Amsterdam: The College

18 junho, 2012 às 21:22  |  por Jussara Voss

Deixando Amsterdam para trás, a primeira cidade de uma longa jornada, logo fiquei com saudades. Moraria ali, com certeza. Bem que me avisaram. Não conhecia. Andaria de bicicleta, muito, ou de barco pelos canais. A cidade, é que é muito bonita, tem mais bicicletas do que gente. Achei pouco tempo para as descobertas gastronômicas. Sempre acho isso, já não é novidade. Minhas escolhas seriam dois restaurantes da lista World’s 50 Best Restaurants, da revista britânica Restaurant, porém, Oud Sluis (21º) e De Libirje (33º) estão afastados da cidade e tornaram as minhas opções mais difíceis. Segui, então, as dicas certeiras da Carla Pernambuco, a quem preciso agradecer. Veja aqui o post dela. Como a chef, adorei o ritmo da cidade, o comércio abre às 11h e fecha às 18h, preciso falar mais? A primeira, o restaurante do The College. Hotel da lista dos endereços charmosos, lembrou-me o Faena de Buenos Aires. Instalado em um ginásio do século19, o restaurante funciona como uma escola e para julgá-lo é preciso considerar que era um domingo e que o chef Wilko Hoogendoorn não estava. Foi um bom jantar. Veja as fotos. Não recebi o cardápio, como combinado. Boas lembranças saborosas de alguns pratos, como as sobremesas. Dá para recomendar. E para quem pediu mais fotos, aqui está um post de imagens, que, na seleção das mesmas já começo a recuperar meu ânimo, nos últimos dias adormecido, exceto no fim de semana, de emoções intensas. Esse “lembrar” quem sabe ajude a empurrar essa gripe, que teimou em voltar, para longe.

 

 

2 ideias sobre “Amsterdam: The College

  1. Lili

    oi Jussara,
    Adorei sua passagem por
    Amsterdam, mas afinal, fiquei ainda mais feliz com a sua surpresa!!!!

    Muito obrigada pelo privilegio !!!!!
    Bjos
    Lili

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>