Gleisi não me transformará em um novo Gaievski, desabafa o enfurecido André Vargas

23 abril, 2014 às 15:28  |  por Fernando Tupan

Gleisi Hoffmann e André Vargas

Gleisi Hoffmann  e André Vargas

Do Ucho

Recado dado – O exemplo de Eduardo Gaievski, levado aos mais altos cargos em Brasília por Gleisi Hoffmann, depois abandonado pela senadora e pelo PT em uma penitenciária no Sudoeste do Paraná, assombra o deputado André Vargas. Gaievski é acusado de ter cometido 28 estupros de menores, 14 deles contra vulneráveis (menores de quatorze anos).

Vargas, por sua vez, é suspeito de peculato e uso de função pública (além de deputado era vice-presidente da Câmara dos Deputados) para obter lucros em sua relação com o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava-Jato e com quem teria se associado para lesar o governo federal com a produção de medicamentos para o Ministério da Saúde. Em comum, os dois têm a relação próxima com Gleisi e seu marido, o ministro Paulo Bernardo da Silva, das Comunicações.

Continuar lendo

Cai tese de atentado contra JK

23 abril, 2014 às 14:33  |  por Fernando Tupan

Juscelino

O ex-presidente Juscelino Kubitschek morreu em decorrência dos ferimentos sofridos no acidente de trânsito em que se envolveu, em 1976. A conclusão é da Comissão Nacional da Verdade (CNV), e foi divulgada na tarde de ontem, um dia depois da comemoração dos 54 anos de Brasília, a capital idealizada e construída por ele. A causa da morte do ex-presidente nos anos de chumbo da ditadura foi motivo de questionamentos. Diversas hipóteses de homicídio foram levantadas, todas refutadas pela comissão no 5° relatório preliminar de pesquisa da entidade.

Continuar lendo

Vargas ameaça destruir de vez a imagem do PT

23 abril, 2014 às 13:33  |  por Fernando Tupan

O deputado André Vargas voltou a afirmar ontem que não vai renunciar e decidiu enfrentar a decisão da cúpula do PT, que exige sua renúncia do mandato na Câmara Federal, com a ameaça de expulsão do partido. Vargas disse em conversas reservadas que não renunciará e que conta com o apoio de pelo menos um terço da bancada petista na Câmara. As informações são da Folha de S. Paulo.

Em dura conversa com o presidente do PT, Rui Falcão, o deputado disse que tem condições de se defender e rechaçou o pedido do dirigente para que abandonasse o mandato em nome da defesa da imagem da legenda. A interlocutores, Vargas tem dito que sua “banda” está unida. Nas contas do petista, cerca de 30 dos 88 deputados federais do partido apoiam sua decisão de permanecer com o mandato.

Em resposta à resistência de Vargas, Falcão disse que será inevitável a instauração de uma comissão de ética no partido, na qual o deputado pode ser punido com a expulsão.

Governo paga para ver

23 abril, 2014 às 12:00  |  por Fernando Tupan

Apesar da crescente insegurança do mercado com o abastecimento nacional de eletricidade, o governo preferiu anunciar medidas corretivas apenas nos 45 minutos do segundo tempo, quando poderá ser tarde demais. Em abril, no derradeiro mês do período chuvoso, os reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste estão com 37% da sua capacidade, conforme dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O ideal, dizem as próprias autoridades, é entrar na estação seca, a partir de maio, com o nível das represas em, pelo menos, 43%.

Continuar lendo

133 servidores ganham mais que vereadores em Curitiba

23 abril, 2014 às 10:00  |  por Fernando Tupan

Paulo Salamuni

Paulo Salamuni

Revelações marcaram o retorno das sessões ao Palácio Rio Branco. O presidente Paulo Salamuni (PV) revelou que 133 servidores da Câmara Municipal de Curitiba ganham mais que vereadores, dando entender que o início de um banco de horas era boa iniciativa para os funcionários da casa legislativa. A fala do parlamentar deve provocar uma revisão no acesso funcional. O 1º secretário, Ailton Araújo (PSC), para reforçar a fala de Salamuni desceu para conversar com parlamentares nas bancadas e apresentou dados dos levantementos. Alguns parlamentares se mostraram descontentes com a descoberta e acreditam que mudanças são necessárias. A Mesa Executiva não esclareceu o número de servidores que entraram na casa nos últimos anos e que ganham menos de R$ 3 mil.

 

Foto de Anderson Tozato

 

 

 

Sessão de estréia é marcada por polêmicas

23 abril, 2014 às 09:00  |  por Fernando Tupan

Professor Galdino

Professor Galdino

Foi animada a sessão da Câmara Municipal de Curitiba de terça-feira. A da volta ao Palácio Rio Branco. O projeto que previa a identificação biométrica para o ponto eletrônico e o banco de horas provocou a discussão do dia. Mas acabou adiado por 5 sessões após o vereador Professor Galdino (PSDB) provocar o maior salseiro contra o fim das horas extras dos servidores efetivos. Galdino atirou para todos os lados. Disse que o apoio do PT a proposição era a confirmação de que a legenda estaria a serviço da direita e contra os avanços adquiridos nos últimos 70 anos. De que o projeto era facista e neoliberal. O tucano sugeriu que os ex-presidentes Getúlio Vargas e João Goulart estariam dando pulos no túmulo. Por iniciativa de Rogério Campos, os líderes do sindicato irão levar as opiniões do funcionalismo para os parlamentares e assim evitar que o projeto seja uma imposição de cima para baixo. O assunto irá render muita discussão nos próximos dias. Já que existe indicativo de greve. A última que aconteceu na casa legislativa foi no período em que o presidente era o pedetista Jorge Bernardi, no início dos anos 90.

Financial Times: PR é estado do ‘futuro’ na América do Sul*

23 abril, 2014 às 08:28  |  por Fernando Tupan

Indústria

O ambiente favorável para investimentos nos últimos dois anos colocaram o Paraná entre os primeiros colocados no ranking South American States of The Future 2014/2015 (Estados Sul-Americanos do Futuro), publicado nesta semana pelo jornal britânico Financial Times.

O estudo – coordenado por uma das mais respeitadas publicações econômicas de todo o mundo – indica os melhores locais para as empresas e investidores aplicarem seus negócios nos próximos anos.

Continuar lendo

Vereadores se distanciam da população e da imprensa no Palácio Rio Branco

23 abril, 2014 às 08:00  |  por Fernando Tupan

Palácio Rio Branco

Depois de um afastamento de 4 anos, os vereadores retornaram ao Palácio Rio Branco para as sessões plenárias. Mas a volta ficou marcada pela tentativa de isolamento dos parlamentares com a população e a imprensa. A maioria dos cidadãos agora só pode acessar ao plenário se for convidada para alguma solenidade. Quem desejar acompanhar os trabalhos terá de se contentar com as galerias. A casa não tem infraestrutura no balcão: cadeiras não estão disponíveis e somente 50 cidadãos poderão assistir as discussões. O acesso aos banheiros do Anexo 1 serão realizados através da portaria da Praça Eufrásio Correia mediante apresentação de documento. Os veículos de comunicação também estão sendo controlados nesta nova fase. No hall de entrada os jornalistas são parados e precisam explicar as pautas para conseguirem falar com o futuro entrevistado. No 1º dia de sessão nenhum comunicador de rádio, televisão ou jornal teve acesso ao plenário. A decisão tem tudo para azedar a relação entre a imprensa e vereadores. A desculpa para o controle é o número reduzido de assentos. Antigamente existiam duas filas. Hoje apenas uma. Para deixar claro o distanciamento foi colocado um cordão de isolamento.

A trinca muito viva formada por Gleisi, Paulo Bernardo e Roberto Requião quer distância do zumbi que ajudou a eleger em 2010

23 abril, 2014 às 07:15  |  por Fernando Tupan

Do Blog do Augusto Nunes

Inquietos com a teimosia do ainda deputado federal André Vargas, que se recusa terminantemente a comparecer ao próprio velório, os companheiros intensificaram a ofensiva destinada a induzi-lo a deitar-se o quanto antes no caixão. “O envolvimento do deputado com um doleiro não encontra justificativa para ter acontecido e acaba impactando no PT e na política”, tornou a recitar nesta terça-feira a senadora Gleisi Hoffmann. O que espera a oposição para liquidar a conversa fiada com dois ou três contragolpes?

Continuar lendo

Senado aprova Marco Civil da Internet

23 abril, 2014 às 07:00  |  por Fernando Tupan

O plenário do Senado aprovou, por votação simbólica, o Projeto de Lei do Marco Civil da Internet. Após momentos de embate entre governistas e oposicionistas, a redação final da matéria foi aprovada sem alterações pela unanimidade dos senadores presentes. O texto segue agora para sanção da presidenta Dilma Rousseff.

Um dos principais pontos do projeto a proteção da  neutralidade de rede está no Artigo 9º, que garante tratamento isonômico para qualquer pacote de dados, sem que o acesso ao conteúdo dependa do valor pago. A regra determina tratamento igual para todos os conteúdos que trafegam na internet. Assim, os provedores ficam proibidos de discriminar usuários conforme os serviços ou conteúdos que eles acessam –- cobrando mais, por exemplo, de quem acessa vídeos ou aplicações de compartilhamento de arquivos.

Continuar lendo

Vargas é ameaçado de expulsão por Rui Falcão

23 abril, 2014 às 06:30  |  por Fernando Tupan

O deputado federal André Vargas (PT) sentiu a corda no pescoço na terça-feira. O partido comunicou oficialmente ao parlamentar paranaense que será expulso da legenda caso não renuncie ainda esta semana. A gota d’água foi a matéria publicada pela revista Isto É no final de semana. Um dos principais articuladores de Dilma Rousseff no Congresso e apoiador da candidatura de Gleisi Hoffmann ao governo, Vargas é apontado como um hábil lavador de dinheiro. O presidente do PT, Rui Falcão, disse que Vargas deveria pegar o boné e ir para casa, já que o desgaste está sendo grande devido à abordagem negativa dos meios de comunicação.

Pedido de vista adia debate de processo contra André Vargas

23 abril, 2014 às 06:00  |  por Fernando Tupan

André Vargas

André Vargas

O deputado federal André Vargas ganhou mais tempo antes que o processo na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar seja instaurado. Após a leitura do parecer do relator na comissão, deputado Júlio Delgado (PSB/MG), que pediu a continuidade do inquérito, o deputado Zé Geraldo (PT-PA) pediu vista do processo. Com o pedido, o Conselho adiou a votação do parecer por duas sessões do Plenário. O pedido de vista foi subscrito pelo deputado José Carlos Araújo (PSD-PA). Com a manobra regimental, a discussão sobre a admissibilidade do processo contra Vargas deve ocorrer apenas no dia 29.

Continuar lendo

Manobras contra CPI da Petrobras só reforçam suspeitas de falcatruas na estatal, diz líder do PPS

22 abril, 2014 às 18:39  |  por Fernando Tupan

Rubens Bueno

Rubens Bueno

Do Ucho

Linha de tiro – Líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno (PR) afirmou, nesta terça-feira (22), que a sequência de manobras do governo petista de Dilma Rousseff para impedir a instalação no Congresso Nacional de uma CPI para investigar denúncias de corrupção, má gestão e superfaturamentos em negócios da Petrobras só faz aumentar as suspeitas de falcatruas na estatal. Após tentar embaralhar a criação da comissão ao propor uma investigação ampla, que inclui o cartel de trens em São Paulo e as obras do Porto de Suape, o Palácio Planalto já trabalha para levar o caso ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), caso a ministra Rosa Weber decida por uma CPI centrada na Petrobras, como determina a Constituição Federal e defende a oposição.

Continuar lendo

PSDB define data de Convenção e reforça nome de Aécio Neves

22 abril, 2014 às 16:52  |  por Fernando Tupan

Aécio Neves

Aécio Neves

]A convenção nacional do PSDB, que indicará o candidato do partido à Presidência da República, está marcada para 14 de junho, em São Paulo. A data e o local foram confirmados nesta terça-feira (22), em reunião que contou com a presença da Executiva Nacional do partido e de presidentes de diretórios estaduais da legenda.

No encontro, os tucanos também anunciaram o apoio da bancada do partido no Congresso, dos presidentes de todos os diretórios estaduais e dos líderes de segmentos como a Juventude e o Tucanafro ao nome de Aécio Neves como condutor de um projeto alternativo para o país.

Continuar lendo

Na fila da cassação e pressionado a renunciar, Vargas está pronto para detonar candidatura de Gleisi

22 abril, 2014 às 15:11  |  por Fernando Tupan

André Vargas, Enio Verri, Gleisi Hoffmann e Lula

André Vargas, Ênio Verri, Lula e Gleisi Hoffmann

Do Ucho

Munição de sobra – O ainda deputado federal André Vargas (PT-PR) já decidiu que não seguirá para o matadouro político sem luta. Convencido de que, se for cassado, renunciar ou preso, não virará um herói do PT, a exemplo de José Dirceu, Delúbio Soares ou José Genoino, o deputado petista decidiu tomar precauções e exigir compensações palpáveis para o seu sacrifício. O silêncio é de ouro, costuma repetir. Já mandou, pela revista Veja, recados pesados para o ministro Paulo Bernardo e para a senadora Gleisi Hoffmann (PT), de quem é coordenador da campanha ao governo do Paraná. Novos exemplares da munição que possui começam a circular.

Continuar lendo