Bem Radical

Publicidade
Etapa do Brasil

Filipe Toledo é o Brasil em Saquarema

(Foto: Divulgação WSL)

Não deu para Gabriel Medina nas quartas de final. Assim, apenas Filipe Toledo está representando o Brasil no Oi Rio Pro 2019, etapa brasileira do Championship Tour da World Surf League. 

Mas o Brasil ainda tem representante, e um "senhor" representante. Buscando o tricampeonato da etapa brasileira, Filipe Toledo não se intimidou com Kanoa Igarashi, que vinha de vencer em Margaret River e está nas semifinais. 

O brasileiro entrou na água com muita confiança, afinal, havia derrotado Kelly Slater em uma bateria espetacular na tarde de ontem. Novamente transferida de Itaúna para a Barrinha, a bateria começou com Kanoa utilizando a mesma tática que deu a Filipe a vitória contra Slater. 

E em sua primeira onda o japonês já conseguiu uma onda relativamente boa. Com rasgadas e batidas, Kanoa emplacou 6.0 pontos. Logo em seguida Filipe começou a onda com um tubo, terminando ela com um floater muito alto. Assim ele assumiu a liderança. 

O mar deu uma parada e apenas Filipe conseguiu mais uma onda grande. Atingiu a pontuação de 4.17. O japones tentou buscar uma onda, mas no final deu Filipe Toledo com 11.00 contra 7.57 de Kanoa Igarashi. 

Filipinho irá disputar a primeira semifinal contra o portugues Frederico Morais, que derrotou o australiano Julian Wilson. Julian conseguiu a melhor onda da bateria, contudo Morais foi melhor na somatória, garantindo 13.17 contra 11.83. 

A segunda semifinal será prtagonizada por Jordy Smith e Kolohe Andino. O sul-africano nem precisou entrar na água para vencer, uma vez que seu adversário, John John Florence se lesionou ontem durante sua bateria das quartas definal. 

Andino foi o algoz de Gabriel Medina, que dominou praticamente toda a bateria. Com duas ondas boas, Gabriel estava com 12 pontos contra apenas 2 do americano. 

Porém, nos dez minutos finais Medina parece ter se desconcentrado. E Andino aproveitou para emplacar três ondas boas, uma com nota 7. Gabriel ainda tentou no final, entretanto nehuma onda boa o suficiente surgiu. 

As semifinais e finais devem acontecer ainda hoje, uma vez que as ondas estão boas em Saquarema.  

 

Quem faz o blog

Leopoldo Scremin é jornalista, acompanha, pratica e cobre esportes radicais há cinco anos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES