Arquivo da tag: Temer

PMDB inicia processo para expulsar Requião, que reage ameaçando Eduardo Cunha e Jucá

16 agosto, 2017 às 15:14  |  por Ivan Santos

requião

O senador Roberto Requião (PMDB) foi notificado, hoje, pela Direção Nacional do PMDB, sobre o processo de expulsão aberto contra ele pelo partido a pedido da Juventude do PMDB. Requião reagiu afirmando que vai pedir a expulsão do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB/RJ) – preso desde o ano passado e condenado por corrupção pelo juiz Sérgio Moro – e o afastamento do presidente nacional da legenda, senador Romero Jucá (RO).

Continuar lendo

Procuradora tem que explicar visita “fora de agenda” a Temer

15 agosto, 2017 às 07:34  |  por Ivan Santos

Reunião do Conselho Superior do Ministério Público Federal Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, que integra a força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, afirmou ontem em São Paulo, que a futura procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deve explicar o encontro “fora da agenda” que manteve com o presidente Michel Temer, no último dia 8, no Palácio do Jaburu.

Continuar lendo

Dos paranaenses na CCJ, Bueno vota contra Temer e Evandro Roman a favor

13 julho, 2017 às 18:09  |  por Ivan Santos

evandro roman Foto: Gilmar Felix/Câmara dos Deputados

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal rejeitou hoje, por 40 votos a 25, o parecer do relator, deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que recomendava a admissibilidade da acusação de crime de corrupção passiva apresentada pela Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB). Os dois representantes da bancada paranaense na CCJ tiveram posições contrárias. Evandro Roman (PSD) votou contra o relatório e a autorização para que o Supremo Tribunal Federal julgasse o caso. Já o deputado Rubens Bueno (PPS) votou pela admissibilidade da denúncia.

Ministro da Saúde admite deixar o cargo para votar a favor de Temer

13 julho, 2017 às 14:52  |  por Ivan Santos

Ricardo Barros

O ministro da Saúde e deputado federal licenciado paranaense, Ricardo Barros (PP), admitiu hoje deixar o cargo temporariamente para voltar à Câmara para votar contra a admissão da denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. “Represento o PP no ministério. Farei o que for definido pela bancada e pelo presidente”, alegou Barros, que é marido da vice-governadora Cida Borghetti (PP).

Continuar lendo

Deputado Rubens Bueno anuncia voto contra Temer

12 julho, 2017 às 12:16  |  por Ivan Santos

noticia_982850_img1_rubens-bueno

O deputado federal paranaense Rubens Bueno (PPS), que integra a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal, anunciou ontem que votará pelo prosseguimento da denúncia feita pela Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer. Na avaliação do parlamentar, é papel do Supremo, e não do Legislativo, julgar se há provas ou não que justifiquem o acatamento de denúncia de corrupção passiva contra o peemedebista. A posição é a mesma definida nesta terça-feira pela bancada do PPS.

Continuar lendo

Apoio ao governo Temer “racha” PSDB do Paraná

10 julho, 2017 às 14:55  |  por Ivan Santos

traiano

A manutenção ou não do apoio ao governo do presidente Michel Temer (PMDB) provocou um “racha” na cúpula do PSDB do Paraná. O secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, divulgou mensagem encaminhada por ele aos deputados federais tucanos defendendo que o partido abandone imediatamente o governo diante do agravamento das denúncias de corrupção envolvendo o presidente e auxiliares próximos. Já o presidente estadual da legenda e da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, defende que a sigla mantenha o apoio a Temer até a votação das reformas, e depois reavalie a situação.

Continuar lendo

Em parecer sobre Rocha Loures, Janot acusa Temer de corrupção

26 junho, 2017 às 16:05  |  por Ivan Santos

rocha loures

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma em parecer para justificar a prisão do ex-deputado federal paranaense Rodrigo Rocha Loures, que o presidente Michel Temer é culpado da prática de crime de corrupção. A acusação deve constar de denúncia contra Temer que Janot pretende apresentar ao Supremo Tribunal Federal nos próximos dias. Loures era assessor direto de Temer até março deste ano, quando assumiu vaga de deputado federal após a nomeação do deputado federal Osmar Serraglio (PMDB) como ministro da Justiça. O peemedebista foi preso no início do mês, depois de ser filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina de um executivo da JBS, em uma pizzaria em São Paulo. Segundo os delatores da JBS, o dinheiro seria parte do pagamento destinado a Temer em troca da defesa de interesses do grupo junto ao governo.

Continuar lendo

Rocha Loures é transferido para sede da PF após ameaças de morte

13 junho, 2017 às 17:11  |  por Ivan Santos

rocha loures Reprodução

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje que o ex-deputado federal paranaense Rodrigo Rocha Loures (PMDB) seja removido do presídio da Papuda e retorne à carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Brasília. A decisão foi tomada após pedido da defesa, que alegou que o peemedebista estaria sendo alvo de ameaças de morte.

Continuar lendo

TSE começa julgamento que pode cassar Temer; assista ao vivo

6 junho, 2017 às 19:14  |  por Ivan Santos

TSE Reprodução/You Tube

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retomou há pouco o julgamento da ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições presidenciais de 2014. O TSE é composto de sete ministros, que deverão se manifestar sobre as acusações de abuso de poder político e econômico pelo suposto recebimento de recursos irregulares na campanha eleitoral, como caixa dois e valores de propina contabilizados oficialmente na Justiça Eleitoral.

Continuar lendo

Rocha Loures devolve R$ 35 mil que faltavam de “mala da propina”

25 maio, 2017 às 15:13  |  por Ivan Santos

rocha loures

O deputado federal paranaense Rodrigo Rocha Loures (PMDB) comunicou ao Supremo Tribunal Federal que depositou os R$ 35 mil da mala com R$ 500 mil recebida por ele do grupo JBS, que segundo os delatores da empresa, seria parte de um pagamento de propina em troca da defesa de interesses da holding junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Na segunda-feira, Rocha Loures havia devolvido a mala à PF, em São Paulo, mas segundo os agentes, só haviam R$ 465 mil ou R$ 35 mil a menos do total relatado pela JBS.

Continuar lendo