Ex-chanceleres só atrapalham Temer

9 fevereiro, 2018 às 13:52  |  por Fernando Tupan

Ex-ministros das Relações Exteriores do governo de Dilma e outros embaixadores, premiados pelo presidente Michel Temer com postos importantes na Europa e Estados Unidos, são acusados por diplomatas de não se engajarem na política externa brasileira e ainda usarem o cargo para falar mal do governo. Em jantares pagos com dinheiro público para jornalistas brasileiros, eles se esmeram em elogiar a política da era Lula, ex-presidente a um passo da cadeia por corrupção. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A atuação do Brasil na ONU raramente foi tão apagada, agora que a Missão é chefiada pelo embaixador e ex-chanceler Mauro Vieira.

Aboletado na estratégica embaixada em Roma, Antônio Patriota sumiu: seu desempenho é tão medíocre quanto nos tempos de chanceler.

A embaixada em Lisboa perdeu protagonismo. O ex-chanceler Luiz Alberto Figueiredo é até desconhecido em setores no governo local.

Embaixadas como a de Paris, Madri e Viena, essenciais à execução da política externa brasileira, continuam entregues a lulistas inveterados.

1 Comentários

2 ideias sobre “Ex-chanceleres só atrapalham Temer

  1. Uncle Joe

    Mas estes caras são a cara do presidento, ineptos como o chefe e só a espera do tempo passar para voltarem para casa. O protagonismo do Itamarati cada dia que passa fica mais à cara do presidento, sem a menor relevância possível.

    Responder
  2. Giuseppe Sforza

    De serviço para o Aluísio Nunes Ferreira ou ele está lá só receber? Aliás são poucos os embaixadores eficientes, razão pela qual nosso comércio exterior apresenta resultados pífios quando depende do governo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>