Largo da China receberá estátua gigante de Confúcio

14 setembro, 2017 às 06:00  |  por Fernando Tupan

Largo da China

O Largo da China, localizado no Centro Cívico, receberá do governo chinês uma estátua em bronze e aço do filósofo Confúcio (551 – 479 a.C). De autoria do artista Wu Weishan, a escultura será instalada a partir do dia 30 deste mês, quando acontece a Bienal de Curitiba que homenageará, nesta edição, a China. A escultura de grandes dimensões (2,94 m de altura x 1,58 m de largura x 1,50 m de profundidade) pesa 1,2 tonelada e chegou ao Porto de Santos com as demais obras que serão expostas na mostra. Esta edição da Bienal de Curitiba terá um dos maiores acervos de arte contemporânea chinesa apresentados na América Latina.

“O evento abrigará, em diversos espaços culturais da cidade, obras de artistas nacionais e internacionais. Estamos, gradativamente, resgatando o protagonismo mundial de Curitiba”, disse o prefeito Rafael Greca.

A inauguração do Largo da China, localizado na rotatória ao lado da Praça do Rio Iguaçu, no cruzamento das ruas Marechal Hermes e Deputado Mário de Barros, deverá ocorrer no mesmo dia da abertura da bienal. Para receber a estátua de Confúcio, a praça ganhará um novo projeto paisagístico com referências à filosofia e à cultura chinesa, como os canteiros na forma do Yin-Yang.

A obra de arte é uma homenagem a um dos maiores pensadores e filósofos do Oriente, autor de um rico conjunto de ensinamentos de ordem moral e política. Confúcio pregou, entre outros fundamentos, a importância da educação para a formação do caráter e a construção de uma sociedade melhor. O confucionismo se transformou numa das correntes doutrinárias mais importantes da China, com milhões de adeptos.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>