Cadê Waldir Maranhão?

13 maio, 2016 às 13:26  |  por Fernando Tupan

Do Ricardo Noblat

E Waldir Maranhão, hein?

O presidente interino da Câmara dos Deputados não foi visto na posse do presidente Temer no Palácio do Planalto. E não foi convidado para a posse do ministro Gilmar Mendes como presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ontem à noite. A República compareceu em peso às duas posses.

Maranhão não tem sido visto nem mesmo na Câmara. Fez breves aparições por lá, sempre cercado de seguranças. Recusou-se a responder a perguntas de jornalistas.

Anunciou que não renunciará ao cargo. Os atuais componentes da direção da Câmara atenderam ao seu pedido e retiveram o pedido do DEM e do PSDB de abertura de processo da cassação do seu mandato. Maranhão é acusado de quebra de decoro parlamentar.

Na semana passada, ele foi o principal personagem de uma tentativa de golpe contra o impeachment concebida e comandada pelo então ministro José Eduardo Cardozo, da Advocacia Geral da União, com o conhecimento e apoio da presidente Dilma.

Agraciado pelo governo com cargos, e sabe-se lá mais com o quê, Maranhão anulou a votação do impeachment aprovado na Câmara. Sob pressão dos colegas, anulou seu próprio ato menos de doze horas depois de tê-lo assinado. Desde então mergulhou para ver se o esquecem.

Não será esquecido.

 

 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>