Osmar Dias diz que STJD foi tendencioso no julgamento do Coxa

16 dezembro, 2009 às 19:06  |  por Abraão Benício

O líder do PDT no Senado Federal, Osmar Dias, questionou os critérios utilizados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no julgamento de ontem (dia 15) que puniu o Coritiba Football Club com multa de R$ 600 mil e perda de mando de 30 jogos no Campeonato Brasileiro. Osmar pediu ainda um estudo à Consultoria Técnica do Senado para avaliar as possibilidades legais de transferir o STJD para Brasília.

Segundo Osmar há exemplos de julgamentos tendenciosos feitos pelo STJD onde os times de outros Estados acabam sofrendo injustiças. “O STJD tem que mudar para Brasília, porque aqui é campo neutro; aqui, como todos os tribunais superiores, ele vai funcionar para agir com justiça e não praticar injustiça como praticou agora”, afirmou.

Osmar Dias lembrou que no campeonato de 2000, quando, em São Januário, o Vasco disputava uma partida com o São Caetano, o alambrado caiu ferindo duzentas pessoas e o campo foi invadido. Naquela oportunidade o Vasco da Gama conseguiu que o STJD não aplicasse sequer uma multa, suspensão ou interdição do estádio e remarcasse a partida  um mês depois do ocorrido. “Que poder tem o Vasco! E que pouco poder tem o Coritiba junto ao Supremo Tribunal de Justiça Desportiva!”, ironizou.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>