Dilma sai do ataque para a defesa

28 julho, 2016 às 20:36  |  por Fernando Tupan

Ricardo Noblat

A História julgará se a presidente afastada Dilma Rousseff fez bem ou mal em não renunciar ao cargo e perder a voz de tanto repetir que fora vítima de um golpe, para ao fim e ao cabo ter seu mandato cassado pelo Senado, e seus direitos políticos suspensos por oito anos.

Continuar lendo

PF diz que obras em sítio frequentado por Lula custaram R$ 1,2 milhão

28 julho, 2016 às 19:44  |  por Fernando Tupan

Laudos anexados ao inquérito da Polícia Federal (PF) envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva indicam que as obras no Sítio Santa Barbara, em Atibaia (SP), frequentado pela família do ex-presidente, custaram R$ 1,2 milhão. A reforma ocorreu entre 2010 e 2014 e, de acordo com os peritos, aumentou a área da propriedade em 520 metros quadrados. As informações são do G1.
Continuar lendo

PSD, PSC e PEN fazem a convenção no sábado

28 julho, 2016 às 18:30  |  por Fernando Tupan

Ney Leprevost

Ney Leprevost

O PSD (Partido Social Democrático), o PSC (Partido Social Cristão) e o PEN (Partido Ecológico Nacional) realizam convenção conjunta neste sábado, das 9 horas da manhã, as 13 horas; no Clube Urca. Na oportunidade será formalizada a coligação majoritária entre as 3 legendas e aclamando o nome do deputado Ney Leprevost como candidato a prefeito de Curitiba.

Continuar lendo

Dilma vai tentar se afastar dos marqueteiros e culpar PT

28 julho, 2016 às 17:30  |  por Fernando Tupan

Karlos Kohlbach

Com as delações do casal de marqueteiro João Santana e Mônica Moura em curso, a presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), já traçou a estratégia de defesa. Vai se isentar de qualquer irregularidade narrada pelos publicitários na campanha eleitoral e culpar o PT. O casal que cuidou da campanha de Dilma em 2010 já adiantou aos procuradores da República dentro do acordo de delação premiada que receberam R$ 4,5 milhões pelo caixa 2 da campanha da petista.

Continuar lendo

Cartel do Lixo: Gravação compromete licitação em Cascavel

28 julho, 2016 às 16:30  |  por Fernando Tupan

Do Cláudio Osti

Genor Cima. Esse é o nome do empreiteiro cascavelense, hoje residente em Curitiba, que aparece nas gravações que chegaram às mãos do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado). O desdobramento sobre as investigações do contrato do lixo, agora enuncia um possível cartel que dita as cartas nessa operação de contratos milionários em Cascavel. (OUÇA AQUI O AUDIO DA CBN)

Continuar lendo

PP/PSB saem na frente em Paranavaí

28 julho, 2016 às 15:27  |  por Fernando Tupan

Do blog do Praxades

A coligação PP/PSB, com Maurício Yamakawa e Fernando Carvalho, como candidatos a prefeito e vice, respectivamente, ao anteciparem a decisão de irem juntos na eleição deste ano em Paranavaí, colocaram antes a campanha na rua. Além das faixas de bem-vindas encontradas em outras convenções, a dupla já distribuiu bottons mostrando a cara da campanha. A tarefa da dupla agora é atrair outras siglas partidárias e vitaminar o tempo na TV. O que não vai ser fácil pelo ocorrido hoje com o DEM, que já tinha declarado seu apoio à dupla, mas a direção estadual interviu e determinou a coligação com o PSDB. Esse embate envolve “peixes grandes”, como o ministro da Saúde, Ricardos Barros, e o deputado federal Luciano Ducci, de um lado, e do outro, o governador Beto Richa e agora o presidente democrata Abelardo Lupion. Sem esquecer do deputado estadual Tião Medeiros (PTB), que até pouco tempo comandava os democratas em Paranavaí, saiu para se candidatar.

TCU determina que Fapes devolva R$ 921,2 milhões ao BNDES

28 julho, 2016 às 14:29  |  por Fernando Tupan

Correio Braziliense/Antonio Temóteo

O Tribunal de Contas da União (TCU) considerou irregulares três repasses feitos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a Fapes, o fundo de pensão dos empregados da instituição, entre 2009 e 2010, que totalizaram R$ 447,6 milhões. Em valores atualizados, o montante chega a R$ 921,2 milhões. A Corte ainda determinou que, em 90 dias, o banco de fomento apresente plano de ação com medidas para obter o ressarcimento com correção. O prazo para o pagamento não pode ultrapassar três anos. O acórdão com as deliberações também foi encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF)para que investiguem supostos crimes de peculato e desvio de recurso público.

Continuar lendo

Turbulência no bilhete: MPF apura ‘venda casada’ de passagens e taxas Comente Leandro Mazzini 27/07/2016 15:07 Compartilhe As companhias aéreas se fazem de cegas, mas a Associação Nacional dos Empregados da Infraero não deixou passar. Denunciou e o Ministério Público Federal vai abrir inquérito (Despacho 1282/16) para investigar a ‘venda casada’ de bilhetes com taxas de embarque nos aeroportos. A taxa deve ser paga só no ato da viagem. Como passageiros em alguns casos perdem o voo ou ocorre no-show, as companhias embolsam a grana. Aliás, muitas delas não repassam os valores para a Infraero. O Blog no Twitter e no Facebook Tags : aeroportos anei bilhetes coluna esplanada infraero mp federal passagens taxas venda Correios fecham com CBL logística para Bienal de SP Comente Leandro Mazzini 27/07/2016 14:00 Compartilhe A Câmara Brasileira do Livro anuncia na sexta-feira, em São Paulo, os Correios como operador logístico da Bienal do Livro deste ano. A projeção é que a estatal transporte 1,6 milhão de livros. A empresa aposta tudo na logística dos Jogos Olímpicos do Rio, e agora nesta parceria com a CBL, para consolidar a imagem de excelência na operação, a despeito dos problemas que vem passando com o seu fundo de pensão. O Blog no Twitter e no Facebook Tags : bienal do livro camara brasileira do livro cbl coluna esplanada correios São Paulo PF investiga empresas de ex-servidores ‘consultores’ da Petrobras

28 julho, 2016 às 13:30  |  por Fernando Tupan

Da Coluna Esplanada

Ex-servidores de carreira da Petrobras aposentados acharam uma brecha malandra para abocanhar milhões de reais de forma fraudulenta da estatal. Abriram consultorias de todas as naturezas – inclusive de comunicação – e ofereceram serviços sem licitações e notas geladas. A PF faz um pente fino em todos os contratos.

PT diverge sobre uso de tese do ‘golpe’ nas eleições

28 julho, 2016 às 12:37  |  por Fernando Tupan

A estratégia de “nacionalizar” a campanha municipal já divide o PT. Às vésperas da votação do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff no Senado, dirigentes do partido e candidatos mostram divergências sobre a eficácia de repetir a narrativa do “golpe” nas disputas pelas prefeituras. Além disso, com a expectativa de um cenário adverso para o PT, candidatos avaliam a conveniência de ter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no palanque e muitos preferem que Dilma fique distante. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Continuar lendo

Candidatos tucanos apoiam aliança com Rafael Greca

28 julho, 2016 às 12:03  |  por Fernando Tupan

Beto Richa e Rafael Greca

Beto Richa e Rafael Greca

A plenária do PSDB acabou de aprovar por unanimidade a aliança com o PMN, do pré-candidato Rafael Greca. Aproximadamente 80 tucanos, além do governador Beto Richa, o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, e os vereadores Serginho do Posto, Edson do Parolin e Professor Galdino compareceram ao encontro. A reunião comandada pelo presidente da Executiva Municipal, Juraci Barbosa, começou com Richa citando os motivos que levaram o partido fechar com Greca. O governador lembrou dos problemas com Gustavo Fruet (PDT) e citou que Ney Leprevost (PSD) também procurou a legenda para uma possível aliança. Traiano convidou todos os candidatos do ninho tucano a compareceram na Convenção do PMN, que acontece no sábado, na Sociedade Morgenau.

Gleisi ignora o indiciamento do marido por corrupção e insiste em defender a “revolução” de Dilma

28 julho, 2016 às 11:44  |  por Fernando Tupan

Do Ucho Haddad

Por fanatismo ou delírio ideológico, a senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR) tem se concentrado em defender a presidente afastada Dilma Rousseff e sua “revolução”. É o que mostram as postagens da parlamentar no Facebook. A “revolução petista” que tanto encanta Gleisi trouxe de volta a inflação e o desemprego, além de ter produzido os maiores escândalos de corrupção da história da República. Em alguns desses escândalos, a própria Gleisi e o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo da Silva, estão envolvidos.

Continuar lendo

Professor Galdino é assediado para participar de campanhas em Londrina e Ponta Grossa

28 julho, 2016 às 11:00  |  por Fernando Tupan

Marcelo Beliniti

Marcelo Belinati

Esnobado pelo próprio partido, o PSDB, o vereador Professor Galdino está vivendo momentos de alegria. Os candidatos a prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PPS), e de Londrina, Marcelo Belinati (PP), desejam que ele participe da campanha deles e abandone a candidatura do irmão, Edu Galdino, à Câmara Municipal de Curitiba. O parlamentar foi convidado a participar da convenção do PP, no próximo final de semana, e pretende ir. Belinati vai tentar mais uma vez convencer o tucano para que passe mais tempo no norte do Paraná do que na capital paranaense. O que será difícil, já que Galdino quer mostrar força elegendo o irmão jornalista, de 39 anos. Para tentar novamente a indicação a prefeito, em 2020. De preferência pelo ninho tucano. Mas ele não descarta se transferir para outra legenda.

PF e Procuradoria deflagram Ilusionista contra desvios de verba de enchente no PR

28 julho, 2016 às 10:37  |  por Fernando Tupan

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF) deflagraram a Operação Ilusionista nesta quinta-feira, 28, que investiga desvios de verba de enchente no Norte Pioneiro do Paraná. Segundo a Procuradoria da República, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Curitiba, Rio Branco do Sul e Itaperuçu (municípios da região metropolitana da capital). Dentre os alvos, estão um assessor jurídico e empreiteiros contratados para execução de obras de recomposição após as enchentes que afetaram Tomazina em 2010. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

A Procuradoria aponta que foram detectados indícios de fraudes na execução de convênios federais firmados entre o município de Tomazina e a Secretaria Nacional de Defesa Civil – Sedec (Ministério da Integração Nacional), “objetivando a reconstrução e recuperação de unidades habitacionais, estradas rurais, vias urbanas e pontes afetadas pelas fortes chuvas que atingiram a cidade no início de 2010″.

Por intermédio dos convênios, afirmam os procuradores, entre 2010 e 2012 a União repassou um total aproximado de R$ 3,79 milhões para o município de Tomazina que, para a execução das obras, contratou sem licitação três empresas da região de Rio Branco do Sul, distante mais de 300 quilômetros do local dos fatos.

A investigação apontou também indícios de direcionamento na contratação direta e desvios de recursos públicos em prol do assessor jurídico do município, que seria o principal responsável pelas contratações.

“A partir da quebra de sigilo bancário, foram identificados inúmeros depósitos feitos entre 2012 e 2014 que totalizaram o valor de R$ 177.129,65. Esses depósitos foram realizados na conta bancária do assessor jurídico investigado por uma das empresas contratadas diretamente sem licitação. Além disso, a quebra de sigilo de dados telefônicos demonstrou contato intenso entre o agente do município e um dos empreiteiros investigados”, informa em nota a Procuradoria.

A decisão que decretou as buscas também se fundamentou em auditoria realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU). Segundo trecho da decisão do juiz federal Rogerio Cangussu, da Vara Federal de Jacarezinho, a controladoria “apontou várias irregularidades. Dentre elas, ausência de apresentação de certificado de capacidade técnica da empresa. A própria prefeitura informou que não exigiu o certificado de capacidade técnica no edital. Falta de comprovação de capital social de pelo menos 10% do valor dos serviços. E, finalmente, data de conclusão após o prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos, contados da ocorrência da emergência ou calamidade (lei 8.666/93, art. 24, IV)”.

Caso sejam indiciados e denunciados, os investigados poderão responder pelos crimes de dispensa indevida de licitação e corrupção ativa e passiva, cujas penas máximas ultrapassam doze anos de reclusão.

Candidatura de Fernando Francischini está desidratada?

28 julho, 2016 às 10:00  |  por Fernando Tupan

Fernando Francischini

Fernando Francischini

A temperatura dos bastidores da política está alta. Mas o deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Curitiba, Fernando Francischini (SD), não está participando do burburinho que antecede as convenções partidárias. Francischini está nos Estados Unidos, onde foi levar o filho para tratamento médico. Isolado, Francischini perdeu musculatura e poucos marqueteiros acreditam que ele possa emplacar a candidatura com chances de vencer. Afastado das mesas de conversas, Francischini hoje está mais para vice do que como candidato ao Palácio 29 de Março. Uma das melhores opções dele hoje seria fazer uma dobradinha com Ney Leprevost (PSD). Os adversários querem evitar a aliança e espalharam que ele estaria em Disney World. Uma maldade para tentar atingir o ex-secretário de Segurança, apontado pelos petistas como responsável pelos acontecimentos do dia 29 de abril de 2015.

Angelo Vanhoni tentará voltar à Câmara de Curitiba

28 julho, 2016 às 09:00  |  por Fernando Tupan

Angelo Vanhoni

Angelo Vanhoni

O ex-deputado federal Angelo Vanhoni (PT) deverá disputar a eleição de outubro. Ele se descompatibilizou do cargo de secretário da Cultura e é o favorito do partido para assumir uma cadeira na Câmara Municipal de Curitiba. Os petistas estão vivendo um momento de inferno astral com as denúncias de corrupção nos governos Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva. Mas Vanhoni passou imune e não apareceu em nenhuma das denúncais. Com a participação de um dos ícones do Partido dos Trabalhadores no Paraná, o mandato da vereadora Professor a Josete está ameaçado, já que a previsão da Executiva Municipal é de fazer pelo menos um vereador. Sem Vanhoni na corrida, a legenda pode até não fazer nenhuma cadeira no legislativo municipal.