Bem Radical

Publicidade
Surfe

John John Florence vence e dispara na liderança

(Foto: Divulgação WSL)

Quem ficou acordado até tarde pode ver o motivo que faz de John John Florence um dos melhores surfistas em atividade no mundo. Com um talento indiscutível o havaiano derrotou Kolohe Andino e se sagrou campeão da etapa de Margaret River. 

Com a vitória Florence dispara na liderança e chegará em Saquarema com a lycra amarela. Diferente de outros dias, na final as ondas escolhidas pela World Surf League foram as paredes enérgicas e volumosas do Main Break. The Box, que empolgou a todos em outros dias não estava aparecendo nesta madrugada. 

Podemos dizer que a grande final aconteceu em uma das semis, quando Florence enfrentou o brasileiro Caio Ibelli. Ele - o brasileiro - que havia reclamado muito dos critérios de seleção para as baterias dos wild cards, mostrou para o circuito que é extremamente bom e merece mais respeito. 

Primeiro venceu dois campeões mundiais no round 1, depois eliminou em sequência Gabriel Medina, Kelly Slater e Jordy Smith. Por apenas 0.50 pontos não eliminou Florence na semifinal. 

Contra Andino, Florence em nenhum momento correu riscos. Dominou desde a primeira onda e terminou sua somatória com expressivos 18.50 pontos, melhor somatória de notas para o pico. Andino somou 15.10 pontos e novamente ficou com o vice-campeonato de uma etapa da championship tour. 

Agora todo o "circo" da WSL começa a chegar ao Brasil, onde dos dias 20 a 28 de junho será disputado o Oi Rio Pro, em Saquarema, Rio de Janeiro. Nós estaremos lá, então fique ligado. 

Quem faz o blog

Leopoldo Scremin é jornalista, acompanha, pratica e cobre esportes radicais há cinco anos.

DESTAQUES DOS EDITORES