Política em Debate

Publicidade
Resposta

Em nota, Cida Borghetti garante que contas do governo do Paraná estão em dia

Cida: " Estado do Paraná possui uma das melhores situações econômicas e fiscais do País"
Cida: " Estado do Paraná possui uma das melhores situações econômicas e fiscais do País" (Foto: Arnaldo Alves/ANPr)

A assessoria da ex-governadora Cida Borghetti (PP) divulgou hoje nota sobre as declarações do secretário de Estado da Fazenda do governo Ratinho Júnior, Renê Garcia Júnior, sobre os problemas no Sistema Integrado de Finanças Públicas do Estado (Siaf), que segundo ele, impedem que a atual gestão possa dizer com certeza a situação das contas do Estado que recebeu da gestão anterior. Na nota, a equipe de Cida “reafirma que o Estado do Paraná possui uma das melhores situações econômicas e fiscais do País”.

Segundo o texto, os problemas no Sistema Integrado de Finanças Públicas do Estado (Siaf) “existem e já foram objeto de várias ações da SEFA, designando servidores para comissões processantes (em julho, outubro e novembro), inclusive com a aplicação de multas contratuais à empresa”.

De acordo com a equipe da ex-governadora, “as providências cabíveis foram tomadas”, e a equipe de transição do governador Ratinho Júnior “foi informada da situação atual do Sistema e de todas as providências já adotadas”. Segundo a assessoria de Cida, como afirmou o atual secretário da Fazenda “não há irregularidade definida” e , “se houver incongruências, providências serão tomadas” .

A assessoria da ex-governadora reafirmou ainda que “deixou mais de R$ 5 bilhões em contas bancárias do Estado”, e que esses valores “asseguram o pagamento de todos os compromissos assumidos em seu Governo”. Além disso, garante que “o Orçamento do Estado de 2019 está livre para execução pelo atual governo”.

A assessoria de Cida reforça também “que as dificuldades do Siaf, no entanto, que não impediram a execução de uma gestão realizadora com obras em todas as regiões, assinatura de convênios com a União, repasses de recursos para prefeituras, prestação de contas e a manutenção das certidões em dia”, e que o novo governo “assume o Estado com todas as certidões em dia e com suas finanças contabilizadas, inclusive com a devida prestação de contas aos Órgãos de Controle, em especial à Assembleia LegislativaLegislativa, ao Tribunal de Contas e à Secretaria do Tesouro Nacional”. A assessoria da ex-governadora conclui a nota dizendo que “espera que os problemas no Siaf sejam resolvidos” pelo novo governo, “pois será o melhor sistema de finanças públicas do Brasil quando concluído”.

DESTAQUES DOS EDITORES