lagrimas do vinho

O que são as tão famosas lágrimas do vinho?

28 abril, 2017 às 12:21  |  por Debora Breginski

Muitas pessoas diariamente me perguntam em aula ou não, o que são as lágrimas do vinho, também conhecidos como filetes, arcos ou pernas que escorrem pela taça! Tirando que são lindas e sexy nos fazem ver muito mais além das lágrimas!

Mas por que será que eles surgem?

A resposta mais comum (e equivocada) é a associação das lágrimas do vinho à qualidade. Também é possível encontrarmos argumentos relacionados à doçura ou viscosidade do vinho. Também equivocados…

Gire o vinho dentro da taça e deixe-o parar. Você notará gotas ao redor da taça.

O fato é que o vinho chora, e isso acontece em função do seu teor de álcool. Quanto mais elevada for a concentração alcoólica, mais abundantes serão as lágrimas.

Esse é o chamado efeito Marangoni, nome dado em homenagem ao físico italiano Carlo Marangoni (1840-1925), estudioso do tema.

A película de vinho que se forma na parede da taça tende a evaporar. Mas as moléculas de álcool evaporam mais rapidamente do que as moléculas de água, por serem mais voláteis. Então, essa camada líquida em volta da taça acaba tendo uma menor concentração alcoólica que o resto do vinho, e, consequentemente, menor aderência à taça. As moléculas de água dessa camada tendem a se unir, formando gotículas que escorrem com a força da gravidade.

Então, vamos lá: as lágrimas do vinho formam-se porque as velocidades de evaporação da água e do álcool são diferentes. Essa explicação, além de centenária, é a única comprovada cientificamente.

As lindas lágrimas vêm como mais uma forma de ser acariciado pela bebida vinho, cheia de histórias e sentimentos em toda produção! Tudo isso junto não tem como não conseguir chegar ao Sexto Sentido!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>