População prefere médicos cubanos a brasileiros, diz ministro da Saúde

13 março, 2017 às 14:50  |  por Ivan Santos

EDIT_Ministro_Ricardo_Barros_-_PrestUCUeo_-_RF_B74A8792

O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), afirmou hoje na Câmara Municipal de Curitiba, que a população prefere ser atendida pelos médicos cubanos, porque eles demonstram mais disposição para o trabalho do que os médicos brasileiros. A declaração foi dada durante participação de Barros em sessão da Câmara para prestar contas de sua atuação na Pasta, a convite da vereadora Maria Manfron (PP).

O paranaense, que se licenciou do mandato de deputado federal em maio de 2016 para assumir o ministério, contou que recentemente a Pasta fez uma chamada para a contratação de profissionais para o programa Mais Médicos, com preferência para os brasileiros. Segundo ele, 8.700 compareceram para 1.400 vagas, “sinal de que temos brasileiros no mercado pra ocupar”. O problema é que depois de chamados, esses médicos começam a questionar o volume de trabalho, disse o ministro. “Chamados esses 1.400, 600 já não querem, passam, mas chegam lá e ‘não dá pra reduzir a carga horária’, ‘não dá pra não trabalhar?’ E não é possível”, relatou.

“Por isso que o povo gosta do cubano. O cubano vai lá, fica das oito às seis da tarde, sábado e domingo, come churrasco com a turma, fica o dia inteiro à disposição da população, é esse o tratamento diferenciado que faz com que a aprovação do programa Mais Médicos seja 95%. Mas nós vamos insistir em dar oportunidade aos brasileiros”, avaliou Barros.

Sobre o Mais Médicos, ele informou que existem 1.034 profissionais no Paraná, distribuídos em 318 municípios, sendo 53 deles em Curitiba. No Brasil, são 18.240 profissionais que integram o programa. Segundo o ministro, 4 mil médicos cooperados que trabalham hoje no país serão substituídos, nos próximos três anos, por médicos brasileiros. “Há um edital em andamento para a contratação de 1.624 novos médicos, sendo que mil dessas vagas estavam ocupadas por cubanos”, falou.

1 Comentários

3 ideias sobre “População prefere médicos cubanos a brasileiros, diz ministro da Saúde

  1. Pingback: Barros: En Brasil nuestros pacientes prefieren a los médicos cubanos – Cubanos por el Mundo

  2. Daniel

    Tenho certeza que o ministro da Saúde Ricardo Barros passa longe do Sírio Libanês e só se consulta com cubanos no posto de saúde mais próximo de sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>