Arquivos da categoria: eleição na região metropolitana

No PSDB, Arns é favorito para disputa em Curitiba

18 agosto, 2015 às 12:30  |  por Fernando Tupan

O ex-senador Flavio Arns é um dos nomes favoritos do PSDB para disputar a prefeitura de Curitiba nas eleições municipais de 2016, No encontro de sábado, 15, com os prefeitos, o governador Beto Richa em conversa com a imprensa citou o nome de Arns como “um bom nome no PSDB que as pessoas veem com entusiasmo”. “Um político decente, honrado, trabalhamos juntos, já foi meu vice”.

Continuar lendo

Advogados só querem ‘boquinha’ com Defensoria, diz Requião.

19 setembro, 2014 às 17:06  |  por Fernando Tupan

1109-requiaoRoberto Requião

No debate da rádio Celinauta, ontem, o senador Roberto Requião (PMDB) repetiu uma tese polêmica: Defensoria Pública (responsável pela defesa de quem não tem dinheiro para pagar um advogado), a rigor, não serve para nada. Quem briga por ela são advogados desempregados de olho numa “boquinha”.

Queria explicar porque não implantou a Defensoria (criada por Beto Richa em 2011) e porque não pretende atender, se for eleito governador, os pleitos pelo aumento da Defensoria. Advogados indignados com o descaso do senador com a Defensoria notaram que ele não disse uma palavra sobre o auxílio-moradia para os juízes. Uma benesse que irriga a conta até dos meritíssimos que já tem casa própria na cidade.

O silêncio de Requião sobre o auxílio-moradia é visto pelos causídicos como sinal de uma coisa bem evidente. O próprio senador desfruta de uma benemerência difícil de explicar: uma aposentadoria de ex-governador de R$ 26,5 mil (seis vezes o piso do INSS) e que o vetusto político, com sua incontrolável língua de trapo, que o leva a responder seguidos processos por calúnia, difamação e injúria, não quer correr o risco de desagradar os meritíssimos.

Documento-bomba revela que Requião operou junto com Gleisi para asfixiar as finanças do Paraná bloqueando recursos federais.

22 agosto, 2014 às 15:43  |  por Fernando Tupan

Pedido de ingresso como Amicus Curiae

Não é novidade, no Paraná, que a senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná, agiu durante três anos, como ministra chefe da Casa Civil da presidente Dilma Rousseff, e depois como senadora, de forma violenta e deliberada para asfixiar as finanças de seu estado para facilitar seu projeto político de chegar ao governo. A novidade – que explodiu ontem na campanha paranaense – foi que Gleisi não agiu sozinha. Um documento-bomba exibido ontem na Rede Globo local revela que Gleisi teve o auxílio do senador Roberto Requião, que disputa o governo do estado pelo PMDB. Continuar lendo

O jogo de sombras na política

11 fevereiro, 2014 às 06:02  |  por Fernando Tupan

Cida Borghetti

Cida Borghetti

A deputada federal e presidente do Pros no Paraná, Cida Borghetti, pretende disputar as eleições de outubro. Ela só não sabe ainda se para deputada estadual ou vice-governadora em alguma das chapas ao Palácio Iguaçu. A indecisão é motivada pela pouca receptividade que ela encontrou tanto no PSDB como no PT, os principais concorrentes. Beto Richa Gleisi e Hoffmann não se empolgaram com a possibilidade. Richa está mais para entregar a vice para o PMDB. Já Gleisi ofereceu o cargo para o ex-senador Osmar Dias, do PDT. Restaria para Cida uma boquinha na chapa do irmão de Ricardo Barros, o ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros (PHS). Mas a possibilidade da candidatura emplacar é pequena. O que faz a deputada se questionar se vale a pena ficar sem mandato, mesmo tendo a possibilidade de eleger a filha, Maria Vitória, para uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Carros mais seguros só depois da eleição

12 dezembro, 2013 às 12:31  |  por Fernando Tupan

Sob a justificativa de evitar uma possível escalada da inflação em 2014, o governo decidiu sacrificar a segurança de motoristas. Em vez de as montadoras serem obrigadas a tirar das fábricas carros com air bags e freios ABS, em janeiro próximo, só terão de entregar esses veículos — vitais para preservar vidas nas estradas — a partir de 2016. Quem acompanha o assunto de perto garante, porém, que o problema não é a alta do custo de vida, mas a repercussão política em uma das principais bases do PT, o ABC Paulista, durante a campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff. A obrigatoriedade de instalar os elementos de segurança interromperia a linha de produção da Kombi e do Gol G4 na região, medida, segundo a Volkswagen e o sindicato dos metalúrgicos, com potencial para demitir 8 mil trabalhadores diretos e indiretos no ano do pleito.

Continuar lendo

Pés no chão

2 setembro, 2012 às 16:58  |  por Fernando Tupan

Rafael Greca (PMDB) também esteve presente no evento em que o vice-presidente Michel Temer participou, no sábado, em São José dos Pinhais. Ao contrário do candidato Rodrigo Rocha Loures, que superestimou o número de pessoas no ato, Greca mostrou que é pé no chão. A assessoria do peemedebista calculou em torno de 5oo militantes e simpatizantes presentes no encontro realizado em um buffet da região metropolitana de Curitiba.

Metade da milhar

2 setembro, 2012 às 16:45  |  por Fernando Tupan

 

A assessoria do candidato Rodrigo Rocha Loures (PMDB) distribuiu um release informando que milhares de pessoas acompanharam o ato de apoio do vice-presidente da República, Michel Temer, ao peemedebista paranaense em São José dos Pinhais. A foto enviada aos meios de comunicação mostra que não compareceram “milhares de pessoas”, mas apenas a metade da milhar.

Recursos milionários

30 agosto, 2012 às 10:44  |  por Fernando Tupan

A campanha à prefeitura de São José dos Pinhais será uma das mais caras do Paraná. A candidata da coligação São José Pode Mais (PSDC-PPS), Dra Carla Gapski, declarou gastos de até R$ 10 milhões a Junta Eleitoral local. A coligação União São José (PP / PTB / DEM / PSB / PRP / PSDB / PT do B), que tem Luiz Carlos Setin como cabeça de chapa, indicou recursos de R$ 5 milhões. O atual prefeito Ivan Rodrigues, que concorre pela aliança Consolidar é preciso (PRB / PDT / PT / PSL / PSC / PR / PRTB / PHS / PMN / PV / PPL / PSD / PC do B) apontou gastos de R$ 3 milhões. O empresário Rodrigo Rocha Loures (PV/PMDB), da São José – A Cidade que Sonhamos, previu gastos de R$ 1,5 milhão. José Augusto (PCB) é o que menos pretende gastar entre os cinco postulantes, R$ 500 mil.

 

Forças do além atacam comitês do PV

27 agosto, 2012 às 10:23  |  por Fernando Tupan

Toda eleição é a mesma coisa. Sempre aparecem candidatos reclamando de violências contra comitês eleitorais. Neste período eleitoral, o PV foi o primeiro a chiar. Segundo a assessoria dos verdes, depredações aconteceram em Irati e Almirante Tamandaré. Na  segunda-feira, 20, o banner contendo o rosto da candidata à prefeita de Irati, Ieda Waydzic, foi queimado. Na madrugada de sexta-feira, em Almirante Tamandaré, cidade da região metropolitana, o comitê pevista foi arrombado, teve toda documentação vasculhada e um notebook roubado.