Dance Curitiba

Juliana Ribeiro

Publicidade
Dance Curitiba

4 dicas para dançar durante o período menstrual

Se tem uma coisa pela qual a maior parte das mulheres passa todo mês, ela é a
menstruação. Para muitas é um grande incômodo, para outras é tranquilo, mas
fato é que a dança pode auxiliar esses dias que requerem um pouco mais de
cuidados.
Nas minhas alunas o que observo são reclamações quanto a desânimo, inchaço,
fraqueza, e claro, as cólicas. Eu separei algumas dicas sobre como lidar melhor
com o período menstrual e a prática de atividades físicas, tenho certeza que vai
ajudar bastante. Vamos lá:


Os absorventes


Muitas alunas, em especial as mais novinhas, morrem de medo de vazamentos
ao dançar. Eu concordo que um vazamento pode ser ruim, até constrangedor,
mas fato é que menstruação é algo natural e deve ser encarado assim. Afinal, é
apenas sangue! Em mercados e farmácias é possível encontrar uma infinidade
de absorventes, como internos, externos, com abas, sem abas, sem esquecer
dos coletores. Minha dica é: teste qual funciona melhor com você.


A roupa ideal


Outra boa dica para aquelas que passam mal só de pensar em ficar com a roupa
manchada de sangue, é investir em roupas escuras. Desta forma, qualquer
vazamento será disfarçado. Nos dias de fluxo mais intenso, invista em shorts de
tecidos mais grossos, coloque uma meia calça e outra peça por cima, como uma
saia ou legging , o que não vale é ficar sem dançar. Mas eu vou repetir:
menstruação é apenas sangue, não há motivo para ficar constrangida.


Evitando as cólicas

Para as cólicas, a receita é fácil: endorfina! Se tem uma coisa que a dança faz, é
liberar este hormônio que ajuda a controlar a dor. Por isso, dance muito,
alongue-se, procure movimentar o corpo e gastar energia. A partir do momento
que a endorfina é liberada, as cólicas tendem a melhorar.


A alimentação


Cuidar da alimentação, em especial nestes dias, pode ajudar muito. Alimentos
mais leves, com frutas, verduras, iogurtes, e muito líquido ajudam a diminuir o
inchaço. Café e bebidas à base de cafeína não são recomendadas, pois elas
estimulam muito e podem causar irritação ou stress. A mesma regra vale para
as bebidas alcoólicas. O meu conselho é também não se cobrar muito. Se você
está irritada e quer comer algo que a faça sentir bem, coma. No final das contas,
o que vale é buscar o que vai te trazer mais alegria e conforto.


Espero que as minhas dicas sejam úteis!


Um beijo e boa leitura.

DESTAQUES DOS EDITORES