TC encontra irregularidades na gestão Vitor Hugo Burko em Guarapuava

9 junho, 2009 às 18:16  |  por Abraão Benício

burko.jpg 
Foto:Marco Aurélio Jacob

A Primeira Câmara do TCE também emitiu parecer prévio pela irregularidade das contas de 2001 da Prefeitura de Guarapuava, sob responsabilidade do então prefeito, Vitor Hugo Ribeiro Burko (gestão 2001-2004).

Burko, que hoje é presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), planeja disputar cadeira na Câmara Federal nas eleições do próximo ano pelo PV.

A principal irregularidade foi a falta de aplicação mínima de 60% dos recursos do Fundef no pagamento de professores, conforme determina a lei que criou o fundo do governo federal para o desenvolvimento do ensino fundamental – a prefeitura aplicou 53,5% dos recursos no exercício. Outra irregularidade foi a falta de documentos na prestação de contas apresentada ao Tribunal.

1 Comentários

3 ideias sobre “TC encontra irregularidades na gestão Vitor Hugo Burko em Guarapuava

  1. Carolina Marcondes

    Puxa,
    é uma pena saber que quem carrega dinheiro na cueca, nas meias ou nos envelopes pardos não têm o mesmo parecer da justiça.

    Ou quem sabe os políticos que costumam sair matando gente possam mudar este cenário.

    Vitor Hugo, seu exercício no poder político tem sido exemplar, não perfeito. Sua cidade, enquanto estava em seu comando, teve índices altíssimos de geração de emprego e renda e hoje? Lastimável.

    Bem, vamos aguardar para ver se o direito prevalece e realmente é igual para todos.

    Bom final de semana!

    Carol

  2. DORIVAL ANGELUCI

    Com o prefeito Fernando Ribas Carli aconteceu quase a mesma coisa;
    O Tribuna de Contas emitiu parecer prévio pela desaprovação das contas do mesmo e a Câmara Municipal Desaprovou as contas do referido prefeito;
    Só que, eis que senão quando, ouvi falar que a Câmara Municipal iria rever a desaprovação das contas e retificar a resolução de sua desaprovação;
    Seria verdade um absurdo destes?
    Sugestão ao MP. investigue !

  3. DORIVAL ANGELUCI

    Com o prefeito Fernando Ribas Carli aconteceu quase a mesma coisa;
    O Tribunal de Contas emitiu parecer prévio pela desaprovação das contas do mesmo e a Câmara Municipal Desaprovou as contas do referido prefeito;
    Só que, eis que senão quando, ouvi falar que a Câmara Municipal iria rever a desaprovação das contas e retificar a resolução de sua desaprovação;
    Seria verdade um absurdo destes?
    Sugestão ao MP. investigue !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>