• Festival de Curitiba

    Grupo paulistano Parlapatões retorna ao Festival de Curitiba

    Capa - “Shakespeare abreviado” - Créditos para Luiz Doroneto - Parlapatões

    Na 30ª edição do Festival de Curitiba, o grupo paulistano de humor, "Parlapatões", retorna para o evento para reviver três grandes sucessos em comemoração às três décadas de parceria.

    O grupo, que surgiu em 1991, se apresentou no Festival de Curitiba nove vezes no total, sendo quatro estreias nacionais em oito edições diferentes. . A primeira vez foi em 1997com a peça de rua U Fabuliô. No ano seguinte, o espetáculo PPP@WllmShkspr.br estreou com grande sucesso de público e crítica no Festival e seguiu uma importante carreira nacional.

    Em 2003, outra estreia: As Nuvens. Três anos depois, a trupe trouxe dois novos espetáculos Hércules e Prego na Testa. Em 2009 foi montado Oceano – Circo Roda, em 2010, O Papa e a Bruxa e a última passagem pelo Festival foi com o grandioso espetáculo Parlapatões Revistam Angeli.

    O grupo estreou muitas peças no Festival e nosso trabalho sempre foi muito bem recebido. O festival sempre serviu como um impulso muito grande para que nossos espetáculos começassem temporadas Brasil afora”, disse Hugo Possolo, um dos fundadores do grupo.

    Para o 30º Festival de Curitiba o grupo apresenta uma trilogia de grandes sucessos, com todas as montagens no Sesc da Esquina (Visc. do Rio Branco, 969 - Mercês), como parte da Mostra Lúcia Camargo.

    Cred divulgação

    Prego na Testa - A primeira peça é Prego na Testa, que será encenada nos dois primeiros dias do Festival, 29 e 30 de março. O espetáculo solo de Hugo Possolo é baseado na obra e performance do ator e dramaturgo americano Eric Bogosian. O texto expõe ao ridículo a neurose urbana que Possolo soube adaptar às circunstâncias da realidade brasileira ao viver 7 personagens de características bem diferentes como o mendigo que se considera dono de um vagão de metrô, o emergente apaixonado pela nova churrasqueira, o fã chato, o macho que participa de um grupo de autoajuda para fazer uma meia culpa por ser viciado em sua própria virilidade, entre outros.

    (capa) Shakespeare “abreviado” - Nos dias 31 de março e 01 de abril, o grupo apresenta PPP@wllmshkspr.br, a versão brasileira de The Complet Works of William Shakespeare (Abridged), do americano Adam Long, que também é ator e participou da montagem original. O “Shakespeare abreviado” dos Parlapatões é um clássico instantâneo que estreou no Festival de Curitiba. A peça é uma sátira agilmente estruturada que compila a obra completa de William Shakespeare em 99 minutos, encenada por três atores que se dividem em 12 personagens. A tradução é de Barbara Heliodora, crítica de teatro e a principal tradutora de Shakespeare no Brasil. A peça foi dirigida por Emílio Di Biasi, o ator e diretor falecido em 2020, fundador do grupo teatral Decisão e um grande garimpeiro de talentos do teatro.

    Cred divulgação

    Universo Angeli - A trilogia dos Parlapatões fecha nos dias 2 e 3 de abril, quando o grupo retoma um de seus maiores projetos: a ampla pesquisa sobre a obra do cartunista Angeli. A peça Parlapatões Revistam Angeli rola em clima de Teatro de Revista, ao som do rock’n roll, com os personagens mais conhecidos do cartunista como Bob Cuspe, Rê Bordosa, Os Skrotinhos e Meia-Oito dando vida a situações criadas nas tiras, charges e textos de Angeli.

    A peça estreou no Festival de Curitiba de 2013 com a presença do próprio Angeli e fez grandes temporadas no Auditório Ibirapuera e temporada no Espaço Parlapatões, com grande sucesso de público.

    Três espetáculos testados, aprovados e imperdíveis para celebrar a simbiose entre Os Parlapatões e o Festival de Curitiba. “Estamos felizes de estar em Curitiba novamente e finalmente nos apresentando para um público. Vai ser uma lavada de alma, uma retomada”.

    Mostra Lúcia Camargo é apresentada por EBANX, Paraná Banco, New Holland, com patrocínio de ClearCorrect, Vonder, SulAmérica, Novozymes e Governo do Estado do Paraná.

  • Música no largo

    Shopping de Curitiba tem apresentações gratuitas de pianistas

    Cred foto - Divulgação

    Nesta semana, o Shopping Curitiba continua com seu projeto "Música no Largo", que leva apresentações de piano gratuitas e individuais no piso L2.

    Nas sextas-feiras, das 19h às 21h; sábados, das 12h30 às 14h30 e das 19h às 21h; e domingos das 12h30, às 1430, de março contarão com apresentações das artistas Ana Maria Ribeiro Noara Barreiros.

    Formada em piano clássico pelo Conservatório Musical Santa Clara, em São Paulo, Ana Maria Ribeiro tornou-se especialista em música italiana. Já Noara Barreiros estudou piano clássico e depois o popular, contando com um gosto musical eclético, passando por polcas, choros, maxixes, valsas, MPB, música internacional e contemporânea.

  • Sertanejo

    Buteco do Gusttavo Lima chega a Curitiba no dia 26 de março

    Cred capa - Augusto Albuquerque Felix Lima

    No dia 26 de março, a capital paranaense recebe o "Buteco do Gusttavo Lima", projeto do sertanejo que tem movimentado o Brasil e, atualmente, é considerado um dos mais importantes eventos de música. O show ocorre na Arena Expotrade (Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, 10454 – Pinhais).

    Além da apresentação do Gusttavo Lima, o Buteco conta com shows de outros grandes nomes de destaque da música nacional em suas edições. Em Curitiba não será diferente. As duplas Cesar Menotti & FabianoBruno e Denner, o cantor Gustavo Mioto e do dj Dennis também passarão pelo palcos.

    No repertório do show, sucessos como "Nota de Repúdio", "Ficha Limpa", "Apelido Carinhoso", "Balada Boa" "Gatinha Assanhada", além de outros clássicos da música sertanejo.

    Os ingressos estão disponíveis pelo BaladAPP com valores que vão de R$180 a R$450 + taxa adm. A classificação é 18 anos.

    Em Curitiba, o "Buteco do Gusttavo Lima" é promovido pelas produtoras CWB Brasil LG Produções Artísticas.

  • Musical

    "Madagascar, Uma Aventura Musical" chega a Curitiba com apresentações de 11 a 13 de março

    Cred imagens - Marcos Mesquitas

    De 11 a 13 de março, a cidade de Curitiba recebe o espetáculo "Madagascar, Uma Aventura Musical", uma adaptação da animação da DreamWorks para os palcos, em que os astros a Zebra Marty, o Leão Alex, Glória (uma hipopótamo fêmeo) e Melman (uma girafa macho), estarão em uma grande aventura para divertir seus pequenos fãs.

    O musical, que ganhou versão brasileira e fez temporada de grande sucesso em São Paulo e no Rio de Janeiro, terá cinco sessões no Teatro UP Experience (Pequeno Auditório do Teatro Positivo -R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Campo Comprido),sendo no dia 11 de março, às 20h; no dia 12 de março, às 15h e às 19h; e no dia 13 de março, às 15h e às 19h.

    Os ingressos estão disponíveis com valores a partir de R$50 (meia-entrada) + taxa adm e podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos. A realização é da Touché Entretenimento (nacional) e Orth Produções (local). O espetáculo é apresentado pelo Banco Renault, com patrocínio da Bauducco e apoio da Giovanna Baby Abbraccio.

    Com direção de Marllos Silva, versão de Daniel Salve, cenografia de Renata Borges, direção musical de Natan Bádue e direção associada de Carina Gregório, o espetáculo conta a divertida história dos animais criados no Zoológico de Nova York, que organizam um plano de fuga, com o objetivo de conhecer o que existia fora dos muros do local que sempre viveram. Entretanto, algo dá errado e eles embarcam em um navio e acabam acidentalmente na ilha que dá nome ao espetáculo. O sucesso do filme foi tamanho que deu origem a duas continuações no cinema e ao musical, que desenvolvido pela divisão teatral do estúdio (DreamWorks Theatricals), escrito por Kevin Del Aguila, com músicas originais e letras de George Noriega e Joel Someillan.

    No elenco, que foi totalmente escolhido por audições, estão Leandro Massaferri (Alex), Léo Araújo (Marty), Martina Blink (Glória), Rhuan Santos (Melman), Júlio Oliveira (Rei Julien), Giovanna Sassi (Capitão/ensemble), Estevão Souza (Kowalsky, Melmann cover, ensemble), Willian Sancar (recruta, Marty cover, ensemble), Leonardo Rocha (Rico, Julien cover, ensemble), Thadeu Torres (Mason, Alex cover, ensemble), Danilo Santana (Maurice, ensemble), Amanda Doring (senhora do metrô, ensemble), Leticia Vasconcelos (repórter, cover Glória), Bia Passos (Zookeper, ensemble), Luiza Francabandiera (swing, dance captain), Talihel (swing). A montagem na capital paranaense terá adaptações técnicas do seu formato original em virtude da infraestrutura do teatro.

    Ainda fazem parte da ficha técnica, Fause Haten (figurinos), Vivien Fortes (coreografia), Bruno Junqueira (efeitos especiais), Anderson Bueno (visagismo), Gabriel D’Angelo (designer de som) e Cris Fraga (stage manager). O próprio Marllos Silva assina o designer de luz e Russinho é o designer de luz. A preparação de atores é de Inês Aranha.

  • Spin-off

    "How I Met Your Father" estreia no Star+ nesta quarta-feira (9)

    Cred capa - Divulgação

    Nesta quarta-feira (9), "How I Met Your Father", estreia de forma exclusiva no Star+.

    A série, que é um spin-off da famosa "How I Met Your Mother", é estrelada por Hilary Duff. Situada em 2021, a sitcom explora as desventuras de Sophie (Hilary ) enquanto jovem solteira em Nova York. Vivendo em uma época dominada pelos aplicativos de paquera, a protagonista quebra a cara com romances casuais e falhos, mas não deixa de perder a fé em encontrar o seu grande amor.

    Sophie divide apartamento com sua melhor amiga Valentina (Francia Raisa), uma estilista impulsiva que tem sido perseguida pelo apaixonado Charlie (Tom Ainsley). Além disso, ela também é amiga de Jesse (Christopher Lowell) e Sid (Suraj Sharma). Jesse tem uma irmã adotiva recém-divorciada, Ellen Gilbert (Tien Tran), que se torna colega de apartamento de Charlie.

    Assim como Ted Mosby, em HIMYM, era narrado por Bob Saget enquanto contava aos filhos como havia conhecido a mãe deles, em HIMYF, a versão mais velha de Sophie é vivida por Kim Cattrall ("Sex and the City"), que conta sobre sua jornada amorosa para o filho por meio de uma vídeo chamada.

    "How I Met Your Father" foi criada por Isaac Aptaker Elizabeth Berger.

  • Show

    Sorriso Maroto e Pixote se apresentam juntos em Curitiba

    Capa - Sorriso Maroto - Cred Divulgação

    Os amantes do samba e do pagode têm um encontro marcado neste sábado (12), a partir das 21h30, no Jockey Eventos (Av. Victor Ferreira do Amaral, 2291, Tarumã), com show dos grupos Pixote e Sorriso Maroto. A realização é da Prime.

    No repertório, grandes sucessos dos grupos, que representam o gênero musical desde os anos 90. O Pixote, que é formado por Dodô, Tiola e Thiaguinho, é responsável por hits como "Fissura", "Nem de Graça", "Idem""Já é Madrugada", entre outros.

    Já o Sorriso Maroto, formado por Bruno Cardoso, Cris Oliveira, Sério Jr. Vinícius Augusto e Fred, também coleciona sucessos na carreira, como "50 Vezes", "100 Likes" e "Reprise", para citar alguns.

    Os ingressos estão disponíveis pelo Disk Ingressos com valores a partir de R$80 (meia-entrada PISTA) + taxa adm; e a partir de R$160 (meia-entrada VIP) + taxa adm. Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada. A classificação é 18 anos.

  • LGBTQIA+

    Pop Pride Festival reúne Gloria Groove e Karol Conká em Curitiba

    Cred capa - Rodrigo Magalhães

    No dia 8 de abril, a partir das 21h, Curitiba recebe a primeira edição do Pop Pride Festival, um evento que reúne artistas de destaque nacional e local da cena LGBTQIA+.

    O evento, que ocorre no Piazza Arado (antigo Spacio Van - BR-116, 15000 - Fanny), tem produção da Polariza Comunicação e Eventos e da Brave Produções.

    Entre as atrações confirmadas, estão Glória Groove, Karol Conká, o cantor cearense Davi Bandeira, a curitibana Mc Mayara e as drags Kika Boom e ALALALULU. Ainda haverá discotecagem com os DJ's Luna Vicious e Felipe Rocha, além do encerramento da noite com a festa de música eletrônica White Noise, representada pelos DJ's Future Classics e Goltz.

    Os ingressos para a primeira edição do Pop Pride Festival estão disponíveis pelo 41 Tickets com valores a partir de R$70. As vendas têm a categoria Meia Social, um desconto promocional, não cumulativo, de 40% sobre o valor da inteira, com a doação de R$ 5,00 do valor do ingresso a uma instituição de apoio a jovens LGBTQIA+ de Curitiba.

  • Samba

    Sucesso na estreia, vida e obra de Aracy de Almeida celebrada por Rosana Stavis terá nova apresentação neste domingo

    Cred imagens - Maringas Maciel

    Com uma estreia de sucesso durante o final de semana de Carnaval, o espetáculo “Aracy – A Voz de Noel” terá uma nova sessão neste domingo (6), às 16h, no Teatro Casa do Damaceno, localizado na Rua 13 de Maio, 991 – Centro.

    Com direção artística e roteiro de Marcos Damaceno, reconhecido dramaturgo com vários prêmios, entre eles o Prêmio Shell de Teatro, a peça é estrelada pela premiada atriz nacional Rosana Stavis, junto do ator, diretor e professor Léo Campos, combinando toda a musicalidade de Aracy de Almeida, considerada a primeira grande cantora de samba do Brasil, com momentos marcantes de sua vida. “Aracy foi uma mulher vanguardista e inovadora para sua época. Esse espetáculo musical, além de reverenciar esse grande nome da música, também tem o objetivo de apresentá-la para as novas gerações”, explica Rosana.

    No repertório, composições do renomado sambista Noel Rosa, cuja intérprete preferida de suas obras era a Aracy. “O processo de adaptação das canções foi pensado com muito cuidado, principalmente devido à atmosfera das cenas. As músicas não têm a mesma sonoridade da época de 30 e 40, mas, definitivamente, contam com a mesma essência do samba de Noel”, explicam Sérgio Justen e Gilson Fukushima, diretores musicais do espetáculo.

    Sucesso de público e de críticas em sua estreia no último final de semana, essa é uma nova oportunidade para o público prestigiar o musical, que conta com renomados artistas da dramaturgia e da música paranaense. “Foi uma noite muito emocionante, tanto para nós no palco como para a plateia. O público cantou, dançou, sorriu e também chorou. Os legados de Aracy de Almeida e de Noel Rosa são irrevogáveis e comoventes”, finaliza Rosana Stavis.

    “Aracy – A Voz de Noel” tem duração de 45 minutos e os ingressos estão disponíveis por meio do Sympla, com os valores de R$10,00 (meia-entrada) e R$20,00 (inteira) + taxas. O espetáculo é uma realização do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, com patrocínio da Ademicon – Consórcio e Investimento.

    No dia 20 de março, uma nova apresentação do espetáculo está agendada para o local, assim como para o dia 3 de abril, como parte da programação da 30ª edição do Festival de Curitiba.

     

    Ficha técnica:
    Com Rosana Stavis

    Direção Artística e Roteiro: Marcos Damaceno

    Direção Musical e arranjos: Sergio Justen e Gilson Fukushima

    Músicos: Gilson Fukushima, Sergio Justen, Vic Valendez, Antonio Carlos e Gabriela Bruel

    Ator: Léo Campos

    Iluminação: Wagner Corrêa

    Figurinos e Adereços: Áldice Lopes

    Assessoria de Imprensa: TIP - Performance de Mídia

    Registro em vídeo: Alan Raffo

    Fotografias: Maringas Maciel

    Designer Gráfico: Pablito Kucarz

    Produção: Bia Reiner

    Assistente de Produção:  Evandro Vicente

  • Show

    Artista amazonense Petrus Cuesta faz única apresentação em Curitiba

    Cred foto - Gi Nepomuceno

    Nesta sexta-feira (25), o artista amazonense, radicado em Curitiba, Petrus Custa se apresenta no Hostel Social (R. Brigadeiro Franco, 2691 - Rebouças), a partir das 19h30.

    O show marca o lançamento do EP "Chill Session Live Petrus Costa" e os ingressos podem ser adquiridos no próprio local por R$15.

    Gravado em dezembro de 2021 em Curitiba, o episódio com Petrus Cuesta marca também o atual ciclo da Chill Session. Idealizado pelo selo e produtora Capivara Discos e a Miscelândia Agência de Produção Integrada, o episódio com Petrus Cuesta traz também a parceria com o Música é o Canal como media partner do projeto, ampliando ainda mais a divulgação da Chill Session em todo o país.

    "As possibilidades que a Chill Session gera para a cena independente é maravilhoso e importante. A gente sabe que nem todos têm as mesmas oportunidades, mas a gente precisa correr atrás dos nossos sonhos e canções. É um passo após o outro. E se precisar dar um passo para trás, não tem problema. É preciso respeitar o tempo da vida e das canções para a gente seguir avançando“, reflete Petrus Cuesta.

    Coeso em sua relação ao conectar suas canções aos elementos de sua ancestralidade, Petrus Cuesta evoca em suas canções diversas referências das religiões de matriz africana e manifestações da cultura afro-brasileira.

    “Algo que se distingue bem é a paciência para avançar. Eu falo isto no segundo single que eu lancei. Muitas vezes a gente precisa dar um passo para trás para poder refletir e seguir adiante”, ensina o artista que em 2021 lançou os singles, “Adube” e o mais recente “Flecha” em parceria com Preto Martins e Bruna Thimoteo.

    Ficha Técnica

    Composição / Petrus Cuesta 

    Acáciu Duarte Guedes / contrabaixo e backing vocal 

    Alisson Santos / guitarra e backing vocal 

    Leon Adam / percussão e backing vocal 

    Câmeras / Anderson Sabino/ Johnny Freitas/ Gustavo Ceschin/ Siu

    Captação, mix e Master / Duda

    Fotografia / Gi Nepomuceno 

    Assessoria de Imprensa / Lucas Cabaña 

    Assistente de assessoria / Carla Cabaña

    Produção Local / Capivara Discos

    Capa EP / Gi Nepomuceno

    Realização / Capivara Discos / Miscelânea Agência de Produção Integrada

    / Música é o Canal 

  • Carnaval

    Festa inspirada nas icônicas noites do Studio 54 de Nova York abre a programação especial de Carnaval no Paradis Club

    Cred capa - Rony Hernandes

    Paradis Club, club vanguardista conhecido por suas diversas festas e formatos que valorizam a música e a dança, apresenta programação para o feriado de Carnaval. De sexta a segunda-feira, festas especiais prometem tomar conta do paraíso e animar os mais variados perfis de público, com direito a noite especial de axé, bloquinho de carnaval, baile das cabeças e até uma festa inédita inspirada no Baile da Vogue e no lendário Studio 54.

    “Queremos que esse carnaval seja de muita diversão e looks incríveis aqui no nosso paraíso. Críamos uma programação inédita, com festas para todos os estilos do nosso público, para que todos possam se jogar de cabeça e aproveitar as celebrações com os cuidados necessários”, comentam os sócios-proprietários do Paradis Club, Flavia Prieto e Tato Cappora.

    Baile do Paraíso – Extravaganza Tropical

    A festa especial inspirada no Baile da Vogue e no Studio 54 abre oficialmente a programação de Carnaval a partir da sexta-feira (25), às 22h. Os DJ’s Romulo Koerich-Fln, Agrabah e Ceres Yo Ratoeira prometem animar a festa com uma linha sonora que vai do New disco ao House. A proposta da noite é unir a paixão pela moda com ritmos envolventes, apostando em looks tropicais chamativos, estilosos e de tirar o fôlego. O valor da entrada é de R$20 até as 23h, R$30 após.

    4 dias de folia fazem parte da programação de Carnaval do Paradis Club - Cred Rony Hernandes

    Carnaxé

    Já no sábado (26), a partir das 22h, os clássicos do Axé tomarão conta da pista do Paradis Club, passando pelos sucessos dos anos 90 até os mais atuais. Quem comanda a cabine, são os DJ’s Wagner Maurício, Giugy Giglio e Ana Guimarães. O valor da entrada e de R$30 até as 23h, R$40 após.

    CRNVL

    O domingo de Carnaval continua com a energia lá no alto no Paradis Club. No dia 27, a partir das 22h, é a vez do Bloco Mordida na Maçã do Bloquinhozinho animar o público, trazendo a energia do Carnaval de Rua para dentro do club. Ainda haverá discotecagem com os DJ’s Ana Guimarães, Gabriel Castro e Wagner Maurício. A entrada é de R$30 até as 23h, R$40 após. Fantasiados pagam R$25.

    Baile das Cabeças

    Encerrando a programação com chave de ouro, na segunda-feira (28), o Baile das Cabeças promete entregar uma noite em que os adereços e acessórios utilizados na cabeça serão destaque. Quem comanda as cabines são as DJ’s Claudia Bukowski, Nabru e Ana Guimarães. A entrada é de R$30 até as 23h, R$40 após. Fantasiados pagam R$25.

    Fantasiados têm desconto na entrada do Paradis Club nesta semana nas noites de sábado a segunda-feira - Cred Rony Hernandes

    Quem pensa que a programação acabou, se enganou. No sábado e no domingo a partir das 17h, o Jardim do Éden, o mais recente espaço externo do Paradis Club, assinado pela Heineken, que conta com plantas tropicais presentas na Mata Atlântica, decoração estilo tropical Garden com cadeiras Acapulco e Pavão e iluminação cênica, também terá suas festas especiais. No sábado (26), com o Bloquinhozinho, e no domingo (27), com a festa Verão Brasil com o DJ Sevwy. O valor da entrada é de R$15.

    “A programação é bem variada e traz opções de horário para quem prefere se divertir no fim da tarde ou virar a noite. Queremos que essa celebração seja marcada por bons momentos e muita sensação de liberdade”, finaliza o casal de empresários.

    Paradis Club fica localizado na Rua Paula Gomes, 306, bairro São Francisco. Fique por dentro das novidades e promoções por meio das redes sociais oficiais: Instagram (@paradisclub) e Facebook (@paradisclubcwb). O club conta com espaços amplos e intimistas, disponíveis nas áreas interna e externa do imóvel histórico de 1893 e tem suas operações divididas em formato Coquetel Bar (quintas-feiras) e Club (sextas-feiras e sábados).

  • Litoral

    Café Curaçao em Guaratuba promove quatro noites de folia no Carnaval

    Cred capa - Divulgação

    De 25 a 28 de fevereiro, o Café Curaçao, em Guaratuba, promove uma temporada de folia, trazendo atrações nacionais de peso e uma homenagem ao tradicional carnaval da cidade.

    No dia 25, uma grande homenagem ao tradicional carnaval de Guaratuba que completa 30 anos, a Banda de Guaratuba com shows dos grupos Eu Gosto Assim e O Blokinho, com o aval da Prefeitura Municipal de Guaratuba. Além da tradicional Banda, que já proporcionou tanta alegria, também será celebrada a cidade de Guaratuba, que é a casa do Café Curaçao. Tudo isso com direito a Abadá para os 1.000 primeiros ingressos adquiridos, e onde a musicalidade predomina os grandes sucessos do Carnaval Brasileiro, com muito axé, samba e tradicionalismo.

    Já no dia 26 de fevereiro (sábado), um dos maiores fenômenos da música eletrônica da atualidade, o dj Alok comanda a noite e é uma das atrações mais esperadas da temporada. No dia 2, a dupla Maiara & Maraísa, que foi um dos grandes sucessos dessa temporada, retornam com os grandes hits da carreira.

    Para encerrar, no dia 28 de fevereiro (terça)Armandinho, que arrasou em seu show no início do ano, agora desembarca ao lado dos catarinenses do Dazaranha e serão os responsáveis por embalar o público com muita vibe positiva.

    Toda essa festa só é possível devido aos protocolos de controle de público da casa, onde as pessoas devem apresentar o comprovante de vacinação ou o teste PCR negativo até 48horas antes de cada evento. O uso de máscara é obrigatório.

    “Nós vamos ter o carnaval mais emocionante de todos os tempos. Estamos muito felizes em poder homenagear a tradição do carnaval de Guaratuba com a Banda de Guaratuba em uma grande festa e, além disso, a cidade que nos acolheu com grande carinho e que hoje temos muitos anos de histórias. Será uma noite incrível com muito axé e carnaval mesmo, com direito a abadá, sentindo toda essa energia dentro do Café Curaçao. Para completar o final de semana um line-up dos sonhos, talvez um dos maiores do Brasil”, revela Mac Lovio Solek, diretor da Prime e do Café Curaçao.

    Os ingressos estão disponíveis pelo Disk Ingressos, com valores a partir de R$40 (pista/meia-entrada) e R$80 (VIP/meia-entrada), nos dias 25; a partir de R$70 (pista/meia-entrada) e R$140 (VIP/meia-entrada), no dia 26; a partir de R$60 (pista/meia-entrada) e R$120 (VIP/meia-entrada), no dia 27; e a partir de R$50 (pista/meia-entrada) e R$100 (VIP/meia-entrada); + taxa administrativa. Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada.

  • Gratuito

    Espetáculo musical gratuito, estrelado por Rosana Stavis, celebra a vida e obra de Aracy de Almeida

    Capa - A atriz Rosana Stavis em ensaio do espetáculo musical Aracy - A Voz de Noel - Cred Maringas Maciel

    O feriado de Carnaval está chegando e nada melhor do que comemorar a data mais popular do brasileiro com “O Samba em Pessoa”. Assim era chamada Aracy de Almeida, considerada a primeira grande cantora de samba do Brasil, e conhecida por dar voz às composições do renomado sambista Noel Rosa.

    Nos dias 26 e 27 de fevereiro, o Centro Cultural Boqueirão (R. José Guercheski, 281), recebe o espetáculo musical “Aracy – A Voz de Noel”, em três sessões gratuitas, (sábado às 20h00 e domingo às 18h00 e 20h00), em que o público poderá conhecer um pouco mais da vida e obra de dois dos maiores nomes da música brasileira, Aracy de Almeida e Noel Rosa.

    “Aracy foi uma mulher inovadora para sua época e extremamente feminista. Era frequentadora de lugares em que o público masculino dominava, mas não se importava com as más línguas e enfrentava a todos para fazer o que amava, que era o samba. Essa homenagem em formato show tem o objetivo não só de reverenciar esse grande nome da música, mas também apresentá-la à nova geração”, explica a premiada atriz Rosana Stavis, que canta sucessos de Aracy no espetáculo.

    Aracy - A Voz de Noel estreia nos dias 26 e 27 de fevereiro no Centro Cultural Boqueiral - Cred Maringas Maciel

    Com direção artística e roteiro de Marcos Damaceno, que recebeu o Prêmio Shell de Teatro (categoria dramaturgia), a peça conta com duração de 45 minutos, combinando toda a musicalidade da cantora com momentos marcantes de sua vida.

    “Uma das características marcantes de Aracy era o seu humor, ou melhor, seu mau humor. Esse atributo, que a levou a ser jurada de programas de calouros, como o Programa do Chacrinha e no show de Calouros do Silvio Santos, poderá ser vista também no espetáculo”, explica o diretor.

    A direção musical e os arranjos ficam por conta de Sérgio Justen e de Gilson Fukushima, ganhador do Emmy pela trilha-sonora de “A Linha”. “Tivemos um cuidado especial na hora de adaptar as canções de acordo com a atmosfera das cenas, não tendo necessariamente a mesma sonoridade da época de 30, 40, mas com a essência do samba de Noel Rosa”, explicam.

    O projeto foi originalmente idealizado, sonhado e desejado em parceria com o músico Guto Gevard, em inúmeras conversas regadas a músicas inspiradoras.

    Os ingressos para “Aracy – A Voz de Noel” nos dias 26 e 27 de fevereiro podem ser retirados de forma gratuita diretamente na bilheteria do Centro Cultural Boqueirão (R. José Guercheski, 281). Haverá apresentação na Casa Dameceno (Rua Treze de Maio, 991 – bairro São Francisco) nos dias 6 e 20 de março, às 14h. O espetáculo também fará parte da programação da 30ª edição do Festival de Curitiba, com apresentação marcada para o dia 6 de abril, na Casa Damaceno, também de forma gratuita.

    Ficha técnica:
    Com Rosana Stavis

    Direção Artística e Roteiro: Marcos Damaceno

    Direção Musical e arranjos: Sergio Justen e Gilson Fukushima

    Músicos: Gilson Fukushima, Sergio Justen, Vic Valendez, Antonio Carlos e Gabriela Bruel

    Ator: Léo Campos

    Iluminação: Wagner Corrêa

    Figurinos e Adereços: Áldice Lopes

    Assessoria de Imprensa: TIP - Performance de Mídia

    Registro em vídeo: Alan Raffo

    Fotografias: Maringas Maciel

    Designer Gráfico: Pablito Kucarz

    Produção: Bia Reiner

    Assistente de Produção:  Evandro Vicente

     

    Sobre Aracy de Almeida – Aracy de Almeida, conhecida como o “Samba em Pessoa” ou “A Dama do Encantado”, é considerada como a primeira grande cantora de samba do Brasil. Nascida no Rio de Janeiro, em 1914, costumava cantar hinos religiosos na Igreja Batista e, escondia dos pais, cantava músicas do Candomblé e de blocos de carnavais. Com 19 anos, estreou na Rádio Educadora do Brasil com a música “Bom-Dia, Meu Amor”, onde conheceu o compositor Noel Rosa, se tornando intérprete de alguns dos seus sambas.

    A partir daí, Aracy não ficou só conhecida por sua música, mas também pelo seu jeito de ser, que não levava desaforo para casa e muito menos aceitava tudo que era imposto pela sociedade. Usava calças, quando a maioria das mulheres usava vestido. Cantava em rodas de samba, onde a presença masculina era total e mulheres eram “malvistas”. Foi a porta de entrada para inúmeras cantoras que vieram depois de sua ascensão, como Elza Soares, Maria Bethânia, entre outros nomes que estão no mercado até hoje. Seu humor a levou a ser jurada em programas de auditório, já tendo passado pelo Programa do Chacrinha, Programa do Bolinha, Programa do Silvio Santos, entre outros, em que julgava os cantores participantes. Seu legado é importante até hoje, tanto na música como também na referência de pessoa a ser admirada por outras gerações.

  • Cinema

    "Cidade Perdida", com Sandra Bullock e Channing Tatum, chega aos cinemas em abril

    Cred imagem - Paramount Pictures/Divulgação

    No dia 21 de abril, o longa "Cidade Perdida" chega aos cinemas de todo o Brasil. Para saciar a ansiedade dos fãs, a Paramount Pictures liberou um spot inédito do longa.

    A brilhante, porém reclusa, autora Loretta Sage, intepretada por Sandra Bullock, que escreve sobre lugares exóticos em seus romances populares de aventura. As capas dos seus livros são estreladas pelo modelo Alan (Channing Tatum), que vem dedicando sua vida a personificar o personagem fictício.

    Durante a turnê de promoção de seu novo livro com Alan, Loretta é raptada por um bilionário excêntrico (Daniel Radcliffe), para que ela o guie ao tesouro da cidade perdida descrita em seu livro recente.

    Para provar que é possível ser um herói na vida real, não somente nas páginas de seus livros, Alan parte para resgatá-la. Forçados a viver uma aventura épica na selva, o par improvável precisa trabalhar junto para sobreviver e encontrar o antigo tesouro, antes que seja perdido para sempre.

    "Cidade Perdida" tem direção dos irmãos Aaron Nee e Adam Nee.O elenco ainda reúne Da'Vine Joy Randolph, Oscar Nuñez, Patti Harrison e Bowen YangSandra Bullock também é uma das produtoras do filme, ao lado de Liza Chasin e Seth Gordon.

  • Carnaval cervejeiro

    Maniacs Brewing promove programação de Carnaval com comida de boteco e música brasileira

    Capa - DJ Gil Preto - |Cred Divulgação

    De 26 de fevereiro a 1º de março, a Maniacs Brewing, localizada no bairro Cabral, promete levar muita brasilidade para o Carnaval de Curitiba.

    Serão quatro dias de programação com muita música das 16h às 20h, sob o comando do DJ Gil Preto, produtor de uma das festas mais tradicionais da cidade, a Brasilidades, que agita os curitibanos há 9 anos.

    Cred Divulgação

    O evento funcionará das 11h às 22h e contará com um cardápio temático, reunindo 12 pratos de comida de boteco, como o Bolinho de Feijoada, Porção de Fritas, Porção de Pastéis de Camarão, entre outros, com valores que vão de R$15 a R$49.

    Uma feirinha criativa também fará parte da programação, com venda de roupas e vinil, disponível todos os dias das 12h às 18h.

    Já entre os chopes disponíveis, alguns rótulos tradicionais da marca, como Aloha, Maniacs IPA, 41 Pils e Belgian Wit, a R$15, e Yankee, Double IPA e Mad Maniacs disponíveis por R$ 20.

    Maniacs Brewing Co. fica localizada na Av. Munhoz da Rocha, 1049 - Cabral. A realização é de André Bezerra.

  • Arte Urbana

    Curitiba ganha mural urbano de 120 metros quadrados assinado pelo artista Hudson Melo

    Cred capa - Divulgação

    No último sábado (19), a cidade de Curitiba ganhou um mural urbano de 120m² em comemoração aos 100 anos da Semana de Arte Moderno de 1922.

    O responsável pela obra é o artista piauiense, Hudson Melo, que esteve nas principais capitais do Brasil em mostras individuais e coletivas. Melo ainda produziu um totem em frente ao Museu Marta Herford, em Bielefeldt (Alemanha), eleito o melhor museu da Europa em 2013, e também grafitou paredes em Colônia e Berlim.

    O mural pode ser visto na fachada lateral da Artesil Galeria de Arte (R. Carlos de Carvalho, 1.663, Batel).

    O artista piauiense Hudson Melo - Cred Divulgação

  • Gratuito

    Projeto inédito une fotografia e ilustração e apresenta um novo olhar sobre os cenários nacionais

    Capa - Pantanal – Cred Valdemir Cunha

    De 1º a 30 de março, Curitiba recebe o inédito projeto "Pakuá Exposição de Artes Visual", uma mostra que tem o intuito de construir novas narrativas a partir de uma perspectiva dos cenários brasileiros.

    A exposição, que tem entrada gratuita e ficará no Pátio Batel (Lounge Bolhas, piso L3), reúne imagens aéreas de drone de mais de 150 fotógrafos de todo o Brasil, selecionadas por meio de um concurso nacional realizado no final de 2020, que revelam paisagens brasileiras em ângulos inéditos.

    A comissão julgadora foi formada pelos brasileiros, Guilherme Pupo, Cássio Vasconellos e Daniel Castellano, que também terão suas obras expostas no projeto. Entre alguns dos selecionados, estão nomes de peso nacional, como o paulista Valdemir Cunha e o paranaense Sergio Ranalli, assim como iniciantes.

    Forte São Marcelo (Salvador/BA) - Cred Leonardo Yasuda

    A realização é da Montenegro Produções Culturais, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

    “Ao reunir fotógrafos do Brasil inteiro e seus diferentes olhares, o Pakuá compõe uma representação artística do mapa brasileiro utilizando a fotografia aérea. O contato com o projeto proporciona uma reflexão atual e coletiva a respeito da importância humana na preservação do patrimônio cultural e ambiental do Brasil, além da estreita relação da fotografia com as cidades e a arquitetura, atuando como agente de construção dessa história”, explica Carolina Montenegro, gestora da Montenegro Produções Culturais.

    Calçadão de Curitiba - Cred Daniel Castellano

    Além do público poder viajar nas asas da criatividade dos fotógrafos, também poderá apreciar as intervenções artísticas feitas por ilustradores a partir de imagens do projeto em cada uma das cidades, sendo André Coelho (Curitiba), Ivana Lima (Foz do Iguaçu), Nilton Ribeiro (Maringá) e Raro de Oliveira (Londrina).

    “A fotografia realizada através de aparatos voadores se consolidou como novo ângulo inusitado do olhar. É como se víssemos o mundo de sempre com novos olhos. Das fotografias de natureza ao fotodocumentário, tudo ganhou uma nova dimensão expandida. Prêmios internacionais com a nova modalidade já se firmaram entre os principais do globo, incentivados pela popularização dos drones fotográficos. O Pakuá é a primeira mostra do Brasil no gênero”, destaca Guilherme Zawa, curador da mostra.

    Rio de Janeiro - Cred Isabela Mayer

    O título do projeto, PAKUÁ, tem origem no tupi-guarani e é uma brincadeira poética feita a partir da junção das palavras céu, tudo e pessoa. A tradução estética dessa criação ficou sob responsabilidade do designer, hoje sediado em Portugal, Caio Vitoriano, que interpretou esses elementos na criação da identidade visual do projeto. “A imagem traz uma espécie de cabeça, olho e membros. Um olho errante que busca algo que nunca viu, e se viu que enxerga aquilo já visto de maneira inédita. Um olho que pensa, promovido a cabeça; um olho enquanto câmera e olhar como alma desse corpo”, conta Vitoriano.

    Catedral Guadalupe (Foz do Iguaçu/PR)- Cred Daniel Castellano

    Como desdobramento social nas cidades por onde passa a exposição fotográfica PAKUÁ, o projeto cultural irá oferecer um dia de visitas monitoradas gratuitas para alunos do ensino fundamental de escolas da rede pública, que também irão participar de uma oficina de fotografia aérea com drone, ministrada pelo fotógrafo curitibano Diego Cagnato. No ano passado, o PAKUÁ beneficiou 30 idosos acolhidos na instituição de longa permanência Lar dos Idosos Recanto do Tarumã, em Curitiba, que participaram de uma oficina de colagem, trazendo suas próprias referências estéticas e leituras simbólicas para as fotografias do projeto. Para completar as ações sociais, após o término das exposições, um recorte da mostra PAKUÁ ficará permanentemente exposto nos corredores do Hospital de Clínicas, em Curitiba.

    O projeto PAKUÁ tem apoio da Associação dos Amigos do HC e patrocínio Sideral Linhas AéreasHelisul Aviação, RDP PetróleoÍtalo SupermercadosHAVANTecnolimpPontual, Ravato DieselMagnetronGreca Asfaltos e Schattdecor.

  • Gratuito

    Joy Project Brewing promove evento gratuito com música brasileira, gastronomia e cervejas artesanais

    Capa -  Cred Gabriel Goulart

    Neste sábado (19), a partir das 16h, a Joy Project Brewing promove o InJoy, um evento gratuito que reúne discotecagem, cervejas artesanais, gastronomia e uma feira especial com foco na economia criativa.

    Nesta edição, que leva o tema “Tropicool”, fazendo referência ao clima tropical brasileiro e à forte cultura da cerveja artesanal geladinha, a musicalidade brasileira toma conta do bar da fábrica. Das 16h às 19h, a discotecagem será comandada pelo DJ Gil Preto, produtor da festa Brasilidades, com um set que combina ritmos regionais e tradicionais, como samba, tropicália, axé, soul music e rock nacional. Já das 19h às 22h, quem assume a cabine é André Gomide com uma linha musical que transita entre os ritmos latinos, com um set que une MPB, samba, reggaeton e batidas eletrônicas.

    Rótulo inédito e gastronomia

    Durante o evento, haverá o lançamento de um rótulo inédito, a Tropical Minds (R$19 - 400ml), uma Sour com teor alcóolico de 5,7%. No taplist, uma ampla variedade estará disponível com valores que vão de a partir de R$12 a R$24. Entre eles, a Lazy Turtle (R$18 – 400ml), uma Extra Pale Ale com teor alcóolico de 5,4; a Floating In Space (R$19 – 400ml), uma Session India Pale Ale com teor alcóolico de 4,8%; a You’re Gonna Fly High (R$17 – 400ml), uma Rye Lager com teor alcóolico de 4,3%; a Better Days (R$20 – 400ml), uma American India Pale Ale com teor alcóolico de 7,2%; entre outras. Os drinks da S.A.L (Small and local) também farão parte do evento, com valores que vão de R$10 a R$22.

    Feeling Bacon é uma das opções de hambúrgueres disponíveis - Cred André Santini, divulgação

    No menu gastronômico, petiscos e tábuas de queijos e frios para acompanhar as cervejas, com valores a partir de R$18. Destaque para a tábua Cold Cust (R$25 – 200g), composta por queijo Capim Canastra, queijo Di Baldo, salame italiano e Copa. Já entre os hambúrgueres, opções a partir de R$25, como o Feeling Smash (R$25), composto por dois smash burgers de 50g, cebola na chapa, american cheese, molho da casa, pão brioche e acompanhado de fritas; o Feeling Bacon (R$32), com hambúrguer de 120g, cebola na chapa, american cheese, fatias de bacon, molho da casa e fritas, entre outros. Há ainda opções vegetarianas, como o Veggie Burger (R$25), com hambúrguer vegetal, cebola na chapa, pão brioche, american cheese, molho da casa e fritas; e o Veggie Salad (R$27), com hambúrguer vegetal, cebola na chapa, pão brioche, american cheese, picles, tomate, alface, molho da casa e fritas.

    Para os fãs de doces, a Mary Ann Apple Factory leva suas maçãs carameladas, disponível a partir de R$20, e também cookies a patir de R$5.

    Arte, Design e Economia Criativa

    A cada edição do InJoy, a Joy Project Brewing convida empreendedores locais para participarem de uma exposição especial para comercializar seus produtos, trocar contatos e atingir clientes potenciais. No evento de sábado (19), uma parceria inédita com a Feira Afroempreendedorismo leva à cervejaria marcas que valorizam a identidade e fomentam a cultura afro. Estarão presentes: Celia Vom, com foco em moda e arte com roupas artesanais e telas com técnica de fluído acrílico; Atelier Lurdinha, que aposta na moda afro; Preta Fina Acessórios, uma marca pensada em enaltecer a beleza das pessoas, independente do credo, cor e classe socia; e Huevo Discos com vinis novos e usados. O dia ainda contará com Flash Tattoo, com a participação do Ink and Glory Tattoo e do Vini Tattoo.

    Injoy contará com feira de vinil - Cred Gabriel Goulart

    *É necessário agendar o horário da tatuagem por meio de inscrição prévia pelo Sympla. Os desenhos disponíveis e valores serão expostos/combinados no dia do evento.

    Garanta o seu copo – A Joy não faz a utilização de copos plásticos e por isso trabalha com o sistema de venda ou consignação de copos. Para venda, os copos podem ser adquiridos antecipadamente via Sympla (copo de 400ml – R$30), que dá direito a um refil de qualquer rótulo disponível; e para consignação, o valor do copo é de R$20, com pagamento e retirada do item no caixa da Joy Project Brewing mediante pagamento de R$20 (que será devolvido no final do evento com o retorno do copo).

    Injoy faz parte das comemorações dos três anos da Joy Project Brewing, que fica localizada na Av. Linha Verde, 15847. O horário de funcionamento do bar da fábrica é quinta e sexta-feira, das 17h às 22h, e sábado, das 16h às 20h. Mais informações e reservas pelos telefones (41) 3434-5821 e (41) 99948-6215 ou pelas redes sociais: Facebook | Instagram.


    Joy Project Brewing promove evento gratuito neste sábado (19) - Cred Divulgação

  • Elvis

    "Elvis", drama musical do diretor de "Mouling Rouge", ganha trailer

    Cred imagem - Divulgação/Reprodução

    Warner Bros. Pictures liberou o trailer de "Elvis", drama musical dirigido por Baz Luhrmann, indicado ao Oscar de Melhor Filme por "Moulin Rouge", e que explora a vida e a música de Elvis Presley.

    Protagonizado por Austin Butler (Elvis Presley) e Tom Hanks (Coronel Tom Parker), a história investiga a complexa dinâmica entre o cantor Elvis Presley e Parker ao longo de 20 anos, desde a ascensão à fama até seu estrelato sem precedentes, tendo como pano de fundo a evolução da paisagem cultural e a perda da inocência na América. No centro dessa jornada está uma das pessoas mais importantes e influentes na vida de Elvis, Priscilla Presley.

    "Elvis" tem roteiro de Baz Luhrmann, Sam Bromell, Craig Pearce e Jeremy Doner, e estreia no dia 14 de julho.

  • Teatro

    Festival de Curitiba faz a troca de ingressos adquiridos em 2020

    Capa - Bilheteria oficial do Festival de Curitiba fica no piso L2 no Shopping Mueller (Créd. Divulgação)

    Festival de Curitiba fará um período exclusivo de troca de ingressos e vouchers da edição de 2020 para a edição 2022, que vai celebrar as três décadas de existência do evento, de 17 até 20 de fevereiro. Os clientes poderão fazer as trocas por quaisquer dos espetáculos da 30.ª edição, inclusive Risorama, MishMash e Programa Guritiba, na bilheteria física, instalada no Shopping Mueller (Piso L2).

    Festival de Curitiba foi o primeiro grande evento do país a adiar a edição de 2020 por conta da pandemia da Covid-19; e retorna agora sua produção presencial com novidades.

    Com a programação divulgada no site do evento, e no guia impresso, o público poderá trocar seus ingressos adquiridos, seguindo a lei que trata das medidas emergenciais (Lei 14.046/2020). A produção ainda reforça que, caso o ingresso físico ou a compra online tenham sido perdidos, toda a compra é rastreada no sistema pelo número do CPF, podendo assim realizar o procedimento sem dificuldades.

    A 30.ª edição, que ocorre de 28 de março até 10 de abril, vai celebrar os 30 anos do Festival de Teatro de Curitiba com estreias e pré-estreias nacionais, espetáculos premiados, remontagens especiais e mostras que levarão teatro, dança, circo, música, oficinas, shows e performances para diferentes públicos, de todas as idades, em diferentes espaços da Grande Curitiba.

    Em cartaz, montagens de sucesso e com a presença de nomes conhecidos nacionalmente, como Mateus Solano, Vladimir Brichta, Júlia Lemmertz, Denise Fraga, Guta Stresser, Luís Melo, Nena Inoue, Deborah Colker, Denise Stoklos, Emicida, Nicole Puzzi, Rosana Stavis e Edson Bueno.

    Acompanhe todas as novidades e informações pelo site do Festival de Curitiba www.festivaldecuritiba.com.br, pelas redes sociais disponíveis, no Facebook @fest.curitiba, pelo Instagram @festivaldecuritiba e pelo Twitter @Fest_curitiba.

    Valores:

    Mostra Lúcia Camargo – De R$ 40 a R$ 80,00 (entrada inteira), + taxa administrativa.

    Risorama – De R$ 40 a R$ 80,00 (entrada inteira) + taxa administrativa
    Circuito Espaço Aberto – De R$ 0 a R$ 80 (entrada inteira) + taxa administrativa MishMash – De R$ 25 a R$ 50,00 (entrada inteira) + taxa administrativa

    Programa Guritiba – De R$ 25 a R$ 50,00 (entrada inteira) + taxa administrativa

  • Viva!

    Festival de Curitiba divulga programação de sua edição comemorativa de 30 anos

    Capa - O sucesso O Mistério de Irma Vap é uma das atrações do 30º Festival de Curitiba (Créd. Marco Griesi)

    O Festival de Curitiba celebra sua 30ª edição com centenas de atrações em vários espaços de Curitiba e Região Metropolitana, em programação que contempla grandes nomes da classe artística, além de ações que evidenciam a sua trajetória crescente nessas três décadas. Após ser o primeiro grande evento do país a adiar a edição de 2020 por conta da pandemia da Covid-19, o Festival retorna sua produção presencial com novidades.

    Este ano, a edição comemorativa ocorre de 28 de março até 10 de abril, com estreias e pré-estreias nacionais, espetáculos premiados, remontagens especiais e mostras que levarão teatro, dança, circo, música, oficinas, shows e performances para diferentes públicos, de todas as idades. Além disso, a programação também marca o fortalecimento do evento no meio digital, com a apresentação de uma plataforma que conecta profissionais da economia criativa de todo o país e, até mesmo, do mundo.

    Essa é uma edição especial! Uma edição da celebração e do reencontro. Vamos preencher as ruas e os teatros com espetáculos, olhar para a memória desses 30 anos, homenagear pessoas importantes para o Festival, dar ênfase para espaços de diálogos e formação, além de dar o primeiro passo para o digital, com a criação de uma plataforma que facilita a conexão profissional de todos que trabalham com a cena, de atores a fornecedores, divulgando pessoas e oportunidades de trabalho. Na comemoração dessas três décadas vamos celebrar na rua, nos teatros e no universo digital”, explicam Leandro Knopfholz e Fabíula Passini, diretores do Festival de Curitiba.

    Os ingressos estarão à venda, a partir do dia 21 de fevereiro, na bilheteria do evento, localizada no Shopping Mueller (Piso L2) e pelo site oficial www.festivaldecuritiba.com.br.

    Um período exclusivo será dedicado à troca dos vouchers e ingressos adquiridos para a edição revogada de 2020. De 17 até 20 de fevereiro, na bilheteria física, os clientes poderão ter a preferência e realizar as trocas por ingressos dos espetáculos desta edição.

    Denise Fraga apresenta Eu de Você, no Guairão (Créd. Cacá Bernardes)

    Mostra Lúcia Camargo – Uma das novidades desta edição é a nomeação da Mostra, em uma homenagem permanente à memória da produtora cultural, professora e jornalista Lúcia Camargo, que perpetua sua importância na arte brasileira e, especialmente, na história do Festival de Teatro de Curitiba.

    Este ano a programação faz um resgate histórico dos 30 anos do evento, reunidos em 25 espetáculos com a participação de companhias, diretores e atores que passaram pelos palcos durante o período. Em cartaz, montagens de sucesso e com a presença de nomes conhecidos nacionalmente, como Mateus Solano, Vladimir Brichta, Júlia Lemmertz, Denise Fraga, Guta Stresser, Luís Melo, Deborah Colker, Denise Stoklos, Emicida, Nicole Puzzi, Rosana Stavis, Edson Bueno.


    Como estreia nacional, o aguardado espetáculo “G.A.L.A”, que marca o retorno do premiado autor e diretor Gerald Thomas ao Festival. Já entre as pré-estreias nacionais estão “Tudo”, comédia dramática com direção de Guilherme Weber, e “A Aforista”, novo texto do dramaturgo Marcos Damaceno.
    Destaque também para as remontagens, com “O Casamento”, da companhia Os Fodidos Privilegiados, que estreou no Festival em 1997; com “Conselho de Classe”, da Cia. dos Atores, do Rio de Janeiro, que esteve na programação de 2014; com “Parlapatões Revistam Angeli”, sucesso de crítica na Mostra de 2013; e de “Till, A Saga de um Herói Torto”, estreia do Grupo Galpão no Festival em 2010 e que retorna dentro das comemorações dos 40 anos da companhia.

    Fortalecendo a união da dramaturgia com a música, a 30ª edição também apresenta o show “AmarElo”, de Emicida, em única apresentação no Guairão, como também os musicais “A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa”, adaptação da obra de Clarice Lispector com músicas originais de Chico César; “Brasileiro, profissão: esperança”, um clássico dos anos 70 que já contou com interpretações de grandes nomes da MPB; e “Cordel do Amor Sem Fim”, com direção, cenário e figurino de Gabriel Villela.


    Além das 25 atrações, a Mostra Lúcia Camargo também contará com duas mostras convidadas e que ocorrem em espaços alternativos: a 6ª Mostra Ave Lola, uma programação ao ar livre com variadas expressões artísticas, e a Mostra Pôr do Sol, produzida pelo Campo das Artes, projeto do ator e diretor Luís Melo, em São Luiz do Purunã, (a 60 km de Curitiba) em parceria com o cantor, ator e diretor Marcio Juliano. A Mostra Pôr do Sol marca também a inauguração do espaço ao público.

    A Mostra Lúcia Camargo é apresentada por EBANX, Paraná Banco, Governo do Estado do Paraná e New Holland, com patrocínio de Neodent, Vonder, SulAmérica e Novozymes.

    Entre os musicais está Cordel do Amor Sem Fim, com direção de Gabriel Villela (Créd. João Caldas)

    Viva! 30 Anos por Lenise Pinheiro – Ainda dentro da programação comemorativa, o Festival de Curitiba promove a exposição gratuita “Viva! 30 Anos por Lenise Pinheiro”, de 29 de março a 29 de abril, no Museu Oscar Niemeyer (MON), e com intervenções urbanas em vários espaços na cidade. Será um recorte de 408 fotografias e imagens do acervo da cobertura exclusiva dessas três décadas de evento pelas lentes da fotógrafa Lenise Pinheiro, uma das maiores referências em fotografia documental do teatro brasileiro, num panorama da evolução dos artistas e da estética dos espetáculos no período. “Tem aquecimento de peças, muita foto em cena. Tem Bia Lessa conversando com uma atriz, Chico César comovido com o autor da peça. Uma característica da exposição é que não tem ator ruim. A excelência dos trabalhos é que levou as escolhas”, explica a fotógrafa.

    A exposição “Viva! 30 Anos por Lenise Pinheiro” é apresentada por Paraná Banco, Governo do Estado do Paraná e Grasp, com patrocínio de Banco RCI Brasil, Chocolates Weissburg e Grupo Servopa.


    Interlocuções – O Interlocuções mantém seu foco em ações formativas, que objetivam a experiência e a integração entre artistas e público, além de atrair estudantes e grupos estimulando o pensamento crítico sobre as artes cênicas. Com curadoria de Celso Curi e de Giovana Soar, estão na programação de 2022 os debates, encontros, palestras, oficinas, filmes e lançamentos de livros. Parte das oficinas contam com vagas limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail
    interlocucoes@festivaldecuritiba.com.br

    O Interlocuções é apresentado por Copel, Sanepar e Governo do Estado do Paraná, com patrocínio da Klabin, da Celepar e da Vonder.


    Festival na Rua – A Mostra Festival na Rua tem o objetivo de fomentar o setor da economia criativa de Curitiba e Região Metropolitana, conectando o espaço público com as pessoas. Serão mais de 120 sessões de teatro, música, circo e dança, distribuídas em áreas abertas, como parques e praças, e com a participação média de 250 artistas de companhias e grupos da Grande Curitiba. A abertura da mostra será no dia 1º de abril, às 19h30, com a estreia nacional do espetáculo “Roberta, uma Ópera Rock”, com texto de Roberto Innocente (falecido em abril de 2021) e direção artística de Nena Inoue e Mauricio Vogue.

    A Mostra Festival na Rua é apresentada por Uninter, Junto Seguros, Banco CNH Industrial e Bosch, com patrocínio de Vivo, Copel, Vale e Da Magrinha 100% Integral.

    Guritiba – O Programa Guritiba é um projeto anual que tem seu pontapé inicial no Festival de Curitiba. Impacta anualmente mais de 30 mil crianças e chega ao seu 13 º ano com atrações para toda a família. Brincadeiras, shows e apresentações teatrais, como as comédias infantis “Momo e o Senhor do Tempo” e “Henriques”, estão na programação. O intuito do programa é o de formar plateias e tornar mais amplo o acesso à arte e à cultura.

    O Programa Guritiba é apresentado por Peróxidos do Brasil, Banco CNH Industrial, Da Magrinha 100% Integral e Schattdecor, com patrocínio da NTT DATA, Brose, Berneck e Cimento Itambé.

    MishMash – Mostra de variedades artísticas e performáticas que diverte famílias inteiras com números de malabarismo, mágica, mímicas, circo, palhaçaria, música, entre outras vertentes, o MishMash ocorrerá 8 e 10 de abril, na Live Curitiba, tendo como anfitrião o famoso Palhaço Alípio, que já confirma a presença de artistas como o ilusionista Willian Seven, o equilibrista Fábio Salgueiro, manobras de bike aérea com Marina Prado, entre outras atrações.

    O MishMash é apresentado por Thales Group, Balaroti, Gelopar e Farmácias Nissei, com patrocínio de Vianmaq Equipamentos, Grupo Arotubi, Cocamar e Cimento Itambé.

    Risorama – Um grande comedy club com os maiores nomes do humor do país, em um pot-pourri de apresentações com a possibilidade de serviço de bar para o público, tendo como anfitrião um dos precursores do stand-up no Brasil, Diogo Portugal. Ao chegar em seu 18º ano, o mais tradicional festival de comédia do país ocorrerá de 31 de março até 5 de abril, na Live Curitiba, com nomes já confirmados como Thiago Ventura, Fábio Porchat, Danilo Gentili, Igor Guimarães, entre outros.

    O Risorama é apresentado por Paraná Banco, Grupo Potencial, Balaroti e Supermax, com patrocínio de Grasp, Grupo Barigüi, Helisul Aviação, Porto a Porto e Havan, tendo como cerveja oficial a Cacildis.

    Circuito Espaço Aberto – O Circuito Espaço Aberto recebe apresentações de artistas da Grande Curitiba e convidados em seus próprios espaços, integrando a programação da 30ª edição do Festival de Curitiba. Serão 52 espetáculos, sendo 5 gratuitos e 15 no sistema “Pague Quanto Puder”, com atrações para diferentes idades e espalhados por toda a cidade.

    Acompanhe todas as novidades e informações pelo site do Festival de Curitiba www.festivaldecuritiba.com.br, pelas redes sociais disponíveis, no Facebook @fest.curitiba, pelo Instagram @festivaldecuritiba e pelo Twitter @Fest_curitiba.

    Valores:

    Mostra Lúcia Camargo – De R$ 40 a R$ 80,00 (entrada inteira), + taxa administrativa.

    Risorama – De R$ 40 a R$ 80,00 (entrada inteira) + taxa administrativa
    Circuito Espaço Aberto – De R$ 0 a R$ 80 (entrada inteira) + taxa administrativa MishMash – De R$ 25 a R$ 50,00 (entrada inteira) + taxa administrativa

    Programa Guritiba – De R$ 25 a R$ 50,00 (entrada inteira) + taxa administrativa