Richa anuncia novas medidas para reforçar a segurança pública no Estado

7 junho, 2012 às 15:02  |  por Ivan Santos

Foto: Agência de Notícias do Paraná/ANPr

De volta das férias na Europa, o governador Beto Richa reassumiu o governo na quarta-feira (6) e anunciou um novo pacote de medidas do programa Paraná Seguro, em solenidade realizada no Palácio Iguaçu. Richa autorizou a Polícia Civil a publicar um edital de concurso público nos próximos 30 dias para a contratar 400 delegados, até 2014. Ele também liberou a licitação para a aquisição de 1.255 viaturas e a autorizou a implantação de delegacias de Homicídio em Londrina, Maringá e Cascavel.

No mesmo ato o governador assinou os decretos de criação do 23º Batalhão da Polícia Militar, com sede na Cidade Industrial de Curitiba, e do Batalhão de Fronteira (24º BPM), com sede em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do estado. Cada novo batalhão terá 500 policiais. No mesmo documento está prevista a criação do 7º Comando Regional da PM, sediado em Curitiba, com o nome de Comando de Operações de Eventos.

Richa disse que o Paraná Seguro, anunciado em 2011, trouxe várias medidas para melhorar as estruturas das polícias Civil e Militar para o combate à criminalidade, à violência e ao tráfico de drogas. “As novas medidas vão contribuir para fortalecer ainda mais a segurança pública no Estado”, destacou.

Segundo ele, o 23º Batalhão vai atender a Cidade Industrial de Curitiba, que é uma região com 200 mil habitantes e um grande número de homicídios e tráfico de drogas. O Batalhão de Fronteira terá 500 policiais a mais para fazer a segurança de 139 municípios da região Oeste do Paraná. “Significa ter mais policiais e mais oficiais para atender áreas onde foi detectada a necessidade, pelo grande número de casos de crimes e violência”, afirmou.

Richa lembrou o sucesso de medidas que estão sendo implantadas na segurança pública, como as Unidades Paraná Seguro instaladas nos bairros Uberaba e Parolin, em Curitiba. “Já constatamos uma redução brutal no número de crimes nessas áreas. Em um mês, depois da UPS não teve um único homicídio no Parolin”, lembrou.

Segundo Richa, é uma vergonha o Paraná ter muitas cidades que são sedes de Comarca e não tem um delegado da Polícia Civil. “Com essa nova contratação, teremos delegados em todas as comarcas e cidades grandes do estado”, disse o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>