• 18/06/2018

    Luz amarela acessa para o time brasileiro.

    As coisas não andaram bem para o selecionado brasileiro, acho que isso ninguém vai contestar, por uma série de fatores que somados vamos identificar em suas várias situações. Começo de partida a equipe do técnico, Tite, demonstrava muita solidez é a feitura do belo gol do meia, Felipe Coutinho, passava essa impressão. Nessa etapa do jogo até o fim do 1º tempo, pareceu que o jogo ficou arrastado. Na etapa complementar, com o gol do adversário, Suiça, de forma irregular, pois, o empurrão do atacante suiço foi escandaloso em cima do zagueiro, Miranda, a situação desandou em desespero, e mesmo que a equipe brasileira tivesse mais com a bola, isso em nada resultou. Para completar o técnico, Tite, andou errando nas substituições. Portanto, muita coisa conflitante e mesmo assim o time canarinho empatou. Agora, na próxima sexta feira, em St.Pettersburg, contra a Costa Rica, o alerta foi dado e será necessário mais futebol coletivo para sair dessa e definir em outra etapa conta a Sérvia.

    Não foi só o time brasileiro que andou se estranhando nesse larga, onde até posso enumerar alguns, como a Argentina, França e Alemanha. Mesmo assim, há de admitir que os franceses venceram com amplas dificuldades e a Argentina, que mesmo empatando foi mais contundente que o time brasileiro. Não fosse um penalti desperdiçado pelo astro, Messi, os platinos teriam vencidos os islandeses. 

    Quanto ao time alemão a verdade é que o seu adversário, México,fêz uma partida irretocável. Alemanha, aparecendo com a marca de ùltimo campeão do mundo, claro, deixou todos boquiabertos,pois, sua derrota chamou muito a atenção aos despostistas, afinal, os germânicos não souberam conter a dinâmica dos mexicanos que até poderiam ter feito mais gols na etapa inicial do espetáculo. Confesso que foi brilhante o coletivo da equipe do técnico, Juan Osório, mesmo que recuando na etapa complementar com algumas modificações ainda pregava peças no contra golpe. Essa vitória mexicana poderá colocar a equipe brasileira na sequência desse mundial e preconizo, que não será uma tarefa fácil ao time brasileiro ter uma Alemanha ou México no seu caminho.

    Mas, como início e um regulamento que dá condições de recuperações aos selecionados,pois, é dado tres oporunidades nessas rodadas, acredito que tanto as equipes, brasileira, alemã e mesmo a francesa, estarão nas oitavos de final.

    Para que serve o árbitro de vídeo? A mim me pareceu que a equipe que esteve presente no jogo do Brasil, onde o chefe do departamento foi um árbitro italiano, que prejudicou e deu instabilidade ao tárbitro mexicano,  Antes, quero dizer que em outros momentos em outras partidas foram solicitadas como apoio dando certo. Porque o erro contra os brasileiros? Foi uma lambança e já se sabe que o trio de arbitragem que esteve nesse jogo já foram mandados embora.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

     

     

  • 16/06/2018

    Início de Copa com jogos interessantes.

    As primeiras partidas desse mundial tem demonstrado muito equilíbrio a ponto de alguns jogos serem definidos no final do espetáculo. Tirando o selecionado russo, que surpreendentemente goleou a Arábia Saúdita (5x0), os demais jogos foram bons e bem movimentados  Nesse mesmo grupo A, jogando Uruguai x Egito, uma luta desenfreada onde a celeste olímpica chegou a vitória em 1 x 0, no final da partida, Foi numa bola parada de escanteio. Portanto,à frente,os selecionados, russos e uruguaios. 

    No grupo B, incrível, pois, a partida terminou a favor do Irã x Marrocos (1x0), com gol contra marcado pelo meia marroquino. Mas, o que de melhor vimos como disputa, nenhuma dúvida quanto ao clássico envolvendo Portugal x Espanha, afinal, um resultado valendo Copa do Mundo terminando em 3x3, é de ser acima de tudo valorizado. Nessa partida mais uma apresentação de gala do atacante português, Cristiano Ronaldo, que marcou simplesmente os 3 gols dos lusos. Como em outros jogos, o gol foi no final neste empate dos portugueses.

    Com a  idéia de formatar uma opinião mais abalizada, no Grupo C, já pela manhã, vi uma França com dificuldades para ganhar da Austrália, sobretudo, chegando ao gol da vitória (2x1) com o meio campista Progba. Como curiosidade, os tres gols foram assinalados com a interferência do Árbitro de Vídeo, mostrando sua eficiência.

    Dessas todas os jogos neste inicio de Copa , considero um jogaço, Argentina x Islândia, terminando com um empate. O que impressionou foi a maneira escancarada de formar um ferrolho do time da Islandia, que conseguiu com muito dedicação um empate (1x1). Considere-se que o atacante, Messi, desperdiçou uma penalidade máxima. Ainda no dia de hoje (sábado), Perú x Dinamarca e Croácia x Nigéria.

    Enquanto aguardamos pela presença da Seleção Brasileira de Futebol , jogo marcado para amanhã (domingo), às 15 horas, onde espera-se muita dificuldade pela maneira de atuar dos suissos, podemos dizer que a demonstração na organização desse mundial tem funcionado, maravilhosamente. Escutando à todos, presentes nessas partidas iniciais, são unânimes em comentar de forma positiva o que estão vendo nesse país que outrora estava fechado para o mundo. 

    Como cobertura jornalística, em especial os canais televisivos, o empenho tem sido magistral nos conteúdos desde o início do dia "varando" a madrugada. Portanto, está valendo o entusiasmo dos profissionais que fazem um trabalho bem organizado.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

     

     

  • 14/06/2018

    O mundo vai estar ligado na Rússia.

    Inícia-se, hoje,  mais uma Copa Mundial de Futebol e desta feita sendo à Rússia o pais anfitrião. Muita coisa será comentada ao longo dessa competição que se estenderá até o dia 15 de Julho de 2018. Serão 32 seleções que irão a campo para jogarem suas convicções a um objetivo, e que na verdade, poucos terão condições para chegar ao limite máximo, ou seja, ganhar um título dessa dimensão. As imagens que captamos desse país é simplesmente maravilhosa, afinal, essa Rússia que não despertava interesse dos povos desse mundo afora, notam a diferença, que após o tão falatório da Perestroika,um plano que consistia em  mudanças na política de reestruturação que foi introduzido no ano, de 1986, pela República Socialistas Soviéticas, e que no final acabou em dando em nada.

    A iniciativa foi de Mikhail Gosbachev que teve a idéia de mudar o caminho político do país e que na verdade poderia ser considerada uma abertura econômica da antiga União Soviética a fim de promover uma reforma no sistema sociaista em vigor, e reduzir gastos com a defesa e com isso fomentanto uma negociação com os Estados Unidos da América. Contudo, o que poderia ter saído como uma boa jogada a situação ficou conturbada e terminou de forma catastrófica, com a retirada do poder de Gobachev.

    Em resumo a medida não conseguiu conter a crise econômica sem cndições da implantação do Capitalismo Soviético como ainda resultando a desagregação de todo sistema soviético levando o bloco da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas ao fim em 1991. Claro, que um pouco de história faz bem, mas, com a sacudidela no formato ditatorial, a impressão hoje na verdade é bem favorável com a abertura aos turistas promovendo um turismo maior nesse país muito bonito de ser visitado.

    Várias serão as cidades sedes e todos mostrando uma beleza que encanta a todos. Tenho acompanhado pela televisão a impressão dos profissionais da imprensa brasileira que vem nos oferecendo suas considerações positivas. Agora, é esperar pelo ponta-pé inicial, hoje, com o selecionado da Rússia x Arábia Saudita, que fazem parte do Grupo A, marcado com a solenidade às 11.30 horas ( Brasilia) e o jogo ás 12 horas. Lá, precisamente às 18 horas, pelo fuso horário. 

    Sem antes de terminar a coluna não poderia deixar de manifestar o porque da diretoria do Atlético Paranaense querer brigar contra tudo e contra todos, afinal, as derrotas são constantes e a inércia ou pela teimosia poderá estar levando o clube a um desastre maior.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

  • 12/06/2018

    A sina contínua é o Coxa não ganha fora.

    E a sina continua, meus amigos, o Coritiba não consegue engatar a primeira vitória jogando fora. Há momento que chega a ser sofrível ver o time se debatendo em campo, É uma falta de tudo, infelizmente, onde vejo uma Série B tão fraca que dá desespero de ver o time Coxa sem nenhuma refrência individual e coletiva. Na sexta feira, em Florianópolis, foi aquele martírio e o que dizer, ontem, em Caxias. ainda que nessa partida contra o Juventude o time encontrou uma bola para feitura do gol e que na sequência permitiu o empate. Agora, é aguardar pelos treinamentos e que o técnico, Eduardo Batista, encontre uma maneira mais fácil de se jogar.

    A tal da janela de transferência vai novamente prejudicar os clubes brasileiros, também, não sei tanto quanto possa atrapalhar pelos problemas financeiros que atinge a todos. Vejo nesse momento o time flamengista que vive um grade momento é com certeza vai perder seu conteúdo técnico com as sáidas dos jogadores, Vinicius Jr, Paquetá e Vizeu.

    Tenho notado a "guerra" televisiva envolvendo as emissoras, Rede Globo e a Fox , no trabalho constante à oferecer o maior conteúdo no noticiário diário com programas envolvendo vários profissionais com as tradicionais mesas redondas. Há muitos anos atrás seria difícil acreditar que uma engenhoca moderna  transmitiria de vários pontos nessa cobertura da Copa do Mundo/2018. Quem ganha é o telespectador. Quanto as emissoras de rádio terão que se virar nos trinta, pois, a concorrência é "desleal".

    As seleções que estarão jogando nesse mundial aos poucos chegando em sua praças determinadas para treinamentos e estádios mais próximos. A abertura que acontecerá no dia 14/06/2018, na partida envolvendo Rússia x Arábia Saudita, não terá aquela solenidade tão conhecido, pois, somente 30 minutos antes é que serão feitas as devidas considerações. É esperado que o ex-jogador brasileiro, Ronaldo Fenômeno, seja a figura central para dar o ponta-pé inicial.

    Uma novidade nesse Copa do Mundo será a instalação de vídeos numa central, em Moscou, para diminuir erros que sempre acontecem em partidas de futebol. Será a integração do árbitro de vídeo. Vamos esperar para ver. Espero que venha de agrado.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • 10/06/2018

    Futebol paranaense em caminhos estranhos.

    O futebol paranaense precisa urgentemente se agilizar, pois, os últimos resultados desse brasileirão/2018 não tem sido nada agradáveis.É uma derrota atrás da outra sem que haja um brilho de esperança em coisas melhores. Na última sexta feira o que foi aquilo que o Coritiba fêz em Florianópolis, ao perder de forma bisonha para o Avaí (2x0), e com isso já saindo da zona das 4 equipes com melhores somas de pontos. Um primeiro tempo em que chutou apenas uma bola em gol, isso foi aos 42 minutos. Mesmo assim ainda levou para o vestiário uma oportunidade do técnico, Eduado Batista, mexer na equipe para a etapa complementar, mas, nem assim adiantou e acabou perdendo mais uma jogando fora,

    O que se percebe, aliás, venho comentanto já algum tempo que o time coxa é um gigante quando joga em casa e um anão ao jogar fora. Pois bem. Em 5 jogos em campos adversários, simplesmente, perdeu tres empatando duas. Claro, que essa performance é um agravante para quem busca subir a 1ª Divisão Brasileira. Como tudo está visível, afinal, esta exposta uma diretoria sem muito experiência que alardeou em campanha que iria as consequências para mudar o panorama, na verdade um ledo engano, sobretudo, por notar que essas pessoas estão em locais totalmente sem consciência da prática do futebol. e que não digam que não sabiam da situação administrativa e financeira. Mais ainda. E as contratações? É um desastre atrás do outro. Portanto se nao ganhar partidas fora do seu reduto, não subirá, e digo isso com toda certeza. A matemática pune.

    Outra gracinha tem sido o Atlético Paranaense com um técnico que mostra sua condição irreal para dirigir uma equipe de 1ª Divisão. O rapaz, cheio de lero-lero que é o técnico, Fernando Diniz, mesmo que perdendo acha que esse é um processo que demanda algum tempo. Enquanto isso já que ninguém está entendendo muita coisa, pois, alardeia que seu sistema tático é revolucionário, o tic- tac, mas, com jogadores que não sabem jogar dessa maneira. Contudo, o Furacão vem despencanco na tabela, e olha minha gente, já por algum tempo não consegue sair da Zona do Rebaixamento. Com toda certeza a diretoria atleticana sabedora que vindo uma Copa do Mundo,afinal,o calendário brasileiro da Série A proporcionará 40 dias para treinamentos, deverá demití-lo para tempo de uma nova reconstrução.

    Logo mais à noite, no Maracanã, o Paraná Clube vai buscar, desculpe,um imporvável sucesso, pois, jogará contra a melhor equipe do atual estágio brasileiro ,o Flamengo de tanta gente. Como o Tricolor da vila demorou para esquentar suas turbinas, mesmo que dando um pouco mais de alívio aos seus torcedores com as duas vitórias jogando em casa, Fluminense e Bahia, também, irá lutar desesperadamente para continuar nessa importante série do futebol nacional.

    Dizer que morreu com muita mágoa, aliás, é só perguntou para seus amigos mais próximos, que dirão que esse é o processo que move o desporto brasileiro: esquecimento. Estou falando da maior tenista de todos os tempos, Maria Esther Bueno. Para clarear os fatos, em 1958, a Gazeta Esportiva fazia menção aos grandes nomes do esporte do país espalhando uma foto histórica, com as presenças de Ademar Ferreira da Silva (Atletismo); Eder Jofre (Boxe); Claúdio Rosa (Ciclismo); Emerson Fittipaldi (Automobilismo) e Maria Esther Bueno (Tênis). Aquela vitória e depois outras seguidas nos Grand Slam, e mais ainda que ficará marcada para todo o sempre, em especial quando venceu a de Wimbledon (Londres). 

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história. 

     

      

     

     

     

     

     

     

  • 06/06/2018

    O Couto Pereira tem sido o termômetro.

    A sequência de vitórias do time alviverde paranaense, jogando em casa, pode até estar influenciando alguns torcedores, mas, a experiência me diz que um campeonato extenso como o Brasileirão, afinal, serão jogados 38 rodadas, dá a nítida certeza que somente ganhando pontos em casa venha a ter o sucesso de retorno. Ledo engano. Outra coisa, sem que me precipite, o Coritiba como ainda não conseguiu mostrar personalidade jogando fora, do Couto Pereira, vem correndo sérios riscos de empatar ou até mesmo a perder, sobretudo pela carência de gols, pois, as vitórias são todas esprimidas. Como estive comentando todas as partidas da equipe coxa, nesta Série B, noto que o técnico, Eduardo Batiwsta, vem fazendo manobras para encontrar o melhor de um time carente de bons jogadores.

    O entusiasmo de todos que gostam do Paraná Clube foi espetacular quando o árbitro apitou o final do jogo contra o Fluminense. Depois de 8 rodadas sem vencer e perdendo mais do que empatando, enfim deu um pouco de colorido na vida da comissão técnica e mesmo aos jogadores. O técnico, Micale, pelo menos encontrou uma fórmula para evitar a tomada de mais gols. Foi assim nos empates contra o temido Grêmio Portoalegrense e Atlético Paranaense. Fechado mais atrás, contando com uma linha de 3 jogadores colaboradores na entrada da área defensiva, seja o que Deus quiser à frente, foi na verdade o caminho para ganhar esse jogo contra o Fluzão (2x1).

    HOje, lá na bonita cidade de Recife, o Atlético Paranaense vai pegar um time que vem no embalo, Sport, que depois da contratação do técnico conhecido dos paranaense, Claudinei Oliveira, desandou a ganhar pontos preciosos. Sem ainda convencer o técnico, Fernanando Diniz, trocando alhos por bugalhos, vai tentar amenizar o sofrimento da galera atleticano, pois, o seu famoso "tic tac a lá Barcelona", por aqui ainda não deu certo.

    Tendo notado a tranquilidade dos trabalhos que os integrantes da Seleção Brasileira de Futebol tem demonstrado nesses dias em, Totenhann, após a boa vitória contra a Croácia. O desempenho está indo a contento , principalmente, uma disciplina que há muito não via no selecionado. Mostra bem, os comandados do técnico, Tite, que o caminho a ser percorrido terá que ser nessa base. 

    Amanhã, o senador e presidenciável, Álvaro Dias, vai dar uma entrevista coletiva à imprensa para informar seu real desejo de disputar a cadeira principal da política brasileira, em ser o novo Presidente da República. Seu projeto "Refundação do Brasil", onde já espalhou pelo território brasileiro, será sua descrição à respeito. Claro, preparado pelos tantos anos com as várias passagens pelo executivo e legislativo, tendo desempenhado um papel intransigente contra a corrupção no país, falará as claras nessa oportunidade. Essa solenidade acontecerá em um dos salões do Restaurante Madalosso.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.    

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • 04/06/2018

    Técnico brasileiro, Tite, e sua nomenclatura.

    O futebol brasileiro anda tão descontrolado, principalmente, na parte que concerne os dirigentes, que a cada rodada os técnicos são mandados embora, dando a nòs a demonstração inequívoca da utilização desses profissonais como álibis nas derrotas. Na verdade, um monte de pessoas que hoje trafegam nos corredores dos clubes, sem um total conhecimento das diferenças de um comando administrativo e o esportivo. Pura ilusão um pessoa que nunca viveu as entranhas do futebol entrar e achar que tudo será fácil

    Portanto, só nessa rodada, alguns técnicos ja se mandaram, casos de Zé Ricardo (Vasco da Gama) e Guto Ferreira (Bahia), sem que saiba lembrar de outros nas outras séries do futebol brasileiro. Já se diz que o interino do Corinthians, Loss, deva voltar à base, pois, em 4 partidas andou perdendo 3. Imagino as próximas rodadas, Por aqui mesmo, se não houver teimosia, logo mais à noite o técnico, Micale, se não ganhar do Fluminense terá sua conta fechada.

    Quanto ao Atlético Paranaense, meus amigos, a situação é a mesma, pois, vai levando de acordo com a exigência da sua diretoria, que afirmou de pés juntos não ter nenhum interesse de mudar o comando técnico, que tem se mostrado incoerente em suas atitudes. Ontem, em Belo Horizonte, voltou a perder, e por 3 x 1 , para o time do América MIneiro. O que seria tranquilo imaginar pela conjuntura administração do clube, essa sequência irregular de resultados preocupa, afinal, a capital curitibana anda sem muito entusiasmo com as equipes. Fico, portanto, a imaginar, um Paraná Clube com tendênca de voltar à Sèrie B, um Coritiba brigando para ganhar um jogo fora para subir, e um Atlético sem muito objetivo,    

    Por inteligência e capacidade, o técnico Tite, da Seleção Brasileira de Futebol, vai mostrando à imprensa que acompanha de perto o time canarinho, como deva ser o verdadeiro caminho a ser trilhado e não uma criação de perspectivas  dúbias. Comentou, antes do jogo contra à Seleção da Cróacia, que tem na cabeça dois modelos táticos, ou seja, um com uma linha concentrada de volantes, Casemiro, Paulino e Fernandinho, isso sem contar com o atacante Neymar, e outra estratégia com  esse grande jogador pelo lado esquerdo, saindo do esquema o Fernandinho e recuando o Felipe Coutinho.. Claro, com a segunda hipótese as coisas andaram bem melhores e a vitória chegou com mais facilidade ( 2 x 0 ).

    Depois dessa jogo acontecido, em Liverpool, o selecionado nacional voltou, à Totenhann, para os treinamentos da semana visando o próxmo amistoso que acontecerá, no domingo, em Viena, contra o selecionado áustriaco, que vem invicto em seus amistosos, onde ganhou, inclusive, da Alemanha.  

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

     

     

  • 01/06/2018

    A saída do técnico, Micale, parece estar encomendada.

    Declarações pesadas do presidente do Paraná Clube, Leonardo Oliveira, que após mais uma derrota, culpou a todos do departamento de futebol. Disse que ficou indignado com a maneira do time jogar em campo. Em alto e bom tom chamou as falas, priincipalmente, os jogadores. Quem, também, deu ar da graça foi o tecnico, Rogério Micale, que não poupou ninguém. Aliás, ainda ontem, no programa da CBN Esportes "A Hora do Capitao", cheguei a comentar tomando por base o nervosismo do técnico, que poderia estar  se preparando para dar um basta. Se não acontecer dessa vez uma vitória, e será contra o Fluminenese, na próxima rodada a casa vai cair.

    O atacante, Kleber, mal visto no clube, dizem que continua treinando esperando uma nova oportunidade. Na verdade como é sentida a falta de um jogador experiente no ataque, e muito mais pela fragilidade técnica do Bruno Moraes, passa a ter um forte álibe. Outra coisa que ouvi ainda no vestiário, em Londrina, ao ser perguntado sobre o atacante, Kleber, o técnico Eduardoi Batista, disse em poucas palavras que não tinha conhecimento de nada, pois, a diretoria não tem lhe informado nada a respeito. Com isso o atacante vai ganhando uma grana alta pelo bom contrato que fez,anteriormente,mesmo sem jogar. Um absurdo.

    O que não melhora a situação na tábua de classifcação quando vem uma vitória, caso esse do Atlético, que venceu o time santista por 2x0. Saiu da Zona do Rebaixamento e agora está alojado em 13º lugar. Com as derrotas do Bahia e do Santos, sim, vamos esperar que dê sequencia em outras partidas.

    Acredito que dois técnicos brasileiros não terão muito tempo na continuidade dos seus trabalhos, Roger e Jair Ventura. a cada mal resultado a crítica vem muito forte. Tenho conhecimento dessa situação pela imprensa da Pauliceia. Bem, no caso do Santos é visível que a mudança de presidente o time entrou em colapso.

    Espectativa de uma soleinidade muito concorrida, digo a respeito da Confraria Amigos da Bola, que na 2º feira fará a entrega de várias placas a grandes personagens da nossa cidade. Odivonsir Frega, professor catedrático na área da preparaçã física e Adilson Arantes, grande comunicador das manhãs da capital, serão dois dos que estarão ganhando. Como convivi com eles em outros tempos, posso afiançar que as placas registrarão com muito merecimento pela conduta e qualidade como pessoas e profissionais.

    Lembre-se que; O melhor da vida é sua história.

     

  • 31/05/2018

    Insegurança total no Paraná Clube.

    A situação do Paraná Clube, nesta Série A / do Brasileirão/2018, começa a ficar insustentável se ficarmos a imaginar da necessidade de somar 46 pontos até o final desse certame, claro, tudo para não cair. Vamos ponderar, sobretudo, o time paranista já participando de 8 jogos veio somente a conquistar 3 pontos, pois, perdeu outras 5 partidas e tendo outro diferencial da campanha é de que está com menos 9 no saldo de gols. Fraquíssima campanha, fazendo lembrar o ano de 1967, quando o Ferroviário representou, o Estado do Paraná, na Taça Roberto Gomes Pedrosa, quando praticamente perdeu todas.Sem querer tirar o brilho por ter conquistado seu retorno, meus amigos, um clube que ficou dez anos na segunda divisão do futebol brasileiro, no mínimo traz o enfraquecimento das gestões passadas. Portanto se não somar pontos nas próximas rodadas, infelizmente, vai provocar um desanimo maior a todos as pessoas que circundam o clube.

    Fico satisteito por saber que a luta não foi em vão para que o atacante peruano, Paolo Guerrero, venha a jogar a Copa do Mundo/2018-Rússia por seu país. O embróglio vem desde as Eliminatórias da Copa, contra a Argentina, quando num teste de dopping apareceu substâncias quimícas contrárias ao que rege o desporto de visibilidade esportiva. Importante dizer que êle próprio buscou dentro da sua verdade que jamais se utilizou desse procedimento, ao falar com as autoridades da Corte na Suiça, mesmo que houvesse uma contrariedade da Fifa. A liminar consentida dará ao jogador, Guerrero, a grande chance de defender seu país em um mundial, mesmo que após sua presença em campos russos, venha a respeitar a sequência da medida adotada de ficar por mais 8 meses afastados dos campos.

    Reviravolta do futebol sãopaulino deve-se exclusivamente ao técnico uruguaio, Aguirre, que desmanchou toda a insatisfação do seu torcedor para ver o Tricolor do Morumbi nas primeiras posições no Brasileirão/2018. Outro lado da questão são os ex-jogadores, como Raí, Ricardo Rocha e Lugano, que estão proporcionando, em seus cargos, uma estreita ligação com o técnico, inclusive ele, Aguirre, respetiando com a segurança desses personagens criados dentro da casa.

    Falando em técnico, outro que mostra segurança no seu trabalho é o Abel Braga, que sem nenhuma contestação, afinal, os atuais dirigentes do Fluminense que andaram vendendo o que tinha de melhor no elenco para fazer caixa, vem sustentou a parada e que por ora vai bem nas disputas. Quanto o técnico é responsável e experiente a situação clareia. O mesmo não posso comentar sôbre os trabalhos, do Roger Machado, no Palmeiras, Jair Ventura, no Santos, pois as fases desses clubes não estão dando a necessária sergurança nos cargos.

    Coisa boa aconteceu no Sport e no Avaí. A situação no mínimo histórica, senão vejamos: O técnico, Claudinei Oliveira, que ficou um bom tempo no Avaí, teve seu contrato rescindido. Em seguida foi para Recife e a moral é grande, pois, o Sport vem ganhando todas. O mesmo aconteceu com o Geninho, que chegou ao time que já conhecia, o Avaí, e deu uma boa recuperada na Série B. Quanto aos técnicos atuais em nossa capital, não consigo ver nenhuma establidade neles, pois, o Fernando Diniz (Atlético), Micale (Paraná) e Eduardo Batista ainda não nos convenceram. O tempo dirá.

     

     

  • 30/05/2018

    A teimosia do técnico Eduardo Batista..

    Se tem uma coisa que desmereço um técnico de futebol é quando quer dar uma de teimoso, se achando o dono da cocada preta e quq no fundo prejudica totalmente uma equipe em campo. Esse significado vai ao encontro do atual técnico do Coritiba, Eduardo Batista, que ja andou pelo Sport, Fluminense, Palmeiras, Atlético Paranaense, Ponte Preta, agora, no Coritiba.

    Onde ficou mais tempo foi no Sport de Recife. A partir do momento que alçou voôs maiores caiu do cavalo. Haja vista ter levado a equipe da Ponte Preta à 2ª Divisão.  Quando aqui esteve  como treinador, do Atlético Paranaense, confesso não deu tempo para avaliá-lo, pois, o time rubro negro com seus departamentos inventivos dos seus diretores, andou se estranhando por exigência, inclusive, absurdas, pois, não conseguia colocar em prática seu trabalho.

    Pois bem. Foi embora, se arrumou em Campinas, se bem que deixou a equipe campneira na segunda divisão. Não sei quem o convidou, mas, aceitou para não ficar de fora do atual panorama em que vive os técnicos de futebol. Claro, pegando um time combalido como o do Coritiba, sem nenhuma proposta definitiva pelos problemas administrativos, financeiros e falta de conhecimento dos dirigentes atuais do clube, vai levando como pode buscando a cada jogo um time para dar-lhe mais segurança. Até esse momento vai se posicionamento pelo lado intuitivo

    .Depois de todo esse falatório acima, agora, vou pela minha discordância. Como trabalhei no futebol, e de forma rígida na busca de conquista de objetivo, vi muitas situações em que o técnico derivava seu conceito para atender o lado de sentimento do jogador de futebol, em detrimento ao conjunto da obra. Sim.esses caminhavam de forma contrária a uma coletividade, pois, misturavam problemas dentro do elenco e principalmente ao torcedor. 

    Poranto, em minha avaliação, o técnico Eduardo Batista, está dirigindo uma equipe necessitada de vitórias, aliás, só tem ganho em casa,  querendo brigar ou esgrimar com a ira dos torcedores colocando jogadores sem nenhuma qualidade, em especial, no seu ataque. No futebol tem a sua máxima: teimosia e achar que a imprensa não sabe nada de futebol, sua tendência é cair do cavalo. Seja humilde

    Lembre-se que : O melhor da vida é sua história.  

     

     

  • 26/05/2018

    Time Coxa deixa um boa impressão na vitória contra o Vila Nova.

    Boa impressão deixou o time alviverde paranaense na vitória de ,ontem, contra o Vila Nova (2x0) . Já vimos uma equipe mais compactada, principalmente, do meio para trás, com a postura de dois volantes e soltura do excelente jogador, Yan Sasse, para se juntar aos jogadores de frente. A boa equipe de goiania mostrou em alguns momentos autoridade na partida, chegando inlcusive, asfixiar a equipe coxa no 2º tempo. Foi difícil, mas, importante resultado ao somar mais 3 ponto, dando no momento um bom posicionamento entre as 4 melhores equipes dessa Série B.

    Claro, muito tempo pela frente, podendo ajustar mais as peças, o técnico, Eduardo Batista, tem a missão de encontrar uma situação mais favorável no ataque , que vamos e venhamos até agora não luziram um bom efeito, As presenças de Pablo e Bruno Moraes, acho muito pouco pela qualidade individual de ambos. Em contra partida, alguns jogadores pela individualidade se encaixaram bem, casos do goleiro Wilsom, Thalissi, Leandro Silva, Yan Sasse, e até mesmo o ala Chiquinho.

    A 7ª rodada ainda nos mostra jogos pela tarde, mas, sem nenhum efeito em relação a tirar o Coritiba da 4ª posição. Agora, é jogar, e se possívle bem, em Londrina, na próxima 3ª feira.

    Clássico de amanhã, Paraná Clube x Atlético Paranaense, chamando atenção por dois aspctos, um pela torcida única que foi determinada pelo Ministerio Público e a questão tática que será apresentada pelos dois técnicos, Fernando Dinis e Rogério Micale. Cada um a sua maneira, de modo que amos ver o  que acontecerá, sabendo que os dois estão na Zona do Rebaixamento.

    Depois de muito lero-lero, agora, já se sabe a lista dos 12 jogadores inscritos à Fifa pela CBF, no caso de uma necessidade de aproveitamento. São eles os jogadores: Paquetá, Rodriguinho, Dudu, Dedê, Rodrigo Caio, Maicom, Artur, Luan, Neto, Rafinha, Alex Sandro e Giuliano. A seleção brasileira continua realizando seus treinamentos na Granja comary.

    Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história

  • 25/05/2018

    Que tristeza ver o país sofrendo com abusos descontrolados.

    Esteve, ontem, em nossa capital, o Ministro do Esporte, Leandro Cruz, para cumprir uma agenda de compromissos, e principalmente, conhecer as dependências patrimoniais do Paraná Clube. Com o firme propósito de entender mais o imbróglio do terreno onde está construído o Estádio Durival Brito e Silva, em um processo que vem se arrastando por algum tempo. Para quem já sabe desse assunto é aquela parte que toca a Rede Ferroviária. Tendo ao lado o Deputado Federal, João Arruda, o ministro de forma solícita deu uma entrevista exclusiva, a nós da Rádo CBN 670-Curitiba, no programa A Hora do Capitão, oportunidade que pudemos saber sobre a conquista de continuidade, do Tricolor da Vila, a continuar por muitos outros anos com sua praça esportiva.

    Hoje, logo mais à noite, o Coritiba voltará a jogar nessa Série B, contra o time goiano, Vila Nova, à partir das 21.30 horas. Ainda lutando com suas convicções, o técnico, Eduardo Batista vai dentro do possível mudando o time a cada partida, sabendo que nesse momento não pode nem pensar em perder pontos jogando em casa. Algumas novidades como a entrada do garoto, Giovani na zaga, Alisson no ataque e uma formação melhor na marcação na meia cancha, será o prato da noite.

    Muita gente coxa revoltada com o presidente atleticano, Mário Celso Petráglia, ao ter conhecimento de uma entrevista em que o mentor rubro negro deu a jornalistas da Uol. Em um dos seus tópicos enveredou pelo drama que vive o Coritiba e o Paraná Clube, afirmando ser muito difícil, que em pouco tempo, as administrações dos clubes concorrentes melhorem suas situações administrativas. Se ele tem razão ou não, a verdade é que uma enxurrada de críticas, isso aconteceu, o criticando pela falta de ética.

    Não posso deixar de comentar o atual momento que vive o povo brasileiro com a terrivel falta de combustível e que assola a tudo e a todos. Sinto a pobreza de conteúdo dos atuais políticos para resolveram tal situação, a ponto de preocupar com a total paralização do país. Dessa vez os sindicatos que atuam nessa área vem demonstrando um excelente combate e não será fácil aceitar os dítames da área federal. 

    Acredito que a classe política esteja desesperada pela continuidade dessa greve dos caminhoneiros, pois, essa manifestação com adesão de vários grupos que necessitam do combustível, mostrando a incompetência dos covardes com as falcatruas, principalmente, contra a grande empresa nacional a Petrobras.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

     

     

  • 25/05/2018

    Que tristeza ver o país sofrendo com abusos descontrolados.

    Esteve, ontem, em nossa capital, o Ministro do Esporte, Leandro Cruz, para cumprir uma agenda de compromissos, e principalmente, conhecer as dependências patrimoniais do Paraná Clube. Com o firme propósito de entender mais o imbróglio do terreno onde está construído o Estádio Durival Brito e Silva, em um processo que vem se arrastando por algum tempo. Para quem já sabe desse assunto é aquela parte que toca a Rede Ferroviária. Tendo ao lado o Deputado Federal, João Arruda, o ministro de forma solícita deu uma entrevista exclusiva, a nós da Rádo CBN 670-Curitiba, no programa A Hora do Capitão, oportunidade que pudemos saber sobre a conquista de continuidade, do Tricolor da Vila, a continuar por muitos outros anos com sua praça esportiva.

    Hoje, logo mais à noite, o Coritiba voltará a jogar nessa Série B, contra o time goiano, Vila Nova, à partir das 21.30 horas. Ainda lutando com suas convicções, o técnico, Eduardo Batista vai dentro do possível mudando o time a cada partida, sabendo que nesse momento não pode nem pensar em perder pontos jogando em casa. Algumas novidades como a entrada do garoto, Giovani na zaga, Alisson no ataque e uma formação melhor na marcação na meia cancha, será o prato da noite.

    Muita gente coxa revoltada com o presidente atleticano, Mário Celso Petráglia, ao ter conhecimento de uma entrevista em que o mentor rubro negro deu a jornalistas da Uol. Em um dos seus tópicos enveredou pelo drama que vive o Coritiba e o Paraná Clube, afirmando ser muito difícil, que em pouco tempo, as administrações dos clubes concorrentes melhorem suas situações administrativas. Se ele tem razão ou não, a verdade é que uma enxurrada de críticas, isso aconteceu, o criticando pela falta de ética.

    Não posso deixar de comentar o atual momento que vive o povo brasileiro com a terrivel falta de combustível e que assola a tudo e a todos. Sinto a pobreza de conteúdo dos atuais políticos para resolveram tal situação, a ponto de preocupar com a total paralização do país. Dessa vez os sindicatos que atuam nessa área vem demonstrando um excelente combate e não será fácil aceitar os dítames da área federal. 

    Acredito que a classe política esteja desesperada pela continuidade dessa greve dos caminhoneiros, pois, essa manifestação com adesão de vários grupos que necessitam do combustível, mostrando a incompetência dos covardes com as falcatruas, principalmente, contra a grande empresa nacional a Petrobras.

    Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.

     

     

     

  • 24/05/2018

    Reunião pesada no Conselho do Paraná Clube

    Mostrando alto grau de conhecimento ao comentar sua passagem pela Seleção Brasileira, Jairzinho Furacão, deixou uma ótima impressão quando ao participar do Programa Bem Amigos/Sportv. Bem solto,ele foi lembrando os fatos das suas participações nas Copa do Mundo de 66/70/74. Claro, que o entusiasmo foi grande quando o falatório chegou na grande conquista do tri-campeonato/70 no Mèxico. Aqueles que conviveram nesse periodo, alias lembro-me de todos esses mundiais, há de lembrar que não haviam jogadores brasileiros que jogavam na Europa e adjacências. 

    Reunião da pesada, hoje, no Paraná Clube, onde assuntos pertinentes às retaliações acontecidas entre o atual presidente do clube, Leonardo Oliveira e o conselheiro Carlos Werner, vieram a público. O que mais me chamou atenção é que a criatura (Leonardo) tem sido contra o criador (Werner) Para quem não sabe Werner colocou um caminhão de dinheiro no clube quando a insolvência era visível. Lamento, afinal, dor de barriga não dá uma vez só, e falta de caráter, em especial, o que valerá serão os argumentos.

    Parece que o Departamento Médico do Coritiba está tendo muitas dificuldades de devolver jogadores contundidos ao gramado. Desculpe, por não ser essa área de conhecimento, mas, recordo a eficiência, mesmo que precárias da agremiação dos médicos como Aramis Bertoldi, Divanir Cabrini, Balão, William Youssef , só de lembrança. É impossível acreditar que com todas as condições que hoje tem o clube e as coisas não saim adequadas.

    É só falar com o pessoal do amador da cidade que reclamações são a exaustão. Parece que atual presidente da federação não terá à frente boas perspectivas. O mundo esportivo que abrange a maior parte dos votos que identificam um mandatário a presidencia da entidade, está revoltado ao cubo.

    Hoje, das 17 às 19 horas, estarei no comando do programa A Hora do Capitão, programa esportivo tradicional de Curitiba e Região Metropolitana, oportunidade que terei ao lado dos companheiros da Rádio CBN 670, de ouvir as várias participações de ouvintes. Vale a pena conferir.

    Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história. 

  • 21/05/2018

    Momento de incerteza

    O atual estágio das equipes, da capital, tem nos merecido amplos comentários pelas incertezas de um bom encaminhamento. Os resultados a cada rodada bem demonstram a fragilidade que o futebol das araucárias atravessa com presságio ruím pelas adminstrações passadas e que no presente mostram insustentáveis problemas. Claro, tudo isso é descarregado em campo, com a falta de conhecimento de alguns novos dirigentes que estão chegando e que sentem na carne a falta de um melhor preparo por "achismo" ao dizer, anteriormente, que os outros é que não souberam conduzir. Não é de hoje, nos casos do Coritiba e Paraná Clube, que os atuais sofrem percalços pelas más gestões passadas.

    Diferentemente, está o Atlético, afinal, superior a esses problemas administrativos e financeiros, mas, que em campo não reage por suas exigências ditatoriais. O que impressiona no clube atleticano é que as diretrizes estão colocadas para fugir de um crescimento, quando se sabe que poderia ter melhores jogadores e uma comissão técnica mais amadurecida. 

    Falando estritamente das partidas dessa final de semana, fixo a presença do Coritiba na cidade de Varginha, quando foi jogar contra o Boa Esporte. Nâo precisaria ficar esclarecendo muito, afinal, muitos viram e ouviram as explanações quanto ao empate ao final do jogo (1x1). Saliento que o resultado em sí não premiou nenhuma das equipes, afinal, o time mineiro está caindo pelas tabelas. Em se tratando do alviverde paranaense, a média até agora dos 6 jogos está dentro das normas pois, passa dos 60% exigidos para uma das 4 vagas de subida a Série A. O que apavora à frente, e´que o time não conseguiu uma personalidade para jogar fora, dando a nos a convicção que ao sofrer qualquer tropeço em casa essa média vem para baixo. As atuações de alguns jogadores, Chiquinho, Simeão, Paredes, Pablo, Bruno Moraes, vejam que quase meio time. dão a nítida impressão da dificuldade de querer comparar a parte coletiva.

    Quanto ao Atlético Paranaense, minha gente, acumulou, ontem, ao perder para o Fluminense (2 x 0 ), o 8º jogo sem vencer. A famosa forma de jogar do técnico, Fernando Diniz, o tal do "tic tac" , está levando a equipe para a zona do rebaixamento. Isso mostra o que escrevi acima quando os diretores passam aos torcedores que tudo isso é passageiro, claro, sem a intenção de novos investimentos. Pode parecer uma heresia, mas, o Atletíco quando tinha o Estádio Joaquim América, ou mesmo o Farinhacão, levava mais público. O que se vê hoje, é uma interferência de todas as maneiras e que está levando a minoria de espectadores ao estádio, na demonstração que está desgastada a figura do Petráglia. Não sou eu que estou dizendo, são os números e a frequência que ouço nas ruas.

    Jogar contra o Gremio/Porto Alegre, hoje não é uma tarefa fácil, pois, é um clube valorizado por seu atual momento esportivo. Aliás,considero isso de forma merecida, pois, anda ganhando tudo que disputa. Nessa partida, ontem em Vila Capanema, mesmo que superior, não conseguiu ganhar do Paraná Clube Clube( 0 x 0 ), O torcedor paranista que foi ao estádio de Vila Capanema, asseguro aos senhores, todos preocupados com o resultado final. Pelo menos isso não aconteceu pelo empate. Vale ressaltar que o técnico, Rogério Micale, chegou a conclusão que seria melhor fechar a "casinha" (sua defesa) e sustentar o resultado. espero que haja, a partir de ontem, um melhor preparo tático para a equpe paranista.

    Lembre-se: Que o melhor da vida é sua história.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

      

  • 29/03/2018

    Viva Curitiba com seus 325 anos.

    Fundada em 1693, com o nome de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, mudando seu nome para Curitiba, em 1.721, hoje  considerada uma metrópole, sendo 8ª cidade populacional do país, com muitas escolas; hospitais; tendo 9.600 ruas e restaurantes com as mais várias culinárias devido a etnia estabelecida nesses anos, e considerada já algum tempo como, Capital Ecológica, por sua capacidade de parques e suas áreas verdes. É a mais fria do Brasil, sim, é aceito, por suas modificações climáticas, afinal, são variáveis as temperaturas,  mas, com um jeito gostoso de viver. Devido suas misturas de outros povos, é também considerada fria no contato diário das pessoas. Hoje, diria, só um jeito, pois, o curitibano a partir do conhecimento que adquire está sempre disposto a colaborar. Quantas não foram as vezes que recebi elogios desta cidade, no entanto, saber viver por aqui tem suas variantes. Parabéns, Curitiba. Extremamente grato é o que defino minha presença nesta cidade, pois, aqui cheguei em 12 de Janeiro de 1970, contratado para atuar no Coritiba F.C, e por aqui estou, mesmo que por algumas vezes recebesse ofertas de outras praças, oportunidade por construí uma família e amizades por todos os cantos. Gratidão, sim, ainda mais por ter recebido uma outorga da Câmara dos Vereadores como um  Cidadão Honorário de Curitiba. Com o resultado de vitória do Atlético Paranaense, que ganhou, ontem à noite do Londrina ( 1 x 0 ), ficamos agora pela decisão do tão aguardado, ATLETIBA. Com o título do primeiro turno do Coxa, mesmo que com atuação pífia nesse returno, coube ao Furacão, o bom resultado neste segundo turno. Em duas datas, 01/04 e 08/04/2018, os jogos finais deste certame estadual. Por ter ganho mais pontos na competição o Atlético jogará o primeiro jogo no Couto Pereira, sendo assim com a final na Arena/Furacão. Não esquecer, também, que o Atlético recepcionará o time do São Paulo, dia 04 de Abril, valendo Copa do Brasil. Enquanto isso, o Paraná Clube tentando se arrumar para o inicio do Brasileirão/Série A, está à busca de mais jogadores na intenção de melhorar o coletivo da sua equipe. Outro é o Coritiba que já vem treinando para os dois jogos finais do paranaense, também, de olho na Série B, na tentativa de contratar mais jogadores. O Paraná Clube tem sua estréia marcada para o dia 16/04, em São Paulo, contra o Tricolor do Morumbi, e o Coritiba, lá em São Luis, para jogar contra o Sampaio Correia. Sem passar batido, para os amigos que acompanhem diariamente esta coluna, o Atlético tem jogado com jogadores aspirantes e alguns mais experientes no campeonato paranaense. Na Copa do Brasil, de forma diferente, colocando em campo seus titulares. Lembre-se que:  O melhor da vida é sua história.  

  • 26/03/2018

    Atlético acertou o pé na goleada contra o Maringá.

    Falando sôbre o jogo entre o Parana´Clube x Londrina, ontem, em Vila Capanema, o resultado de empate ( 1 x 1 ) mostrou que não havia mesmo nenhum favorito. Foi o que aconteceu, pois, o resultado que veio à favor do Londrina nas penalidades máximas( 4 x 2 ), foi o que determinou o espetáculo. Ao longo da partida vimos uma boa disputa, sim, sem tirar o mérito da equipe londrinense. Claro, que para o torcedor paranista bem que o resultado poderia ter sido outro com a perda de um penalti na etapa inicial. Contudo, ficou à mostra que o Paraná Clube, agora sem calendário  estadual terá que reunir forças financeiras para contratar mais jogadores, afinal ,  Brasileirão /2018 já está batendo à porta. Enquanto isso, à noite , foi a vez do Atlético paranaense mostrar sua qualidade. Na verdade não se esperava um resultado acachapante que o Maringá tomou, sobretudo, tomar 5 gols,  nem o povo maringaense esperava por isso. De repente o resultado fugiu do script com uma goelada impiedosa. Portanto,, na quarta feira próxima, levando a vantagem pelos números conquistados ao longo do certame, o Furacão irá jogar em seus domínios contra o Tubarão, que de certa forma melhorou com a contratação do técnico, Marquinhos Santos. Difícil acreditar, mas, é a pura realidade se fizermos comparações e colocarmos em prática, depois dos primeiros 3 meses, das equipes paranaenses. A supremacia administrativa atual do Atlético é visível. A diretoria que exerce um duro regime de austeridade, quanto a sua ideologia, vê com bons olhos seu planejamento, pois, sua equipe de aspirantes de forma invicta poderá conquistar o titulo estadual da temporada, como, também, no aguardo da sua continuidade, na Copa do Brasil, pois, estará enfrentando em casa,o time do São Paulo, que acontecerá no dia 4 de abril.  De modo que continua invicto nesta temporada de 2018, com 12 jogos dos aspirantes e 4 dos profissionais. Quanto as equipes do Paraná Clube e Coritiba, a situação é de muita preocupação, sobretudo, se não melhorarem seus conceitos em contratações futuras. Perder mais tempo é também o caso do alviverde paranaense, pois, o que vem jogando é muito pouco para quem quer voltar a Série A. Interessado na recuperação do nosso estado e país, em todos os seus quadrantes, notando que as dúvidas são enormes à disputa dos cargos majoritário, a dança das cadeiras se estenderá até o dia 7 de Abril próximo, com a prática da politica sem ideologia onde candidatos estarão buscando seus espaços. Portanto, quando conhecer de fato os encaminhamentos é que poderemos fazer comentários, principalmente, das figuras conhecidas em nosso cenário. O que se sabe a boca pequena, é que o atual governador, Beto Richa, vai mesmo concorrer ao Senado, e sem surprêsa definida a questão com a candidatura do atual Senador Álvaro Dias, à Presidência do Brasil. Saindo disso, é aguardar os nomes que serão listados à governador, senado, deputados estaduais e federais. O que mais se comenta é a incógnita de Roberto Requião e Osmar Dias. Lembre-se que:  O melhor da vida é sua história.
  • 22/03/2018

    Semifinal sem favoritismo.

    Após a rodada completa, ontem,  deste 2º turno paranaense,  já são conhecidas as equipes semifinalistas do certame, com as presenças do Paraná Clube, Atlético Paranaense, Londrina e Maringá, que estarão jogando em partida única de acordo regulamento , sendo que os mandos desses jogos pertencendo aos clubes que pontuaram, ou seja, Atlético e Paraná Clube. Portanto, domingo às 16 horas, em Vila Capanema, o Tricolor da Vila recepcionará a equipe do Londrina, sendo logo após, às 20 horas, na Arena, Atlético Paranaense x Maringá. Algumas coisas chamaram atenção nesse turno de disputa, afinal, o Paraná Clube que fizera uma companha ruim na etapa inicial do campeonato, teve uma recuperação desde a chegada do técnico, Rogério Micale. Não é para menos, sobretudo, não poder associar esse crescimento por coincidência e sim pelo capacidade desse profissional. Outro comentário a parte é sôbre o time do Londrina, que vinha mal das pernas, e que, após, trazer o técnico, Marquinhos Santos, melhorou a ponto de chegar em tempo nesse disputa do returno. Não posso e nem poderia deixar de comentar a atuação pífia do time alviverde paranaense nesse momento. Após ganhar o turno inicial  entrou nessa etapa seguinte acompanhado por um planejamento exposto pela diretoria, limitando sua performance nesse turno com modificações desastrosas na finalidade de aproveitamento do seu elenco. Com toda certeza um desastre total, e que veio, também, com a desclassificação na Copa do Brasil, onde  não superou o regular time do Goiás. Já o Atlético Paranaense, não há contestação, pois, sua diretoria entendeu, aliás, vem praticando isso desde 2013, jogar com sua equipe da base, ou considerado aspirantes, com inclusões de alguns jogadores mais experientes. Chega nessa parte final do turno como único invicto tendo a possibilidade de ganhar esse jogo contra o Maringá e esperar pelo confronto entre o Paraná Clube x Londrina. Quem escapou da degola foi o Rio Branco/Paranaguá, com a vitória do Prudentópolis ( 3 x 1 ) frente ao União de Beltrão. Com isso foram para a Série B, do paranaense, em 2019, o Prude e o Beltrão. Já se diz por aí que o Operário/Ponta Grossa,  virá para a temporada seguinte à 1ª divisão do estadual. Portanto, vamos esperar que tudo corra a contento nessa rodada próxima, sem alardearmos favoritos. Lembre-se que : O melhor da sua vida é sua história.
  • 19/03/2018

    Atlético nas semifinais e o Paraná Clube, perto.

    Caminhando para a última rodada desse turno paranaense onde todas as partidas serão jogadas nessa próxima quarta feira 21/02/2018, diria que as coisas estão mais ou menos definidas,  sobretudo, pelos resultados dessa final de semana. Ainda bem que o Paraná Clube ganhou da equipe do Foz do Iguaçu (2x0), e agora, terá que cumprir de forma vitoriosa o jogo contra o Maringá, partida que será realizada em seus domínios.  Em ganhando, não dependerá de outros resultados, pois, eliminará o Maringá. Liderando essa etapa com a surpreendente subida na tabela e que coincidência ou não , graças a técnico, Rogério Micale, o Tricolor da Vila ainda trará mais jogadores para seu elenco. Quanto ao Atlético Paranaense, que joga permanentemente com seus aspirantes, empatou ( 0 x 0 ), ontem, contra a equipe do Londrina, e com isso já está classificado para as semifinais desse turno. Na verdade é o Furacão que mais pontos teve até agora no campeonato, pois, não perdeu um jogo. Portanto, entendo que deva estar salvo a motivação quanto a chegada para disputar com o campeão do turno, o Coritiba , que ganhou no 1º turno. Quanto as derrotas das equipes do interior, Cianorte, no sábado para o Coritiba( 1 x 0 ), e ontem do Foz, que  perdeu em casa para o Tricolor da Vila, ficou difícil para ambas as equipes, como também,  podemos juntar o Maringá, único com chances, pois, Toledo, Londrina e Cascavel, já são cartas fora do baralho. Com ambiente bastante conturbado, o time Coxa mesmo que vencendo à duras penas do Cianorte ( 1 x 0 ), deixou ainda mais duvidas aos seus torcedores, principalmente por sua performance coletiva. Parece que o técnico interino , Sandro Forner, está carregando um navio nas costas, tamanha sua responsabilidade em dirigir um time jovem ainda sem consciência profissional. O preço tem sido caro para a diretoria que insiste afirmar que não tendo dinheiro vai ficar por isso mesmo  Adianto o serviço para os senhores, pois, se  esse "bando" de pessoas não mudarem o planejamento exposto,  o prejuízo será maior. Humildade em reconhecer seria o melhor. Mesmo que muitos não admitam, digo isso dos torcedores atleticanos, da presença do maioral, Petráglia, no comando geral do clube, o time considerado titular, que só treina, vai agora entrar na 4ª etapa da Copa do Brasil, enquanto os aspirantes vão disputar as semifinais do paranaense. Esperteza ou não, conhecimento ou  convencimento, pelo que realiza,  nada a contestar. Contudo, aguardamos esse conteúdo de bons resultados quando chegar a Série A/2018. Lembre-se que: O melhor da vida é sua história.
Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES