Arquivos da categoria: Agenda dos candidatos

Mais de 70 dias depois, Vargas segue deputado

18 junho, 2014 às 14:28  |  por Fernando Tupan

André Vargas

André Vargas

Espremido pela Copa do Mundo e pelas convenções partidárias, o Conselho de Ética tem reunião marcada hoje para, em tese, ouvir testemunhas arroladas para depor sobre o caso do ex-petista e ainda deputado André Vargas (sem partido-PR). Em tese, porque seis dessas pessoas não confirmaram presença e outras duas — Bernardo Tosto, dono do jatinho no qual Vargas viajou bancado pelo doleiro Alberto Youssef, e o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha — avisaram que não vão. “Eu tenho um prazo para entregar meu relatório, e vou cumpri-lo”, afirmou o relator do processo, deputado Júlio Delgado (PSB-MG).

O período a que se refere o parlamentar socialista é o tempo máximo em que ele tem para apresentar, no próprio Conselho de Ética, o texto pedindo ou não a cassação do mandato de André Vargas. Após renunciar ao cargo de vice-presidente da Câmara e ser pressionado pela Executiva Nacional do PT a desfiliar-se, para diminuir o desgaste na imagem da legenda, Vargas agarra-se em todos os tempos regimentais a que tem direito para esticar ao máximo o processo de cassação e não perder os direitos políticos. As denúncias de envolvimento com Youssef surgiram em 1º de abril.

Continuar lendo

Candidatos a presidente tentam ganhar espaço no maior colégio do país

16 junho, 2014 às 12:00  |  por Fernando Tupan

Paulo Skaff

Paulo Skaff

Do blog da Denise Rothenburg

O estado com 36 milhões de votos para a campanha presidencial – e onde nenhum dos três principais candidatos tem o berço político – marcou no fim de semana o início do esforço dos partidos em busca desses votos. À exceção do PSB, que centrou suas atividades em Brasília e Recife, tucanos, petistas e peemedebistas jogaram suas estruturas em campo para conquistar o eleitor paulista. Ali, onde o PT passa por suas maiores dificuldades, Dilma Rousseff pretende contar com os dois adversários do governador Geraldo Alckmin (PSDB): Paulo Skaf, do PMDB, e Alexandre Padilha, do PT, que oficializaram as candidaturas ao governo estadual nesses dois dias.

No caso do petista Alexandre Padilha, ex-ministro da Saúde de Dilma, quem deu o tom da convenção foi o ex-presidente Lula, que aproveitou o discurso ontem para falar de suspeitas de corrupção no governo federal, que acabaram deixando o PT na defensiva. “Sei que tem gente no PT incomodada com essa coisa de corrupção. Quem tiver agoniado, é bom entrar na internet e pesquisar todos os governos. Duvido que todos eles juntos criaram metade dos mecanismos que eu criei para combater a corrupção. Cada petista tem que ter orgulho de enfrentar esse debate!”, disse Lula.

Continuar lendo

PF identifica depósitos feitos por fornecedores da Petrobras em conta de laranja do doleiro Youssef

14 junho, 2014 às 06:12  |  por Fernando Tupan

Dolar Furado

Engana-se quem pensa que chegaram ao fim as prisões decorrentes da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. De acordo com as investigações policiais, empresas que têm contratos com a Petrobras fizeram depósitos em contas bancárias abertas na Suíça em nome de um cítrico preposto do doleiro Alberto Youssef, que encontra-se preso em Curitiba. Entre as empresas que fizeram os tais depósitos estão a Sanko Sider e a empreiteira OAS, como provam documentos apreendidos pela PF.

Autoridades suíças bloquearam uma conta com saldo de US$ 5 milhões e que suspeita-se que tenha sido abastecida com dinheiro desviado da petroleira verde-loura. A criminosa lavanderia financeira comandada por Youssef teria movimentado aproximadamente R$ 10 bilhões.

Continuar lendo

Quatro vezes hostilizada, apesar da blindagem

13 junho, 2014 às 10:00  |  por Fernando Tupan

Dilma Rousseff

A presidente Dilma Rousseff tentou ser discreta para evitar a repetição das vaias recebidas no ano passado, na abertura da Copa das Confederações, mas não deu certo. Por quatro vezes, ela — que não discursou, não declarou oficialmente aberta a Copa do Mundo, nem sequer foi anunciada no sistema de som do estádio — foi xingada por torcedores presentes no Itaquerão, em São Paulo, para assistir ao jogo de abertura entre Brasil e Croácia.

Dilma ofereceu ontem um almoço para nove chefes de Estado e foi direto à arena. Lá, tomou um elevador privativo que a levou para a área reservada às autoridades, onde já se encontrava o presidente da Fifa, Joseph Blatter. As primeiras hostilidades aconteceram antes mesmo do início do jogo. Um grupo de pessoas sentadas na área vip (o setor mais caro), gritou, em um coro que acabou se espalhando pelas arquibancadas. “Ei, Dilma, vai tomar no c…”. O mesmo xingamento foi estendido à entidade máxima do futebol: “Ei, Fifa, vai tomar no c…”.

Continuar lendo

Beto Richa e Temer se encontram em Curitiba

28 maio, 2014 às 13:30  |  por Fernando Tupan

Beto Richa e Michel Temer

Beto Richa e Michel Temer

O governador Beto Richa participa na quinta-feira (29) da abertura do IV Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral, que será realizado em Curitiba, com a presença do vice-presidente Michel Temer. O encontro, na Universidade Positivo (UP) a partir das 8h30, é realizado pelo Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral, Instituto Paranaense de Direito Eleitoral e UP.

Aumento das diárias é discutido na Câmara de Curitiba

27 maio, 2014 às 09:00  |  por Fernando Tupan

Paulo Salamuni

Paulo Salamuni

A Câmara Municipal de Curitiba discutirá hoje o aumento das diárias dos vereadores. O projeto que deverá ser aprovado reajustará em cerca de 60% as diárias dos parlamentares. Os valores ficarão entre R$ 180,00 e R$ 610,00. Hoje a maior diária é de R$ 180,00, sem incluir hotel, pago diretamente pela casa legislativa. O presidente Paulo Salamuni (PV) justifica que há 9 anos o índice não era corrigido.

Aliado de Requião faz graves acusações a Gleisi; PT quer divulgar foto de imóvel do senador em Paris

13 maio, 2014 às 14:42  |  por Fernando Tupan

Roberto Requião e Gleisi Hoffmann

Roberto Requião e Gleisi Hoffmann

Do Ucho

Artilharia pesada – A guerra entre PT e PMDB pelo direito a uma vaga no segundo turno contra o governador Beto Richa (PSDB), no Paraná, está cada vez mais acirrada. No tiroteio político que se formou, o PMDB acusa a senadora petista Gleisi Hoffmann de interesses escusos no projeto que exige a instalação de simuladores em autoescolas.

O PMDB de Roberto Requiãoresolveu abrir fogo contra a pré-candidata petista depois que ela deu sinais de fraqueza. Seu coordenador de campanha, André Vargas, foi acusado pela Polícia Federal de ser sócio do doleiro Alberto Youssef no laboratório-lavanderia Labogen. O marido de Gleisi, o ministro Paulo Bernardo da Silva (Comunicações), é apontado como beneficiário de um esquema nebuloso envolvendo fornecedores da Petrobras.

Continuar lendo

Bares que usam recuo terão de pagar taxa a PMC

8 abril, 2014 às 10:00  |  por Fernando Tupan

 

Bar que utiliza recuo em Curitiba

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) regularizou com um decreto a situação dos bares que burlam a lei para aumentarem os tamanhos dos estabelecimentos. Agora a prefeitura admitirá os já tradicionais tetos de vidros. Mas para isso terão que pagar taxas mensais que variam entre R$ 70,00 e R$ 30,00 o metro quadrado, recurso que será utilizado para a recuperação e construção de calçadas. Mas isso incomodou alguns vereadores da base aliada que militam nos bairros de Curitiba. Eles defendem que os valores deveriam ser infinitivamente menores. O vereador Jairo Marcelino (PSD) é um dos mais preocupados. Ele que tem bases fortes no Barreirinha acredita que a taxa poderá quebrar comerciantes dessa região. E diz que pretende fazer o pedido pessoalmente a Fruet nos próximos dias.

Vargas não tem escapatória, diz presidente do Conselho de Ética da Câmara

8 abril, 2014 às 09:42  |  por Fernando Tupan

Do Blog do Reinaldo Azevedo

Por Marcela Mattos, na VEJA.com:
Com a situação cada vez mais grave, o vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas (PT-PR), tentou protelar a abertura de um processo por quebra do decoro parlamentar no Conselho de Ética. Horas antes de anunciar seu afastamento da Câmara por sessenta dias, o petista telefonou para o deputado Ricardo Izar (PSD-SP), que preside o colegiado, pedindo que só iniciasse os procedimentos regimentais depois de uma conversa entre os dois. Na tarde desta segunda-feira, três partidos de oposição – PSDB, DEM e PPS – ingressaram com uma representação no Conselho pedindo investigação sobre a estreita relação, revelada por VEJA, de Vargas com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal em uma operação de combate à lavagem de dinheiro. Pelo telefone, o petista fez um apelo a Izar: “Queria conversar com você. Você sabe que eu estou em um momento difícil. Dá para não aceitar o protocolo, e à tarde a gente conversa?”.

Continuar lendo

Pressionado para renunciar, André Vargas pede licença

7 abril, 2014 às 15:54  |  por Fernando Tupan

André Vargas

André Vargas

Para fugir da pressão para renunciar ao mandato de deputado federal pelo PT, André Vargas pediu licença por 60 dias. O parlamentar tomou a decisão por achar que conseguirá sobreviver ao período turbulento com denúncias de que seria sócio do doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato. Mas o tormento não terminará com o afastamento. Nas próximas semanas os jornais e revistas de grande circulação prometem novas revelações. O que poderá azedar ainda mais a relação entre os petistas e a República de Londrina, que articula a candidatura de Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná.

Setores do PT trabalham contra Cordiolli

7 abril, 2014 às 13:30  |  por Fernando Tupan

Ulisses Galetto

Ulisses Galetto

Setores do Partido dos Trabalhadores estão preocupados com a gestão do presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli. A política na área está sendo criticada pelos agentes culturais. Como a indicação é do deputado federal Ângelo Vanhoni, o PT está perdendo o apoio de artistas na capital paranaense para outras legendas, o que poderá refletir negativamente na eleição de outubro para Gleisi Hoffmann. Até mesmo um nome alternativo surgiu: o do músico Ulisses Galetto. Um novo presidente poderia trazer oxigenação e desviaria o foco com novas promessas. Pelo menos até o final do ano.

Dicas culturais para domingo em Curitiba

6 abril, 2014 às 12:18  |  por Fernando Tupan

Da Rádio Liga Curitibana

* A tarde de domingo terá dois ótimos shows no Colete & Corselet (rua Jaime Reis, 278, São Francisco)!! As bandas AUDAC e JOANETES são presenças certas no local!!! Info aqui

* Vai rolar muito Metal no Mondo Birre (rua Coronel Dulcídio, 558, Batel)!! As bandas responsáveis pelo agito no local são BROKKEN, CORRAM PARA AS COLINAS e RIBAS ROCK!! Abertura da festa com TIO MARLON!! Info aqui

Continuar lendo

Processo contra Manfron continua parado na Corregedoria

4 abril, 2014 às 11:00  |  por Fernando Tupan

Aldemir Manfron

Aldemir Manfron

A novela para a instalação de uma Comissão de Ética na Câmara Municipal de Curitiba continua. Em janeiro, o vereador Mauro Ignácio (PSB) entrou com o pedido na presidência da casa de legislativa contra Aldemir Manfron (PP) e até agora continua parado nas mãos da corregedora Noêmia Rocha (PMDB), que tenta acabar com a polêmica e reconciliar a dupla. Na quarta-feira passada a peemedebista disse que iria encaminhar a solicitação. Mas até o momento o processo continua em banho maria na Corregedoria. Na última sessão do ano passado, Manfron agrediu verbalmente o peessebista e chamou o desafeto para a briga.

PT herda dívida de candidato que disputou eleição em 2012

2 abril, 2014 às 15:26  |  por Fernando Tupan

A Justiça do Trabalho condenou o Partido dos Trabalhadores a pagar dívidas trabalhistas deixadas por um candidato a vereador em Belo Horizonte nas eleições de 2012. No entendimento da Justiça, o partido e Wander Lúcio Reis Costa, que disputou com o nome de Wander Pit Bull e teve apenas 154 votos, terão de pagar todos os dias trabalhados, além de auxílio alimentação e vale-transporte, para cinco pessoas que atuaram na campanha do candidato, que não foi eleito. A decisão em segunda instância abre um precedente para que os partidos tenham que assumir o pagamento de direitos de trabalhadores lesados por candidatos.

Continuar lendo