• A Comunicação Interna das empresas é foco estratégico na corrida competitiva

    A forma como as pessoas se comunicam em uma empresa define a condição de desenvolvimento de seus processos de gestão, de informação e produtivos. Nesse contexto, a comunicação pode ser escrita, verbal ou realizada por meio de movimentos e de apresentação visual.

    Diante dessa lógica, tudo que fazemos comunica algo, e, portanto, torna-se necessário saber o que e como precisamos comunicar em um ambiente de trabalho para que este funcione de maneira organizada afim de otimizar o tempo de todos envolvidos, garantindo ainda a validade dessas informações.

    Ao considerar que um dos maiores desafios da comunicação está na ação de quem interpreta a mensagem, quem comunica precisa organizar a informação de tal maneira que não gere duplo ou mais sentidos em uma mesma mensagem.

    Nesse sentido, torna-se fundamental para empresa definir os procedimentos de comunicação interna. Aproveitando o momento que estamos vivendo, a tecnologia digital pode auxiliar muito na comunicação empresarial.

    Existem sistemas de informação em ambiente digital disponíveis gratuitamente ou com baixo custo, que permitem acesso por grupos de pessoas, como as redes sociais, e-mail, drive, etc.  Estes meios de comunicação podem auxiliar na otimização de tempo, bem como na validade das informações. Nesse caso, sempre será identificado quem informou e quando informou.

    O grande desafio está na adequação das rotinas de trabalho para que estas se ajustem a rotina do processo de comunicação interna. Para superar este problema, atualmente a tecnologia digital apresenta diversas soluções, garantindo volume e fluxo de grande quantidade de informações com acesso em tempo real em diferentes lugares do planeta.

    Cabe enfatizar que de nada valem as novas tecnologias se as informações que fluem por meio destas não atenderem os princípios éticos e morais da sociedade. Visto que a sustentabilidade da estratégia de uma empresa está nos valores que a mantem em funcionamento.

    Como estes valores existem a partir das ações das pessoas que nelas atuam, podemos indagar que para melhorar a comunicação interna de uma empresa é necessário garantir a validade e veracidade das informações de maneira transparente, bem como anular qualquer tipo de comunicação paralela à comunicação disponível a todos colaboradores da empresa.

    Mais informações: file:///C:/Users/Nicole/Downloads/1633-6038-1-PB%20(2).pdf 

    SCATENA, Maria Inês Caserta. Ferramentas para a moderna gestão empresarial: teoria, implementação e prática. Série Administração Estratégica. InterSaberes      1ª Edição. 2012.        

  • Escritório Enxuto: Vantagens e desafios

    A proposta de Escritório Enxuto “Lean Office” foi criada a partir da Produção Enxuta “Lean Production”, uma prática adotada nos processos produtivos, revolucionando a indústria automotiva, sendo criada por Taiichi Ohno, dando origem ao Sistema Toyota de Produção. Tendo como premissa a otimização de tempo e melhor gestão das informações no ambiente de trabalho, no caso do Escritório Enxuto, especificamente na área administrativa. Ambas são pautadas nos princípios do Pensamento Enxuto “Lean Thinking”.

    Essa proposta estabelece uma cultura organizacional que promove melhorias continuas nas rotinas de trabalho. Entre as vantagens estão:

    - Identificar e eliminar desperdícios rapidamente e com eficiência em todos os ambientes administrativos;

    - Padronizar processos pautando-se na melhoria;

    - Aumentar a participação e comunicação de todas as pessoas envolidas na empresa;

    - Criar uma experiência Lean positiva para que uma cultura de melhoria contínua torne-se rotina;

    - Aumento da capacidade competitiva da empresa;

    Apesar de ser muito vantajoso implementar esse modelo de gestão de processos e de informações na empresa, essa proposta apresenta alguns desafios. Entre eles, o que se destaca é a mudança de hábitos da equipe de trabalho. Considerando que a mudança de hábito de uma pessoa necessita a vontade dessa pessoa para realizar a mudança, a sugestão para realizar a implantação da cultura organizacional Escritório Enxuto “Lean Office” em sua empresa é iniciar a mudança a partir da identificação da necessidade dessa transformação por parte de cada membro da equipe.

    Inicialmente é importante treinar a equipe para que todos conheçam o modelo Escritório Enxuto “Lean Office” e suas ferramentas, e na sequência, essa transição pode se desenvolver a partir da análise de problemas identificados nas rotinas de trabalho, buscando encontrar a origem dos problemas.  A partir da identificação da origem dos problemas, a sugestão é realizar os ajustes no processo de maneira que este torne-se mais eficiente, garantindo que otimize tempo e recursos.

    Com essa prática, a transição se desenvolve de maneira gradativa, facilitando a mudança de cultura, e principalmente, a partir de adequações realizadas por quem utiliza os processos. A rotina de análise e revisão dos processos podem acontecer diariamente ou semanalmente. A periodicidade de adequações pode ser estabelecida pela equipe, mesmo porque todos precisam ter conhecimento sobre as adequações implementadas.

    Fonte: https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/54885/R%20-%20D%20-%20RODRIGO%20DE%20CASTRO%20FREITAS.pdf?sequence=1&isAllowed=y

    SCATENA, Maria Inês Caserta. Ferramentas para a moderna gestão empresarial: teoria, implementação e prática. Série Administração Estratégica. InterSaberes      1ª Edição. 2012. 

      

  • Benefícios da atividade física no desempenho profissional

    A rotina de trabalho que vivenciamos na atualidade exige muito mais que conhecimento técnico para apresentarmos bons resultados produtivos. Isso ocorre porque o tempo que realizamos nossas atividades sociais e profissionais foi ampliado, interferindo diretamente no período de descanso que temos em nossa rotina diária. Essa realidade foi alterada desde que a internet começou a fazer parte de nossas vidas, exigindo muito mais energia e bom humor para construir momentos produtivos e agradáveis em nossa rotina.

    Nesse sentido, a busca de mecanismos que melhorem a qualidade de vida, mesmo que essas mudanças permaneçam e até mesmo aumentem, é fundamental para termos uma vida próspera. Nessa trilha, a prática de atividade física demonstra ser uma opção muito positiva.

    Entre os benefícios está o fato de estimular a produção natural do hormônio Testosterona, responsável pela produção de energia em nosso organismo.  Mais do que isso, a atividade física, estimula também a produção natural de Serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro e em outros sistemas do corpo e proporciona a sensação de bem-estar, influenciando diretamente no humor das pessoas.

    Considerando que o bom humor e a energia são necessárias para nos desenvolvermos em meio a tantas demandas que surgem em nosso cotidiano. Esses dois motivos já justificam a prática de atividade física, diariamente.

    Qual atividade devo praticar?

    Não podemos indicar uma atividade física que seja melhor que outra, de forma aleatória. O que é necessário considerar quando decidimos praticar atividade física é realizar um exame médico para identificar quais são as condições fisiológicas que temos para desempenharmos determinadas atividades, como por exemplo, a corrida, que é de alto impacto. Após a realização dos exames, o médico poderá recomendar algumas atividades que possibilitem a prática constante sem prejudicar a sua saúde.

    Entre as atividades indicadas pelo seu médico é muito importante escolher a que lhe dá maior prazer em executar. Pois a regularidade da prática de exercícios é muito importante, e essa regularidade depende da motivação que você tem em praticá-la. Por isso, antes de mais nada, você precisa saber qual das atividades indicadas pelo médico, você gosta de praticar.

    Outros benefícios da prática de atividade física:

    Fonte: http://www.ufjf.br/farmacologia/files/2013/05/Serotonina-Medicina-Modo-de-Compatibilidade.pdf

    https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2017/02/22/interna_ciencia_saude,575655/estudo-revela-beneficios-da-reposicao-de-testosterona-em-tratamentos.shtml

  • Como a sua empresa pode se preparar para a 4ª Revolução Industrial

    Muitas pessoas imaginam que a 4ª Revolução Industrial vai promover o aumento do desemprego porque as rotinas produtivas não precisam de mão de obra humana. Na verdade, isso já vem acontecendo desde 1969, quando entramos na 3ª Revolução Industrial.

    O que poderia ter evitado o alto índice de desemprego seria a atualização da Educação que ainda está no modelo de atendimento das demandas da 2ª Revolução Industrial.  Se a preparação dos profissionais não passar para um novo modelo de construção do conhecimento, o desemprego vai continuar e junto com ele a dificuldade de desenvolvimento das empresas.

    A compreensão dos profissionais sobre como funciona a Indústria 4.0 é o ponto de partida para que as empresas se mantenham em posição de competitividade. Desenvolver a capacidade criativa dos profissionais de maneira integrada com a nova estrutura de interconexão de dados existente na internet, manterá as empresas em plena condição de desenvolvimento.

    Mais que dominar o conhecimento técnico atual, é necessário ampliar a capacidade de comunicação por meio do domínio de diferentes idiomas, bem como estimular a prática de aprimoramento de conhecimento de forma interdisciplinar. Da mesma forma que os dados estão interconectados na internet, o conhecimento e a atuação dos profissionais precisam se desenvolver de maneira integrada na rotina produtiva.

    O grande desafio está na mudança de hábitos na forma de pensar e produzir conhecimento organizacional.  A empresa que conseguir estimular essa mudança de comportamento e de visão estratégica de maneira que funcione em ambiente presencial e digital, terá mais chance de sucesso no mercado globalizado.

    Estamos vivendo a era da Internet das Coisas – IOT –Internet of Things. No entanto, as empresas precisam pensar como a IIOT- Indústria da Internet das Coisas. Preparar a sua equipe de profissionais para essa estrutura produtiva é a maior vantagem competitiva que a sua empresa pode ter.

    Mais informações, assista: https://www.youtube.com/watch?v=-7COj1Qrjb0

  • Cota de PcD pode ser suspensa por período de 2 anos com a contratação de Aprendiz PcD

    Cota de PcD pode ser suspensa por período de 2 anos com a contratação de Aprendiz PcD
    (Foto: https://portal.unit.br/blog/noticias/roda-de-conversa-inclusao-de-pcd-no-mercado-de-trabalho/)

    A lei nº 8.213/1991, de cotas para Pessoas com Deficiência - PcD, determina que a empresa com 100 ou mais funcionários está obrigada a preencher de dois a cinco por cento dos seus cargos com beneficiários reabilitados, ou pessoas portadoras de deficiência, na seguinte proporção:

    - até 200 funcionários.................. 2%

    - de 201 a 500 funcionários........... 3%

    - de 501 a 1000 funcionários......... 4%

    - de 1001 em diante funcionários... 5%

    Considerando a dificuldade encontrada por algumas empresas para cumprirem essa determinação legal, a Instrução Normativa da Secretaria de Inspeção do Trabalho – SIT nº 98/2012 estabelece que se forem constatados motivos relevantes que impossibilitam ou dificultam o cumprimento da contratação de pessoas com deficiência ou reabilitadas, poderá ser instaurado o procedimento especial para ação fiscal, por empresa ou setor econômico, previsto no art. 627-A da CLT e nos arts. 27 a 29 do Decreto nº 4.552, de 27 de Dezembro de 2002, observadas as disposições da Instrução Normativa e da Instrução Normativa nº 23, de 23 de maio de 2001 (Art.17, SIT nº 98/2012).

    Isso quer dizer, que a obrigação legal de contratação de PcD pode ser suspensa por até 2 anos se a empresa contratar Aprendiz PcD, por meio de procedimento especial, com termo de compromisso, no qual são estipuladas as obrigações assumidas pelas empresas e os prazos para o seu cumprimento.

    Esse termo de compromisso precisa ser assinado junto às Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego - SRTE, por meio da Auditoria Fiscal do Trabalho. Mais informações sobre o assunto poderão ser encontradas no link a seguir:  http://www.normaslegais.com.br/legislacao/instrucao-normativa-98-2012.htm

  • Por que e como implementar as novas Tecnologias Digitais na empresa

    Atualmente, a sociedade mundial dispõe de um ambiente digital para acessar diferentes tipos de dados, que são distribuídos de maneira que auxilie o alto fluxo e volume deles. Nesse contexto, as empresas têm vantagens e ao mesmo tempo desafios para superar.

    Considerando que nesse momento o setor de TI tem disponível em suas mãos uma estrutura robusta, que terá dados armazenados de maneira setorizada, e que passará do tradicional TI para uma infraestrutura com interconexão distribuída, decidir como será essa transição é o grande desafio do momento.

    Conhecida como Arquitetura Orientada a Interconexão - IOA -  Interconnection Oriented Architecture, essa nova proposta apresenta maior velocidade de conectividade, auxiliando na implementação de novos serviços e nas formas de atuação das empresas com seus clientes, parceiros e fornecedores.

    Vantagens competitivas dessa transição:

    1 – Aumento da velocidade de conexões;

    2 -  Suporta conexão globalizada com maior volume e velocidade de fluxo de dados;

    3 – Otimiza tempo da equipe, aumentando a produtividade, pois sua estrutura é melhor distribuída, por ser organizada geograficamente;

    4 – Proporciona opções de combinações de conexões, conforme surjam demandas de serviços ou consumo;

    5 – Apresenta confiabilidade e possibilita o controle de acesso dos dados;

    6 – Tem capacidade de adaptação para criação de novas oportunidades de negócios por meio do uso de dados analíticos, integrando informações que possibilitam gerar novas receitas.

    Como fazer:

    Fonte: 2017 Equinix, Inc. Disponível em: https://www.equinix.com.br/global-interconnection-index-gxi-report/

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES