TCE aprova contas do governo Beto Richa de 2016

16 novembro, 2017 às 17:17  |  por Ivan Santos

tce Foto: Wagner Araújo/TCE

O Tribunal de Contas do Estado aprovou hoje as contas do governo Beto Richa de 2016. O parecer do relator, conselheiro Fábio Camargo, apontou 14 ressalvas, 9 determinações e 3 recomendações. Os conselheiros decidiram ainda determinar uma “Tomada de Contas Extraordinária” para monitorar o cumprimento dessas ressalvas e determinações, que segundo eles, tem sido repetidas nos últimos anos.

Entre os problemas apontados estão o não repasse da contribuição patronal ao Paraná Previdência, o que na avaliação do TCE, pode comprometer as finanças do fundo de aposentadoria e pensão dos servidores públicos estaduais no futuro. O déficit, segundo o tribunal, chegou a R$ 167,2 milhões, de um total não repassado aos fundos previdenciários – previdência, financeiro e militar – de R$ 244,3 milhões, no ano passado.

A realização da tomada de contas foi proposta pelo conselheiro Artagão de Mattos Leão, que criticou o fato do Executivo não ter cumprido determinações ou resolvido ressalvas apontadas em anos anteriores. “Está na hora do Tribunal cobrar com mais veemência o atendimento de suas determinações e recomendações. Penso que está na hora do tribunal se impor”, disse Artagão.

Já o conselheiro Ivens Linhares discordou da coordenadoria de fiscalização do tribunal, que segundo ele, teria deixado de analisar 32 questões levantadas no ano anterior porque parte delas estaria com recursos pendentes. “Várias determinações sequer foram objeto do recurso. Mesmo em relação àquelas que pendem um recurso, me parece que deveria sim ser analisadas aquelas determinações”, afirmou.

1 Comentários

2 ideias sobre “TCE aprova contas do governo Beto Richa de 2016

  1. mauricio

    Deveriam ter desaprovado as contas, se, por duas vezes, as recomendações não foram cumpridas, indica que uma terceira, quarta, quinta desobediencia poderá ocorrer….

    Não deveriam ter aprovado. É o meu ponto de vista, pois gato escaldado tem medo até de agua gelada…

    Estão lesando a previdencia do funcionalismo e desobedecendo as leis, e o tribunal não fez nada… Deveriam ter imposto o cumprimento das ressalvas anteriores.

  2. João Souza

    Um governo supostamente envolvido em corrupção, como publicado, zelot e quadro negro.
    Não da para entender como o tce consegue aprovar com algumas ressalva.
    Inclusive o não cumprimento com os funcionalismo público q congelou os seus vencimentos.
    Há da licença tce e al.
    Duas porcarias que deveriam ser extintas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>