Arquivo da tag: Drª Maria Leticia Fagundes

Hélio Wirbiski abandona lideranças e não deve disputar reeleição

23 novembro, 2017 às 09:00  |  por Fernando Tupan

hélio wirbiski

O vereador Hélio Wirbiski (PPS) vem espalhando nos bastidores políticos que não tentará a reeleição em 2020. Evita explicar os motivos e sempre vem com uma desculpa qualquer. Mas o real motivo é que ele perdeu apoio no bairro Uberaba, por não cumprir as promessas de campanhas e por abandonar lideranças da região que o levaram a reeleição, no ano passado. Ironicamente ele vem perdendo espaço para o ex-adversário político na Câmara Municipal de Curitiba, Chico do Uberaba, que de vilão passou a ser o salvador da pátria. Quando problemas surgem na região, ele é procurado para resolver. A ponto de ser cobrado para disputar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Paraná.

MP-PR abre inquérito civil contra Thiago Ferro

23 novembro, 2017 às 08:00  |  por Fernando Tupan

Thiago Ferro

Enquanto a Câmara Municipal de Curitiba ignorou as denúncias contra o vereador Thiago Ferro (PSDB), o Ministério Público do Paraná continua investigando o parlamentar. No dia 16 de novembro foi aberto um inquérito civil para apurar se ele recebeu parte do salário dos comissionados lotados no gabinete do Anexo 2 da casa legislativa. Caso seja condenado por improbidade administrativa, Ferro poderá perder o mandato, perder os direitos políticos por até 10 anos e ainda ser preso como aconteceu com o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). É o segundo caso que está sendo investigado pelo MP neste ano. O outro envolve Kátia Dittrich (SD).

Thiago Ferro

Greca trabalha e Fruet segue no mimimi

21 novembro, 2017 às 19:43  |  por Fernando Tupan

Gustavo Fruet

Enquanto Greca trabalha, o ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) é só mimimim. O último chororô do pedetista foi por conta do contrato de concessão entre a Prefeitura de Curitiba e as empresas do transporte coletivo para a compra de 450 novos ônibus biarticulados. Inerte por quatro anos à renovação da frota de ônibus em Curitiba, sem nenhuma ação efetiva, agora Fruet resolveu palpitar e reclamar da parceria. O acordo, no entanto, garante, além da compra dos novos ônibus, a modernização do sistema e o fim de um engodo judicial de mais de quatro anos no Tribunal de Contas.

Traiano participa da liberação de 100 milhões a municípios

21 novembro, 2017 às 16:28  |  por Fernando Tupan

Convênios palácio (1)

O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), participou hoje (20), com governador Beto Richa, da assinatura de convênios e autorizações para o repasse de R$ 100 milhões para 250 municípios. Desse total, R$ 36,3 milhões são financiamentos e o restante a fundo perdido. Foram 340 convênios a fundo perdido e contratos de financiamento. Ao discursar Traiano enfatizou a importância histórica do governo Beto Richa, “que investe pesadamente nos municípios em um momento de grande crise nos estados e na União. Pediu aplausos aos deputados que permitiram que o Paraná fizesse a lição de casa”. Traiano também recordou que foi prefeito de um pequeno município (Santo Antônio do Sudoeste) e sabia avaliar a importância fundamental de convênios e repasses como os que estavam sendo feitos naquele momento”.

Continuar lendo

Assis do Couto prega contra a reforma da previdência

21 novembro, 2017 às 12:30  |  por Fernando Tupan

Assis Couto

Assis do Couto

Apesar de estar no PDT, o ex-petista Assis do Couto mostrou ontem na Câmara Municipal de Curitiba que a alma dele ainda não esqueceu a cor vermelha. Couto pregou contra a reforma da previdência proposta pelo presidente Michel Temer e entregou uma cartilha sobre os principais pontos da reforma. Mas o que ficou mesmo foi o discurso de Lula e Dilma saindo da boca da vereadora Professora Josete (PT): “Tivemos um governo eleito com 54 milhões de votos e houve um golpe neste país, Uma presidenta deposta por uma suposta pedalada fiscal”.

Hussein Bakri empunha bandeira do Professor Lemos

21 novembro, 2017 às 09:00  |  por Fernando Tupan

Hussein Bakri

O deputado estadual Hussein Bakri (PSD) se pronunciou contrário a redução do salário e da carga horária dos professores estaduais, contratados pelo sistema PSS (Processo Seletivo Simplificado).Ontem, Bakri parecia mais um vereador do grupo do ex-presidente da APP – Sindicato e hoje deputado estadual, Professor Lemos (PT). O presidente da Comissão de Educação se reunirá com integrantes do sindicato dos professores do Paraná, na sede da Assembleia Legislativa do Paraná, às 13h30, para ouvir e falar da proposta.

Tico Kuzma revelou a alma paranista

21 novembro, 2017 às 08:00  |  por Fernando Tupan

Tico Kuzma

O vereador Tico Kuzma (Pros) não fala muito em futebol na Câmara Municipal de Curitiba. Mas no domingo, mostrou para todos os curitibanos qual é o time dele de coração. Ele foi um dos paranista que recepcionou a equipe que volta a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro depois de 10 anos. Como um verdadeiro fã, Kuzma vestiu a camisa tricolor e fez questão de gritar palavras de ordem, ficar na frente das grades entoando, “Estamos voltando”…..

Picadeiro está montado na Câmara de Curitiba

21 novembro, 2017 às 07:00  |  por Fernando Tupan

Circo

Esta terça-feira será especial na Câmara Municipal de Curitiba. Opicadeiro será montado no Palácio Rio Branco e os palhaços tomarão conta da casa legislativa. Para acompanhar a votação da proposta que regulamentará a instalação de circos itinerantes na cidade. Tenho certeza que o curitibano não quer mais saber de espetáculos de palhaçadas depois de hoje, como a protagonizada pela vereadora Kátia Dittrich (SD), acusada de ficar com parte do salário dos comissionados do gabinete parlamentar. Espera-se que nos próximos dias a decisão seja anunciada sobre o caso. Sem palhaçadas e articulações para que se ignorar as provas apresentadas pelos delatores.

Caem os níveis dos projetos dos vereadores na Câmara de Curitiba

20 novembro, 2017 às 08:00  |  por Fernando Tupan

Rogério Campos

Rogério Campos

O nível dos vereadores curitibanos chega a dar desgosto em que acompanha as sessões da casa legislativa. Não apenas as denúncias que revelam o nível da atual legislatura. São as propostas para mudar a cidade. Na semana passada dois projetos mostram bem como anda a Câmara Municipal de Curitiba. O peemedebista Dr. Siberto, da oposição, apresentou uma para pintar as vagas, já pintadas, do EstaR. A outra é de Rogério Campos (PSC), que deseja incentivar o uso de “telinhas” em bueiros. Ambas teriam um custo elevado para a cidade. A proposição de Siberto deve cair na Comissão de Legislação e Justiça. A segunda pode andar, já que Campos faz parte da base.

Câmara de Curitiba em ritmo de feriado

16 novembro, 2017 às 08:00  |  por Fernando Tupan

Câmara Municipal de Curitiba

A semana política na capital paranaense acabou na terça-feira. Às cinco da tarde, os políticos játinham puxado o time e os comissionados já tinham pulado fora dos gabinetes. Agora, somente na próxima segunda-feira. Mas o ano praticamente terminou. O único projeto interessante que os vereadores irão discutir é a Lei Orçamentária Anual, a LOA.

Coritiba pode eleger o primeiro presidente de esquerda da história

13 novembro, 2017 às 09:00  |  por Fernando Tupan

Estáido Couto Pereira

O presidente do Conselho Deliberativo do Coritiba, Samir Namur, é um dos três candidatos à sucessão de Rogério Bacelar. Nas últimas eleições municipais, Namur foi um dos doadores da candidata Xênia Mello, pelo PSOL, segundo a prestação de contas apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A posição de Pedro de Castro é de centro. O candidato da oposição, o médico João Carlos Vialle, se coloca de centro. Após as gestões de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, a esquerda brasileira está procurando uma maneira de se integrar na sociedade, talvez para mostrar que o socialismo é possível no Brasil.

Kátia Dittrich tenta desviar motivo da denúncia de improbidade

13 novembro, 2017 às 07:00  |  por Fernando Tupan

kátia dittrich

A vereadora Kátia Dittrich (SD) depôs na semana passada na Câmara Municipal de Curitiba e negou ter recolhido parte do salário dos funcionários. Disse que a denúncia era forjada porque o suplente, Zé Maria (SD), teria motivado a incriminação. Isso retrata porque a população está cansada com a classe política, sempre negando as denúncias para tentar manter-se no poder, com cargos e outras facilidades, como carro com gasolina bancada pelo contribuinte. Pelo depoimento dela é possível saber como essa protetora de animais é uma cara de pau. Zé Maria nunca imaginou que poderia voltar à casa legislativa. Nem aconselhou Dittrich a pedir parte dos salários dos comissionados. A tática é uma tentativa de desviar a atenção da população para o flagrante. Hoje, Maria deve estar contando nos dedos a data da cassação da parlamentar. Porque a materialidade é evidente. A fala do funcionário, que ainda faz parte do gabinete dela, de que Diego Xavier estava sendo demitido porque não aceitou fazer parte do “rachide” mostra o desvio de conduta no exercício do mandato. Uma absolvição ou outra pena que não seja cortar a erva daninha pela raiz poderá afetar o mandato dos outros 37. Levará a desconfiança de que a prática é comum.

Depoentes do processo de kátia Dittrich podem mentir a vontade

10 novembro, 2017 às 09:00  |  por Fernando Tupan

kátia dittrich

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Curitiba anda vacilando demais nas investigações do processo contra a vereadora Kátia Dittrich. Um dos maiores erros são os depoentes não fazerem juramento nenhum. Na CPI da Urbs, que aconteceu na legislatura passada, todo mundo jurava. Uma leitura mais atenta das leis brasileiras, sem juramento, todos podem mentir sem o risco de ser processado.