Auditoria aponta que preço final do Mané Garrincha foi triplicado

6 agosto, 2017 às 09:00  |  por Fernando Tupan

O relatório da quarta auditoria do Tribunal de Contas do DF realizada nas obras do estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha aponta o preço final do empreendimento: R$ 1.978.265.062,10. Na ponta do lápis, representa pouco menos de R$ 2 bilhões, quase três vezes o montante original: R$ 696.648.486,09. Esse levantamento, integrante do terceiro processo a ser analisado pelos conselheiros, conclui a investigação sobre irregularidades na obra, levando em consideração o período de janeiro de 2013 a fevereiro de 2015. Nessa fase, o prejuízo ficou em R$ R$ 106.459.106,67.

Um dos aspectos apontados na auditoria que provocaram danos aos cofres públicos, segundo relatório do Ministério Público de Contas do DF, é que as contas foram feitas sem levar em consideração o regime especial de tributação para construção, ampliação ou modernização de estádios de futebol, o Recopa. A falha na aplicação da legislação sobre a desoneração do setor provocou um prejuízo de R$ 3.642.900,93 à Terracap.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>