Arquivos da categoria: Política nacional

Bancada federal e secretários não se entendem

18 outubro, 2017 às 19:44  |  por Fernando Tupan

Do Contraponto

A bancada do Paraná na Câmara dos Deputados está praticamente rompida com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo. Emendas da bancada incluídas no orçamento de 2017, no valor de R$ 43 milhões, e destinadas a socorrer hospitais em dificuldades, têm sido usadas politicamente por Caputo como se fossem mérito de trabalho dele para conseguir a liberação dos recursos, sem dar o devido crédito à atuação dos deputados federais. Caputo é candidato a deputado estadual.

Continuar lendo

Aprovação da reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

18 outubro, 2017 às 14:00  |  por Fernando Tupan

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente Michel Temer, traz mudanças importantes nas campanhas realizadas nos meios de comunicação. Uma delas é a liberação parcial de propaganda paga na internet. O tema levanta reflexões de especialistas na área de tecnologia e comunicação. Conforme a reforma, é “vedada a veiculação de qualquer propaganda paga na internet, excetuado o impulsionamento de conteúdos”. Essa alternativa é permitida apenas quando o autor for identificado e se o serviço for contratado por partidos, coligações, candidatos e representantes. O uso deste recurso, contudo, não pode ser feito em dia de votação. As informações são da Agência Brasil.

Moro avalia três anos de Lava Jato

18 outubro, 2017 às 13:30  |  por Fernando Tupan

O juiz federal Sérgio Moro disse que as pesquisas perdem tempo quando colocam seu nome na lista de opções de possíveis candidatos à sucessão presidencial. “Eu não serei candidato. Existem outras maneiras de ajudar o país… o caminho que eu escolhi foi a magistratura.” A afirmação foi feita em entrevista concedida ao jornalista Gerson Camarotti, comentarista político da “GloboNews”, exibida na noite desta terça-feira 17 no canal pago. Na entrevista, gravada em Curitiba, Moro fez uma análise dos 3 anos e meio da Lava Jato e falou também sobre o futuro da operação, a reação da classe política e o combate à corrupção no Brasil. As informações são de Veja.

Continuar lendo

Deputados do Paraná querem CPI para investigar a Carne Fraca

18 outubro, 2017 às 12:30  |  por Fernando Tupan

Os desdobramentos da Operação Carne Fraca chegaram à Assembleia Legislativa do Paraná. Um grupo de parlamentares de diversos partidos quer instalar uma CPI para investigar a corrupção no setor de carnes no Estado. O PMDB do ex-ministro Osmar Serraglio joga contra a proposta, que pode ainda dificultar a vida do senador Roberto Requião, candidato ao governo do Estado. As informações são de Ernesto Neves na Veja.

Raquel investiga

18 outubro, 2017 às 06:00  |  por Fernando Tupan

Com Lúcio arrastado para o olho do furacão, teme-se no Palácio do Planalto que Geddel resolva falar para salvar o irmão

Do Luiz Carlos Azedo

O estilo soft power da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, alimentou expectativas no Congresso de que as operações de busca e apreensão da Operação Lava-Jato contra políticos eram uma página virada. Errado. No mesmo dia em que o presidente Michel Temer (PMDB) distribuía uma carta aos seus aliados denunciando uma suposta conspiração para destituí-lo da Presidência capitaneada pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot, a Polícia Federal fazia uma devassa no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) e nas residências do parlamentar.

Continuar lendo

Como se faz

18 outubro, 2017 às 05:00  |  por Fernando Tupan

Do Carlos Brickman

As investigações sobre corrupção no Brasil ocorreram também em Portugal, com manobras casadas e sócios ultramarinos. Mas, em Portugal, sem delações premiadas, a acusação é completa e não dá margem à criação de vítimas (http://wp.me/p6GVg3-41C). Atingiu do banqueiro Ricardo Salgado (Banco Espírito Santo) a José Sócrates, preso enquanto era primeiro-ministro. Sócrates se diz perseguido mas ninguém lhe dá bola. Juiz e procurador podem andar tranquilos pelas ruas, sem ser reconhecidos.

João Pedro Gebran Neto: “O julgador não se preocupa com consequências políticas”

17 outubro, 2017 às 19:31  |  por Fernando Tupan

Cristiane Segatto, Época

Pouco se sabe sobre o desembargador João Pedro Gebran Neto, o relator da Lava Jato na segunda instância, o homem que tem diante de si a responsabilidade de definir o futuro político do ex-presidente Lula. Cabe ao magistrado e a outros dois desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4) confirmar ou não a condenação do petista, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pelo juiz Sergio Moro. Se Lula for condenado por eles, será, em tese, impedido de concorrer nas eleições de 2018, em virtude da lei conhecida como Ficha Limpa. Gebran faz o tipo seco e reservado, que recusa insistentes pedidos de entrevista. Outra faceta do curitibano de 53 anos emerge nos ambientes em que se discute a saúde pública. Ali ele se sente em casa, diz o que pensa e até sorri. Oriundo do Ministério Público, Gebran escreve livros e participa de debates com o objetivo de reduzir as filas do Sistema Único de Saúde (SUS) e a intensa judicialização que contribui para o mau uso dos recursos públicos. Em um dos almoços do 5º Congresso Brasileiro Médico e Jurídico, presidido por ele e realizado em Vitória, no Espírito Santo, no final de setembro, Gebran dispensou a sobremesa, mas contou que gosta de chocolate suíço. Amargo, de preferência. Entre pedidos de atenção e de selfies, o desembargador abriu espaço para falar a ÉPOCA. A seguir, alguns trechos da entrevista:

Continuar lendo

Hauly, o melhor deputado do Brasil e Verri, o pior do Paraná

17 outubro, 2017 às 17:27  |  por Fernando Tupan

O Paraná tem o melhor deputado federal do Brasil e Maringá o pior do Paraná. É isso que mostra o ranking de 2017 do site polítcos.org.br, que propõe uma série de critérios para justificar pontuações positivas e negativas de todos os deputados federais no Brasil. As informações são de Victor Faria no Maringá Post.

Continuar lendo

Incidente com Gleisi na Rússia é falso?

17 outubro, 2017 às 16:30  |  por Fernando Tupan

Nota da assessoria da senadora Gleisi Hoffmann

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) está na Rússia a convite do Parlamento daquele país para participar de reunião de parlamentares dos BRICS e da Assembleia da União Parlamentar Internacional. Diferentemente do que foi publicado na Coluna Direto da Fonte, nem ela nem seu marido, Paulo Bernardo, foram alvo de vaias ou manifestação hostil durante visita ao Museu Hermitage no domingo. Uma pessoa dirigiu-se ao casal, fotografou com o celular, e seguiu na direção oposta.  E foi só. A notícia, plantada com má intenção, é falsa.

Encontro estadual do Pros será na Fazenda Rio Grande

17 outubro, 2017 às 13:30  |  por Fernando Tupan

Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e militantes do Pros vão participar do 1º encontro do partido no Paraná no dia 12 de novembro na Fazenda Rio Grande. O encontro terá a presença do presidente nacional Euripedes Jr e do presidente estadual, deputado Toninho Wandscheer. O Pros vai debater a reforma política e a nova legislação eleitoral. No Estado, o partido tem 79 vereadores, oito vice-prefeitos e cinco prefeitos. “O Pros que acaba de completar 4 anos, tem sido protagonista das nossas conquistas aqui no Paraná. Sempre atento às demandas do povo, seguimos juntos, conquistando visibilidade e buscando nosso espaço no cenário político”, disse Wandscheer.

Continuar lendo

Escândalos de corrupção fazem eleitorado buscar candidatos de centro

17 outubro, 2017 às 12:30  |  por Fernando Tupan

Intensificado pelas revelações feitas pela Operação Lava-Jato ao longo dos últimos três anos, o desgaste da tradicional polarização entre as ideias de esquerda e de direita no país tem permitido um fenômeno que pode ter reflexos diretos no processo eleitoral de 2018: o crescimento do centro no espectro político-ideológico brasileiro. Visto muitas vezes como a opção de eleitores que ainda estão “em cima do muro”, o grupo vem ganhando cada vez mais novos seguidores e, dependendo de como as legendas vão reagir a esse cenário, poderá ter mais peso nos rumos políticos do Brasil. As informações são do Correio Braziliense.

Continuar lendo

‘Crise’ Temer X Maia é praticamente combinada

17 outubro, 2017 às 10:41  |  por Fernando Tupan

É tão autêntica quanto a cabeleira implantada de alguns políticos a suposta “hostilidade” entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o presidente da República. Às vésperas da votação da segunda denúncia contra Michel Temer, o deputado precisa fazer gestos e acenos para o “público interno” da Câmara, com a maior pose de “independência”, e para eleitores do Rio de Janeiro, onde é candidato a governador. As informações são do Cláudio Humberto, no Diário do Poder.

Continuar lendo

Depósitos do PIS PASEP começam hoje

17 outubro, 2017 às 06:00  |  por Fernando Tupan

Do Antonio Temóteo/Blog do Vicente

Os correntistas do Banco do Brasil e da Caixa que possuem cotas do PIS PASEP terão recursos depósitos nas contas a partir de manhã, 17 de outubro. A Caixa Econômica Federal estima que neste dia 17 serão creditadas automaticamente 193,9 mil cotas do PIS, com saldo total de R$ 148,3 milhões. A estimativa do Banco do Brasil é de 50,3 mil cotas do PASEP, com valor total de R$ 90,2 milhões. No total, R$ 238,5 milhões serão pagos de forma automática.

Continuar lendo

Salário baixo é pouco para Brasil ser competitivo

16 outubro, 2017 às 22:20  |  por Fernando Tupan

Ricardo Amorim

A indústria brasileira perdeu participação no bolo global da produção industrial porque ficou muito caro produzir no Brasil. Os salários subiram sem um ganho equivalente de produtividade, o que leva a uma combinação de perda de mercado e desemprego. Essa é uma das explicações para a crise que veio em seguida, que fez os salários caírem e, com isso, permitiu que a indústria recuperasse sua competitividade. Assim, a perda de participação da indústria na produção global foi estancada, mas no longo prazo é preciso haver maior flexibilização no mercado de trabalho e maiores ganhos de produtividade.

Minas é o segundo estado com o maior número de deputados infiéis

16 outubro, 2017 às 17:27  |  por Fernando Tupan

Apesar de o descumprimento da regra da fidelidade partidária ameaçar parlamentares com a perda do mandato, 113 deputados federais em exercício mudaram de legenda, entre os quais, 33 (quase um terço) pularam mais de uma vez de uma sigla para outra, aponta levantamento feito pelo Estado de Minas. Ao todo foram 148 trocas, todas valendo-se de “janelas” e “brechas” que preservaram os respectivos mandatos. As informações são do Estado de Minas.