Bem Radical

Publicidade
#Surfe

WSL: Kanoa Igarashi vence em Bali (assista a bateria final)

(Foto: Divulgação WSL)

O Corona Bali Protected se encerrou na noite de ontem (horário brasileiro) com uma surpresa. O japonês Kanoa Igarashi eliminou Kelly Slater na semifinal e na final derrotou o francês Jeremy Flores para vencer a etapa. 

Aproveitando as boas ondas no último dia de prazo para que o campeonato se encerrasse, a orgaização da WSL correu todas as eliminatórias e finais em tempo recorde. Primeiro os homens entraram para as semifinais. 

E o duelo mais aguardado era de Filipe Toledo e Kelly Slater. Filipinho foi bem, mas sucumbiu ao talento de Slater, que com um tubaço garantiu a vaga na semifinal. Michael Rodrigues avançou para as semifinais, no entanto, perdeu a bateria contra Flores. Foi a primeira vez que o brasileiro chegou às semifinais. 

Kelly Slater chegou na semifinal como grande favorito. Contudo, encontrou em Kaoa Igarashi um adversário surpreendente. Ao invés de buscar os tubos como Slater, Igarashi atacou todas as ondas nas partes críticas, jogando espuma para todos os lados. 

A agressividade do japonês gerou duas notas muito altas, forçando Slater a buscar uma onda de 8.10 para chegar à final. Ela não veio e Flores e Igarashi ficaram prontos para decidir em Bali. 

Kanoa logo emplacou uma das melhores ondas do campeonato, fugindo do tubo e buscando as rasgadas nas esquerdas. Sua nota de 9.10 foi quase igualada por Flores, que em uma onda muito boa conseguiu tirar 8.93. 

O mar deu uma baixada e os dois esperavam pela onda certa. Kanoa arriscou e conseguiu uma nota 6.00, mesmo com o mar mais baixo. Com isso, garantiu a vitória derrotando no final Flores por 15.10 a 14.63. Fo o primiro título de Igarashi no World Surf League Championship Tour. 

"Foi uma honra fazer a final com o Jeremy (Flores) e essa semifinal com o Kelly (Slater) foi incrível. Eu só tentei fazer o meu melhor em todas as baterias e estou muito feliz por conseguir minha primeira vitória da carreira no CT, dessa forma como foi hoje (sábado) aqui", disse Kanoa Igarashi. "Não importa como estavam as condições do mar, eu só queria dar tudo de mim em cada onda, não importando quem estivesse enfrentando. Eu quase nem consigo encontrar palavras para descrever o que estou sentindo. Foi um dia incrível, inesquecível para mim certamente."

Gilmore venca 30° etapa da carreira: 

A australiana Stephanie Gilmore ganhou a final de sua compatriota Sally Fitzgibbons e assumiu a dianteira na corrida pelo título mundial. Foi a 30° etapa do CT que ela ganha na carreira. 

Antes Gilmore implacou o único 10 do compeonato, quando pegou um tubo espetacular. Depois desta nota ficou praticamente impossível Fitzgibbons virar a bateria. Com a vitória, Gilmore é a nova dona da lycra amarela da Jeep Leaderboard. 

"Eu nem consigo acreditar nisso. Foi incrível ganhar uma nota 10 na final para vencer o campeonato", disse Stephanie Gilmore. "Eu sabia que a Sally (Fitzgibbons) ficaria procurando os tubos, mas procurei manter o meu plano de jogo, para escolher as ondas certas e fazer o melhor possível nelas. No final, fiquei focando em tentar um high-score (nota alta) que não tinha conseguido o evento todo, então entrou aquela onda e apenas fechei meus olhos, segurei ao máximo lá dentro e saí do tubo. Foi realmente incrível ganhar um evento assim."

Classificação:

Com a vitória, Kanoa Igarashi ganhou oito posições no ranking, tirando o segundo lugar do potiguar Italo Ferreira no Jeep Leaderboard, que continua liderado pelo havaiano John John Florence. Campeão no Corona Bali Protected no ano passado, Italo caiu para o terceiro lugar e Filipe Toledo permaneceu na quarta colocação.

Derrotado na terceira fase, o bicampeão mundial Gabriel Medina despencou da quinta para a décima posição, enquanto o cearense Michael Rodrigues saltou da 23.a para a 14.a, com o terceiro lugar em sua primeira semifinal em etapas do CT.

A próxima etapa do CT acontece em Margaret River, na Austrália, com início no dia 29 deste mês. Em seguida os surfistas vêm ao Brasil para disputar do dia 20 a 28 de junho o Oi Rio Pro em Saquarema. 

Quem faz o blog

Leopoldo Scremin é jornalista, acompanha, pratica e cobre esportes radicais há cinco anos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES