Operação de cumprimento de mandados da PM resulta na apreensão de armas de fogo de uso restrito e no encaminhamento de oito pessoas no litoral

18 fevereiro, 2017 às 14:40  |  por Redação Bem Paraná

Cinco armas de fogo (quatro pistolas e um revólver) foram apreendidas e oito pessoas encaminhas (três mulheres e cinco homens), além de uma adolescente, em uma operação de Cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão deflagrada na manhã deste sábado pela Polícia Militar do Paraná nos municípios de Pontal do Paraná e Matinhos, no litoral do estado. Além das armas, a maioria de calibre restrito, os policias militares, atuantes no Verão Paraná 2016/2017, encontraram centenas de munições, dinheiro e drogas, entre outros materiais ilícitos e de origem suspeita. A ação iniciou-se às 6h simultaneamente nos locais alvos.

“Esse é o resultado de um trabalho pautado pela preocupação do Governo do Estado em garantir maior tranquilidade aos veranistas, com prévio levantamento de informações feito pela Polícia Militar, que durou cerca de 15 dias. Após isso foi apresentada ao Poder Judiciário a demanda e a necessidade de mandados de Busca e Apreensão nas residências suspeitas, culminando com a operação na manhã de hoje”, relata o major Cesar Kamakawa, Subcomandante do 9º Batalhão da PM e Coordenador Operacional do Verão Paraná 2016/2017. “Essas ações serão intensificas também no período de Carnaval”, garante.

A AÇÃO – Os Mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos, a partir das 6h da manhã deste sábado (18/02) da seguinte forma: um em Pontal do Paraná (balneário Grajaú) e quatro em Matinhos (Inajá, Vila Nova e Vila dos Pescadores – Mangue Seco).

Em Pontal, uma adolescente de 12 anos foi apreendida e, na casa em que ela estava, que era alvo da operação, foi encontrado uma bucha de maconha e uma de cocaína. Os responsáveis pela residência não estavam em casa.

Em Matinhos, no balneário Inajá, foram duas pessoas (o filho de 23 anos e mãe de 43 anos) – o rapaz já tinha passagens por tráfico e a mulher estava com mandado de prisão em aberto por receptação. “Chegamos à casa para cumprir mandado de busca e, quando consultamos os nomes no sistema, descobrimos que ela estava figurando como foragida da justiça, por isso a encaminhamos”, conta Kamakawa.

Na casa deles foram encontradas três armas de fogo, um revólver 38 e duas pistolas .9mm e calibre .380), além de uma balança de precisão, dois celulares, uma TV 32 polegadas, R$ 59,00 em moedas e R$ 94 em cédulas, 10 munições 556, 7 munições de calibre 45, uma de calibre 40, 48 munições de 9mm, 488 munições de 380, uma bucha maconha cerca de 10g, 35 pedras de crack (aproximadamente 4g), algumas buchas de cocaína (cerca de 52g).

Ainda em Matinhos, em duas casas (sendo uma delas um ferro-velho), no bairro Vila Nova, a PM apreendeu duas pistolas (uma calibre.45, com 8 munições intactas, e outra calibre.9mm, marca Cherokee com 27 munições intactas) e encaminhou dois homens (um com 24 e outro com 33 anos), R$ 673,00, uma toca balaclava, 67g de maconha e eletrônicos.

Na Vila dos Pescadores no Mangue Seco, em Matinhos, a PM também cumpriu mandado e apreendeu 493g de maconha (divididas em buchas pequenas e armazenadas em saquinhos maiores) e encaminhou duas pessoas (uma mulher de 54 anos e um homem 38 anos), ela com passagem por tráfico e ele por furto. A droga encontrada estava em um terreno ao lado da casa.

Na Rua Tomazina, no bairro Vila Nova, ainda em Matinhos, a PM localizou um casal (ele com 29 anos e ela com 30 anos) e com eles uma nota de R$ 5,00 manchada com tinta rosa.

“Eles também foram encaminhados tendo em vista que é uma mancha características de resultado de explosão em caixas eletrônicos. Esta tinta é usada pelos estabelecimentos bancários exatamente para marcar notas caso haja violação do cofre, o que facilita a investigação e localização delas, bem como dos envolvidos, não significando necessariamente que o casal deste caso de hoje está ligado com alguma quadrilha, mas que foram encaminhados para esclarecer a posse desta nota”, explica o major.

Acidente entre dois caminhões, uma caminhonete e um ônibus interdita a BR-376

18 fevereiro, 2017 às 08:30  |  por Redação Bem Paraná

A BR-376, em Mauá da Serra, no Norte do Paraná, está interditada. Por volta das 7h40, houve um acidente envolvendo dois caminhões, uma caminhonete e um ônibus, nesta manhã deste sábado (18). Segundo a concessionária CCR Rodonorte, responsável pelo trecho, um dos caminhões estava carregado de combustível e houve incêndio no local.

Em Mauá da Serra, no  km 308, ocorreu uma interdição total em ambos os sentidos. Houve uma batida frontal, envolvendo os veículos S. Reboque placa DBB 4152/SP de Paulínia; veículo Honda/Civic, cor preta, placa ASR 3931/PR de Londrina ; caminhão Volvo/FH, placa ATJ 2451/PR de Pitanga; ônibus da Viação Garcia (placa não informada); caminhão VW/19.320 de Candelaria, placa IOJ9000/RS.

O motorista do caminhão de Paulínia morreu carbonizado. De acordo com a concessionária,  cinco pessoas ficaram feridas no acidente, registrado por volta das 7h40, no km 308 da rodovia, na Serra do Cadeado, na pista sentido Curitiba.

A Rodonorte trata o acidente como um engavetamento. Pelas informações obtidas no local, uma caminhonete bateu contra um caminhão que transportava agrotóxicos e, em seguida, o caminhão-tanque carregado de combustível bateu contra um ônibus. O caminhão de combustível pegou fogo e as chamas se alastraram, atingindo também o ônibus e o caminhão com agrotóxicos, conforme a Rodonorte. Um quinto veículo que não se envolveu no engavetamento também pegou fogo. Segundo a concessionária, os ocupantes já não estavam mais no carro e não se feriram.

A pista ficou interditada por mais de cinco horas. Por voltas das 13 horas, a Polícia Rodoviária Federal anunciou a liberação total da pista.

Veículo carregado com 225 pacotes de cigarros contrabandeados é apreendido em Cianorte

17 fevereiro, 2017 às 16:09  |  por Redação Bem Paraná

cigarros

Policiais militares da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (5ª CIPM), pertencente ao 3º Comando Regional da PM (3º CRPM), apreenderam 225 pacotes de cigarros contrabandeados na tarde de quarta-feira (15/02). A ação aconteceu na cidade de Cianorte (PR), Noroeste do estado, e resultou em um homem conduzido.

Por volta das 15h50, a PM foi informada de que uma caminhonete estava parada em meio a uma canavial na Estrada Três Vendas. As equipes da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) e do Canil da unidade foram até o endereço e avistaram o veículo, momento em que o condutor, ao notar a aproximação, fugiu.

Os policiais iniciaram um acompanhamento tático e o suspeito acabou colidindo contra um barranco. Segundo o setor de Relações Públicas da 5ª CIPM, o suspeito teria feito menção de estar armado, momento em que os militares estaduais, para neutralizá-lo, teriam alvejado ele no braço.

Dentro do automóvel foram encontrados 225 pacote de cigarros contrabandeados do Paraguai e um rádio comunicador. O suspeito, um rapaz de 23 anos, foi encaminhado até o Hospital Santa Casa e a mercadoria apreendida foi entregue na Receita Federal de Maringá.

Maconha e munições são apreendidos pela PM em Foz do Iguaçu

17 fevereiro, 2017 às 16:08  |  por Redação Bem Paraná

Uma equipe da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) do 14º Batalhão de Polícia Militar (14º BPM), pertencente ao 5º Comando Regional da PM (5º CRPM), recebeu uma denúncia e apreendeu munições e um tablete de maconha. A ação aconteceu na noite de quinta-feira (16/02) em Foz do Iguaçu (PR), Oeste do estado.

A PM recebeu informações, por volta das 23 horas, de que um homem teria escondido uma sacola em uma árvore na Rua Guimarães Rosa, próximo a um campo de futebol. A equipe da ROCAM foi até o endereço e encontrou um tablete de maconha de um quilo.

No local também foram encontradas 10 munições calibre 7.62 e um munição de calibre 38. A droga e as munições foram apreendidas e entregues na Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.

PM apreende espingarda durante ação no Litoral do estado

17 fevereiro, 2017 às 16:07  |  por Redação Bem Paraná

Uma espingarda foi apreendida por policiais militares em uma casa abandonada durante uma abordagem na quinta-feira (16/02). A ação aconteceu em Guaratuba (PR), Litoral do estado, e faz parte das atividades do “Verão Paraná 2016/2017”. Ninguém foi preso.

Os militares estaduais receberam uma denúncia de que, na Avenida Rocha Pombo, dois homens estariam comercializando drogas. A equipe da PM foi até o endereço e avistou algumas pessoas saindo de uma casa e correndo para o interior de um matagal.

Na residência abandonado os policiais encontraram uma espingarda calibre 28 com uma munição na câmara, além de mais três munições. A arma de fogo foi apreendida e entregue na Delegacia de Polícia Civil.

Suspeito de latrocínio é preso e veículo utilizado no crime apreendido

17 fevereiro, 2017 às 16:07  |  por Redação Bem Paraná

Uma ação dos policiais militares do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM), pertencente ao 3º Comando Regional de Polícia Militar (3º CRPM), juntamente com a Polícia Civil, resultou na prisão de um suspeito de cometer latrocínio e na apreensão da moto que teria sido usada no crime. O indivíduo foi localizado pelas equipes na quinta-feira (16/02) em Nova Esperança (PR), no Noroeste do estado.

Os policiais estavam em diligências e, com o apoio da população, conseguiram localizar o suspeito de cometer o latrocínio contra um senhor de 78 anos. O crime teria ocorrido na quarta-feira (15/02) na cidade de Nova Esperança. Ao ser abordado, o rapaz, de 20 anos, confessou o crime e informou aos policiais a localização da motocicleta e dos capacetes usados para a prática do delito.

Chegando ao local a moto foi localizada, juntamente com uma carteira de trabalho que seria do outro suspeito. Segundo o rapaz abordado, o outro homem estaria em posse das armas usadas para o crime. Os policiais seguem em diligências para encontrar o segundo rapaz envolvido.

Foi dada voz de prisão ao jovem e ele foi encaminhado à delegacia para as medidas cabíveis.

Estuprador do Siena Chumbo é preso em Campo Largo

17 fevereiro, 2017 às 13:03  |  por Redação Bem Paraná

presonucria

Um homem de 46 anos, suspeito de violentar uma menina de 11 anos em dezembro de 2016, além de tentar estuprar uma jovem de 19 anos cerca de um mês antes, foi preso na manhã desta sexta-feira (17), em sua residência, situada em Campo Largo – Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A ação foi realizada pela equipe do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria). Com o suspeito, a polícia apreendeu um celular roubado de uma das vítimas.As investigações tiveram início após a família da garota de 11 anos registrar um boletim de ocorrência (B.O) no núcleo, relatando que a criança teria sido abusada sexualmente no dia 9 de dezembro de 2016, quando estava indo para a escola que estudava, no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Conforme informações levantadas pela equipe, no dia do fato o suspeito estava dirigindo um veículo Siena chumbo, quando parou o carro e foi em direção a garota. “Ela a arrastou até o carro com extrema violência, utilizando de força corporal para consumar o fato”, conta o delegado adjunto do Nucria, Tito Lívio Barrichello.

De acordo com o delegado, a vítima ficou aproximadamente 30 dias internada em um hospital de Curitiba, no bairro Água Verde.

Durante as diligências, a polícia localizou um B.O registrado em novembro de 2016, por uma jovem de 19 anos, que relatava uma situação semelhante a que equipe investigava. O qual informava uma tentativa de estupro, ocorrida no bairro CIC, em que o suspeito também utilizava um Siena de cor chumbo para realizar o crime.

Diante do fato, os policias passaram a trabalhar em cima do caso e relacionar as situações. Na ocasião, a jovem de 19 anos estava voltando de uma festa, por volta das 7 horas da manhã, no dia 2 de novembro do ano passado. O suspeito a abordou com o Siena e a arrastou até o carro – basicamente da mesma forma com que agiu com a garota de 11 anos –. “Nesse caso, a jovem entrou em luta corporal com o suspeito e conseguiu fugir, porém ele ficou com o celular e demais pertences dela”, completa o delegado.

Barichello acredita que o suspeito tenha praticado mais crimes de estupro, devido ao seu modo de agir violento e organizado. “Ambas as vítimas foram atacadas em sextas-feiras, no mesmo horário e na mesma região do bairro CIC. Tanto a criança de 11 anos, quanto a jovem de 19, foram arrastadas para dentro do veículo do suspeito, que já estava com o banco traseiro abaixado, provavelmente para facilitar o estupro”, explica o delegado.

As duas vítimas reconheceram o suspeito, confirmando a autoria das violências. O homem já cumpriu 14 anos de pena no Sistema Prisional, por associação criminosa. Além de possuir uma condenação de 70 anos de reclusão, por assalto a bancos e joalheiras. O suspeito também possui passagens pelos crimes de furto, roubo, estelionato, tráfico de drogas e falsificação de documento público.

Na delegacia, o suspeito confessou o crime e foi indiciado por estupro de vulnerável, devido ao crime praticado contra a menina de 11 anos, e tentativa de estupro e roubo, referente a ação criminosa contra a jovem de 19 anos. Se condenado, poderá pegar uma pena superior a 20 anos de prisão. O suspeito será encaminhado ao Sistema Penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

O delegado orienta a população a procurar o Nucria caso tenha alguma informação sobre casos semelhantes. “Devido ao alto grau de periculosidade do suspeito, é importante que a população esteja atenta e entre em contato conosco pelo número (41) 3270-3370”, finaliza Barichello.

Quadrilha de furto e roubo de veículos é desmantelada em Maringá

16 fevereiro, 2017 às 15:41  |  por Redação Bem Paraná

maringa

Quatro homens de idades entre 24 e 62 anos e um menor de 17 anos foram conduzidos a 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá, na terça-feira (14), por investigadores da Seção de Furtos e Roubos de Veículos. Eles são suspeitos de praticarem crimes de furto e roubo de veículos no município.

De acordo com informações policiais, foram cerca de 40 dias de investigação. Policiais civis estavam realizando diligências quando localizaram um veículo Corsa com placas adulteradas, roubado no final do mês de janeiro na Zona Sete, em uma residência no Conjunto Habitacional Vieira.

Quando realizaram a abordagem, um homem de 62 anos alegou que o carro era de um amigo de seu genro. Em continuidade as diligências foi localizado o genro do dono da residência que confirmou que o carro era de um amigo.

O Corsa é do menor de 17 anos, ele foi localizado no bairro Vila Morangueira, em sua residência. Na garagem da casa, tinha um HB20, roubado no dia 13 de fevereiro no bairro Jardim Oásis. O menor alegou que comprou o carro por R$ 250 de um homem de 34 anos, que está envolvido em diversos crimes de roubo e furtos na cidade.

O delegado-operacional da 9ª SDP, Laercio Cardoso Fahur, conta que o suspeito de 34 anos já foi reconhecido por mais de sete vítimas. “Ele já possui tornozeleira eletrônica e deve perder esse benefício, além disso, ele tem diversas passagens pelos crimes de furto e roubo”, ressalta Fahur.

Um dos suspeitos confessou a prática dos crimes na companhia de um outro homem de 25 anos. Na residência desse jovem, no bairro Vila Morangueira, foi localizado uma pequena quantidade de entorpecentes.

O menor foi encaminhado para o Centro de Socioeducação (Cense) e está a disposição do Ministério Público. O jovem de 25 anos que foi autuado com drogas foi liberado e assinou um termo circunstanciado por posse de droga. Os demais suspeitos estão presos na carceragem temporária da 9ª SDP, onde aguardam á disposição da Justiça, eles irão responder pelos crimes de associação criminosa, receptação e adulteração de veículo automotor.

Após molestar criança em restaurante, polícia prende suspeito

16 fevereiro, 2017 às 15:39  |  por Redação Bem Paraná
Divulgação

Divulgação

Um homem de 46 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (15), suspeito de abuso sexual contra duas crianças de 9 anos, em São José dos Pinhais (SJP), Região Metropolitana de Curitiba. O crime ocorreu em um restaurante onde o homem trabalha de garçom há um ano. O caso está com a Delegacia da Mulher e do Adolescente de SJP.

Ao tomar conhecimento do fato, uma equipe da Delegacia de Mulher do município iniciou as investigações. O homem foi intimado a comparecer na delegacia, onde negou os fatos.

Continuar lendo

Homem suspeito de assassinar jovem na RMC é preso

16 fevereiro, 2017 às 15:09  |  por Redação Bem Paraná

faendargr

Um latrocínio brutal foi esclarecido pela Polícia Civil de Fazenda Rio Grande após a identificação e prisão de um homem de 23 anos, suspeito do crime. O jovem foi localizado pela polícia na noite de quarta-feira (15), em uma feira cultural que acontece na região central do município.

As investigações iniciaram depois que a equipe policial foi notificada sobre o crime que vitimou Roger Cristopher da Silva Terto, 18 anos, encontrado morto no bairro Nações, com diversas lesões na região do crânio. De acordo com investigações, a causa da morte se deu por asfixia mecânica.

“Os laudos comprovam que a vítima foi asfixiada e em seguida atingida na cabeça com um bloco de concreto. Descobrimos também que depois do ato criminoso, o suspeito levou os pertences da vítima como carteira, celular e tênis”, conta o delegado-titular da Delegacia de Fazenda Rio Grande, Fabio Machado.

O latrocínio aconteceu no inicio da manhã do dia 6 de fevereiro deste mês, quando a vítima foi abordada e assassinada pelo suspeito. Ao ser conduzido até a delegacia, o suspeito confessou à polícia a autoria do crime contando os fatos com riqueza de detalhes.

Questionado sobre a motivação do latrocínio, o rapaz alegou que cometeu o crime porque precisava comprar drogas já que era usuário de drogas. O suspeito já possuía duas passagens pela polícia por furto qualificado.

Após confessar o crime, o delegado solicitou à Justiça sua prisão preventiva que foi concedida. “Com a prisão do suspeito a Polícia Civil esclarece o crime”, concluí Machado. O jovem permanece preso e aguarda à disposição da Justiça.