Eleições 2022

PSDB deve retirar candidatura de Silvestri Filho ao Senado e apoiar Alvaro Dias

César Silvestri Filho (PSDB): ex-prefeito já havia perdido a vaga de candidato ao governo
César Silvestri Filho (PSDB): ex-prefeito já havia perdido a vaga de candidato ao governo (Foto: Franklin de Freitas)

O PSDB do Paraná deve retirar a candidatura do ex-prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho ao Senado e apoiar a reeleição do senador Alvaro Dias (Podemos). A decisão foi tomada pela direção nacional do partido, que formou uma federação com o Cidadania. Em troca, o Podemos deve apoiar a candidatura à reeleição do governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB).

Silvestri Filho deixou o Podemos em janeiro deste ano para se filiar ao PSDB como pré-candidato tucano ao governo do Estado. Em julho, o comando da sigla desistiu de lançar candidato ao Palácio Iguaçu, e indicou a candidatura do ex-prefeito ao Senado. Agora, com a nova decisão, Silvestri deve ser candidato a deputado federal.

Outro candidato ao Senado que pode acabar desistindo de concorrer ao cargo é o ex-chefe da Casa Civil e deputado estadual Guto Silva (PP). A desistência seria motivada pelo fato do governador Ratinho Júnior (PSD) ter declarado apoio à candidatura do deputado federal Paulo Martins (PL) ao posto.