Canto Gregoriano no Museu Paranaense

29 julho, 2016 às 21:00  |  por Fernando Tupan

O coro Cantus Libere fará um concerto neste sábado no Museu Paranaense, às 11h, com entrada gratuita. O concerto de Canto Gregoriano é dirigido pelo maestro Paulo Valente. A apresentação é alusiva à primeira gravação de canto gregoriano realizada no Brasil. Tem como meta aproximar o grande público da realidade musical da Idade Média, dando-lhe acesso gratuito a esse bem cultural.

Apesar de alguns pontos ainda obscuros sobre a origem do canto gregoriano, a maioria dos musicólogos afirma que sua nascença aconteceu na Gália Romana em meados do século VII, a partir da fusão do canto galicano (local) com o canto romano, na época em que Pepino, o breve, ordena a implantação do rito romano em todos os seus domínios.

Nasceu, num contexto étnico de tradição oral e se expandiu pela território europeu, juntamente com o império franco, suplantando tradições musicais mais antigas, tornando-se o primeiro gênero musical do Ocidente a ser efetivamente grafado no final do século VIII.

Era executado originalmente por cantores profissionais – não necessariamente clérigos – e serviu de base para boa parte da música que conhecemos atualmente.

Sofreu alterações com o passar dos séculos, especialmente após o grande cisma (1054), transformando-se gradativamente em cantochão: sucessão de sons pesados e sem vida.

Em meados do século XIX, os monges beneditinos da abadia de São Pedro em Solesmes realizam um trabalho de restauração com o aval da Santa Sé. Mas, apesar do inegável valor dessa empreitada, especialmente no tocante à restituição melódica, aspectos essenciais como ornamentação, microtonalismo e práticas harmônicas medievais passaram despercebidos. Será apenas nas três últimas décadas do século XX que dados conclusivos do ponto de vista interpretativo passam a ser utilizados na prática do canto gregoriano, mesmo que somente por grupos de cantores profissionais, não na prática monástica.

O coro Cantus Libere é atualmente o único grupo vocal brasileiro a realizar o canto gregoriano reconstituído com base em pesquisas musicológicas atualizadas. É formado por cantores profissionais que se dedicam ao estudo e à execução da música sacra praticada na Idade Média.

É o primeiro grupo vocal a realizar no Brasil um registro fonográfico de canto gregoriano reconstituído e também é o responsável pela primeira gravação mundial do repertório destinado à missa de casamento, apresentado nesta série de concertos. É pioneiro na realização de concertos didáticos, nos quais o canto gregoriano é explanado de maneira clara, ambientando o público com a sonoridade que caracterizou efetivamente a música medieval.

A gravação do CD e a realização dos concertos tem o apoio do grupo Positivo através da Lei Municipal do Mecenato de incentivo à cultura.

Contatos: (41) 3223-6824 e 9138-2824

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>