Quando o sexo causa dor

5 julho, 2016 às 06:00  |  por Luciana Kotaka

Quebrar tabus pode ser um caminho para resolver inibições que atrapalham e geram dores no ato sexual

casal-cama-dormir-sono-briga-1374532425543_1024x768

O título parece bem intrigante para algumas pessoas, mas pode ter certeza de que transar pode acarretar mais dor do que prazer. Por vários motivos a mulher pode sentir dores que a incapacita de se relacionar intimamente e a relaxar. Porém o mais importante é procurar ajuda.

Recebo relatos frequentes de pessoas que não conseguem se relacionar com o parceiro e nem sentirem o gosto de ter um orgasmo, ficando claro que ainda hoje é um tabu discutir esse assunto com os profissionais da área de saúde. Ainda hoje existem mulheres jovens se casando sem nunca terem sentido orgasmo, confessando entre quatro paredes no consultório que não acham nada interessante se relacionarem intimamente com seus parceiros.

Tem algo muito errado acontecendo, não acham?

Existem várias doenças que podem ser determinantes nas dores, mas tratamentos simples  orientados por profissionais da área seriam o suficiente para resolver essa situação. Mas e quando essas dores não são de origem orgânica? Aspectos emocionais também interferem diretamente na busca pelo prazer sexual.

A grande questão é que quando se sentem à vontade para perguntarem aos seus médicos, ainda assim encontram a falta de uma informação mais adequada, deixando claro que é fácil dar um nome a dor, o difícil é saber como resolver.

Nunca me esqueço de uma paciente que foi buscar ajuda em um sexólogo, porque não se sentia atraída pelo esposo e acredita que a primeira coisa que o tal profissional disse ao vê-la foi: “Se vestindo desse jeito entendo por que seu marido não te quer”. Oi? O que foi isso? Profissionais mal preparados acabam gerando mais prejuízos, angústia e desespero ao casal. Era ela que não se sentia atraída e não o parceiro.

Descartando todos os motivos orgânicos, como doenças e inflamações, é necessário buscar ajuda de um terapeuta sexual, para que se identifique o que pode estar por trás das dores constantes durante o ato sexual. Vale lembrar que quando o casal se compromete em buscar soluções, tudo fica mais tranquilo, pois nem sempre o parceiro entende o que está ocorrendo, podendo se sentir rejeitado, afetando o relacionamento e chegando até a dissolução do casamento
.
Se você se identifica com o texto e sente que precisa de ajuda, vá em busca de informações e ajuda profissional. Não deixe o tempo passar, pois a falta do relacionamento sexual pode ser um grande obstáculo para o casal continuar juntos.

 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>