Bem Radical

Assine e navegue sem anúncios [+]
Tahiti WSL Pro

Medina perde final e Filipe Toledo assume liderança do mundial

(Foto: Divulgação WSL)

Depois de uma recuperação muito boa nas ondas tubulares do Taiti, Gabriel Medina perdeu nos detalhes a final para o australiano Owen Wright no íncio da noite de hoje (28).

O brasileiro chegou a liderar grande parte da bateria final. No entanto, depois de conseguir até uma nota 10 no dia de hoje, Medina não acertou nas escolhas das ondas no fim da bateria e viu seu rival ultrapassá-lo nos 5 minutos finais. 

O início da bateria foi fraco, uma vez que com a maré alta os tubos sumiram. Apenas na parte oeste esquerda algumas ondas intermediárias apareceram. E tanto Gabriel quanto Wright começaram a aproveitá-las. 

Em sua primeira onda, o brasileiro conseguiu um 4.83. Wright acertou uma onda de pouco mais de 5 pontos, porém, na onda seguinte Medina encontrou uma onda gigantesca e colocou um 7.83. 

Wright continuava buscando uma onda boa e, com a prioridade, encontrou uma de 6.17 pontos. Medina alcançou a prioridade e se acomodou um pouco. Deixou as ondas intermediárias para Wright e foi um pouco mais para o fundo. 

O que Medina não esperava é que estas ondas que quebravam mais proximas da praia iriam proporcionar tubos ocos e profundos, mesmo sendo um pouco mais curtos. O brasileiro chegou a colocar mais uma nota 7.10 em um tubo longo, mas o australiano estava próximo de surpreender. 

E isso aconteceu quando faltavam 5 minutos para o fim. Mesmo sem a prioridade, Wright conseguiu a melhor onda da bateria, exatamente na parte intermediária. Longo e com ótima profundidade, o tubaço de Owen Wright alcançou a nota 9.17. 

Gabriel precisaria de uma nota 7.45 nos três minutos finais da bateria. Entretanto, com mais um tubo na parte intermediária do mar, o australiano trocou seu 6.17 por uma nota 7.90, deixando o brasileiro precisando de uma onda nota 9. Sem tempo, o brasileiro precisou se contentar com o segundo lugar. 

"Foi um dia muito longo e mesmo perdendo considero um resultado positivo. Sei da dificuldade de enfrentar o Owen aqui e estou muito feliz por ele. Foi um campeonato incrível e agora volto a estar dentro da corrida pelo título", disse Medina antes de receber o troféu de segundo lugar. 

Classificação: 

Com o fim da etapa de Teahuppo o brasileiro Filipe Toledo assumiu a liderança da competição (36.600 pontos). Na segunda colocação está o sul-africano Jordy Smith (35.450 pontos), seguido por Kolohe Andino (35.450 pontos). 

Medina é o quarto, com 34.695 pontos. Com esta segunda colocação, o brasileiro ultrapassou Italo Ferreira e, se o mundial acabasse hoje, estaria garantido nas Olimpíadas de Tóquio de 2020. 

Os paranaenses Peterson Crisanto e Yago Dora não foram bem nesta etapa. Crisanto, natural de Matinhos, ainda está dentro dos 22 que continuarão na elite no ano que vem. Dora, que nasceu em Curitiba e hoje vive em Florianópolis, está na 27° colocação e precisa se recuperar se quiser continuar no Champonship Tour do ano que vem. 

Brasileiros:

Nas oitavas de final tinhamos seis brasileiros buscando as quartas de final. Com um mar muito bom e cheio de ondas tubulares grandes, ficava fácil para o surgimento de ótimas notas. Gabriel Medina e Owen Wright já haviam conseguido notas 10 nos rounds anteriores. 

Jadson André derrotou o também brasileiro Deivid Silva. Adriano de Souza derrotou o frances Joan Duru, Gabriel Medina derrotou o californiano Griffin Colapinto, Filipe Toledo foi eliminado por Seth Moniz e Caio Ibelli conseguiu grande combinação de Jack Freestone.

Nas quartas os brasileiros Adriano de Souza, Jadson André e Caio Ibelli foram eliminados, só restanto Medina vivo na competição. Ele derrotou o havaiano Seth Muniz na semifinal.

Próxima etapa: 

A próxima etapa é no Surf Ranch, nos Esatdos Unidos. O parque de surfe de Kelly Slater tem a etapa chamada de Freshwater Pro. No ano passado quem venceu foi Gabriel Medina.

Quem faz o blog

Leopoldo Scremin é jornalista, acompanha, pratica e cobre esportes radicais há cinco anos.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK