Ser gentil pode ser um desafio

27 junho, 2017 às 14:15  |  por Luciana Kotaka


Por que pequenos gestos de delicadeza podem ser tão difíceis de se realizar?

índice

Você já parou para pensar que ser gentil pode ser uma qualidade que falte em seu curriculum? Pode parecer estranho, mas nem sempre somos como nos vemos. Temos a estranha mania de acharmos que somos “quase perfeitos”, pois são poucas as pessoas que olham para si mesmas e assumem que têm defeitos que são mal vistos por nossa sociedade.

Ser gentil é um comportamento que vem sendo extinto, basta darmos uma olhadinha no Facebook e já identificamos várias pessoas que parecem terem faltado na aula de boas maneiras. Talvez, na verdade, seja o desequilíbrio entre o antes eu não podia e agora eu acho que posso. Digo tudo o que penso, mesmo se doer. Nasceu a era do eu faço o que quero, falo o que penso, pois sou autêntico.

Mas ainda existem aqueles que ao olharmos em seus olhos, iremos enxergar o brilho da amorosidade, irá nos cumprimentar, fará a gentileza de segurar a porta do elevador, elogiará nossos olhos e ainda se oferecerá para ajudar gratuitamente.

Ao mesmo tempo que por um lado, vemos esses valores sendo extintos, há todo um outro movimento contrário resgatando comportamentos que são fundamentais para a boa convivência, principalmente aqueles que buscam a evolução pessoal.

Quanto mais nos dispusermos a olhar para nosso interior buscando melhorar nossos pontos frágeis, mais abertos estaremos para permitir vivermos de forma mais livre, o que leva sem dúvida a uma forma mais espontânea de nos relacionarmos com o outro e com o mundo.

Quando não há medo, há liberdade, inclusive de sermos gentis, de elogiar gratuitamente, alimentando o amor próprio de nosso próximo.

Minha proposta é alertar você do quanto pode fazer a diferença na vida de alguém que esteja precisando de um elogio, de uma gentileza, para que possa quem sabe ser até o suspiro que faltava para conseguir permanecer presente nesse mundo tão caótico.

Faça a diferença, encha o balde do outro, seja apenas gentil, vamos tentar?

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>