Vamos falar sobre desapego?

13 novembro, 2017 às 23:25  |  por Priscila Wolff

Você já teve aquele “Dia da Faxina”, em que estava decidido a arrumar o seu guarda-roupas, mas no fim do trabalho se viu guardando de volta um monte de coisas que nunca usou? Sejamos francos, boa parte desses objetos você sequer vê a possibilidade real de utilizar ainda nessa encarnação, mas acabou guardando de volta.
​Por quê??!!
Vamos conversar sobre um vilão do desapego: o presente!
Todo mundo adora ganhar presente, né?! Mas vamos combinar que as vezes, mesmo a pessoa mais querida, acaba te dando algo que não agrada. E aí, o que fazer?
Se é algo que possa ser trocado, troque enquanto pode!! Pode surgir um pensamento do tipo “Mas e se minha tia ficar chateada por eu ter trocado?” Não se deixe enganar!! Sua tia não ficaria feliz ao descobrir a peça ainda com etiqueta no seu guarda- roupas, dois anos depois! Quem quer que tenha te dado o presente, queria te deixar feliz, então, não atrapalhe esse objetivo e por favor, troque logo por algo que lhe agrade!!!
Ok. Temos um combinado que a partir de agora você irá trocar os presentes que não lhe agradarem? Espero que sim! Mas temos ainda que falar sobre o que não pode ser trocado. Preparado para um momento de libertação? Pois aí vai uma verdade que deve lhe fazer bem:

“Um presente cumpre sua missão quando é entregue a você”
(Marie Kondo)

Entende o que isso significa?

Significa LIBERDADE!

Acredite, a partir da hora que o presente é entregue a você, ele é SEU! (É sério!) E você pode fazer dele o que bem entender. A pessoa que o presenteou, teve a intenção de te ver feliz naquele momento, e demonstrar que pensou em você. Esse objetivo se cumpre quando você se mostra feliz em receber o pacote.
Porém, quando você mantém em sua casa um objeto que não lhe agrada só porque foi presente, cada vez que olhar para esse objeto, vai pensar “foi presente de fulano, pena que não serviu”, e concorda que é um pensamento negativo? Então algo que alguém te deu para alegrar, passa a ser um pequeno foco de tristeza dentro do seu lar.

Você acha que sua querida tia ficaria feliz com isso?
Então que tal libertar a sua casa desses focos de tristeza e repassar esses presentes a alguém que dará o devido uso?
A dica é: pegue o presente em suas mãos, lembre do momento em que o recebeu, da pessoa que te ofereceu e do carinho que ela quis te passar. Seja grato aos sentimentos bons que esse presente lhe proporcionou, e… deixe-o partir!
Liberte-se e sorria! Sua casa ficará mais leve e isso se repetirá na sua vida!!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>