Funcionária é presa suspeita de desviar mais de R$ 400 mil de concessionária de veículos

9 fevereiro, 2018 às 16:09  |  por Redação Bem Paraná
Policia Civil

Policia Civil

Uma mulher, de 39 anos, funcionária de uma concessionária de veículos de Curitiba, foi presa em flagrante no final da tarde de quinta-feira (08), suspeita desviar cerca de R$ 100 mil da empresa por meio de furto mediante fraude.

A investigada foi detida em seu apartamento situado na Avenida Nossa Senhora da Luz, no bairro Hugo Lange, capital, por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).

De acordo com investigações, há suspeitas de que a funcionária teria desviado nos últimos anos em torno de R$ 500 mil da empresa. A especializada chegou até a suspeita depois que o funcionário do setor financeiro da concessionária descobriu a fraude e denunciou o caso à polícia.

A suspeita trabalhava no setor financeiro da empresa há sete anos e mantinha um esquema utilizando o nome de clientes ou fornecedores da concessionária para realizar diversas transferências bancárias as quais eram destinadas a sua própria conta.

“Ela utilizava um esquema muito simples, substituindo o número da conta da empresa em boletos, fazendo com que os valores pagos por clientes caíssem diretamente na conta dela”, explica o delegado-adjunto da DFR, Emmanoel David.

Segundo o delegado, ao perceber que a fraude havia sido constatada, a funcionária acabou transferindo em uma única vez, a quantia de R$ 100 mil para a sua conta bancária. Ao ser questionada pela polícia após sua prisão, a suspeita alegou ter transferido a alta quantia após um ato de desespero por ter sido descoberta.

Ela confessou também que já havia realizado inúmeras transferências de menor valor de forma fraudulenta desde 2013. A funcionária apontou a participação de um outro funcionário no esquema criminoso. “Até o momento não comprovamos a participação deste funcionário no esquema. Nós vamos ouvi-lo e se houver alguma evidência, ele também responderá pelo crime”, finaliza.

A suspeita responderá pelos crimes de furto mediante fraude, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. As investigações seguem.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>