Bom de Dica de Corrida

Publicidade

Confira as ruas que serão afetadas pela Maratona de Curitiba (só buzine para apoiar)

A Maratona de Curitiba é, sem dúvida alguma, a prova mais tradicional de Curitiba. Os 42 quilômetros passam por boa parte dos bairros da capital, do Centro Cívico ao Capão Raso, do Água Verde ao Hauer. O percurso afeta algumas das principais vias da cidade em uma manhã do ano.

Ou seja, trafegar de carro na manhã do próximo domingo (18) não será fácil, dependendo do percurso. Os bairros afetados serão: Centro Cívico, São Francisco, Juvevê, Alto da Glória, Centro, Batel, Seminário, Vila Izabel, Portão, Novo Mundo, Capão Raso, Rebouças, Parolin, Hauer, Prado Velho, Jardim Botânico e Alto da Rua XV. O percurso completo pode ser visualizado aqui.

Antes de buzinar para os corredores, pense que cada um dos 8 mil participantes treinou e se dedicou para estar lá. O ciclo de uma maratona dificilmente leva menos de quatro meses. Ou seja, em vez de uma buzinada de reclamação, apoie cada uma das pessoas que estará passando, pois esse incentivo auxilia (e muito) para concluir a prova.

A prova terá largada às 7 horas na Praça Nossa Senhora de Salete e tem horário máximo estabelecido para encerrar às 13 horas. Por óbvio, na medida em que a prova vai seguindo, as ruas vão sendo liberadas para o tráfego normal de veículos.

O que acha de trocar a reclamação pelo apoio?

Veja as ruas que serão afetadas:

Largada: Praça Nossa Senhora de Salete

- Cândido de Abreu – Até o km 1

- Pequeno trecho da Inácio Lustosa

- Mateus Leme – Até o km 3

- José Saboia Cortês, Vieira dos Santos e Albano Reis – Km 3 ao Km 4

- Marechal Hermes – Até o km 5,5

- Cândido de Abreu – Km 5,5 ao km 7

- Augusto Stellfeld – Km 7 ao km 8

- Desembargador Mota – Km 9

- Visconde de Guarapuava – Km 10 ao 11,5

- Pequeno trecho na Cândido Xavier

- Avenida Iguaçu – Km 12 ao 13

- Arthur Bernardes – Km 13 ao 15

- Rápida Sentido Pinheirinho – Km 15 ao 19,5

- Des. Ernâni Guaritá Cartaxo, Winston Churchill e Rua Ipiranga – Km 19,5 ao km 20

- Rápida Sentido Centro – Km 20 ao 26

- Brasílio Itiberê – Km 26 ao 28

- Marechal Floriano Peixoto – Km 28 ao 31

- Ruas Maj. Fabriciano do Rêgo Barros, Tenente Francisco Ferreira de Souza e Presidente Pádua Fleury – Km 31 ao 32

- Marechal Floriano Peixoto – Km 32 ao 33

- Aluizio Finzetto/Francisco Nunes – Km 33 ao km 35,5

- Pequeno trecho da Cel Zacarias

- Conselheiro Laurindo – Km 35,5 ao 36,5

- Dário Lopes dos Santos – Km 36,5 ao 38

- Viaduto do Capanema – Km 39

- Sete de Abril – Km 39 ao 40

- Augusto Severo – Km 40 ao 41

- Comendador Fontana – Km 41 ao 42

Chegada: Cândido de Abreu

Quem faz o blog

Vinicius Boreki – É jornalista e descobriu a corrida de rua como forma de perder peso e virou paixão. Minhas primeiras provas foram em 2011, ainda com 5 e 10 quilômetros. Parti para os 21 km em 2013 e permaneci nesta distância até 2015. Em 2016 e 2017, concluí os 42 quilômetros da Maratona de Curitiba. Meu propósito é finalizar uma maratona por ano a partir de agora. Maria Fernanda Takahashi – Formada em jornalismo, começou a correr em 2011 – contrariando a orientação dos médicos devido à uma protusão discal. Seguiu fazendo provas de 5 e 10 km até concluir suas primeiras meias maratonas no Rio de Janeiro, em São Paulo e na maratona de Curitiba, em 2017. Sofre com o cardio, não tem a pretensão de correr uma maratona, mas quer levar a corrida para a vida toda.

DESTAQUES DOS EDITORES