A multa continua

28 dezembro, 2007 às 11:44  |  por Marcus Vinícius

O juiz da 1ª Vara Cível de Cascavel,  Fabrício Priotto Mussi c0nfirmou a decisão de reintegração de posse da fazenda Syngenta Seeds, em Santa Terezinha do Oeste, na região de Cascavel, ocupada por militantes do MST e da Via Campesina desde o primeiro semestre deste ano.
A sentença mantém a descoupação da área e a pena de multa de diária de R$ 50 mil imposta ao governo do estado.
Ontem, um Oficial de Justiça foi recebido pelos sem-terra no portão da propriedade, mas não obteve confirmação da retirada. Cerca de 50 famílias ocupam a fazenda da multinacional. Em julho um confronto entre sem-terra e seguranças particulares deixou dois mortos e seis feridos.

Uma ideia sobre “A multa continua

  1. jango

    A Justiça é sempre o último bastião da defesa do Estado do Direito Democrático. Isto indica que as outras instâncias foram suplantadas pelos infratores da lei. O fato de existir uma multa correndo, a ser paga pelo erário (vale dizer, pelo povo do Paraná) ou quiçá pela autoridade responsável (não sei se chegamos a esta perfeição, esperamos que sim), indica também que os gestores públicos estão prevaricando ou ainda descumprindo ordem judicial. Será que esperam mais mortes e feridos como augúrios para o Novo Ano ao povão bão de voto do Paraná ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>