Os novos pratos do Terra Madre

4 maio, 2011 às 22:02  |  por Jussara Voss

Não passa muito tempo e o pessoal do Terra Madre Ristorante aparece com novidades no cardápio. Ivan Lopes mantém os pratos tradicionais, que fazem sucesso com a clientela fiel, mas sempre vai em busca de novos sabores. É um risco, ele sabe, mas enfrenta o desafio que faz parte da vida dos cozinheiros com segurança. Em boa companhia, estive lá para conhecer os quatro novos pratos. Nunca tinha comido  pirarucu, imagine, e gostei muito. O peixe é gorduroso e a escolha de grelhar o lombo foi acertada. Servido com dueto de palmito pupunha e gel de mandioquinha, marcou ponto. Acredito que vai fazer sucesso. Apresentado no “Festival Noite dos Peixes da Água Doce” da casa, agradou. (R$ 54,00). Foto: divulgação.

A salada de folhas com queijo de cabra, manga, vinagrete de mel e limão siciliano (R$ 18,00) resulta numa combinação perfeita, mas eu dispensaria a “renda de parmesão”, invoco um pouco com o gosto e formato e já foi muito usada, acho que não está no cardápio, melhor sem. Já o ravióli nero de filhote ao molho rústico de tomate e camarão com compota de limão siciliano (R$ 39,00) não agradou ao meu paladar, esperava mais. A massa estava perfeita, mas também implico com os molhos de tomates, que precisam ser especiais. O lombo suíno, acompanhado por culatello, que eu também não conhecia, agradou bem mais. Muito saboroso. Dispensaria o risoto, mas sei que é uma dupla – carne e risoto – que agrada a maioria. (R$ 45,00). E o que surpreendeu, mas não era novidade, já está no cardápio, foi o bacalhau, acompanhado de três tipos de batatas cortadas em cubos e fritas, no ponto. Como sobremesa, pequenas porções, que podem ser pedidas pelos clientes se desejarem experimentar mais de um sabor. Deixaram lembranças. Serviço e atendimento impecáveis, como sempre, além dos vinhos escolhidos pelo sommelier Alessandro Augusto Xavier. Da Viña Chocalan, um Chardonnay, para a entrada e os peixes, combinação adequada de frescor e leveza. Depois, o espanhol Lan Crianza da uva Tempranillo, macio na medida para o bacalhau e a carne, 90 pontos Wine Spectator. Aproveitei a ocasião para levar para casa alguns vinhos da promoção de Páscoa, o espanhol Sentido, da Neo, da Ribera Del Duero, muito bom, e o português Alento, da Adega Monte Branco, que espera um momento para ser degustado. Uma oportunidade para experimentar bons rótulos de custo mais elevado. Todo mês a casa apresenta uma seleção especial como sugestão.

TERRA MADRE RISTORANTE
De segunda a sexta-feira, a partir das às 19h. Sábado, a partir das 20h
Rua Desembargador Otávio do Amaral, 515. Telefone: (41) 3335-6070.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>