PRF prende estelionatário em hotel no Centro de Curitiba

27 março, 2017 às 17:23  |  por Redação Bem Paraná
PRF/Divulgação

PRF/Divulgação

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na prisão em flagrante de um estelionatário na tarde esta segunda-feira (27) no Centro de Curitiba.

O homem, de 40 anos de idade, foi preso por agentes da PRF na recepção de um hotel, logo após ter recebido dinheiro do sócio do estabelecimento.

Em troca, ele prometia anúncios publicitários em nome de uma associação denominada ‘Aspol’, que não existe. No recibo impresso aparecem emblemas da PRF.

 

Desconfiado de que se tratava de um golpe, um dos sócios do hotel, que vinha efetuando pagamentos há cerca de um ano e meio, resolveu acionar a PRF.

O crime de estelionato prevê pena de um a cinco anos de reclusão. Essa pena dobra em caso de estelionato contra idoso –caso do sócio do hotel.

Continuar lendo

Dupla suspeita de participar de latrocínio é presa pela polícia

27 março, 2017 às 16:37  |  por Redação Bem Paraná
Foto: Divulgação Polícia Civil

Foto: Divulgação Polícia Civil

Em menos de 24 horas de investigações, duas pessoas suspeitas de participar de um latrocínio, foram presas em flagrante na noite de domingo (26), pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba. Os dois jovens de 19 e 24 anos, estavam em frente uma residência, situada no bairro Guabirotuba, no momento em que foram detidos pela polícia.

Com os suspeitos os policiais apreenderam cinco celulares de origem suspeita e um Fiat/Pálio azul – veículo utilizado para dar fuga aos suspeitos após a prática do crime. Eles não esboçaram reação durante a prisão e negam a sua participação no latrocínio.

Uma terceira pessoa, também suspeita na participação do crime, estava com os suspeitos no momento da abordagem policial, porém conseguiu fugir.

O fato ocorreu na noite de sábado (25), por volta das 21 horas, em um bar localizado no Bairro Alto, capital, quando cinco homens invadiram o estabelecimento dando voz de assalto. “Os assaltantes fecharam as portas do bar assim que entraram, para que as pessoas de fora não percebessem a ação criminosa”, conta o delegado operacional da DFR, André Feltes.

Conforme informações apuradas pela polícia, o rapaz de 19 anos era um dos homens que ameaçava as vítimas com um revólver, enquanto os demais suspeitos passavam pegando os pertences das vítimas que estavam no local. Franciso José Tonini, 60 anos, um dos clientes do bar, tentou reagir ao assalto e foi morto com um tiro que atingiu a sua artéria do fêmur. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Depois do crime, os suspeitos fugiram do local com o Pálio azul. “A partir de algumas investigações externas e de inteligência, nós conseguimos identificar e localizar, duas pessoas envolvidas com a morte de Francisco. Na delegacia testemunhas reconheceram a dupla como sendo os autores do crime, apontando o rapaz de 19 anos, como o autor dos disparos”, diz o delegado.

De acordo com Feltes, o terceiro suspeito que conseguiu fugir no momento da ação policial, foi igualmente reconhecido pelas testemunhas, através de fotografias e deve ter a sua prisão cautelar decretada nos próximos dias. “Agora as investigações seguem para prender as demais pessoas envolvidas nesse latrocínio. Uma ação rápida e bem sucedida”, concluí.

Os suspeitos responderão pelos crimes de latrocínio e porte ilegal de arma de fogo, se condenados poderão pegar uma pena de 22 a 34 anos de prisão.

Jovem com mais de 50 pedras de crack é preso pela PM em Colombo

27 março, 2017 às 15:48  |  por Redação Bem Paraná

Um rapaz, de 18 anos, foi preso por tráfico de drogas na manhã deste domingo (26/03) na cidade de Colombo (PR) durante uma abordagem de rotina. Ele estava com 53 pedras de crack embaladas e prontas para a venda quando foi localizado pelos policiais militares do 22º Batalhão de Polícia Militar (22º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM).

De acordo com as informações contidas no Boletim de Ocorrência, o rapaz já foi preso este ano pelo mesmo delito. Ele estava na Rua José Maria da Silva Paranhos quando teria avistado uma viatura da PM. O rapaz tentou esconder um invólucro com a droga em sua roupa íntima, mas acabou flagrado pelos policiais militares.

Diante da situação, ele foi conduzido até a delegacia do Alto Maracanã para as medidas cabíveis ao caso.

Família envolvida em ocultação de feto é presa no Paraná

27 março, 2017 às 15:12  |  por Redação Bem Paraná

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil


Três pessoas da mesma família (pai, mãe e filho) foram presos em flagrante na quinta-feira (23), pelo crime de ocultação de cadáver, na Zona Rural do município de Palotina. O caso está com a delegacia local que investigará também a participação de cada um no crime de aborto e de abuso sexual, contra uma menina de 14 anos, filha do casal preso.

A Polícia chegou até os suspeitos através de uma denúncia de um parto caseiro envolvendo uma menor, ocorrido sem nenhum tipo de assistência médica. “Iniciamos uma série de diligências envolvendo hospitais e cartórios locais, porém não havia nenhum registro do fato”, falou o delegado responsável pelo caso, Aldair da Silva Oliveira.

O pai de 44 anos, a mãe de 46 e o filho de 20 anos foram ouvidos na delegacia. A mãe nega qualquer envolvimento, o pai afirmou que tinha conhecimento e o filho admitiu que teve um romance com a irmã menor e levou a Polícia até o local onde enterrou o feto. A vítima está sob os cuidados do Conselho Tutelar do município.

“O principal suspeito – o filho – alegou que enterrou o feto, de aproximadamente 8 meses a fim de esconder o crime contra a irmã. Agora vamos apurar a participação de cada um tanto no abuso sexual da menor quanto no aborto, para que o inquérito policial seja concluído e entregue a Justiça” falou a autoridade policial.

O feto foi encontrado já em estado de decomposição nas proximidades da residência da família. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo.

A Polícia Civil aguarda o resultado da coleta de possíveis material genético colhidos no local do sepultamento caseiro para se determinar a paternidade, sexo e causa da morte para direcionamento das investigações no sentido de aborto ou homicídio. O trio permanece preso até que as investigações sejam concluídas.

Quarteto é preso com duas pistolas em carro roubado em Cascavel

27 março, 2017 às 14:50  |  por Redação Bem Paraná

cascavel

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite deste sábado (25) em Cascavel (PR) quatro homens suspeitos de praticar assaltos na região oeste do Paraná.

Com o quarteto foram apreendidas duas pistolas calibre .380 e 27 munições. Eles ocupavam um automóvel Renault Sandero, abordado pelos agentes da PRF na BR-277, nas imediações do pedágio, na pista sentido Curitiba.

Com placas clonadas, o veículo havia sido roubado no último mês de dezembro, em Porto Alegre (RS).

Uma das pistolas estava na cintura do motorista, de 51 anos de idade. A outra, dentro do carro. Ambas estavam municiadas e prontas para uso. Os demais presos têm 26, 32 e 46 anos de idade.

Com o quarteto foi apreendido ainda um giroflex (dispositivo intermitente usado por veículos policiais e ambulâncias). Eles apresentaram um documento falso do veículo.

O veículo é suspeito de realizar assaltos em rodovias da região oeste do estado.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Polícia Civil em Cascavel.

 

Com promessa de emprego, homem aplicava golpes em mulheres de Curitiba

27 março, 2017 às 14:45  |  por Redação Bem Paraná

golpista

Um homem de 50 anos, suspeito de aliciar e aplicar golpes em mulheres que procuravam emprego na Capital, foi preso em flagrante na última sexta-feira (24), no Centro da cidade, no momento em que tentava ludibriar uma de suas vítimas. O trabalho foi realizado pela equipe de investigação do 1º Distrito Policial (DP) de Curitiba.

Segundo informações policiais, o homem geralmente abordava as mulheres na região Central da cidade – próximo a agências de empregos ou empresas de recursos humanos – que notavelmente estavam procurando um emprego e oferecia um cargo de secretária, com um salário médio de R$1,5 mil.

As mulheres interessavam-se na vaga e já se colocavam à disposição. O suspeito se aproveitava da situação para fazer cobranças indevidas, sob o pretexto que era referente a taxa de exames admissionais e demais documentações. “Em alguns casos, o suspeito até obrigava as vítimas a satisfazerem alguns de seus desejos sexuais e as violentava a força”, conta o delegado titular da unidade, Gil Rocha Tesserolli.

De acordo com a equipe, uma das vítimas desconfiou da proposta, quando o homem falou que ela teria que dormir na empresa, situada em Campo Largo, onde passaria por um treinamento. Diante do fato, a mulher acionou a polícia.

Os investigadores foram até o local onde o suspeito havia marcado com a mulher, próximo a um shopping, situado no Centro, para apurar a ação criminosa. Quando o homem começou a caminhar com a vítima, os policiais deram voz de abordagem. Momento em que o homem logo confessou que era estelionatário e que não iria fazer nada com a mulher.

Nos pertences apreendidos com o suspeito, a equipe encontrou diversos documentos pessoais de outras vítimas, cópias de currículos e vários contratos de trabalho falsos que o homem preenchia na frente das mulheres para sustentar o golpe.

Tesserolli ressalta que na delegacia haviam outros boletins de ocorrência relatando situações semelhantes ao golpe aplicado pelo suspeito. “Acionamos uma equipe da Delegacia da Mulher para prestar apoio, a qual já identificou o homem como suspeito de um estupro”, afirma.

O delegado acrescenta que todas as vítimas estão sendo convocadas a comparecer na delegacia para serem novamente ouvidas e realizarem o eventual reconhecimento do suspeito. “Com a prisão, outras vítimas aparecerão e será possível eluciar diversos outros casos semelhantes. Quem reconhecê-lo deve procurar o 1º DP ou entrar em contato através do (41) 3326-3400”, finaliza Tesserolli.

O homem foi autuado por estelionato, e permanece preso à disposição da Justiça no 1º DP.

Dupla suspeita de participar de latrocínio é presa em Curitiba

27 março, 2017 às 14:34  |  por Redação Bem Paraná

guabirotu

Em menos de 24 horas de investigações, duas pessoas suspeitas de participar de um latrocínio, foram presas em flagrante na noite de domingo (26), pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba. Os dois jovens de 19 e 24 anos, estavam em frente uma residência, situada no bairro Guabirotuba, no momento em que foram detidos pela polícia.

Com os suspeitos os policiais apreenderam cinco celulares de origem suspeita e um Fiat/Pálio azul – veículo utilizado para dar fuga aos suspeitos após a prática do crime. Eles não esboçaram reação durante a prisão e negam a sua participação no latrocínio.

Uma terceira pessoa, também suspeita na participação do crime, estava com os suspeitos no momento da abordagem policial, porém conseguiu fugir.

O fato ocorreu na noite de sábado (25), por volta das 21 horas, em um bar localizado no Bairro Alto, capital, quando cinco homens invadiram o estabelecimento dando voz de assalto. “Os assaltantes fecharam as portas do bar assim que entraram, para que as pessoas de fora não percebessem a ação criminosa”, conta o delegado operacional da DFR, André Feltes.

Conforme informações apuradas pela polícia, o rapaz de 19 anos era um dos homens que ameaçava as vítimas com um revólver, enquanto os demais suspeitos passavam pegando os pertences das vítimas que estavam no local. Franciso José Tonini, 60 anos, um dos clientes do bar, tentou reagir ao assalto e foi morto com um tiro que atingiu a sua artéria do fêmur. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Depois do crime, os suspeitos fugiram do local com o Pálio azul. “A partir de algumas investigações externas e de inteligência, nós conseguimos identificar e localizar, duas pessoas envolvidas com a morte de Francisco. Na delegacia testemunhas reconheceram a dupla como sendo os autores do crime, apontando o rapaz de 19 anos, como o autor dos disparos”, diz o delegado.

De acordo com Feltes, o terceiro suspeito que conseguiu fugir no momento da ação policial, foi igualmente reconhecido pelas testemunhas, através de fotografias e deve ter a sua prisão cautelar decretada nos próximos dias. “Agora as investigações seguem para prender as demais pessoas envolvidas nesse latrocínio. Uma ação rápida e bem sucedida”, concluí.

Os suspeitos responderão pelos crimes de latrocínio e porte ilegal de arma de fogo, se condenados poderão pegar uma pena de 22 a 34 anos de prisão.

Carreta bitrem com 37 toneladas de fertilizantes furtados é recuperada

27 março, 2017 às 13:16  |  por Redação Bem Paraná

Recuperados na região de Curitiba, caminhão e semirreboques haviam sido furtados neste domingo, 26, em Paranaguá

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar recuperaram na manhã desta segunda-feira (27) uma carreta bitrem carregada com 37 toneladas de fertilizantes em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

O caminhão e os dois semirreboques haviam sido furtados na manhã de domingo, 26, no pátio de um posto de combustíveis, em Paranaguá.

Por volta de cinco horas da madrugada desta segunda, o proprietário da combinação de veículos acionou uma equipe da PRF na Unidade Operacional Contorno Leste, na BR-116.

Ele informou que a carreta bitrem havia sido vista momentos antes, saindo da BR-376 e entrando em uma estrada de terra.

Viaturas da PRF e da PM foram imediatamente para o local. Os policiais acabaram por localizar a carreta e a carga, dentro de um galpão que estava com o portão semi-aberto. Até o momento, ninguém foi preso.

Os veículos foram levados para o posto da PRF. A vitima foi encaminhada à Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas, da Polícia Civil.

carreta carreta1

Homens armados assaltam Posto Guarani, em Campo Largo

27 março, 2017 às 10:15  |  por Redação Bem Paraná

Um grupo de homens armados assaltou o Posto Guarani, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. O assalto foi por volta das 9h30 desta manhã de segunda-feira, 27. Segundo as primeiras informações, o grupos chegou ao posto em um Sandero prata.

Após a ação, os bandidos fugiram pela rodovia, sentido Campo Largo. O Posto Guarani fica localizado às margens da BR-277, no km 104.

PRF prende quatro assaltantes com duas pistolas e carro roubado

26 março, 2017 às 18:05  |  por Redação Bem Paraná

 

armas

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite de sábado (25) em Cascavel quatro homens suspeitos de praticar assaltos na região oeste do Paraná. Com o quarteto foram apreendidas duas pistolas calibre .380 e 27 munições. Eles ocupavam um automóvel Renault Sandero, abordado pelos agentes da PRF na BR-277, nas imediações do pedágio, na pista sentido Curitiba.

Com placas clonadas, o veículo havia sido roubado no último mês de dezembro, em Porto Alegre (RS). Uma das pistolas estava na cintura do motorista, de 51 anos de idade. A outra, dentro do carro. Ambas estavam municiadas e prontas para uso. Os demais presos têm 26, 32 e 46 anos de idade.

Com o quarteto foi apreendido ainda um giroflex (dispositivo intermitente usado por veículos policiais e ambulâncias). Eles apresentaram um documento falso do veículo. O veículo é suspeito de realizar assaltos em rodovias da região oeste do estado.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Polícia Civil em Cascavel.