Tire a ferrugem com refrigerante

16 março, 2017 às 15:21  |  por Jéssica Amaral

O post de hoje vai gerar polêmica. Sabe aquele refrigerante que é tradição no almoço de domingo em família? Ele pode retirar a ferrugem dos objetos metálicos da sua casa.

Há uns dias atrás, estava na casa de alguns amigos e, conversa vai, conversa vem, caímos no assunto sobre limpeza! Comecei a reclamar que não conseguia retirar a ferrugem do meu faqueiro e me deram uma dica: testar com Coca-Cola (mas pode ser Pepsi também, hehehe) para remover toda a ferrugem da superfície. Mas não vale para tirar manchas de roupas, apenas de objetos metálicos.

As bebibas gaseificadas são eficazes para remover a ferrugem pois contém ácidos cítricos, que previnem e eliminam as manchas. Para fazer a mistura é fácil. Você vai precisar de um copo de refrigerante (não beba depois, viu?) e uma esponja de aço. Deixe a esponja um pouco de molho no refrigerante e depois esfregue bem sobre a ferrugem, de forma a retirá-la por completo. Se a superfície ficar pegajosa, por causa do açúcar, lave com sabão e seque bem para não deixar nenhum resíduo de água, pode manchar posteriormente.

Esta dica eu testei e deu certo. Depois desta experiência, esta mais difícil encarar um copo de refrigerante. Ainda vou testar outras dicas simples e ecológicas para remover a ferrugem com batatas, bicarbonato de sódio, limão e vinagre branco. Alguém ja fez o teste com alguma delas? Compartilhem aqui no blog o resultado.

 

maxresdefault

 

Aromatizador de ambiente caseiro

28 fevereiro, 2017 às 03:07  |  por Jéssica Amaral

Cítricos, florais, amadeirados, doces ou refrescantes. Existem diversos tipos de perfumes e, para cada cômodo da casa, um aroma que pode despertar um tipo de sensação. Mas qual o cheiro ideal para a sua casa e que represente a sua personalidade?

Geralmente os aromatizantes de ambiente não são tão baratos e os mais em conta podem não durar tanto tempo. Pensando nisso, achei em alguns blogs uma forma de ter um aromatizante caseiro, de baixo custo e de longa duração. Você vai precisar de:

- 1 bola de algodão;

- 7 a 10 gotas de essência ou Coala concentrado.

Para fazer é simples: umedeça o algodão com a essência (utilize luvas pois o cheiro pode ficar muito forte nas mãos). Pronto, está feito o seu aromatizador de ambiente.

casa-cheirosa-como-escolher-o-aroma-ideal-para-cada-comodo46-2-thumb-570

Particularmente, utilizo o aromatizador caseiro no banheiro e na cozinha (essência pinho) e nos armários (essência floral). No caso do banheiro e da cozinha sempre coloco a bola de algodão no fundo das lixeiras, embaixo do saco plástico. Toda vez que abrirem, o delicioso aroma irá sair e neutralizar o cheiro ruim. Já nos armários, incluo nas gavetas e no fundo das prateleiras. Mas você pode utilizar em qualquer cômodo da casa, da forma que preferir. Fique atento: se o líquido da essência tiver cor pode manchar!

O aromatizador caseiro pode durar até 15 dias, mas se você quiser manter o perfume, troque o algodão uma vez por semana. No meu aromatizante utilizei o Coala concentrado – que tem muitos tipos de aromas como, por exemplo, citronela (espanta moscas e mosquitos), pinho, eucalipto, lavanda, floral e hortelã. Mas você também pode utilizar de outras marcas – essência a base de óleo aumenta a duração. aromatizante-coala-140-ml Mas, antes de encerrar este post, listei algumas dicas com aromas ideais para cada ambiente:

Sala – aromas refrescantes e florais. Como é o lugar de maior circulação de pessoas, é aconselhável evitar aromas doces;

Cozinha – aromas de canela e herbal;

Banheiro – aroma de lavanda, que é bem refrescante;

Quartos – um dos melhores cheiros são os florais, a lavanda e o Breeze. Se você tem filhos e quer trazer uma sensação de tranquilidade para o quarto das crianças, invista na linha Nuage Baby.

Gostou desta dica? Toda terça-feira tem novidade aqui no Blog. Deixe sua sugestão aqui nos comentários também, prometo que irei testar!

Roupas: em busca do cheiro ideal

20 fevereiro, 2017 às 22:05  |  por Jéssica Amaral

Tenho uma mania péssima. Sempre quando vou na casa dos outros, meu nariz tenta descobrir todas as combinações de cheiros de limpeza que tem na casa. E quando percebo já estou invadindo a privacidade dos aromas de quem visito, perguntando qual é o sabão em pó, o amaciante, o detergente, o sabonete, entre muitos outros produtos. Quando dizem que os semelhantes se atraem, acredito! Pois tenho algumas amigas que me ligam ou me convidam para um café só para contar as experiências e as novidades do mundo clean.

Neste fim de semana estava conversando com uma amiga e o assunto foi: já percebeu quando alguém passa por você e tem cheiro de roupa limpa (e não é perfume!), que todo mundo jura que é “Comfort” e não é? Até rola discussões. E olha, de cheiro eu entendo. A conversa foi parar no mercado e fomos atrás da “combinação perfeita” = sabão + amaciante.

Cheiramos todos os produtos e optei em levar para casa OMO em pó + Downy concentrado – frescor da primavera. Mas o sabão tem que ser em pó, como moro em apartamento e as roupas não secam ao sol, acaba não ficando tão cheirosas como deveriam.

Fizemos o teste e o resultado é MA-RA-VI-LHO-SO. Mesmo com a roupa no varal era como tivesse passado perfume pela casa, adorei a combinação e não ficou enjoativo. Ah! E ficou super limpa. Acho que encontrei meu cheiro ideal. E pra você, qual é a sua combinação perfeita? Mande sua sugestão para o email tokdelimp@gmail.com. Prometo que vou testar algumas das receitas aqui no blog!

 

roupa-no-varal-seca-mais-rápido-com-vento

O dia que conheci o cloro em gel

20 fevereiro, 2017 às 21:34  |  por Jéssica Amaral

Há mais ou menos dois meses atrás, minha diarista pediu as contas para realizar um grande sonho e para isso teria que mudar de cidade. Mesmo feliz por ela, estava angustiada pois quem ocuparia tão bem o papel dela dentro da minha casa e que suportasse meus vícios de limpeza (que não é fácil).

Por indicação de uma amiga, acabei encontrando a pessoa certa em menos de duas semanas. Na hora de negociamos as condições, como salário e horários, ela disse que estava de acordo, porém tinha duas exigências. Primeiro, ela só trabalha com os seus próprios panos e vassouras. Achei estranho, mas tudo bem. E segundo e o mais surpreendente: a partir daquele momento eu deveria abastecer a despensa com CLORO EM GEL.

Fui no mercado atrás do produto. Pasmem, o cloro em gel custa até cinco vezes mais que a água sanitária que estava acostumada a comprar. A média de preço varia entre R$ 7 e R$ 10. Comprei, mesmo achando que faria o mesmo efeito de uma “kiboa”.

2900-904091-img_product_hero_BR

Quando cheguei em casa, estava tão curiosa que tive que testar. E não é que o negócio é bom mesmo! Sabe aqueles mofos que ficam no rejunte dos azulejos e o encardido da louça do banheiro? O produto elimina a sujeira em poucos minutos, além de deixar um delicioso aroma pela casa. É de fácil aplicação, sem desperdício e com poucas gotas já dá muito resultado. A marca que testei e gostei é a VIM, porém já vi nos supermercados outras marcas também. Andei sabendo que este produto é também contra dengue, zika e chikungunya. E agora, mais um vício…

Cloro-em-Gel-HARPIC-Ultra-Cloro-Gel-Fresh-450ml_0

Manchas amareladas nunca mais!

15 fevereiro, 2017 às 13:46  |  por admin

Sabe aquelas manchas amareladas que aparecem nas camisas e camisetas dos seus filhos e maridos, principalmente na região das axilas e colarinho? Já percebeu que com o passar do tempo fica cada vez mais difícil de removê-las e com um odor forte? E mesmo lavando elas não desaparecem?

Pois é. Se isso já aconteceu com você, sabe muito bem como é constrangedor. Há um tempo atrás, em uma viagem para celebrar o casamento de amigos, meu marido levou apenas uma camisa. E adivinhe? Levou logo aquela com a pior mancha amarelada. Quando eu vi, fiquei em choque! O que eu podia fazer para esconder?

Como a festa era no mesmo dia, procurei na internet e apliquei as várias dicas que achei. Lavei com sabonete, sequei com secador, passei talco, cloro, álcool, deixei de molho no “vanish” e, chegando a hora de irmos para a cerimônia, a bendita continuava lá firme e forte. Já dá para imaginar o estado da camisa depois de todas estas tentativas, né?

Resultado, fomos no casamento daquele jeito mesmo e o meu marido não tirou o paletó nem mesmo diante dos 40 graus que fazia no dia. Inconformada com a situação, resolvi investigar as causas e me libertar dessas machas. Conclui que os principais motivos são o uso do antitranspirante e o excesso de suor. Testei várias dicas que encontrei e uma delas deu muito certo.

Você vai precisar de:

- 1 colher de sopa de vinagre de álcool branco;

- 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio.

Junte os ingredientes e faça uma pasta. Aplique na área amarelada e deixe agir por cerca de 1 hora. Depois é só colocar na máquina de lavar e pronto, você vai ver que a mancha e o odor desapareceram. Fácil, não é?

Ah! E esta solução você também pode utilizar nos colarinhos de camisas. Na internet você acha muitas outras dicas, mas esta eu fiz e realmente deu certo. Está aprovada!

 

Imagem do google