Aílton Araújo tenta adesão para ação coletiva

1 novembro, 2017 às 10:00  |  por Fernando Tupan

Ailton Araujo

O ex-presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Aílton Araújo (PSC), vem entrando em contato com ex-vereadores para abrirem uma ação coletiva, com a finalidade de receberem o 13º salário entre os anos de 2013 a 2016. Araújo não precisa da vantagem já que está lotado em um cargo de comissão no gabinete do deputado estadual Pastor Gilson (PSC), com um alto salário. Além do que, o social cristão edificou um prédio de 10 andares no Santa Cândida, com recursos próprios, sem financiamento bancário. Quando comandava a casa legislativa nos anos de 2015 e 2016, o parlamentar arrotava que a bandeira dele era de parcimônia com o dinheiro público. Ontem, um vereador assoprou em um grupo de WhatsApp: “era só da boca para fora. Curitiba em crise e ele só quer saber de tirar vantagem.”

1 Comentários

3 ideias sobre “Aílton Araújo tenta adesão para ação coletiva

  1. Olho Vivo

    Esse é VAGABUNDO !!!!!!!
    “Esta hipótese que algumas associações, alguns advogados, estão tentando para cooptar os vereadores para ingressar na justiça e receber o 13º e terço de férias relativos aos cinco últimos anos não, digo que não embarquem nessa; isso é extremamente proibido. Nós estamos dizendo que não podem receber nem agora, só podem receber no futuro; quanto mais aqueles que ousarem receber atrasado. Automaticamente cometerão uma tremenda irregularidade e serão responsabilizados”,

    Responder
  2. Parreiras Rodrigues

    Gostaria muito que ele lesse esse blog, essa matéria e adivinhasse o que nós leitores pensamos dele. E os xingamentos que a ele endereçamos. Na minha Santa Isabel do Ivai, cidade que abriga muitos nordestinos, nalgum buteco alguém diria: caba safado.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>