986 espoletas e 25.747 metros de cordel detonante. Seis empresas foram autuadas por irregularidades no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

Fiscalização 1 Fiscalização 4 Fiscalização 5 Fiscalização

EXÉRCITO REALIZA OPERAÇÃO RASTILHO III NO PARANÁ E SANTA CATARINA

 

O Exército Brasileiro, por meio do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 5ª Região Militar (SFPC/5), desencadeará a Operação Rastilho III, que tem como objetivo intensificar as atividades de fiscalização de explosivos e produtos correlatos. A ação ocorre no Paraná e em Santa Catarina e em mais 11 estados do território nacional, de forma interagências, com a participação e diversas agências civis e militares.

A operação coordenada pelo Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC) conta com a participação de Órgãos de Segurança Pública e Agências Governamentais e consiste na intensificação da fiscalização e controle de produção, armazenamento, comercialização, transporte, bem como da utilização de explosivos e produtos correlatos, em um esforço conjunto, para a dissuasão de criminosos que utilizam explosivos para a práticas ilícitas.

Na última Operação, realizada em 2016, cerca de 100 empresas foram fiscalizadas e 12 toneladas de explosivos foram apreendidos, juntamente com 11.986 espoletas e 25.747 metros de cordel detonante. Seis empresas foram autuadas por irregularidades no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

Polícia Civil faz operação na Vila Nossa Senhora da Luz, no bairro CIC

28 março, 2017 às 09:32  |  por Redação Bem Paraná

A Polícia Civil, através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), deflagrou no inicio da manhã desta terça-feira (28), a operação denominada “Versículos”, com objetivo de elucidar quatro assassinatos cometidos na região da Vila Nossa Senhora da Luz, bairro Cidade Industrial (CIC). O principal alvo, um homem de 22 anos, conhecido como “Preto”, suspeito da prática dos crimes, foi preso pela polícia durante a ação policial.

Em sua residência, a equipe policial apreendeu 600 gramas de maconha, uma réplica de fuzil, munições ponto 40, duas balanças de precisão e máscaras – utilizada para intimidar as pessoas. Ao longo das diligências, um adolescente de 15 anos, também foi apreendido com 300 papelotes de cocaína. Foram cumpridos 16 mandados judiciais, sendo um de prisão e 15 de busca e apreensão domiciliar.

De acordo com investigações constatadas pela DHPP, “Preto” é integrante de uma das gangues rivais que atuam na Vila Nossa Senhora da Luz. A rivalidade se dá porque os grupos criminosos disputam frequentemente a liderança da região para realizar o tráfico de drogas.

As quatro mortes cometidas na região, tem relação com o tráfico de drogas. Todas as vítimas foram assassinadas com disparo de arma de fogo. Elas foram identificadas como Gabriel Pereira Soares, 16 anos, morto no dia 21/10/16; Luis Henrique Moreira, 16 anos, assassinado no dia 27/11/16; além de Lucas Lenes dos Santos, 19 anos e Nicolas Rafael Pereira Santos, 16 anos; mortos no dia 25/01 deste ano.

As investigações apuraram também, que o principal suspeito de ter cometido esses homicídios foi “Preto”. “Através de um trabalho de investigação que durou cerca de quatro meses, conseguimos chegar até este homem que é apontado como o suspeito da prática desses crimes”, comenta o delegado titular da DHPP, Fábio Amaro.

O suspeito foi preso pelos quatro homicídios e autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse de munição de uso restrito. O homem permanece à disposição da Justiça. Já o adolescente apreendido com os papelotes de cocaína, responderá pelo ato infracional de tráfico de drogas. Ele foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente (DA) de Curitiba.

O nome operação “Versículos” faz alusão ao nome da região Vila Nossa Senhora da Luz. Ao todo, cerca de 50 policiais civis da DHPP e Canil da Denarc, participaram da ação policial.

cic

Vai roubar pneu e se dá mal em Fazenda Rio Grande

27 março, 2017 às 20:27  |  por Redação Bem Paraná
Rede News 24 Horas

Rede News 24 Horas

A equipe da guarda municipal de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, foi acionada para dar atendimento a uma ocorrência de furto onde um  homem de 33 anos  que furtou as rodas de um Honda Civic  estacionado na frente da escola Anita Canet. Ele só não contava que um professor viu a ação, o seguiu e o denunciou à polícia. Os guardas, acompanhados de policiais militares, foram até a residência do autor do furto, onde localizaram as rodas e o autor do furto. Ele foi encaminhado à Delegacia de Fazenda Rio Grande.

Acidente grave deixa motorista preso nas ferragens na BR-476

27 março, 2017 às 18:36  |  por Redação Bem Paraná
Red

Red

Um acidente no Km 27 da BR 476,  entre Adrianópolis e Tunas do Paraná, deixou um ferido grave. A vítima está encarcerada no veículo com fratura de fêmur. Bombeiros e Siate já estão no local.

A rodovia está bloqueada.

PRF prende estelionatário em hotel no Centro de Curitiba

27 março, 2017 às 17:23  |  por Redação Bem Paraná
PRF/Divulgação

PRF/Divulgação

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na prisão em flagrante de um estelionatário na tarde esta segunda-feira (27) no Centro de Curitiba.

O homem, de 40 anos de idade, foi preso por agentes da PRF na recepção de um hotel, logo após ter recebido dinheiro do sócio do estabelecimento.

Em troca, ele prometia anúncios publicitários em nome de uma associação denominada ‘Aspol’, que não existe. No recibo impresso aparecem emblemas da PRF.

 

Desconfiado de que se tratava de um golpe, um dos sócios do hotel, que vinha efetuando pagamentos há cerca de um ano e meio, resolveu acionar a PRF.

O crime de estelionato prevê pena de um a cinco anos de reclusão. Essa pena dobra em caso de estelionato contra idoso –caso do sócio do hotel.

Continuar lendo